Você está na página 1de 2
“ ogy’ Barreiro (Canara Municipal N° 2 3/2014/GVSOC PROPONENTE: Vereadores do Partido Socialista PROVENIENCIA: Voreadores do Partido Socialisia ASSUNTO: Escola de artes e oficios do Barreiro © Barreiro tem uma fortissima tradigao cultural que assenta, ha largas décadas, na solidez do movimento associativo local e no desejo insaciével de conhecimento que constitu um trago muito vincado do universo operario. Nao & com certeza por acaso que figuras como Manuel Cabanas, Augusto Cabrita, Bel Ferreira, entre muitos outros, sejam em grande medida autodidactas, gente que desde muito cedo estabeleceu uma ligagdo intuitiva e genuina ao universo das artes. Com as profundas mutagdes sociclégicas e econémicas ocorridas desde o inicio dos anos oitenta, uma parte muito significativa desta estrutura identitaria tem vindo a esbater-se sem que se tenha conseguido inverter com sucesso esta tendéncia. Por outro lado, 0 fim da realizagao da Ilustrarte no Barreiro representou também um evidente fetrocesso nalgum dinamismo que se comecava a verificar neste seamento muito especifico da expresso artistica, com projectos que nos singularizassem no contexto da Area Metropolitana de Lisboa Neste momento, encontram-se reunidas algumas condigées irrepetiveis para que, de forma faseada e com rigor financeiro, se possa comegar a contrariar esta progressiva subaltemizagio das questdes relacionadas com a cultura na agenda politica da cidade. © facto de termos dois edificios magnificos como a Escola Conde Ferreira e 2 Escola Addes Bermudes representam uma oportunidade de se criar um valor acrescentado para a comunidade, nao devendo continuar a ser tratados como um peso para o erdtio puiblico e remelidos pare um patamer de crescente degradagao e negligéncia, v2 ‘ Barreiro | (Camara Municipal Assim, coloca-se & consideragao do executivo municipal a aprovago da proposta de criagéo da Escola de Artes e Oficios do Barreito, espago privilegiado para a toca de saberes adquiridos © experiéncias artisticas. Como abjectivo prioritério, a autarquia deve colocar a disposicéo da comunidade as instalagdes para 0 funcionamento deste projecto, assim como uma estrutura minima de recursos humanos que assegure o seu funcionamento regular, devendo os artistas e criadores interessados em participar organizar, livremente, as suas aulas e restantes manifestagées culturais que entendam promover. Os Vereadores do Partido Socialista, Lady Pxetars Neel BT ae Luis Ferreira Marcelo Moniz Joana Branco