Você está na página 1de 3

EXCELENTÍSSIMO SR. DR. JUIZ DA ____ VARA DO TRABALHO DE NITERÓI, ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

Processo n. ______________

FARMÁCIA DO BRASIL LTDA, já qualificada, por seu advogado que esta subscreve, vem, à presença de Vossa Excelência, apresentar CONTESTAÇÃO em face da Reclamação Trabalhista proposta por lARA BASTOS, igualmente qualificada, nos termos que seguem:

I – PRELIMINARMENTE: A PRESCRIÇÃO A presente demanda foi proposta ao dia 04 de abril de 2011, assim, por força de Lei, requer o Reclamado o reconhecimento da prescrição dos supostos direitos pleiteados relativos a períodos anteriores a 04 de abril de 2006, ou seja, anteriores ao período de cinco anos à propositura da ação. II – VERBAS PLEITEADAS A TÍTULO DE FGTS A Reclamante pleiteia verbas a título de FGTS, as quais, segundo alega, não foram pagas. Cabe ressaltar que os documentos que instruem a presente contestação demonstram que todas as verbas pleiteadas foram pagas. III – VERBAS PLEITEADAS A TÍTULO DE DECIMOS TERCEIROS SALÁRIOS Não obstante a prescrição já demonstrada, é indiscutível que a Reclamada sempre pagou os décimos terceiros salários à Reclamante, o que está cabalmente demonstrado nos recibos ora juntados aos autos. Ademais, ressalte-se que a Reclamada nunca obrigou a Reclamante a assinar qualquer recibo de pagamento, muito menos relativo a verbas que esta não tenha recebido.

mister se faz o reconhecimento da litigância de má-fé por parte da Reclamante. requer-se a total improcedência da ação. VI – CONSIDERAÇÕES FINAIS Diante de todo o exposto. porque não há qualquer valor a ser pago a título de FGTS.IV – SUPOSTOS DANOS MORAIS A Reclamante postula pagamento de indenização por danos morais decorrentes do não pagamento de FGTS e de supostas tentativa de agressão e “agressão verbal” que teriam sido praticadas por Paulo Jose Andrade (sócio da Reclamada). Paulo José Andrade. Pede deferimento. Do exposto.607E . . bem como o reconhecimento da litigância de má-fé por parte da Reclamante e sua consequente condenação por perdas e danos. Tal postura demonstra extrema deslealdade processual. ___________________________________________ Olivia Gaia Senra OAB/RJ – 177. conforme demonstrado por prova testemunhal. Nestes termos. V – LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ Tal como demonstrado. Além disso. não houve qualquer “agressão verbal”. bem como que lhe sejam impostas as conseqüências legais. nem tentativa de agressão à Reclamante por parte do Sr.Primeiramente. Tais alegações não podem prosperar. a Reclamante postula o pagamento de verbas que foram efetivamente pagas em seu tempo devido.

_________________ . _________________ 2.ROL DE TESTEMUNHAS 1.