Você está na página 1de 1

PRÁTICAS DE LETRAMENTO NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE

LÍNGUA PORTUGUESA
Samara C. D. CASTOLDI1;Otaviana Aparecida BASEGGIO2
RESUMO:Este documento apresenta considerações teóricas e metodológicas da
Disciplina de Língua Portuguesa e suas respectivas Literaturas, juntamente a
descrição das aulas de estágio de observação e de regência. Com base na proposta
dos parâmetros Curriculares Nacionais que elenca o conteúdo estruturante o
discurso como prática social, no qual se permeia pela análise linguística, levando em
conta a oralidade, leitura e escrita, e abrindo caminho cada vez mais para o
chamado letramento escolar. De acordo com essa perspectiva de trabalho na sala
de aula,o estágio de observação realizado,é uma ferramenta que possibilita a
investigação e reflexão, onde se faz a transição entre a prática e teoria, oferecendo
perspectivas de análise sobre o trabalho docente, bem como a eficaz aprendizagem
dos alunos. Já o estágio de regência busca-se o efetivo desenvolvimento do trabalho
na sala de aula em torno de práticas de letramento que levem o aluno a refletir sobre
o uso da língua em diferentes contextos de comunicação. Partindo de uma análise
bibliográfica, realizou-se a leitura de diversos autores que destacam e descrevem
como acontece o processo de letramento escolar (KLEIMAN, 2001, 2005; ROJO,
2005)e a importância de práticas letradas nas aulas Língua Portuguesa
(ANTUNES,2003;GASPARIN,2002). Este processo permitiu identificar se de fato as
propostas de ensino de Língua Portuguesa condizem com a realidade escolar e se a
escola oferece suporte para essa perspectiva de aprendizagem. Os resultados
apontam que é possível sim promover práticas de letramento durante as aulas de
Língua Portuguesa, e do papel significativo do professor em desenvolver práticas
pedagógicas voltadas ao uso da língua, a fim de contribuir na formação de leitores e
escritores letrados, capazes de identificar as relações de poder de uma linguagem
viva na sociedade, bem como no exercício da cidadania e ultrapassar assim o
ensino mecânico de apenas conhecer letras e palavras, no entanto, ainda a escola
precisa melhorar em termos de suporte para que esse trabalho possa ocorrer de
forma efetiva e plena.

PALAVRAS-CHAVE:Letramento, Oralidade, Leitura, Escrita.

1samara.danieli@hotmail.com
2ota_teacher@hotmail.com
[Digite texto]