Você está na página 1de 1

SUPERDOTADO

Deborah Martini

Dizem que sou Uma criança superdotada Mas para mim, Isso não muda nada

Gosto de pular, E brincar de queimada Ter novos amigos E manter os antigos

Mas às vezes sinto Como um estranho ser O jeito que me olham Mal sei descrever

Monstro horroroso? _Só sou curioso! Meu cérebro ansioso Só quer aprender

Ser mitológico? _Não, é logico! Super-herói? _Essa ideia me dói

Mas para acabar com esse mistério Uma coisa Eu digo sério:

_Não sou indisciplinado! Mas não me deixes de lado. Bicho de sete cabeças? _Só não quero que me esqueças.

Para que “superdotado” Não me seja um fardo. Coloque seu preconceito de lado E abra tua cabeça.

Seremos bons amigos E prometo aprender contigo. Pois não adianta ser rotulado Se eu não for ajudado.

SUPERDOTADO Deborah Martini Dizem que sou Uma criança superdotada Mas para mim, Isso não muda nada