Você está na página 1de 9

A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

A Justiça Divina e
a Atual Guerra

Introdução e Comentários por Alexa Pietro

No livro História do Espiritualismo [vol. 2, cap. 9], Arthur


Conan Doyle, médico, pesquisador espiritualista e criador do
personagem Sherlock Holmes, conta que a chegada da 1ª
Guerra Mundial foi predita várias vezes nos anos anteriores a
ela.

Em sua época, houve casos de aparecimento de espíritos de


soldados mortos em suas antigas casas, que apareciam em
fotos, que davam avisos de perigo aos seus colegas no campo
de batalha, e que foram vistos também em meio às áreas de
batalha.

Apesar da divulgação espírita na Europa ter sido muito


prejudicada pela guerra, com várias publicações, inclusive a
Revista Espírita, sendo interrompidas, Léon Denis foi um dos
que se mantiveram ativos durante o período, publicando
artigos que procuravam consolar e motivar o povo francês.

Estes artigos foram mais tarde reunidos no livro O Mundo


1ª Guerra Mundial Invisível e a Guerra. Dele tiramos o texto abaixo, em que

aboutspiritandmind.blogspot.com 1
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

Denis disserta sobre o papel das guerras na evolução da anciãos, aos velhos, em uma palavra, aos patriarcas;
humanidade.
essa foi a primeira de todas as aristocracias.

A Justiça Divina e a Atual Guerra Antes de tudo, Deus respeita o livre-arbítrio


Por Léon Denis - 14 de julho de 1915 humano, porque ele é o instrumento de todo o
progresso e a condição fundamental de nossa
Faz um ano que as provações de uma
responsabilidade moral. Sem liberdade e sem livre-
guerra sem precedentes desabam
arbítrio não haveria bem nem mal e,
sobre a França. Estende-se sobre nossa pátria um
conseqüentemente, não poderia existir progresso.
véu de tristeza e de luto, e muitos de nossos irmãos
choram por seus entes queridos.
Esse é o princípio de liberdade que forma, ao mesmo
tempo, a prova e a grandeza do homem, conferindo-
Diante de tantos sofrimentos, é necessário voltar
lhe o poder de escolher e de agir; é a fonte dos
nossos pensamentos para os princípios divinos que
esplendores morais para quem decide progredir.
comandam as almas e as coisas.

Na presente guerra não se tem visto algumas


A solução dos inúmeros problemas que a atualidade
pessoas descerem abaixo da animalidade e outras,
apresenta só encontraremos na Doutrina Espírita; é
pela dedicação e sacrifício, alcançarem as alturas do
nela que acharemos as consolações necessárias para
sublime?
diminuir nossa dor. Abalados pelos acontecimentos,
vários amigos me indagaram: “Por que Deus permite
Sabemos que, para os espíritos inferiores, como o
tantos crimes e tantas calamidades?”
são a maior parte dos que povoam a Terra, o mal é o
resultado inevitável da liberdade. Porém, do mal
Sabe-se que, nas sociedades primitivas, essa
autoridade foi deferida aos chefes de família, aos

aboutspiritandmind.blogspot.com 2
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

cometido, Deus sabe, em sua profunda e infinita más paixões emanam fluidos que se acumulam,
sabedoria, extrair um bem para a humanidade. paulatinamente, e terminam se transformando em
catástrofes e calamidades: daí a guerra atual.
Colocado acima do tempo ele domina o correr dos Todavia, não faltaram avisos, mas os homens
séculos, enquanto nós, em nossa transitória permaneceram insensíveis às vozes celestes.
existência, temos dificuldades em apreender o
entrosamento das causas e seus efeitos. Mais cedo Deus permitiu que ela explodisse porque sabe que a
ou mais tarde, entretanto, a hora da eterna justiça dor é o único meio eficiente para reconduzir o
soará inevitavelmente. homem às coisas
mais sadias e os
Acontece que, muitas vezes, os homens se esquecem sentimentos
das leis divinas, do objeto da vida, resvalam na mais generosos
ladeira do sensualismo e se atolam na matéria. [...]

Então, tudo o que constituía a beleza da sua alma se Deus podia, do


encobre e desaparece, dando lugar ao egoísmo, à ponto de vista
corrupção e aos desregramentos em todas as suas material, evitar
formas. Era o que acontecia entre nós, desde muito a guerra, entre-
tempo; a maior parte dos nossos contemporâneos já tanto, do ponto
não possuía outro ideal que a riqueza e os prazeres. de vista moral
não podia fazê-
O alcoolismo e a devassidão tinham secado os lo, visto que uma
mananciais da vida e, para tantos excessos, sobrava de suas supre-
Ilustração por Mucha,
apenas um remédio: o sofrimento! Sabemos que as mas leis exige Início do séc. 20

aboutspiritandmind.blogspot.com 3
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

que todos nós, individual ou coletivamente, soframos duras provas. Assinalemos que foi um dia após um
as conseqüências de nossos atos. processo, onde a podridão nacional se destacava
claramente, que a guerra explodiu.
Todas as nações empenhadas na presente guerra
são culpadas, em diversos graus. A Alemanha O que existia de pior entre nós não eram os nossos
levantou contra si as forças vingadoras, pelo seu defeitos, porém um estado de consciência que não
orgulho insensato, o culto da força bruta, o distinguia mais o bem do mal: é a pior das condições
desprezo ao direito, suas mentiras e seus crimes. morais.

O orgulho excessivo acarreta sempre a queda e o Os laços de família estavam afrouxados de tal modo
fracasso: foi a sorte de Napoleão e será a de que um filho era considerado como uma carga, daí o
Guilherme II [imperador da Alemanha, seria despovoamento que, como conseqüência de nossos
derrotado em 1918]. vícios, nos tornou fracos e diminuídos diante de um
temível adversário; mas a alma francesa ainda
As responsabilidades deste último são tremendas, conservava enormes recursos, podendo sair
porque sua atitude não produz apenas hecatombes retemperada desse banho de sangue.
sem precedentes na História; ela poderia também
retirar da Europa a coroa da civilização. Ele Diante da divina justiça, não são apenas a Alemanha
conseguiu iludir a opinião pública durante muito e a França as nações responsáveis por enormes
tempo, mas não enganará a justiça eterna. dívidas, pois entre os males que destacamos há
muitos que se estendem por toda a Europa.
Já dissemos que, relativamente à França, a
leviandade, a imprudência, o amor descontrolado Encontramos por toda parte criaturas semelhantes
dos prazeres deveriam atrair-lhe inevitavelmente àquelas que existem em torno de nós, cujas

aboutspiritandmind.blogspot.com 4
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

consciências desapareceram e fizeram do bem- Para tirar as almas da letargia moral e do profundo
estar o objeto exclusivo de suas existências, como, mergulho na matéria era preciso que esse raio
aliás, certos políticos e estadistas que pretenderam abalasse a sociedade até em seus alicerces.
dirigir os destinos de nosso país.
Já será suficiente a terrível lição que nos foi
Deus permitiu que as calamidades tivessem um reservada? Se resultar inútil, se as causas morais da
caráter geral, a fim de reagir contra essas doenças decadência e dos fracassos continuarem em nós,
da consciência e esse baixo materialismo. Caso então seus efeitos continuariam se produzindo,
fossem apenas parciais, muitos teriam assistido com reaparecendo a guerra com seu cortejo de males.
indiferença aos sofrimentos dos outros.
É necessário, pois, que a vida nacional recomece em
bases morais e que, terminando a tormenta, a alma
humana aprenda a se desfazer dos bens materiais,
compreendendo seu desvalor. Sem isso foram
estéreis todos os sofrimentos e nossa bela
juventude foi ceifada sem benefícios para a França.

Algum dia poderemos abolir ou apagar os ódios que


separam os povos?

Os socialistas já o tentaram, mas sua propaganda


internacional só lhes deu como resultado uma
derrota estrondosa. Os protestos nobres e inúteis
Cidade devastada na dos pacifistas e seus apelos para uma arbitragem
1ª Guerra Mundial

aboutspiritandmind.blogspot.com 5
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

apenas parecem, no presente conflito, uma pueril Numa palavra, deve-se dar às almas alimento mais
ilusão, porque as nações, a um simples vento de substancial e mais vivo do que aquele com o qual se
tempestade, se lançam umas contra as outras, sem alimentaram desde muitos séculos, chegando ao
pensar num recurso ao Tribunal de Haia. fracasso intelectual e moral que vemos com tristeza.

As religiões também se mostram impotentes. Dois Enquanto o egoísmo escolar e o religioso mantiverem
imperadores cristãos, ou que se dizem cristãos, o homem na ignorância da verdadeira finalidade da
místicos e devotos, iniciaram todas as calamidades vida e da grande lei evolutiva que regula a existência
atuais, e o próprio Papa não conseguiu achar o termo através de suas fases sucessivas, a sociedade
forte para condenar as atrocidades alemãs. continuará entregue às paixões más, à devassidão, e
a humanidade estará destruída por violentas
Para diminuir nossos males seria necessário uma convulsões.
renovação completa da educação e um
despertamento da consciência profunda; era preciso Seria então o momento de ensinar o homem a se
ensinar a todos, desde a infância, as grandes leis da conhecer e a dirigir as forças nele existentes. Se o
vida com os deveres e as responsabilidades homem soubesse que todos os seus pensamentos,
decorrentes. ações, movimentos hostis, egoístas ou invejosos
colaboram para aumentar os maus poderes que agem
Seria preciso que, bem cedo, todos ficassem certos sobre nós, alimentam as guerras e precipitam as
de que todas as nossas ações fatalmente recaem desgraças, muito mais cuidado teria no seu modo de
sobre nós com suas conseqüências boas ou más, agir e muitos males seriam atenuados.
felizes ou infelizes, tal qual a pedra lançada ao ar
que volta a cair ao chão. Só o Espiritismo poderia dar esse ensino.
Infelizmente, sua falta de organização lhe tira a

aboutspiritandmind.blogspot.com 6
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

maior parte dos recursos, só restando a iniciativa


individual, que muito pode na restrita área de sua É bom, agora, aspirar aos céus, cumprindo erguer os
ação. pensamentos para Deus, que é a fonte de toda a
força e de toda vida!
Todos os espíritas têm o dever de divulgar em seu
derredor a luz das eternas verdades e o bálsamo Para vencer, não bastam armas aperfeiçoadas e um
das celestes consolações, tão úteis nas horas de poderoso instrumental material; é preciso também
provações que atravessamos. [...] ter ideal e disciplina. É necessário que as almas
tenham confiança num futuro infinito, a fé
Soldados que, na linha de batalha, mostrais ao esclarecida e a certeza de que uma justiça infalível
inimigo a trincheira de vossos peitos e de vossos preside os destinos
valentes corações, sois a carne de nossa carne, o de todos nós.
sangue de nosso sangue, a força e a esperança de
nossa raça. Tomai cuidado com
os negadores de
As irradiações de nossos pensamentos e de nossas verdades evidentes
vontades se dirigem a vós, para vos sustentar na e com os que dizem
luta ardente em que estais empenhados. [...] que a morte é o fim
de tudo, que o ser
Soldados, vós crescestes do ponto de vista terreno. perece
Por vossa firmeza na provação e por vosso heroísmo completamente,
nos combates, elevastes o prestígio da França aos que os esforços, as
olhos do mundo e tornastes mais brilhante a auréola lutas e os
de glória que lhes ornamenta a fronte.

aboutspiritandmind.blogspot.com 7
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

sofrimentos do ser humano só obtêm como Conforme o homem progredir, menos freqüente será a guerra,
que será feita com humanidade, quando for necessária.
recompensa o nada.
Quando os homens compreenderem a justiça e praticarem as
Acostumai-vos a orar antes da batalha e a suplicar o leis divinas, a guerra desaparecerá. Ela somente existe,
porque é uma forma de promover a liberdade e o progresso
socorro do Alto, porque, abrindo-lhes os vossos entre povos brutalizados.
corações, ele se tornará mais intenso e mais
poderoso. [...] As humilhações e perdas causadas pelas guerras servem
como forma de diminuir seu orgulho e fazê-los progredir mais
depressa.
Sua prece se ergue ainda mais alto, a prece dos
vivos e a dos mortos, a prece de um povo que não Será que isso é mesmo assim? Vejamos o período após o final
da terrível 2ª Guerra Mundial. Costumes milenares passaram
está disposto a morrer e que, em meio a sua a ser questionados e modificados: racismo, direito da mulher,
angústia, volta-se para Deus e invoca socorro, a fim diversidade cultural, direito da criança, direito ao voto,
de salvar sua independência e manter sexualidade, casamento, educação, ecologia.
intactas sua glória e sua grandeza!* Faz pouco mais de 60 anos, o mundo ainda está em conflito,
*Grifos nossos mas o progresso é inegável, não apenas nos aspectos sociais,
mas também nos científicos, políticos e econômicos.

Essas mudanças podem não estar diretamente ligadas ao


Denis, Leon. O Mundo Invisível e A Guerra. Capítulo 5. terror daquele período, porém são conseqüências da
Versão digital: http://www.autoresespiritasclassicos.com.br necessidade de cooperação para reconstrução das cidades, da
opressão causada pelas ditaduras que se seguiram, da ânsia
O texto acima repete e detalha o que está em O Livro dos por liberdade, por uma vida diferente da geração anterior, que
Espíritos, de Allan Kardec [parte 3, cap. 6, itens 742 - 745], levou os jovens das décadas de 50/60/70 a se rebelarem, e a
onde os Espíritos ensinam que a guerra ocorre por causa da promoverem alterações profundas na mentalidade e no
inferioridade do homem, que reconhece apenas um direito, o comportamento da sociedade.
do mais forte.

aboutspiritandmind.blogspot.com 8
A Justiça Divina e a Atual Guerra por Leon Dénis

Das nossas guerras atuais, várias mudanças já estão em


desenvolvimento. Seguindo a ordem natural, um dia, cansada
de tanta dor e destruição, a humanidade vai estabelecer a
harmonia que hoje em dia é apenas um sonho, da mesma
forma que tantas outras idéias que no passado apenas os
visionários ousavam ter, hoje fazem parte de nossas vidas.

Para mais artigos, trechos de livros, pdfs e videos sobre espiritualismo,


espiritismo, filosofia, ciência e arte, visite:
http://aboutspiritandmind.blogspot.com/
http://www.scribd.com/Spirit%20Texts

Disponível também em inglês.

Esta obra está sob uma licença Creative Commons 3.0


Brasil. Esta obra pode ser compartilhada, adaptada, desde que não seja
comercializada, e seja atribuída ao autor. Visite este site para mais
informações:
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

aboutspiritandmind.blogspot.com 9