Dicas iptables - exemplos de regras.

http://www.zago.eti.br/firewall/dicas-iptables.html

Dicas iptables - exemplos de regras.
Atualizado em: 05/10/2006
Sobre este documento Dicas - Solução de problemas Criar ambiente de testes e backup da instalação Resumo - Dicas - Comandos de uso frequente... Configuração via ambiente gráfico e remotamente Iniciar, parar, reiniciar, status Comandos úteis Onde ficam as regras de iptables modulos e ajuda log do iptables Como fazer um script (firewall) com regras de iptables Modelo 1 - compartilhar internet sem firewall Redirecionamento - regras por porta, IP e etc.. Indicações...

Sobre este documento
Original em formato texto com marcações para conversão em HTML, processo automatizado com scripts e txt2tags. Resumo de comandos e regras de iptables mais utilizados, (na minha opinião e como eu uso, copiar e colar). Dificilmente os comandos e dicas atenderão suas necessidades, muitos nem são compativeis com sua instalação ou nem servem para seu uso, tente adaptar ao seu ambiente, use como fonte de consulta e referencia.

Dicas - Solução de problemas
Tente instalar e configurar por partes, tente isolar o problema, facilita na localização do problema e solução, na manutenção ou instalação tente seguir esta ordem. Passo 1 - Configure o servidor para navegar e pingar as maquinas da rede interna, configure as duas placas de rede e teste com ping para a rede interna e internet, prossiga com a instalação somente depois de obter respostas do comando ping para as maquinas da rede interna e navegar normalmente, quando não tem ambiente gráfico na maquina, use o lynx para testar a navegação, wget para download, outro serviço que possa testar o funcionamento da internet, ou arrisque prosseguir com o ping, no caso do ping faça testes com ping para um dominio. Passo 2 - Compartilhe a conexão, sem firewall, somente compartilhe para testar a navegação a partir de uma estação, em lugar do firewall utilize estas regras de iptables.
modprobe iptable_nat iptables -t nat -A POSTROUTING -o ppp0 -j MASQUERADE echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward

Ajuste o device de acordo com sua rede, ppp0 como no exemplo acima para conexões via modem discado ou ADSL conectado via pppoe, conexões de ADSL com IP fixo ou obtido por DHCP o device é eth0, altere no exemplo acima para o device em uso. Passo 3 - Configure a estação para navegar, precisa configurar o gateway e DNS, com esta configuração a estação navega sem restrição alguma, veja mais dicas sobre compartilhamento de internet em http://www.zago.eti.br/adsl-compartilhar.txt Somente depois que conseguir navegar a partir de uma estação, passe para a configuração do firewall. Passo 4 - Explore os logs, não esqueça da grande fonte de informações que são registradas nos logs, no servidor abra um console e procure o que tem abaixo de /var/log, por exemplo, após configurar o Squid e implementar a regra de redirecionamento, as estações não navegam, um bom começo é analizar os logs do Squid, execute a linha de comando.
tail -f /var/log/squid/access.log

Este comando exibe no console as mensagens de log, exibe em tempo real, no momento em que estão sendo formadas, tente a navegação na estação e veja os resultados no console, até aqui fica fácil isolar o problema, se navegava antes do redirecionamento e agora não navega, já sabe onde procurar, inicie verificando se o Squid está rodando, configurações do squid, diretivas, ACL, permissões nos arquivos e diretórios utilizados pelo squid, documentação de configuração do Squid, pegue a mensagem de erro e coloque na caixa de pesquisa do Google.. Procure também nas mensagens de outros arquivos de log do sistema, qualquer dúvida volte ao inicio e vá testando passo a passo, seja um bom observador, antes de pedir ajuda, procure identificar a regra ou condição que ocorre, tente outras opções. FAQ, dicas e indicação de material sobre log em geral. http://www.zago.eti.br/firewall/log-iptables.txt http://www.zago.eti.br/firewall/log.txt Lembrando que as regras acima não tem proteção alguma, maquinas de cara para a internet precisa de um firewall minimo, os exemplos

1 de 6

28-10-2011 14:14

faça um cabo de rede para ligar o ADSL a este micro de testes. pra testes pode utilizar aqueles modem on-board que já vem de brinde em algumas maquinas. quando o cabo do modem não alcaça a maquina de testes. embora muito mais lento permite acesso à internet enquanto o ADSL não volta. a única diferença fica por conta do device e lentidão. B . pode usar um cabo crossover para trabalhar totalmente isolado das demais maquinas. quando terminar os testes. outros serviços de rede. utilize estações da rede com instalações dual-boot.Comandos de uso frequente. como acessar remotamente e outras dicas em http://www. Existem outras opções. em menos de um minuto se faz a troca do IP e sobe a segunda maquina do firewall. normalmente é um cabo crossover. procure seguir uma destas opções. testar e monitorar. vai poupar muito tempo. Pode até ser usado quando cai o link ou ADSL. para não levar o micro até o local do modem.eti. instala facilmente na maioria das distros. queimar a maquina.. nestes casos considere duas ou mais instalações do Linux no mesmo HD ou usar outro HD na maquina. nunca se sabe quando vai ocorrer acidentes. utilize emendas RJ45 ou cabo especifico e do tamanho necessário. ferramentas testes.Winscp . http://www. complica um pouco com atualização do kernel mas tem solução. as regras são as mesmas. lembre que isto deve fazer parte do seu kit de sobrevivencia. com este micro conectado na net.html acima são regras para compartilhar e não oferece proteção.br/boot_div. Salvar regras em arquivo.br/ssh/ssh-gui. qualquer problema com a maquina principal.eti.eti. Porque não pensei nisso antes! Resumo . altamente configurável. pode ser um AMR PCtel.instalar um modem discado nesta maquina de testes.Freenx . wlan0 ou outro. não precisa de placa de rede adicional.html Nesta estação (instalação) de testes.zago..Dicas . C .eti. basta trocar o cabo de micro.putty . basta uma simples cópia de volta para recuperar a instalação do windows.br/boot-dual-win-e-linux. Nada de hardmodem ou sofisticação. a única diferença pode ocorrer no device. passo a passo em http://www.Considere o uso do ssh. cliente windows utilizando . vai consumir somente parte do espaço do HD e nada mais. passo a passo em.zago.txt SSH .html 2 de 6 28-10-2011 14:14 .zago. Daqui pra frente só depende da sua criatividade para explorar as duas redes. use uma estação conectada a ele.txt Carregar configurações que salvou com Listar no console as regras em uso. http://www. simplesmente faça copia do script e arquivos de configuração. observe o que tem à sua volta. tem varios aplicativos para windows. Acesso remoto via ssh em ambiente gráfico. os exemplos acima servem como base para pensar no assunto. iptables-save > meufire.txt Dual boot Linux e windows . ou para não levar o modem até o local do micro. utilizando maquina que está atrás de firewall vai complicar um pouco.eti. só depende de ti!. utilize estações para testes. volta facilmente ao estado que era antes. HD ou uma pane na configuração que pare tudo.Aproveite e veja a dica sobre backup da instalação completa do windows na partição Linux. ajuste o device utilizado. para não mexer na configuração atual. o pouco tempo que investir agora vai lhe poupar muito mais no futuro além de evitar muitos problemas. portanto precisa criar seu firewall. nestas situações basta alterar o IP que as estações nem ficam sabendo da troca.exemplos de regras.zago.Dicas iptables . modem discado utiliza "ppp0". vejas as indicações de alguns modelos. evite em servidores embora seja possivel.txt iptables -L iptables -L > listmeufire. tanto em ambiente gráfico como texto (shell) é a mais segura e melhor ferramenta para acesso remoto. em casos de emergencia. não custa nada. utilize também para testes de atualização dos pacotes e outros fins. seja criativo e mãos à obra. considere manter como backup do firewall.txt Configuração via ambiente gráfico e remotamente webmin tem modulo especifico sobre iptables/firewall e outros recursos. isto permite todo tipo de teste sem comprometer a instalação que funciona. não adianta reclamar que não tem "verba" ou não tem maquina. Prontinho. A . algumas conexões utilizam o device diferente. considere um bom investimento de tempo. Veja mais sobre webmin. Lembre que não precisa repetir todo o processo na maquina principal. como eth0.br/webmin.Utilizando estação com dual-boot e duas placas de rede. lembrando que as regras de iptables são mesmas para modem discado e ADSL conectado via rp-pppoe. porque não usar mais duas maquinas para criar mais uma conexão para testes com VPN. Considere manter esta instalação como backup...Quem pode fazer os testes fora do horario de expediente ou quando a internet não está em uso.txt iptables-save > meufire. quando algum virus comer o windows ou precisar reinstalar. Veja dicas de como fazer duas instalações Linux no mesmo HD..zago. atende muito bem.tutorial em http://www. Salvar em arquivo. use iptables-restore < meufire.br/firewall/dicas-iptables. Criar ambiente de testes e backup da instalação Considere criar um ambiente de testes. permite executar aplicativos do ambiente gráfico remoto. outras distros ou novas versões.

smart install iptables Via Synaptic.html Edição de script. no SUSE 10. (carregar modulos) ##### carregar /sbin/modprobe /sbin/modprobe /sbin/modprobe /sbin/modprobe /sbin/modprobe /sbin/modprobe /sbin/modprobe modulos iptable_nat ip_conntrack ip_conntrack_ftp ip_nat_ftp ipt_LOG ipt_REJECT ipt_MASQUERADE Obter ajuda sobre opções do iptables. pode copiar estes arquivos de outra instalação. reiniciar.eti.html http://www. portanto fique à vontade para fazer a seu modo. use as ferramentas de sua distro para conferir se já está instaladou ou instalar quando for o caso.br/firewall/dicas-iptables.br/mc. Instalar via apt-get apt-get install iptables Via smart. Alguns exemplos via linha de comando.html Iniciar. o local pode ser diferente conforme a distro. pode incluir o não este modulo.Dicas iptables . precisa tornar root no console para instalar pacotes. [zago@aula zago]$ whereis iptables iptables: /usr/sbin/iptables COMO INICIAR (CARREGAR) O MODULO IPTABLES? Coloque no inicio do script o comando correspondente a cada modulo. via synaptic procure pelo pacote iptables ou via rpm. dicas e exemplos de uso do SSH em http://www. Como fazer NAT (compartilhar internet) modprobe iptable_nat INSTALAR: qualquer regra de firewall que utilize Iptables requer a instalação do modulo ou compilar o kernel com ele embutido. este procedimento é adotado pela maioria das distros.zago. Dependendo da distro ou versão. tente filtrar os modulos sobre iptables com ls -la /sys/module/ip* Quando falhar o comando. utilize editores simples.eti. prefira trabalhar com modulos. exemplo. pode estar em locais diferentes. Precisa carregar o modulo antes da regra que o utiliza. veja dicas sobre eles em. procure identificar se foi compilado com a biblioteca ou terá que compilar seu iptables novamente. parar. exemplo no CL9.zago.txt http://www. carregue somente os modulos necessários. Copia de parte de um firewall.zago. execute antes o comando ou inclua no rc.txt http://www.2.zago. veja mais dicas de como manipular arquivos de configuração em http://www. http://www.rpm --replacepkgs Como ver se está instalado? Use a ferramenta de sua distro. rpm -ivh iptables-versão. FAQ.local: modprobe ip_tables modulos e ajuda IPtables pode ser compilado com diversas bibliotecas. utilize o editor "vi" ou "mc". Dependendo do perfil de instalação.7a-26694cl ajuda: iptables -h Iptables não foi iniciado. instalar.br/ssh/ssh.eti.1 procure em /sys/module/.eti. pode utilizar ferramentas como webmin e refinar os ajustes com seu editor de texto preferido. selecione e instale o pacote iptables.eti.zago. no shell local ou em conexões remotas via ssh.zago.exemplos de regras. 3 de 6 28-10-2011 14:14 .br/vi. seja para fazer toda a configuração ou simples ajustes. exemplo: # rpm -qa | grep iptables iptables-1. status Comandos úteis Onde ficam as regras de iptables Em scripts precisa informar o caminho completo para chamar o Iptables. procure.eti.br/ssh/ssh. configurar. utilize o comando whereis para localizer. Via rpm a partir do diretório onde salvou ou download ou montou o CD.br/modelos/A-menu-modelos.txt Arquivos de configuração podem ser editados e manipulados com simples editor de texto.

local que fica em /etc/rc. repasse de pacote pras demais maquinas da rede interna. torne-o executavel e acrescente no final de /etc/rc. veja os resultados de: iptables -t filter -L INPUT iptables -L INPUT -n Dicas sobre log do sistema.eti. veja mais exemplos abaixo.local. exemplos e documentação.sh Como criar script.zago. este local muda conforme a distro.zago. no inicio do firewall ou antes de regra acrescente. iptables -h iptables --help ajuda sobre mac iptables -m mac --help http://www. veja neste documento outros modelos com indicação da segurança.exemplos de regras. Exemplo de uma regra para registrar log de todos acessos na porta 80. o ideal e executa-las junto com o boot da maquina.eti.d/rc. mas isto tem um incoveniente. são somente regras pra compartilhar uma conexão. uma linha para executar o script junto com boot da maquina. Iptables script generator http://www.com.br/modules.d/iptfirewall.204. http://www. Conexão via modem discado ou ADSL com IP dinamico que requer rp-pppoe.d/rc. identificar o registro com "FIREWALL: http: ".local. cada acesso tem um registro neste formato.br/firewall/dicas-iptables. ideal em testes de instalação e solução de problemas quando suspeitar de regras do firewall.sh que está no sub-diretório /etc/rc.linuxit.d. basta acrescentar no final de rc.local. Em testes as regras podem ser executadas na linha de comando.eti.68. esta linha: /etc/rc. precisa no minimo destas regras: modprobe iptable_nat iptables -t nat -A POSTROUTING -o ppp0 -j MASQUERADE echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward Explicando: A primeira linha carrega o modulo pra fazer NAT. http://www.compartilhar internet sem firewall Este topico (MODELO 1) não é um firewall. com estas regras a maquina fica totalmente vulneravel a invasão. veja o local correto em sua instalação. dicas.124 DST=200. segue o exemplo com ppp0 modprobe iptable_nat 4 de 6 28-10-2011 14:14 . A segunda linha faz o mascaramento a tercera linha ativa o IP forward.zago.br/log. Compartilhar uma conexão de internet para os demais micros da rede. segue algumas indicações.html log do iptables Para registrar as ocorrencias em log precisa carregar o /sbin/modprobe ipt_LOG ipt_LOG.198.php?name=Tux_BR_Iptables Algumas dicas.202. Jun 15 19:20:15 linux-speedy kernel: FIREWALL: http: IN=eth0 OUT= MAC=00:02:e3:0f:0b:26:00:04:16:00:c0:54:08:00 SRC=201. $iptables -A INPUT -p tcp --dport 80 -i $EXTERNA -j LOG --log-level 6 --log-prefix "FIREWALL: http: " Esta regra registra as ocorrencias em /var/log/firewall. A maneira mais elegante é criar um script com as regras de firewall.html Modelo 1 . Quando for poucas regras pode acrescenta-las no final do script de inicialização. exemplo para executar o script com nome iptfirewall.br/script/A-menu-scripts.164 LEN=44 TOS=0x00 PREC= Use tail ou outra ferramenta para acompanhamento ou filtro. toda vez que reinicar a maquina as regras se perdem. no CL é o rc.Dicas iptables .html Como fazer um script (firewall) com regras de iptables Tem sites que auxiliam na criação de script. nestas conexões a interface é ppp0.

Segue alguns exemplos.53 que atenderá o pedido e completará a conexão. prefiro acrescentar no escript esta regra: echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward e não utilizo as outras mencionadas acima.53 $iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp -s 0/0 --dport 22 -i eth0 -j DNAT --to 192.200 é automaticamente redirecionado para a estação com IP 192.168.html Conexão via ADSL com IP fixo e outras conexões que utiliza a interface eth0.168. Conferir se repasse está habilidade (forward). regras do mascaramento ver as regras do iptables iptables --list iptables -L cat /proc/net/ip_masquerade iptables --list -n -v Regra para barrar um IP especifico acrescente a linha abaixo em seu script depois do ip_forward: /usr/bin/iptables A -OUTPUT -p tcp -s IPBLOQUEADO -j DROP Redirecionamento . $iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp -s 0/0 --dport 22 -i eth0 -j DNAT --to 192.. iptables -t nat -A POSTROUTING -o ppp0 -j MASQUERADE echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward http://www. Existem diversas opções e regras para redirecionar um pedido que chega da internet para chegar a uma estação ou servidor que estão atrás do firewall.br/firewall/dicas-iptables. assim pode redirecionar cada porta para estações especificas.200.ipv4.1.regras por porta. execute: cat /proc/sys/net/ipv4/ip_forward Exemplo de comando e o que retorna quando habilitado.conf para FORWARD_IPv4="yes" Lembre que somente uma deverá ser utilizada.168.1. repasse de pacotes para as demais maquinas da rede interna.Dicas iptables .200. see /etc/sysctl. nos proximos exemplos tem mais exemplos sobre uso da regra com NAT. Na maquina remota (internet) a conexão é disparada para o IP do firewall.ip_forward = 1 Ou altere em /etc/sysconfig/network.53:22 Outra opção. ajuste na sua instalação 22 é a porta que quero redicionar pra outra maquina (22 é a porta default utilizada nas conexões por ssh). usar porta diferente no cliente.168. Outras maneiras de ativar o mesmo serviço (acionar o IP forwarding). provavel erro de digitação. 192. um exemplo de linha de comando para conexão via ssh. de # FORWARD_IPV4=no # not used anymore.exemplos de regras. de net.ipv4.200. Redirecionar ssh. a tercera linha ativa o IP forward.zago. ou ssh zago@200. ssh user@IP. caso tenha dado o comando para fazer forward e no resultado acima está retornando 1.200.1. alterar em /etc/sysctl. também pode 5 de 6 28-10-2011 14:14 .53:22 Onde: eth0 = placa de rede de cara pra net.200.conf.1.ip_forward = 0 para net. tudo que chega na porta 22 (usada pelo ssh) redirecionar para a estação com IP 192.53 é o IP reservado da maquina interna que vai atender a conexão. retornando zero não está habilitado. a regra acima redireciona para a estação. eth0 ou ppp0 Existem outras regras e maneiras. IP e etc. [zago@faq zago]$ cat /proc/sys/net/ipv4/ip_forward 1 Retornando 1 está habilitado. então tem algum erro.168. modprobe iptable_nat iptables -t nat -A POSTROUTING -o eth0 -j MASQUERADE echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward A diferença entre as duas regras acima é a interface de saida pra internet.eti. pode ser alterada.1. quando este pedido chega no Firewall com IP 200.

http://l7-filter. somente os pedidos que chegam na porta 2222.198. http://www. ssh -p 2222 zago@200.Dicas iptables . http://www.eti..html Acesso aos FAQ montado com seleção de respostas esclarecedoras na lista Linux-br. tanto o firewall como estação estão ouvindo na porta 22.1.classifica pacotes como Kazaa. mesmo sobre ssh tem muito mais. Bittorrent idem.eti. qualquer conexão com origem em IP diferente não serão redirecionadas. FAQ com mensagens da Linux-br http://www.eti. alguns requer regras mais complexas. Bittorrent.br/firewall/ Pááina principal deste site (FAQ) http://www. pode ser redirecionada para outra maquina ou atendida pela própria maquina do firewall. http://www.br/bittorrent..netfilter.eti. a linha de comando na internet tem que indicar a porta.164 --dport 2222 -i eth0 -j DNAT --to 192.br/A-menu-firewall. FTP Gnucleus.200.net/iptables-tutorial. ou até mesmo manter a default.eti.(em Inglês) http://iptables-tutorial.164 . a regra de redirecionamento funciona somente para os pedidos que chegam na porta 2222.br/firewall/redirecionamento.html Página principal sobre iptables e firewall.zago.1.204.zago.org/documentation/ L7-filter . exemplo. Restringindo o redirecionamento somente a determinado IP permitindo que somente conexões com origem no IP 200. Veja algumas indicações abaixo.txt Bittorrent . neste exemplo a 2222 será redirecionada para 22.txt VNC .regras para habilitar acessarem à rede http://www. algumas regras estão no FAQ especifico sobre o pacote ou serviço.html 6 de 6 28-10-2011 14:14 .200.3:22 Como pode notar.zago.zago. $iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp -s 0/0 --dport 2222 -i eth0 -j DNAT --to 192. o uso da porta 2222 foi utilizando somente na linha de comando e na regra de iptables.198. continue pesquisando. a finalidade aqui é dicas sobre redirecionamento. os demais pedidos na porta 22 ou outra qualquer serão tratados por outras regras.53:22 Pode configurar o ssh para ouvir em outra porta. portanto implemente as medidas de segurança. Citrix. identifica e permite criar . HTTP Jabber.html Indicações. nesta regra vai redirecionar para a estação.168.. etc.eti. sejam redirecionadas para a estação. http://www. regras de firewall.br/menu. mas sempre tem meios de dificultar o acesso de estranhos.br/vnc. exemplo da regra.. Para facilitar a organização por assunto.eti.zago.zago.exemplos de regras.net/ Excelente tutorial.168. como exemplo.sourceforge. eDonkey2000. Somente voce sabe o que tem a proteger. veja mais em. Documentation about the netfilter/iptables project Tem alguns documentos em Português.. são varias opções. . consulte o tutorial ou FAQ especifico. as regras de redirecionamento sobre VNC estão no FAQ sobre VNC.zago. nem todos os serviços permitem a troca da porta.html redirecionar com troca de porta.frozentux.204. sobre segurança e outras dicas.redirecionar pedidos que chegam da internet para estação atras de firewall http://www. neste exemplo foram mantidas. os pedidos que chegarem na porta 22 seguem outras regras.br/firewall/dicas-iptables.. vale a pena consultar . $iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp -s 200.200 o (-p 2222) serve para indicar a porta.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful