Você está na página 1de 28
RAS STEPHAN KREHBIEL BERENSON DE tLe apes cal faa ey Quinta Edigao IntroducGo e Coleta de Dados 7.1 POR QUE APRENDER ESTATISTICA 12. ESTATISTICA: TEORIA E APLICAGOES Como Este Livro Estd Organizado UTILIZANDO A ESTATISTICA @ Good Tunes 1.3. VOCABULARIO BASICO DA ESTATISTICA 1.4 COLETA DE DADOS 1.5 TIPOS DE VARIAVEIS Niveis de Mensur 0 ¢ Escalas dle Mensuragio 1.6 PLANILHAS DO MICROSOFT EXCEL CCétulas de Planihas Elaborando Planithas Funcionais ‘SUPLEMENTO DO EXCEL PARA O CAPITULO 1 EL. | Preliminares: Conhecimentos Bi Informatica E1.2 Operagi E1.3 Entradas em E14 Formatacao de Planilhas E1.S Operagdes Copiar e Colar E1.6 Suplementos: Facilitando as Coisas para Voce cos de de Trabalho | PRBS ool ita alrite le} Este capitulo ajudard vocé a aprender: = Como a estatstica € utilizada nos negécios = As fontes de dados utilizadas nos negécios | = Os tipos de dados utilizados nos negécios As bases do Microsoft Excel 2 Carmelo UM 1.1 POR QUE APRENDER ESTATISTICA 0 reality show norte-americano, O Aprendis, tem como protagonista 0 administrador de empresas Donald Trump. Em suas primeiras apresentagdes ha alguns anos, Donald Trump atribuiu a duas, ‘equipes de candidatos a tarefa de instalar ¢ administrar uma barraca para venda de reftigerantes. Naquela ocasiio, uma série de empresérios criticou a tarefa, afirmando que ndo se tratava de uma tarefa realista, relacionada ao mundo dos negécios. Eles consideravam a tarefa de vender refrigerantes ‘como um simples ato relacionado a arte de vender, que dependia muito mais do poder de persuasio do vendedor do que de qualquer outra coisa, Se voce, alguma vez, vendeu refrigerantes, ou teve qualquer outraatividade do tipo vender biscoitos ‘ow entregar jomais, na infaineia ou adolescéncia, vocé sabe que sua tarefa era relativamente simples. Por exemplo, para entregar jornais, vocé precisa apenas controlar uma lista de enderegos e, talvez, registrar os pagamentos semanais ou mensais. Em contrapartida, os gerentes de vendas e de marke ting do jornal precisam acompanhar de perto uma quantidade bem maior de dados — incluindo a renda, o nivel educacional, 0 estilo de vida e as preferéncias de compra de seus assinantes — para que possam tomar as decisSes corretas no que diz respeito a aumentar a circulagao e atrair anun- ciantes, No entanto, a nio ser que 0 jornal tenha uma circulacao bastante pequena, esses gerentes provavelmente nio estaro observando diretamente os dados. Em vez disso, eles estario analisando dados restumidos, como, por exemplo, a percentagem de assinantes que cursaram, pelo menos em. parte, alguma faculdade, ou tentando encontrar padries tteis, como, por exemplo, o fato de um. maior nimero de assinaturas estar sendo entregue em residéncias localizadas em areas associadas a ‘vendas macigas de automéveis de luxo. Isso significa dizer que os gerentes do jomial esto utilizando a estatistica, o objeto deste liv. Estatistiea ¢ 0 ramo da matemiitica que transforma dados em informagdes titeis para individuos responséveis pela tomada de decistio. Essas transformagées, de um modo geral, requerem célculos ‘complexos que sio praticos apenas se realizados por computadores, de modo tal que o uso da estatis- tica geralmente significa também 0 uso de computadores. Isso 6 especialmente verdadeiro ao se lidar com grandes volumes de dados que uma empresa comum coleta. Tentar fazer estatisticas utilizando is para esses tipos de dados demandaria uma quantidade demasiadamente grande de fempo para que uma empresa pudesse extrait beneticios deles. Quando estuda estatistca, voc€ aprende um conjunto de métodos, e as condigées sob as quais 6 apropriado que voeé utilize esses métodos. E ainda, uma vez que uma quantidade tho grande de _métodos passa a ser pritica apenas quando vogé utiliza computadores, aprender estatistica significa, também aprender mais sobre 0 uso de programas de computador que realizam anzlises estatisticas. cdleulos man 1.2 ESTATISTICA: TEORIA E APLICACOES ‘Os termos. ttn na Se cos popuaco Nos dias de hoje, a estatistica desempenha um papel cada vez mais importante para os gerentes de ‘empresas, Esses responsiveis pela tomada de decisio utilizam a estaistica para: Apresentar e descrever apropriadamente dados ¢ informagdes sobre a empresa ‘= Tirar conclusies sobre grandes populagbes, utilizando informacdes coletadas a partir de amos- tras = Realizar prognésticos confidveis sobre uma atividade da empresa = Melhorar os processos na empresa “Estatistica: Teoria e Aplicagbes” significa conhecer mais do que simplesmente @ modo de realizar essay tarofas. Os executivos nas empresas precisam de um entendimento conceitual dos principios que esto por tris de cada anélise estatistica que realizam, para que tenham confianga de que as informagoes produzidas estio corretas e apropriadas para uma situagio que dependa de uma tomads de decisio, Para ajudar voc a dominar os conhecimentos necessérios, cada um dos capitulos de Esartstica Teoria e Aplicacdes Usando o Microsoft Excel em Portugués apresenta um cenério chamado Utilzande «a Estatistica. Embora fieticios, 08 cenétios representam situagdes realistas nas quais voc’ sera sol citado a tomar decisdes, com 0 uso do Microsoft Excel, com 0 objetivo de transformar dados en informagdes estatisticas, Por exemplo, em um determinado capitulo, vor’ seri solicitado a decid sobre a localizagio, dentro de um supermercado, que mais chame a atengao para a venda de refrige rante do tipo cola, ¢ em um outro capitulo voce deverd fazer progndsticos sobre vendas em uma loje TABELA 1.1 nizagao deste Livro INTRODUGAO EC 3 de roupas. (Sera solicitado que vocé, do mesmo modo que os aprendizes no programa de televisao, decida sobre o melhor modo de vender refrigerantes em uma esquina da cidade de Nova York.) Como Este Livro Esta Organizado A Tabela 1.1 mostra os capitulos de Esiatistica: Teoria e Aplicagdes Usando Microsofi Excel em Portugués, organizados de acordo com as quatro atividades para as quais 0s tomadores de deciso utiliza a estatistica Apresentando ¢ Descrevendo Informagies | Coleta de Dados (Capitulo 1) Apresentando Daclos em Tabelas e Grificas (Capitulo 2) Medidas Deseritivas Numérieas (Capitulo 3) ‘Tirando Conclusies sobre Populagdes Utilizando Informagies de Amostras Probubildade Bésiea (Capitulo 4), um pré-requsito para o restante dos capitulos deste grupo | Algumas importantes Distribuigdes de Probabilidade Discretas (Capitulo 5) [A Distribuigo Normal ¢ Outeas Distebuigdes Continuas (Capitulo 6) ¢ Amostragem e Distebuigdes de Amostragem (Capitulo 7), que conduzem 3 Estimativa de Intervalos de ‘Confianga (Capitulo 8) ¢ Testes de Hipsiteses (Capitulos 9-12) Tomada de Decisio (Capi Fazendo Progns | Regressio Linear Simples (Capitulo 13) | Introdugio a Regressio Maltipla (Capitulo 14) | ‘Construgio de Modelos de Regressio Miitipla (Capitulo 15) Prognésticos Bascados em Séries Histricas ¢ Nomeros-indice (Capitulo 16) | Methorando os Processos nas Empresas Aplicagéies Esatsticas na Gestio da Qualidade e da Produtividade (Capitulo 18) (Os métodos apresentados nos Capitulos 1-3 so, todos eles, exemplos da estatistica descritiva, © ramo da estatistica que coleta, sintetiza e apresenta dados. Os métodos discutidos nos Capitulos 7 a 12 sto exemplos da estatistiea infereneial, o ramo da estatistica que utiliza dados de amostras. para tar concluses sobre uma populagdo inteira. (Os Capitulos 4-6 fornecem os fundamentos da probabilidade e das distribuigdes de probabilidade, necessdrios para os Capftulos 7-12.) A definiga0 de estatistica inferencial utiliza os termos amosira e poptlagao, e €4 segunda vez que voce encomtra «essa palavras nesta seco. Voeé provavelmente ja tera concluido que nao conseguiré aprender muito sobre estatstiea sem aprender 0 vocabulirio basico da estatistica. Continue agora com o primeira cendrio Utilizando a Estatistica, que ajudard a apresentar varios termos importantes utilizados na cestatistica UTILIZANDO A ESTATISTICA @ Good Tunes A Good Tunes, um revendedora de sistemas de entretenimento para residéncias, com quatro lojas.cem franca expansio, deseja dobraro nimero de las dentro dos préximos tr anos. alta _geréncia da empresa decidiu procurar instituigbes bancéria em localidades proximas para buscar ‘os recursos Finaneeiros necessirios para fazer face as despesas decorrentes dessa expansao. Eles precisam preparar uma apresentagio com slides eletrnicos ¢ um prospecto formal que demons: trarem que @ Good Tunes é uma empresa prdspera e uma boa candidata & expanséo. Pediram que vocéassessoreo processo de preparacio da apresentagio de slides edo prospecto, Que dads voe®incluiria, de mado convencer os bancos a concederem o crédito necessirio para 1 Good Tunes? Como vocé apresentaria esses dados? 4 Carirulo UM Nesse censrio, voeé precisa identificar os dados mais relevantes para os bangueiros. Uma vez que 4 Good Tunes & uma empresa estabelecida jé hi algum tempo, voce pode comegar com uma revisio hos seus registros histéricos, que demonsiram tanto a Sua situagdo atual quanto a sua situago no passado recente, Como a Good Tunes € uma empresa de vendas no varejo, a apresentagao de dados. sobre as vendas da empresa parece ser uma coisa sensata a se fazer. Voeé poderia incluir os detalhes de todas as transagdes de venda que ocorreram nos tiltimos anos como um meio de demonstrar que ‘a Good Tunes € uma empresa bastante prospera No entanto, a apresentaglo de milhares de transagSes aos banqueiros significaria sobrecarregi-los ‘com informagées, e nao seria de grande proveito. Conforme mencionado na Segio 1.1, voe8 precisa transformar em informagdes 0s dados relativos as transagdes, resumindo os detalhes de cada uma das transagées de algum modo proveitoso, que permitiria aos banquciros a revelagio de algum padrao favorivel sobre as vendas ao longo do tempo. ‘Um tipo de informagdo que os banqueitos presumivelmente desejariam ver seriam as vendas, em unidades de moeda corrente, a cada ano, A tabulagdo € a totalizagio das vendas so um proceso usual de transformar dados em informagées ¢ uma forma de andlise estatistica bastante comum. Ao tabular as vendas — ou quaisquer outros dados relevantes sobre a Good Tunes que vocé opte por utilizar — voce segue uma pritica empresarial habitual, ¢ tabula com base em um perfodo relacio- nado ao negécio, tal como més, trimestre ou ano. Ao proceder dessa maneira, voce se depara com. iniimeros valores: vendas do ano corrente; vendas do ano pasado: vendas do ano anterior em relagio as do ano passado:; assim sucessivamente. O modo de melhor se reportar a esses intimeros valores requer o aprendizado do vocabulirio basico da estatistica. 1.3 VOCABULARIO BASICO DA ESTATISTICA \Varidveis correspondem a caracteristicas de itens ou individuos, e representam aquilo que vocé ‘quando utiliza um método estatistico, Para o cendrio da Good Tunes, vendas, despesas por 9 € lucro liquide constituem variaveis que os hanqueiros desejariam analisat VARIAVEL ‘Uma varivel corresponde « uma caracteritica de um item ou de um individuo, 4 Usitizada como um adjetivo do vocabuliiokio dia, vardvel sugere que alguma coisa se modifica on varia, e voce espera que vendas,despesa luc Iigud apresentem diferentes valores ‘dean para ano. Esses diferentes valores eonsttuem os dados associados a uma dterminada varve fe, colocando de mod mais simples, os" dados” a seem anaisados. Em segGes subseqiemtes,voot Serdsolicitado algumas vezesainseir em intrvalos de elulas os diferentes valores que, coletiva- tnente, consttuem os dados seem anlisads. (A Segdo 1.6 expica 0 que significa um interval, de eélu ediseore ainda, sobre o modo de inscirdados no Excel.) ‘Ss varvels podem apresentardiferengas por rzGes otras que no 0 tempo. Por exemple, se sieste 1 condurir uma andlise sobre a composigao de uma grande sla de aula, voe® provavelmente dlecejria incluedados sobre a composi da turma,o sexo dos componentes da classe eo prinepal campo de esto de cada membro. Essas vardves variaram, também, pelo fato de eada aluno na “laee ser diferente. Um aluno poderia ser primeiranista no curso de Economia, enquanto um outro prseria ser uma segundanista no curso de Fin ‘océ também precisaria er em mente que os valores no tém nenhum significado, ano ser ques saaveis aces relacionadas possuam definigdes operacions,Esss definigdesconstituem signi {ados universalment actos que sfoclaros para tados os suits associados a uma aise. Embora § definigio operaional para vendas anuais possa parecer clara, um er de comunicaglo pode vir { ocorer caso uma pessoa ese se eferindo a vendasanuais de toda cadeia de las e uma outa ste se referindo a vena anais por oj, AXE mies valores inviduas para vardves precsam, tiutas vees, de uma dfinigdo — paraa varivelrelalva &composigio da sala de aul, por exemplo, Sse significa, evatamente, spars primeiranistae segundanisa?(O exemplo mas importante devefnigi vaga aver tena sido ade voto vl, no estado da Frida, nas eleigoespresidenciais horte-americanas de 20. falta de clareza nas defnigBes operaconais naquele estado acabou por ‘gir, em sima iscncin, uma regulamentagao da Suprema Cort dos EUA,) ‘Compreender a diferenga entre variveis e seus valores ajuda a aprender quatro outostermos Go ‘voeabuléri bisico, dois dos quai voce jf encontou em sees anteriores Diretamente do Computador do Autor INTRODUGAO E CoLETA DE Davos § POPULAGAO ‘Uma populagio consiste em todos os ites ou individuos em relaglo aos quais voeé desea trar ume conclusio, AMOSTRA — ‘Uma amostra coresponde & parcel da popula sclecionada para anise. PARAMETRO ‘Um pardmetroé uma medida numérica que desreve uma caracterstic de uma popula. ESTATISTICA ‘Uma estatistiea uma medida numérica que descreve uma earacteristica cle uma amosra ‘Todas as transages de vendas da Good Tunes para um ano especifico, todos os consumidores {que fizeram compras na Good Tunes durante este final de semana, todos os estudantes matriculados ‘em hordrio integral em uma faculdade, e todos os eleitores registrados em Ohio constituem exem- plos de populagées. Exemplos de amostras extrafdas dessas quatro populagdes seriam 200 transa- ‘Ses de vendas da Good Tunes selecionadas aleatoriamente por um auditor para fins de estudo, 30 consumidores da Good Tunes instados a responder a uma pesquisa de satisfagio de clientes, 50 alunos de horério integral selecionados para um estudo de marketing e 500 eleitores registrados em ‘Ohio contactados por telefone para uma pesquisa de intenedo de voto. Em cada uma das amostras, as transagdes ou as pessoas na amostra representam uma parcela dos itens ou dos individuos que ccompaem a populasio. “A quantia média gasta por todos os consumidores que fizeram compras na Good Tunes durante este final de semana” constitui um exemplo de um pardmetro, uma vez que se faz necesséria a quantia ¢gasta em toda a populagio. Em contrapartida, “a quantia média gasta pelos 30 consumidores que responderam a pesquisa de satisfagao de clientes” constitui um exemplo de uma estatistiea, uma vez. ‘que se faz necesséria a quantia gasta somente pela amostra de 30 pessoas. zando e Aprendendo o Microsoft Excel roo tenhamos, té aqui felado bastante solre eetatisten, no Imencionemas mato sobre use do Microsoft Exel 0 uso de qualquer progame de computador corresponde a um processo de dias elapas, que comega por aprender cperara programa, depos, anes fo senido de se fer um domino protindo sobre 0 modo de aplear 0 programa a una {arta relacionade & tomada de deosio — © 0 fal nfo consi um excepgo. ‘0 Supemente do Excel pas ete captulo ie ajudéoa ce famiarear com a opera do ‘roa. Nel, paramos to pressupasto de que ‘ecb tena operado um computa de uso pessoa par fazer algo como navegr na Web, ‘andar ura mensagemeeonea stating, ‘ue musi og ou azar daveres de casa Caso sunce ten ublizado um computador are nena dessa stidades, ov atvidades simiares,vocé deve pedi a um amiga qu the rmoste coma funciona um compuzeder ates fe lero Suplementa deste captuo, Embore fesse Suplemento tera sido esto sobre tudo pare pncipantes usuarios experientes to Excel se beneticiario do aprenceado das paws toads pare cescrever es peragnes Go Excel neste aro (0 Suplomenta do Excel para 0 Capita 2 «2 para os caps posterores id judé-o@ } contender como ¢ possi! apler‘oe métodes exatitcosciscutdos neste 2m 0 us 60 Micosot Exel Para cada um dos métados ‘dscutdos vot eprenderd, eeu modo gera. (0 6s meters palo quais voce pode usar © Excel Um dos métodos, chard Exeet Bésico,uilza 0 Excel sem quasquer sos tieagées externas pare 0 programa. O auto metodo, chamado PHStat2, wiiza 0 sue mento estattico rato, PHSta2, que esta nud no CO que acompanna a iro Fsses dois metocos sto verdaceramente intercambéveis As sougies do Eee que wood 9 90 ubizer coda um dels sero dérticas (ou pratcament ities) una é oura'e as Pianlnas © yisicos de exempos que voce fencomra neste livo. Voce pade aera entre (08.608 metodos, a qualquer tempo. medica ‘qu tiza oo, sem perder a compreens30 sobre 0 materi do Exoo O fato de ate iro ine os mtodos camolenentares ce apren \dzagem do Mirosot Esc € uma crac tia stv Qual dos métodos é 0 melhor para A nl ser que seu professor exja que voce utile um dos métodes, vo’ pace eee Ther aquote que mais se adopt ao seu jeto aprender. Ved gosta de sprendar cons trundo coisas partr do nada, uma etapa de ‘ada vez? Em caso atimativo, 8 vila do metodo Boe Basco serasomelnor pera woe. Voce se preacuza com © tripe neces pare cers cosas e com 08 ers de di taco que poss vir a comoter? Woot gosta do preder examinande de peta una soluglo. \demodoa descobni os Gales. un processo de deseoberta que alguns chamam de enge ran evora? Em eaca un cestesces08. Uso do PHSKat2 sora sua metar cng Para alguns povcas métocos esatsces ‘oct no encontrar um método ro Excel sca oy um méodo no PHSIat2. devido as images do Excel Para esses métocos, ve encontrar arquvos de pastas de rabalha do eel no CD que acomparte elo, que vane pode abi euler como medelo ou gaberto Daracrar sus rdpis slugs. (Nareaiade, oo#encontardarqunos quecontm exempts ‘modelos egabartos para todos os métcos fectaistoos dieutioa nos Suplemantos do Excel «pore toda pasta de taba ou gio o Excel usta neste ln, Um bom arto ‘e pari paraesses exorpiossd0 0s araivos as pastas de trabaiho do Excl pa 0s cap: ulos deste Io. como, por exemplo. 2 pasta Captuo 2x88) 6 Carfrulo UM 0 Uso de um Suplemento Néo | 2 entender coma o Excel pode ser utizado | extaisien, podem abscuroer oMirosot Ex as dar suport © mtd estaistenscape- | por née cansinirom uma solugo basoaca ‘os. 0 PHStat2¢ projtaco para tomar e | Excel, eportando apenas resitados e infor tizagio do Micros Excel maiscorweniente, | magbeseslattens que osupemento cata relago ao uso de um suplementa tal como o | 0 fer, por voce, atwidades que equerem | interramente (e mvsvelnente). O uso desse PHSiat2.Voct pode = preocupar com ote “trabalho baal” pas crit uma solug3o do. tipo de suplemerto no srifcaa verdad deve a se torr dopendente de ago que | Exo8 tl coma a formatagio de c@uas. Aa | ramente “aprender” Micesot Exce, lem do consegureé utize dentro ds empresa ou | le 0s Suplementas do Exel vo entenderé | de dena voc® dependents de sev uso espe pode. ainda, magnar que 0 uso do PSta2, | 0 que o PHStat2 ests fazendo por veeé de | cfc. Em contaparida, 0 PHSai2 cia solu 4 cigum modo, significa que voce nao esta | um modo generalzado, bem como o que ele | Bes: modelo do Excel que oot conseque feamente ilzandoeaprendendo o Mcrosot__ est fzendo espeofeamente para um detr~ | exaninare corpora 88 suas orpnas sol B08. ‘nina problema (segundo as msgs co | gBes do Excel asus dues preonypagbesndotém funde- | Exce 80) mento, O PHSta2 € uma feramerta de | E verdade que autos supementos, | °A Sepio E1.6 expica a que ¢ um suple . Aaprendizado eu unico preps @ aucs-o | incuindo suplementos para outros fos de | monic, SR 1.4 COLETA DE DADOS Os gerentes da Good Tunes aereditam que terd0 um arzumento mais forte em favor da expan consigam mostrar aos banqueiros que 0s consumidores da Good Tunes estio fortemente satisfeitos ‘com os servigos que reeebem, De que modo os gerentes poderiam demonstrar que bons servigos tem sido a experiéneia tipica dos consumidores da Good Tunes? Diferentemente do cendrio anterior da Good Tunes, no qual as vendas anuais eram automatica- mente coletadas como parte das atividades normais da empresa, os gerentes, agora, enfrentam os desafios combinados de inicialmente identificar variéveis relevantes para um estudo sobre satisfago ido consumidor ¢, em seguida, disponibilizar um método para colera de dados — ou seja, coletar 0% valores para essas varies. Muitos tipos diferentes de circunst Um analista de pesquisas de mercado precisa avaliar a eficdcia de uma nova propaganda de tele Um farmacéutico precisa determinar se uma nova droga é mais eficaz do que aquelas atualmente Ps Seria Rui? Se voo! no ¢ um ususrio expeiente do Mirosot Excel, pode ter preocupacdes em ia, tais como as seguintes, requerem coletas de dados: em uso, Um gerente de operagdes deseja monitorar um processo de producio com 0 objetivo de deseobrir se a qualidade do produto fabricado esta conforme aos padrées da empresa. Um auditor deseja analisar as transagGes finangeiras de uma determinada empresa para verificar se ela esta cumprindo os prineipios contabeis geralmente aceitos. [Em cada um desses exemplos, ¢ também para os gerentes da Good Tunes, a coleta de dados em relaglo a cada item ou individuo na populagdo seria demasiadamente dificil, ou demandaria uma quantidade muito grande de tempo. Como esse € 0 caso tipico, a coleta de dados quase sempre envolve a coleta de dads a partir de uma amostra. (O Capitulo 7 discute métodos para a selegdo de amostras.) Diferentemente do exemplo da Good Tunes, que dd inicio a esta segao, a fonte dos dados a serem coletados nem sempre € dbvia. As fontes de dados podem ser classificadas como fontes primiirias ‘ou fontes secundiirias. Quando o coletor de dados & a pessoa que est utilizando os dados para fins de anilise, a fonte & primiéria, Quando a pessoa que esti realizando a anise estatistica nto € 0 coletor de dados, a fonte € secundaria, As fontes de dados se posicionam em uma dentre quatro categoria ‘= Dados distribufdos por uma organizagio ov um individuo = Umexperimento projetado = Uma pesquisa = Um estudo baseado em observagies [As onganizagées e 0s individuos que coletam ¢ publicam dados geralmente uilizam esses dados como uma fonte prima e, depois, deixam gue outras pessoas os utilizem como uma fonte secun- aria, Por exemplo, o governo federal dos Estados Unidos coleta e distribui dados desse modo, para propésitos tanto piblicos quanto privadios. © Bureau of Labor Statistics coleta dados relacionados ‘0 nivel de emprego e, também, divulga o fadice mensal de pregos ao consumidor. O Census Bureatt supervisiona uma variedade de pesquisas continuas com relagao t populagao, imiveis residenciais FIGURA 1.1 Perguntas sobre 2 experiéneia do consumidor da Good Tunes INTRODUCAO E COLETA DEDADOS 7 € produgio, e conduz estudos especiais sobre t6picos como criminalidade, turismo e assisténcia médica Empresas que realizam pesquisas de mercado e associagbes de comércio também distibuer dados pertinentes a setores ou mereados especicos. Prestadores de servigos da dea de investimentos, como © Mergent’ fomecem dads financeiros por empresa. Prestadores de servigos para grupos econimicos, como a AC Nielsen, fornecem aos clientes dados que possibiltam a eomparago de seus produtos com os de seus eoncorrentes. Os jomais esto repletos de informages numéricasrelativas apregos de agdes, condigbes meteorol6gicase estatisticas sobre esportes. (Os resultados de um experimento projetado constituem uma outta fonte de dads, Esses resultados representam 0 produto de um experimento, tal como um test realizado com diversos tipos de sabe para lava roupa, com o objetivo de comparar a eficia com que cada um remove um determinado tipo de mancha. O desenvolvimento de projetos apropriados para experimentos constitu uma matéria {que esti muito além do escopo dest livro, uma vez que tais projetos geralmente envolvem procedi- mentos estatisticos sofisticados. Entretano, alguns dente os conceitos fundamentals de projetos de ‘experimentos slo discutidos nos Capitulos 11 ¢ 12 ‘A.condugio de uma pesquisa constitu um teceito tipo de fonte de dados. As pessoas que esto sendo entrevistadas so instadas a responder sobre suas erengas,attudes, comportamentos € oUtras caracteristicas. Por exemplo, as pessoas podem serindagadas sobre sua opinio em relagio a qual sabio para lavar roupa remove com mais eficdcia um determinado tipo de mancha, (sso pode aearretar um resultado diferente daquele oriundo de um experimento projetado que busque a mesma resposta.) ‘A condugo de um estuddo baseado em observagio & a quartafonte de dados importante. Um pesquisador coleta dados ao observar diretamente um comportamento, geralmente em um cenério natural ou neutro. Estudos baseados em observagesconstituem uma ferramenta habitual para acoleta de dados nas empresas. Pesquisadores de mereado utlizam grupos de foco, no sentido de induzi respostas nio-estruturadas para penguntas abertas formuladas por um moderador para uma audigncia- Alvo. Ov, ainda, tipos mais estruturados de estudos envolvem dindmicas de grupo ea construgio de "um consenso, Técnicas de estos bascadas em observagio so também utilizadas em situagdes nas dquais a énfase no trabalho em equipe ou na melhoria da qualidade de produtos ¢ servigos constitu tum objetivo gerencial ‘Aidentficagio da fonte mais apropriada ¢ uma tarefa critica, uma vez que, caso vieses, ambigdi- daces ou outros tipos de eros distorgam os dados que esto sendo coletados, até mesmo os métodos estatsticos mais sofisticados nlo prouzirioinformagoes de qualidade. No que Gi respeito ao exemplo dda Good Tunes, as varidveis relevantes para. a experféncia do consumidor teriam que assumir a forma de perauntas investigativas relacionadas aos virins aspectos da experiéncia do cliente, e exemplos delas sio mostrados na Figura 1.1. A pesquisa pode também fazer perguntas que busquem a ckssi- ficagio dos consumidores em grupos para fins de andlise posterior. 1. Quantos cas ranscorrram desde o momento em que voce encomendou sua mercadora aé o momento ‘em que a recebeu?___ 2. Vocd adquiriu alguma mercadoria que tenha sido anunciada no encatte de vendas da Good Tunes no jomal de domingo na semana em que voce fez a compra? Sim, pee ‘8 Esta fol a sua primeira compra na Good Tunes? Sim__ Nao. 4, Voc estd propenso a adquitr outras mercadorias da Ggod Tunes, durante os préximos 12 meses? ‘Sim___ Nao, ‘8. Qual o montante em dinheiro (em dolares norte-americanos) que voc® espera gastar em equipamentos. ‘letsnicos e estereofanicos nos proximos 12 meses? 6. Como voc8 classifica 0 servigo de um modo geral prastade pela Good Tunes com relagdo & sua compra, recente? Excelente © Mullo Bom ©) Regular © Precério 7. Como voce cassiica a sologao de produtos oferoidos pela Good Tunes om relapso @ outros varejstas do sistomas do entrotonimanto para residénciag? ‘Excolente O Muto Boa Ci Reguar D Precdia £8. Come voos classifica a qualdade dos tens que voc’ adquitu recentmente da Good Tunes? Excelente © Muito Boa 5 Regular D Precéria © 8 CapiruLo UM ‘Um bom meio para que a Good Tunes evite falhas na coleta de dados seria distribuir o questionério, uma amostra aleat6ria de clientes (conforme discutido no Capitulo 7). Uma maneira precétia seria se basear em portais de classificagdio de empresas na Internet, que permitem que visitantes da rede classifiquem um determinado negécio. Tais enderegos na rede no conseguem oferecer garantias de {que aqueles que fazem as classificagdes sejam consumidores, Pesquisas na Internet eo} ok esqusos e cassieagsestaneades | 8 gens tna que monitor de C.ave ve dis sobre un prt de as 28 Javed parecer ter mporénca | eras ecaninhades pare evter decaragies _siicagtes ne Web. que aoskasse publicae ies ad ver ha para mutts alts | Faudleras(C Et. Hots! Revews One: | osnegoaotesquerecbessem clsscao 22 Gemerco Seu so 601 mu eo | In ed wh Hope, HaTuts ana ype" The | pega ste? O que voe dia sod um 5 fazem surgir mutes preocupagdes. Por coinci- | New York Times, 7 de fevereiro de 2008, pp. Ct. portal de classificagSes na web que rece- QD déncia. enquanto escreviaos.a Sego 1.4, um | C8). artigo nformava também que um deter- esse uma comissdo caso um vastante visse, 7S Gresrccvunarercagendeomeo cer’ | mratofote!en Key West naFlanda,olrede pla pmo vez Una dsieaaae medal T_ncowleao que cosfese opera de | sees hapeces um desconto de TO caso _ tee cease cn Um nkpua onegodont? 3 {skate de vagers Marat Revals coro | publaasen em un deteminado poral de Esgs se coloeam ene as dhesesprécas x 3 pert 1 ravouaa poser ecoe | agen eae im dog fo do canun | Que podem isc pecewpgtes de Nae 3s Ferd odorpmos one oe prémas, | 90 ott Noses co-aior.com todos as emails ree étca QS ertos eaoemsequca tee eo ures | “as seme obec ‘Ces0 voce eetvanere faa uso de um TS owsradecorcoderbocn, devres odes | Noch fecebev ume merzagen de camo pera de cesBiagbes ma ede cerifaue-s §Q, rogramas de fdeliiade de vagens, scitando, eletrénico pedindo que classiicasse algum de verficar. em sua proxima Wsita. 0 Ue est "Eanes modo, que hes fesse evbuida a | negeconte de temet? Mutos de nds jaro esto atu de ragamertaglo do portal & ese nowmdhme Ge chegou sé a eeeber | bemnos eponoimerte quando aabemoe do Enbora vecé verique. dedaraqdes sobre © __nameapensecoreoseroncoebooeda | eanpre’aginacocedereppeantocrie. | prondede qua wpa como un para Sumpogtaa no queer de streceer | De un modo ga eee pos de mereagen | Wed tla se dacs pss mut roe Tomésarrot(eptaunaengressdsviages | cheganjrtanerite com agum tipo incen- | ements vec lo enconrrd uma deca ois anda racer deri) fn toe do desert Oereodo plo | agi sobre cotta de dads” qu expkqu os “Romesno tenpatmowode nsdesoo- | hot em Key Wes Unircenafaiacom que | mtodas co pera utlza pare colar os tru um argo no The New York Tes que | vookoeafeae esse negooane? Onoerivo seusdaoneTeeziosee coment eocontar ‘okt cue pois no Intretrbconadas | tear a sua apn? sce tpo de ceseragto, 1.5 TIPOS DE VARIAVEIS ! Os estatstcos classticam varlivels como categricas ou numéricas, e, ainda, classficam as vaié- veis numéricas como valores disctetos ou valores continuos. A Figura 1.2 apresenta as relagBes © proporeiona exemplos de cada um dos tipos de varivel FIGURA 1.2 Tivo de Variéve! Tppos de Pergunia Respostas Categorica ——=—=3> Voc atvalmente possui agdes outitves? — Sm [NAO] Tipos de varidveis Discrta — = oe ———_ Numero wumeica << ereeanen ies ae oan cence Variiveis eategérieas também conhecidas como variveis qualitativas) apresentam valores que somente podem ser posicionados em categorias como “sim” € “no”. As Perguntas 2-4 na Figura 1.1 constituem exemplos de varisveis catezdrieas, todas elas tendo “sim” ou “nao” como valores. Varidveis categéricas podem também resultar em mais de duas respostas possiveis. Um exemplo desse tipo de varidvel é solicitar aos clientes que indiquem o dia da semana em que realizaram suas compras, As Perguntas 6-8 resultam em uma de quatro respostas possiveis. ‘Variiveis numérieas (também conhecidas como varidvels quantitativas) apresentam valores ‘que representam quantidades. Por exemplo, as Perguntas | e 5 na Figura 1.1 constituem varidveis rnuméricas. Varidveis numéricas so, ainda, subdivididas em varidveis diseretas ou continuas. ‘Variveis discretas apresentam valores numéricos que surgem de um processo de contagem. indimero de revistas que uma pessoa assina” é um exemplo de uma varidvel disereta, uma vez que a we se FIGURA 1.3 los de escalas ominais FIGURA 1.4 Exemplos de esoalas ordinals IntRoDUGAO E CoLETA DE DaDos 9 resposta correspond a um dentre uma quantidade finita de nimeros inteiros. Voce assina zero, uma, duas revistas ou mais. O nimero de dias transcorridos entre © momento em que voce encomendou ‘uma mercadoria até o momento em que voe@ recebeu essa mercadoria corresponde a uma varisvel ‘numérica disereta, uma ver que voe® esté contando 0 ntimero de dias. Variaveis continuas produzem respostas numéricas que surgem de um processo de mensuragao. © tempo que vocé espera pelo atendimento de um caixa em um banco constitui um exemplo de uma variével numérica continua, uma ver que a resposta asstime qualquer valor dentro de um continuum, ou intervalo, dependendo da preciso do instrumento de mensurago. Por exemplo, 0 seu tempo de ‘espera pode ser | minuto, 1,1 minuto, 1.11 minuto ou 1,113 minuto, dependendo da preciso do Aispositivo de mensuragao que vos esteja tilizando. ‘Teoricamente, com uma precisio sufiviente em termos de mensuragio, dois valores continuos, jamais serdo idnticos. Em se tratando de questo pritica, entretanto, maioria dos dispositives de mensuragio no ¢ precisa o suficiente de modo a detectar pequenas diferencas, e so freqlientemente ‘encontrados valores iguais para uma varidvel continua (ou seja, dois ou mais itens ou individuos com ‘© mesmo valor) em dados oriundos de experimentos ou pesquisas. Niveis de Mensuragao e Escalas de Mensurago A utilizagao de niveis de mensuragio constitu um outro meio de se classificarem dados. Existem quatro niveis de mensuracdo amplamente reconhecidos: nominal, ordinal, intervalar e esealas de razao, Escala Nominal e Escala Ordinal Dados de uma varidvel categériea sio mensurados em ‘uma escala nominal ou em uma escala ordinal. Uma escala nominal (veja a Figura 1.3) classifica os ddados em categorias distintas, nas quais nao ests implicito nenhum tipo de classificagao. Na pesquisa sobre satisfacio de clientes da Good Tunes, a resposta para a pergunta "Voce esté propenso a adquirir ‘outras mercadorias da Good Tunes nos préximos 12 meses?” constitui um exemplo de uma varivel nominal de escala, do mesmo modo que o seu refrigerante favorito, 0 Seu partido politico favorito 0 seu género. A escala nominal constitui a forma mais precéria de mensuragao, uma vez que voce no consegue especificar nenhum tipo de classificagao por entre as varias categoria. Veridvel Categérica i Categorias — 7 Possul Computador do Uso Pesscal <—<—__————> Sim [} Nao Chi, Tipo de Aces que Possui <—{———eCrrescimento [] Valorizago C} Outro] Nenhum Provedor de Internet <{———=J> Microsoft Network] AOLE] Outro 0 Uma eseala ordinal classifica dados em categorias distintas, nas quais esté implicita uma classi- ficagdo. Na pesquisa da Good Tunes, as respostas para a pergunta “Como voc’ classifica o servigo, de um modo geral, prestado pela Good Tunes com relagio & suit compra mais recente?” representa ‘uma varidvel ordinal de escala, uma vez que as respostas “excelente, muito bom, relativamente bom e precério” esto classificadas na ordem do nivel de satisfagao. A Figura 1.4 apresenta a lista de outros cexemplos de variveis ordinais de escala, Vanvel Cateorca Categorias Ordonacas Desionardo da classe do aluno <> Prins, Sooners, Tecan Satstagb com o produ <5 No nsatfoo, Ravana nsatsfoo, Neuro -Folatvamonte Sato, Muto Sate Casiicacaono corpo cocente “E> Protease Acjunto, Protessor Asso, Protssor Cassicaco deus na Standar & Poor > AAA AA A 88S 8B B CCC CCC ODD DDD Notas do shino Intervalo ‘Altura (em polegadas ou centimetros) to Peso (em ibras ou qullogramas) tse ‘daca (em anos ou cas) ee ‘Salario (em dolares norteamericans ou ienes japoneses) ————————>_Razaio {Uma escala de raziio € uma escala ordenada na qual a diferenca entre as mensuragSes envolve tum ponto zero verdadeiro, como & 0 caso na altura, no peso, na idade ou em mensurages de salios. Na pesquisa de satisfagio do cliente da Good Tunes, a quantia (em détares norte-americanos) que voeé espera gastar em equipamentos estereofOnicos a0 longo dos pr6ximos 12 meses constitu um exemplo de uma varidvel de escala de razo, Como um outro exemplo, uma pessoa que pese 240 libras (108 kg) 6 duas vezes mais pesada que alguém que pese 120 libras (54 kg). Temperatura & um caso ‘mais taigoeto: as escalas Fahrenheit e Celsius (cgntigrados) sio intervalares, mas nao sio escalas de razio; 0 valor “zero” € arbitrrio,¢ ndo real. Ndo se pode afirmar que a letura de temperatura correspondente 4 graus Fahrenheit fita ao meidia & duas vezes mais quente do que uma tempe- ratura de 2 graus Fahrenheit. No entanto, uma leitura de temperatura na escala Kelvin, na qual 2er0 ‘au significa auséncia de movimento molecular, ¢ de escala de raza. Fm contrapartid, as escalas Fahrenheit e Celsius fazem uso de pontos de partida de zero grav arbitrariamente selecionados. ‘Dados mensurados em uma escalaintervalar ou em uma escala de razo constituem os niveis mais clevados de mensuragio, Eles constituem formas mais robustas de mensurago do que uma escala ‘ordinal, uma vez que se consegue determinar no somente qual dentre 0s valores observados & 0 ‘maior, mas também o quiio maior ele & Pea Chea awabla' Ok Aprendendo 0 Basico w — refrigerantes, chi e café Explique a “Tits diferentes tipos de bebidas sio vendidos em uma lanchonete 1a, Explique arazdo pela qual o tempo necessario para baixaro arquivo 6 uma varidvel numérica b. Explique a razdo pela qual o tempo necessiio para baixar 0 aquivo uma varidvel de scala de raza, o pela qual o tipo de bebida vendida & um exemplo de uma varivel catepériea, bs. Explique a razdo pela qual o tipo de bebida vendida é um exempio {de uma varivel nominal de eseala, 11.2 Em uma lanchonete sio vendidos reftigerantes de tréstamanhos — pequeno, médioe grande. Explique a razao pela qual o tamanho do refrigerante € um exemplo de uma varivel ordinal de eseals 11.8 Suponba que voed mega o tempo necessrio para baixar um arquivo de MPS da Internet, Aplicando os Conceitos 11.4 Para cada uma das variveisseguintes, determine sea varidvelécategérica ou numérica, Sea variével for umé= rica, determine sea varivel édiscreta ou continua. Além «isso, determine o nivel de mensurago para cada um dos seguintes itens: nero de telefones por domicilio, '. Duragio (em minutos} da chamada de longa distincia mais demo- sda, a cada més «. Se alguém no domictlio possui um telefone celular 4. Se-eiste, no domieiio, uma conexdo de Internet de banda larga 1.8 As seguintesinformagdes so coletadas de alunos nasa ds ivraria do campus universtiro, ao longo da primeira semana de aulss ‘4. Quantidade de tempo gastofazendo compras na iva '. Numero de livros diditicos comprados «Arca de especializagio do aluno 4. Sexodo aluno ‘Classifique cada uma dessasvariveis como catesérica ou numstica. Se 4 varivel for numérica determine se discreta on continua. Além disso, Continue one | fread mpressio i ysl nein voice eressto Marcadores = up Bf mem tetan nde vhs i gow ast DB rotor + BP now FIGURA E1.6 Convengées do menu do Exco! "= Una letra sublinhada em uma opeao de menu representa uma tecla de aceleragao, ua tecla que &equivalente a selegio da respectva ‘peo com 0 seu mouse ‘= Uma elise indica que. quando voce seleciona uma opsio de menv. parecer uma caixa de dslogo. = Ummareador triangular indica que, xo selecionar a referida op ‘de menu, voe® verd um outro menu de opgyies ou uma galeria de ‘opgoes oct pode executar uma variedade de opgdes de menu ou opers- «0 do Excel frequentemente utilizadas usando uma combinagi de feclas — ou soja, mantendo pressionada uma ou mais teelas a0 mesmo tempo em que pressona uma outa ec, Nas verses do Excel que no ‘0 Excel 2007, muitas dessas combinagdes aparecem préximas as opgoes| sde mena que elas representam. Ve pode imprimir sua planilha que est ativa naquele momento pressionando a combinagao Ctrl+P (ou sea, enguanto mantém pressionada a tecla Ctrl, pression ateclaP)e salvar ua pasta de trabalo ativa naquele momento pressionando CirlsS. Voce pode copia (ou recortar)e colar entradas de oélulas em planilhas pressionand Ctrl¥€ (ou Ctrl#X) c Ctrl+V. Vocé pode utilizar algumus da tclasespeciais para executar opera. es que sio freqientement utiliza. Quando voc8 digita una deter ‘minada entrada, ressionaratecla Ese geralmente cancela essa entrada Pressionaratecla Backspace ao dipitar uma determinada entrada apaza ‘os caracteres digitados 2 esquerda do curso, um earactere de cada vez. Pressionar a tecla Delete enguanto digita apaga caracteres & dieita do cursor, um caractere de cada ver, ressionae steels Enter ou Tab fina liza a entrada da célula digitada em urna pasta de trabalho. ‘Ao visualizar uma eaixa de dilogo pressionar a tecla Escape (Ese) geralmente cancela a respectiva operagio, Depois de licarem ui objeto ‘de uma plana, tal como um grafico, pressionar Delete (Del) exclu quele objeto. Caso venta ater problemas a0 utilizar Excel, voe® pode ‘movimentar 0 ponteiro do mouse sobre um objeto e depois fazer uma pasa para verificar seo Excel exibe uma Diea, uma mensagem de ajuda ‘que surge na tela, em relagio ao referida objeto, A qualquer momento ‘voce pode também pressiona atecla FI para exibir uma mensagem de ajuda ov uma caika de pesquisa para ajuda, Convengées do Livro Neste livro, objeos de caixa de dilogo sio geralmente chamados por seus nomes ou legendas. Voce encontrar instrugses tais como “Clique ‘em Rétulos” ou "Clique em OK" quando se tratar de eainas de ver fleacdo e botbes de comando. Voc? encontrar instrugdes tais como “Selecione a ope Cauda Inferior” quando se tratar de cainas de opcio ‘ou ists de opgdes. Quando nomes ou legendas de objetos So passiveis 4e variagio de acondo com o contexto, 0 ivr ullizaiéicos, como um Selecionar nome da variével’ Para descrever uma seqincia de opgdes de menu (Excel 97-2003) ou ‘uma faixa de opg6es (Excel 2007), 0 livro utiliza o simbolo de uma eta para vincular as selegbes. Por exemplo, nas versbes do Excel que nio ‘0 2007. “selecionar Ferramentas > Anilise de dados” significa que voce seleciona inicialmente Ferramentas, na bara do ment do Excel, «em seguid, seleciona Analise de dades no submenu de opgies que aparece depois que voce seleciona Ferramentas. A seqiicia equiva lenie no Excel 2007 “selecionar Dados > Anslise de dados” significa selecionara guia Formulas e,em seguida, selecionar Anilise de dads (a pantr do grupo Andlise), 1.2 OPERACOES BASICAS DE PASTAS DE TRABALHO. A medida que taba com o Microsoft Excl. vod precisa abrir pastsde trabalho parauilizardadkese estado rindosaneriorente el we FIGURA E1.5 Acaixa de diélogo Salvar como (verso Excel 2007) or vood ou por outras pessoas. Voo€ também precisard salvar pastas e trabalho para garantir a disponibilidade delas no futuro e para se proteger contra qualquer falha de sistema no computador que poss ‘ocorrer enquanto voce trabalha com o Excel, Pode ser também que ‘ocd precise eriar novas pastas de trabalho e deseje imprimir planithas individu de suas pastas de trabalho para posterior estudo ou uso em projets e cutros trabalbes. Em todas as verses do Excel, incluindo 0 Excel 2007, essas opers- ses envolvem caixas de dislogo que diferem de manera pouco signi fheatva, Emboraa caixa de diflogo da versio que voo® este utlizando possa diferrsutilmente daguelas mestradas na Fighra E13, as instrugoes esta seg se aplicama todas as versbes do Excel, eceto nos casos em que sejaestabelecido 0 contrat, Abrindo e Salvando Pastas de Trabalho \ooé abree salva pastas de trabalho selecionando a pasta de arquivo a ef uilizada e, em seguida, especificando o nome do arquivo da pasta se trabalho. Voe@ inicia © proceso selecionando Arquive na barra ce menu do Exel, nas versdes Excel 97-2003, ou clicando no Botao “Office no Excel 2007. Fm qualquer um dos casos. aparece um menu de comandos, como é mostrado parcialmente na Figura E1.d. Embora 0 onteido dos menus apresente diferengas (0 menu do Excel 2007 est 4 direita na Figura E14), ambos apresentam as opgbes Abrir e Salvar ‘como, Essas opgdes conduzem a caixas de didlozo semethantes, ape senradas na Figura EL. ena Figura ELS. ‘ood seleciona a pasta de arquivo uilizando lita de opydes que ‘ca acima dessa caixas de didlogo. Voe® insere (ou seleciona da caixs lista) um nome de arquivo para a pasta de trabalho na eaixa Nome {40 arquivo, Vocé clica em Abrir no exibido na Figura B13) ou em ‘Salvar para completar a tarefa Alguaas vezes, ao salvar arquivos, oc’ desejaré modifica o tipo de s=quivo antes de elicar em Salvar. Se Voc est wilizando 0 Excel 2007 e exe salvar sua pasta de trabalho no formato utilizado por versGes ante ‘ores do Excel, voot seleciona Pusta de trabalho do Microsoft Excel ls) na eaina de lista de opgies em Salvar como tipo, antes de clear em Salvar (mostrado na Figura E15). Se vos® utiliza qualquer versio arguivo (ao lado da legends Arquivos do tipo na Figura E1.3). Caso INTRODUGAO E CoLETA DEDapos 21 no consign encontrar um determinado arquivo que voo8 tem certeza de «que est na pasta que est examinand alterar tipo de arquivo para Todos (0s arquivos (.*) pode revelar uma redacao inadvertidamenteincorreta ‘ua alta de uma extensio de arquivo (a parte do nome do arquivo depois ‘do ponto) que povlem estar impedindo 0 arquivo de ser exibido. Embora todas. verses do Excel ineluam um comando Salvar, voce deve evitar essa ope até adquirr experiéneia. O uso de Salvar faz com {que seja demastadamente ficil que voc€ inadvertidamente sobreserevia ‘6 seu trabalho, e, no Exce! 2007, salva sua pasta de trabalho no novo formato de pasta de trabalho xlsx, que no pode ser utilizado pelas verses do Excel 97-2003. Em contrapartida 0 uso de Salvar como sempre apresenta uma oportunidade de dar um nome a seu arquivo & cescolher 0 Seu tipo de arquivo, assim como a utlizagao de Salvar como ‘constitu também © modo mais simples de iar uma cia de seguranga de sua pasta de trabalho A medida que realiza suas tarefes no Excel Se voot abyp uma pasta de trabalho em uma fonte que nao pode ser modificada, cohioum CD-ROM, o Excel marca a pasta de trabalho como “somente leita”, Voeé deve utilizar Salvar como para salvar uma versio modificada desse tipo de pasta de trabalho, © que constitui uma outra boa razdo para uilizar Sempre esse comndo. Criando Novas Pastas de Trabalho ‘Voc@cria uma nova pasta de trabalho por meio de um processo simples ceditet, que varia dependendo da versio do Excel que voc’ este uili- zando, No Excel 97 ou 2000, vocé seleciona Arquivo > Novo. No Excel 2002 (também conhecide como Excel XP) ou 2003, voce sele clone Arqulve > Novo c, em seguida,clica em Pasta de trabalho em ‘braneo, no painel do tarefas Nova Pasta de Trabalho, No Excel 2007, ‘oct clict em Botiio Office > Novo e, na caixade dislogo Nova Pasta de Trabalho, clca primeiramente em Pasta de trabalho em branco e, ‘em seguida, em Criar [Novas pastas de trabalho so criadas com uma quantidade fixa de planilhas. Voeé pode exclir planilhas que estejam sobrando ou insert ‘maior quantidade de panithas licando direita em uma guia de planilh « clicanclo em Exeluir ou Inseri. Imprimindo Pastas de Trabalho ‘Quando deseja imprimir o contetdo de uma pasta de trabalho, voce deve imprimir uma planilha de cada vez, para obter os melhores resultados ‘ocd imprime planilhas fazendo iniialmente uma visualizagio prévia de seu formato na telae, depois, ealizando quaisquerajustes na planitha fou nas configuragies de impresso, 22 CariuioUm Q remem FIGURA E1.6 Janelas parciais de Visualizagaio de Impressao (Excel versdes 2003 @ 2007) Para imprimir wma planilha especffica voc’ clica iniialmente na sm questo, para fazer dela a planilha ativa ‘naquele momento, Em seguida, vocéexibe a jancla Visualizar impress. Caso este wilizando uma outra versio do Excel que io a 2007, sele- cione Arquivo > Visualizar impressao. Se estiver uilizando 0 Excel 2007, clique no Botio Office, movimente © poatciro do mouse acima de Imprimir sem clicar) e selecione Visualizar impress. na galeria Visualizar e Imprimit. ‘As janelas Visualizar impressio sio semehantes em todas as verses ddo Excel. A Figura E16 mostra uma janela pareial do Excel 2003 (na pate superior) e do Excel 2007 (na parte inferion. Se a visualizaglo cntiver erros ou exibir a planitha de uma manera no-desejada, clique em Fechar (ou Fechar Visualizagao de impress no Excel 2007), fiaga as modificagdes necessérias e selecione novamente o comando de visualizagio. Vocé pode personalizar suas impresses clicando em Configurar (ou Configurar pagina) fazendo as entradas apropriadas ra eaixa de dislogo Configurar pégina, que € semelhante para todas as verses do Excel. Por exemplo, para imprimir sua planitha com linhas de grade, além de linhas numeradas e colunas com letras (semelhante planitha que esténa tela), voeé cca na guia Planilha nacaixa de dilogo Configurar sigina, em seauidaclica em Linhas de grade c Cabegalhos de linha e coluna e clica em OK (veja a Figura E1.7). (Voe® pose ‘encontrar mais informagtes sobre 0 uso de Configurar pagina na Segio 4 do Apencice F) ‘Quando estiver pronto para comandar aimpresso, voo8 pode cicar ‘em Imprimir, na janela Visalizarimpresso, mas, para obter@ maximo {de controle em relagio & sua impressto, clique em Fechar (ou Fechar talizagio de impressio) c, em sezuida, selecione Arquivo > Imprimir (Exce! 97-2003) ov Botao Office > Imprimir (Excel 2007) Nacaixa de didlogo Imprimir que aparece (veja a Figura EL.3), voce pode seleciona a impressora a serullizada: eertfique-se de que esteia imprimindo somente a planifhaativa naquele momento, ou imprimindo mais de uma e6pia 20 mesmo tempo, 1.3. ENTRADAS EM PLANILHAS Conforme discutido inicialmente na Seg 1.6, voc? faz entradas em Ccélulas de planilhas, as itersegdes entre colunas com letras e Tinhas. ‘com ndimetos. Voo8 utiliza as teclas do cursor ov o seu dispositive de _apoatamento para movimentar um apontador de eétulas ao longo de uma planithaeselecionar uma célula para entrada de dados. A medida ions | Magis | atest | Pe arabe ness: (ohne ont Sat ues sear Cys iehive is Lloecctes Commi (pn lgomintermcets Grease ta= | Oromioeaena Onna ae FIGURA E1.7 Guia Planitha, da caixa de didlogo Configurar pagina (Excel versdo 2003) ‘que voot digit a sua entrada de dados, ela aparece na barra de férmulas (eja as Figuras E11 ¢ E12), e voce coloca essa entrada de dados na célala pressionando Tab ou Enter ou clicando no botio com a mates. de verifieao a bara de formulas. Vo insere valores numericos legendas individuais (algumas vezes «chamadas de texto} nas eélulas. Vocé pode também inser fdrmulas, que ‘to instrugdes para realizar um céleulo ou alguma outa tarefa. De um ‘modo geral, férmulas wilizam valores encontrados em outraseélulas para produzir um resultado exibido. As féemulas conseguem modifiae automaticamente o resultado exibido quando se modiicam os valores constants nas eslulas de apoio. Para se reportar uma célulaem uma férmula, voc utiliza umende- rego de eélulagob a forma NomedaplantihafColuaLinka. Por exemplo, Dados! A2 rofere-se &eslula na planitha Dados que esté na coluna Ae na linha 2. Vocé pode também utilizar apenas a parcela ColunaL.inka de uum enderego completo, por exemplo A2, se estiver se referinda a uma, eélula na mesma planitha em que estéinserindo a férmala. {AS veres, voo® precisa se refer a um grupo de células, chamado de Intervalo de edtulas, Se o grupo de celulas forma una éreafetangulae — por exemplo, um grupo composto por céulas oriundas de duas clunas adjacentes —, voce utiliza um enderego na forma Nomedapanitha! Célulasuperioresquerda:C élulainfriondireta. Porexemplo, Dados!Al: B10 refere-se as 20 cStulas que esto nas linhas 1a 10 nas colunasA eB «a planilna Dados. Seo seu grupo forma duas ou mais reas retangulares, ‘voc insereo intrvalo como uma lista de reas retangulares separadas por virgulas, por exemplo: Dados!A1:A10, Dados!C1:C10. Se 0 nome ver espagos ov caracteres especial, ais como “Dados "ou “Figura 1.2", vooé deve inseriro nome daplailha entre tum par de aspas simples, como € 0 caso em ‘Dados sobre Cidade”!AL A10 ou *Figura-I-21A A102 (Como vooe utiliza nomes de planihas em femulas, pode ser que vocé queira renomearplanilhas, substtuindo os seus nomes originais. Conforme mencionado na Seglo El. 1, voce pode renomear una pails Inserir fungio (Excel 2007) e, em soguida, faz as entradas as selegdes em uma ou mais eaixas de didlogo. Por exemplo, para inser a fmula =SOMA\(Dados!B2:B5) uilizando o assisente de fungi, vocé sele- ciona a fungio SOMA e cca em OK na caixa de didlogo Inserrfungio (ng mostrada na Figura E1.8). Depois, vocé digita ou aponta para o intervalo de cslalas B2:BBS na cana Nim eclica em OK ns caixa de Jidlogo Argumentos da Fungio (tambsm mostrada na Figura EL.8). 0 assstente, ent, insere as firmulasdigitadas na ella que est atvada saquele momento. ‘Como ilusra a Figura ELS, © Assistente do Office também antevé os resultados da fungio SOMA (13) eexibe o conteido do interval B2: BS(4,2,205), Verificando Formulas Esteja voce inserindo formulas por ua prépria conta em uma nova pasta de trabalho. absindo uma pasta de trabalho que contenha frmulas ou uilizando comandos que acrescentam fGrmulas a planilhas voeé deve cvisar¢ verificar formulas antes de utilizar os seus respectivos resul- ‘ados. Para visualiza as Foemulas em uma planilha,pressione Ctrl (a wcla de erase), Para restaurar a visualizagio original, os resultados das ‘onmulls, presione Ctrl#\ uma segunda vez. FIGURA E1.8 Caixa de didlogo Inserir fungao do Assistente de fungio Beare pour: ons dats = gues dco dan sented (E] 0 fu, vot Ge «225 nz ti da st af InTRooUcAO F CoueTa DE Danos 23 A medida que voce cria ¢ utiliza pla recomenskivel examinar visualmente as relagdes entre umf as eélulas que ela utiliza (chamadas de precedentes) e 2s células que tlizam os resultados da férmula (as dependentes). Para exbir seta que ‘demonstram esses relagdes utilize a Fungo de auditora de frmulas Uo Excel, Para o Excel 97 ou 2000, solecione Ferramentas > Auditoria fe para o Excel 2002-2003, Ferramentas > Auditoria de formulas. Entio, elecione uma das opgbes no submenu auditoria, Para utilizar «essa fngdo no Excel 2007 selecione Férmulas, depois, selecione um das opgbes do grupo Auditoria de formulas. A opc30 Remover setas restatra a sa exibigdo original ao remover todas as seas de auditoria aba de auditar as Formulas. ‘assim que vo E14 FORMATACAO DE PLANILHAS. \ooé pode utilizar varios comanlos de formatagao para sofisticar a sparéncia de suas planilhas. Se estéutilizando o Excel 97-2008, vot fehcontraré muitas das operagies comuns de formatagdo na Barra de Ferramentas Formatagio (Veja as Figuras I. ¢B1.9)¢o restate dentro dda caixa de didlogo Formatar céllas (selecione Formatar > Células para vislizar essa caixa de didlogo), Se voe8 esti utilizando o Excel 2007, a maior parte das operagtes de formatacao ex visvel it gui Inicio (veja as Figuras E1.2 © F1.9),¢ 0 restante esti disponivel por ‘meio dos bores de abertura de lists de virios erupos, ou pela opglo Formatar do grupo Célula. Utilize a Figura E1.9 como uma orientagio visual para loealizar as ‘operagies comand format Operacées Comuns de Formatacao Tipo da Fonte & Tamanho da Fonte Listas de opedes que estabe- lecem o tipo de fontee tamanho da fonte para as células selecionads naguele dado momento, Vocé obteré melhores resultados se selecionar linhas inteiras antes de modifica o tipo de Fonte ou 0 seu respective twmanho, Negrito Exibe ps valores das células selecionadas no momento util: zando 0 tipo néarito. Considere 6 uso dessa operagio para cétulas que ‘contenbam ttlos, cabegalhos de colunas ou resultados importantes. Voce pode também utiliza os botdes Itilico e Sublinhiado,inediatamente& ireita de Negrit, para outros efeitos na font. Alinhar texto esquerda Faibe 0s valores das eéulas selecionadas 0 ‘momento, justificadas 4 esquerdaem suas célulzs. Osbotbes Centralizar c Alinhar texto direita, priximos a Alinhar texto esquerda, respec: 24 Cariruto UM sie pinion acon shana nes Cord prenehineno ——~ alinhar Mesclare —_Estiode —Aumentar e diminui ee Oe ae =e \ waar abate ar ail i Ge waermiaealte™l = ndaaaeeeatalaalelalan Py teen | a We alfigicmcrenemes (mene [ae ae cor Fr ee ok | a ay Bumieicain~ Pelee | = eee eee a rn | enue anal Boras FIGURA E1.9 Cor do preenchimento Barra de Ferramentas Formatagao (Excel 97-2003) e grupos da guia Inicio (Excel 2007) tivamente centralizame justficam a dircta os valores. Em uma planilh com muita colunas preenchidas, a utilzagio da opgo Centraizar para 1s valores correspondents a vardveiscatexSricas, pode, algumas vez, methorara legibilidade. Meselar e centralizar Comibina as células selecionadas naguele dao ‘momento, mesela as eélulas em uma sniea eélula e exibe © valor jrimeiracelula do grupo, centralizada a0 longo das e6lulas mescladas. CConsidereo uso desse comando para urn titulo de planilha ou um titulo ‘que se apliquea viras linhas ou colunas contiguas. Esailo de porcentagem Exibe valores numéricos nas eétulas selecio- nadas naquele dado momento sob a forma de percentagens. O valor 10,01 & exibido como 1%; 0 valor 1, como 100%, 0 valor 100, como 10000% Aumentar easas decimals ¢ Diminuir casas decimals Aumental dliminui o nimero de casas decimais que serio wilizadas para exibir valores numéricos nas células selecionadas naquele dado momento Particulaemente til para alinhar os pontos decimals em uma colina de valores numticos Bordas Faz descer uma galeria de efeitos de borda em que voot pode cescolher para modificar as bordas das células que esto selevionadas rnaguele dado momento, Muitos exemplos de planilhas neste Tivro utlizam um ou mais desses efeitos de bordas: Todas as bordas, Hordas ‘externas ¢ Borda superior. Cor do preenchimento e Cor da fonte Far descer uma galeria em que ‘vost pode escolher para modifiar a cor do fund da eelula e a cor do tipo das eélulasselecionadas naquele dado momento. Muitos exemplos {de planithas nest tivo usiizam a cor “Turquesa claro” para pre sas que contém valores de dados que poslem ser modificades pelo tusitrioe a cor“Amarelo claro” para preencherdreas que contém res tados. Essis cores esto disponiveis nas galerias do Excel 2002-2003 ‘ag clicar em Mais eores na galeria do Excel 2007, AAlém dessas operagbes, pode ser que voc® queiraajustar a largura «da coluna de uma planilha de modo que os cabegalhos de coluna e todos (seus valores fiquem claramente visiveis. Para isso, sclecione toda a colina e, em seguida,selecione Formatar 3 Coluna > AutoAjuste da selegio (Excel 97-2003) ou Inicio > Formatar (no grupo Cslulas) > AutoAjuste da Largura da Coluna (Excel 2007), E1.5 OPERACOES COPIAR E COLAR Haver ocasies em que voo’ desejari copiar entradas de ellas pars ‘uma outra pate da mesma planilha, ou para uma outa planitha, assim ‘como copiar uma planitha nteira para insergo er um outra pasta de trabalho, Copiar e colar entradas de e6lulas inteiraments compostas de valores mumericos ou valores de texto ¢ relativamente simples e dreto ‘Voc seleciona as eélulasaserem copiadas, pressiona Ctrl4C. se desloca para a primeira eélla do intervalo no qual voce deseja colar a e6pia€ pressiona Ctrl¢V, Eniretanto, fequentemente voe® copiard céulss que ‘contém uma ou mais firmus, A edpia de céulas que contém formulas ni € necessariamente to simples. direta quanto voe® pode esperar: Do ‘mesmo modo, oat de copiarcéulas ou panilhas inteiras por entre pastas de trabalho far surgirom algumasquestées que voc precisa compreendet para obter os melhores resultados possveis Copiando Férmulas Apia de entradas que cont formulas requer uma atengo extra uma ‘yer que duplcaias exatas podem, ou no, ter um bom resultado, depen- ddendo do modo como voe® inser os enderegos de céulas. Se vo tver inser enderegos uilizandoa forma Nomedaplania!ColunaLinha ona forma Colanal.inha,conforme apresentado na Segio E1 3.0 Excel eons era esses enderegos como referéneias relativas que iro se mexificar {de modo a relotr a diferenga, ou fazer a compensagao, ene a ella ‘original ome ea ula na qual vocéestécolando a Formula (a ela de destino). Por exemplo, quando voe® copia a formula =A2 + B2 na Macro > Seguranca, para exbir ums cai de dilogo contém férmulas e que produzrio novos resultados medida que se mod: raga (semelhanie Aguela mostada na Figura E113 para o Excel fiquem os dadensubjcemtes.Alpumas vzes, entctanto, 0 PHSta2 pede 2003), Para utilizar um suplemento como o PHSIa12 que “io est sssi- {que as Feramentascrem plans em seu beneficio, a planilasresul- _ n#do", sclecione a opgo MEd clique em OK. tanies so semethantes s planilhas isentas de mulas que so criadas pelas Ferment, Em muitos deses casos, oPHStat sofsicasplanihas SE {ue pede que as Feramenascriem, comigindo ens que as Feramertas, cometer ou actescentando novos cleus baseados em emul, i. amie ‘Antes de prosseguir, vost deve verificar seo suplemenio Feramentas nso ts, Someta moos nna ens coraseEo jest insalad etivo em sua cpa do Microsoft Excel. Se voe® estver anode. oT 7 (Wilde sgsngs | Eis Cont Uilizando uma outraversto do Excel que nfo a do Excel 2007. sce beige at aa lekatecaasrrtipeskades MS cione Ferramentas e, depois, veja se Anéilise de dados aparece no ‘io renin So savas anata ‘menu Ferramentas. Se voce visualizar Anise de dados, as Feramentas (hat Sgd omni esi saa ‘esto instaladas e habilitadas, Se vocé estiveruilzando 0 Excel 2007.0 owe sages melhor modo de veritiear a situagio das Ferramentas 6 clicar no Botdo Oesineo rmcomende voc i wt protege centr nas Office e, depos, clicar em Opedes do Exeel no menu Office. Por fn, Sie tgn ace spas oat set re ‘oes elica em Suplementos, na caixa de dislogo Opgoes do Excel, C0 aren serosa sees. gee Ferramentas de andlise aparega na lista Suplementos de Aplicativas Ativos, as Ferramentas esto instal e habilitadas ‘Se as Ferramentas ndo estiverem instaladsse habilitadas, pode ser necessirio utilizar seu CD, ou DVD, original do Microsoft Office ou ddo Excel e prosseguir com 0 procedimento de instalaglo do Microsoft Office para acrescentaro suplemento Ferramentas sua epia do Excel ‘Se voeé plancja utilizar osuplemento PHSta:2, voot deve estudara parte propriada do Apéndice F ¢ lero arquivo leia-me do PHStat2 10 CD ‘que acompanha olivro FIGURA E1.13 Caixa de didlogo Seguranga (Excel versio 2003) Como Utilizar 0 Suplemento Ferramentas ‘Umma ver que voce tenha determinado que osuplemento Ferramentas esti apropriadamente insaladoe ativo, voe® utiliza as Ferramentas seecio- rando Ferramentas > Anilise de dados (Excel 97-2003) ou Formulas > Analise de dads (Excel 2007), Em qualquer um dos casos. voce visualizaré uma eaixa de dilogo Analise de dados semelhante aque mostra na Figura E112 Se vood uiliza 0 Bxcel 2007, clique no Botio Office e, depois. em Opcies do Excel no mens do Olice, Na caina de dislogo Opebes do Excel (veja a Figurd EI. 14), clique em Central de Conflabilidade 10 pinel esquerdo, para exibirinformagies sobre questOes de segunanga fees framed die an (© ms snore agua apa ets fr da con ec ors feo an senooees cay cose : Sacsecrcrad Nee er arene tras ; a arse oe re ; “Sree Caixa de didlogo Analise de dados ¢ emenra Para uilizarum prosedimenta de Ferramenta, vod seleciona © nome tena do procedimento que desea utilizar, na lista Perramentas de anise, em seguida, clic em OK. (0 procedimento Histograma fo selecionado aE. 12.) Uma segunda caixa de diflogo aparece entio.naqtal FIGYRA E1.14 ‘vet realiza entradas e seleybes apropriadas para 0 procedimento ele : ‘Gionado. Clique em OK nessa segunda caixa de didlogo para executar Painéis de Opgdes do Excel e da Central de Confiabilidade © provedimento. (Excel 2007) IvTRODUCAO E CoLETA DEDavos 27 Depoisseliqueem Configuragdes da Central de Confiabilidade (oculto 18 Figura E14) paraexibira caixade dilogo Central de Confabilidade Pra utiliza um suplemento como © PHSta!2, que no estéassinado, igue em Suplementos no paine! esquerdo ¢, em seguida, desmanque todas as eaixas de verificagio no painel A direta(veja a Figura E15). Endo, clique em Configuragdes de macro, no panel esquerdo, ¢ em Desabilitar fodas as macros com notifieacdo no pane dreito (ve a Figura El.14). (Em alguns sistemas, vocé pode também ter que clicar ex Locals confiéveis, no painc! esquerdo, © acrescentar a loalizagio