Você está na página 1de 303
IBAD INTERFERENCIA DO CAPITAL ESTRANGEIRO NAS ELEICOES DO BRASIL eC Os CC UC REMY ner Reon r(eones Com ennetcy Cee EB Use RRC ceo PAC mirror rane Contra a eect Ons Pernambuco, quero e fago questao de depor nesta Comissio como esl are meMn en oneness como nacionalista que me honro Percent crs e tan mesmo uma das maiores vitimas do Instituto Brasileiro de Acao BDysntetee tele wecos e COCR AU [ey Rone esate ted cater ts PO cae on erence ccmenceatt i do Estado, mas também depois de ClTeNeo eR oreetl OetCne (stacey Pertenece oe toe a tecloty CRT tear ra ope ate ie CeCnenery Peta he tees RU [dete Ree eRe CORe Coe renzo) Peete non Miguel Arraes, Depoimento na CPI Caw LLM) Poruanbuce (GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO “SECRETARIA DA CASA CIVIL (COMISSAO ESTADUAL.DA MEMORIA F VERDADE DOM HELDER CAMARA CADERNOS DA MEMORIA E VERDADE - VOLUME IBAD INTERFERENCIA DO CAPITAL ESTRANGEIRO. NAS ELEICOES DO BRASIL RECIFE CCOMISSAO ESTADUAL DA MEMORIA E VERDADE DOM HELDER CAMARA CADERNOS DA MEMORIA E VERDADE - VOLUME V Governador do Eta dePermsmbco Plo Henrique Saraiva Cinna ‘Secrtici da Cat Cit Antonio Cars dos Santos Figueira ‘COMISSO FSTADUAL DA MEMORIA E VERDADE DOM ELDER CAMARA, Fermndo de Vasconcelos Cth (Conenaoe Geral) enrique Neves Morano (Sect ecto) ihe Marques de Meo Lina Humberto Views de Melo Jove Aurea KodiguesBraey Manoa Sevenno Moraes de Mela Nadia Mari Mirada Bayer Roberta Franca Fike Assesores du CEMVDITC eran Jone Perea de Aro Ibeqcine de rasa Porno FrehnadeGusmio Lina {la Maria leo Gon Monike Gee de Moa Pine Rael Lete Pere “Teresa Cains andere Neves Ver lice Cats cs Assessor Pape ese Amin de Alencar eSlva Neto retards CEMVDHE Gerla Cancis Maca Nines ds Praree Sica Melo Pris Goats Feri. Ruth Lima de Arij Coutinho HaMagues Seretarla dos Caderos da Memériae Verde ae Lete eters, Vers i Cont ei Conslho Cento Antonia Torres Montego, Unvendae Federal de Penaco ‘Giuseppe Ts Uniesidade Federal da Para Mara de Nea Tacs Zena, Unsere Perl da Para Pal Abe Pires unio Panis Universidade Catlica do Rio Grande do Sl “Tina Bacar de Acdj,Unsesdae Flea de Pernbaco Comstho Flt ‘ade Mara Monto Sih, Universidade Federale erase ‘CrisinePasktte Wes Rufino Dab, Universidade Fede de Pernambuco Teds Aes, Seeretara de Oatra do Rie [ue Garo ie Magues. Unive Cascade Perabo Marla Gi do Sit Uaersade Federal ral de Peace Rin de Cini Barbosa de Ara, Pundagio lagu Nace Savana Cavan Rss, Unverldae ede de Pemanbuco Digitleaio Fao Impreso Campa Eltors de eran = CEPE Diner Presidente Tale Reo Ite de Casco Leto Dineor de aigioe Prous ton Rico nie de Melo Basine Igor Burgos, Ana Cla Alencar Debora ho, Deis Vier, Pb Rodrigue, Fitna Pens, Lina no, Martino Lins Pedro Sours Valeo Son, FICHA CATALOGRAFICA ‘COMISSAO ESTADUAL DA MEMORIA E VERDADE. "BAD: inertia do capil stranger nas ges do Beal 5. Ril Secreta da Cas Chi do ‘Gane do stad de Perunbac, 216 Mop ‘don eae pee ec pa ut etc, ecu cae ete cgu oa wad peti cnesan A Comissao Estadual de Membria Verdade Dom Helder Camara, associando- se ds solenidades que assinalam 0 Ce ene do governador Miguel Arraes de Alencar, Ce ete ern mee eet Pee ret eee eee erent eee Cir oeeesnvarny Sane ere rteray NueeLne Onn Corn Cite on ec eee ree ee peter er ney Sear enn rT TN eae) Ronn eens eee Te ace ee ee ce en eee eet eer ee he eee ee eee es Ue nee cn eet a ee eee ts detis aaa Erundina de Soua e Ped Eugénio de Casto Toledo Cabral (in memoriam), queen erunee seernrmnren mele iy ciuey et were Oi manne Sere T ON Tt 2015) no sentido da Comisso ser tend em seu lt. Ree eee a enc eee ee ee eer Peer ores Pree ercter a cnet See eee ee ee care. Pere en en te asc a terete sod CColaboraram na elaboragio deste Cadeeno os sepintes membros asesores da CEMVDHC eee acetate nn ee arene a ee Ce ea Barbosa, Nadia Maria Miranda Brayner Femando José Perera de Arai, Jose Almino de Aleneae Pret eeCe enn eos Sumario 1.0 depoimeito de Miguel APES ocnernneme a1 LL. Armies dems 9 [BAD nnn “Tanscrigho do depoimento de Atraes le 2.P1do 1BAD. psn 9s 2.1 Mistrio 8 CPU do IBAD nn 97 22. Parecer do ear: preset ron rnenenee enone 9 Pacer doelator Pedro Aleixo, em fac smile 105, 3. Pemambaco 9 IBAD on ns 5.1 O crescimento das esquerds em Pernambuco entre os anos de 1945 1962 231 32. OIBAD, aimprensa eas lees. een BS 5.3. Financiamento das legs ns 4.70 governo Miguel APE ener an Referencias bibliog en ——— 29 nero nnn ass Ane bonnes 285 ee 285, Requerimento 255 utleagbo —n 285 Patt Ban oer 8G Anexo entree 8 Anexo I von penn 362 Patten so 362 Parte? 265 AnexoV aaeeesanaae Seaeeeenen a AnexoV. nnn 84 Arras, Miguel. m4 Na pelea de REE nnn cool Governadoe de Pesnatn eon onvnnranenvennnennne 37 Dette € 0 nnn RelorD080 Ba nnn caer Saeco [No governo pela tercira ez 288 ete dos pean 291 Ca a2 AMEX0 VE cnn Parte A tas Pare B: Depeimestos Parte Document. APRESENTACAO Piel et rh 4 estar eradicar nfudnca do poder econémico nas elegdes rasleras~ mesmo com ‘osavangos aos poucos ji incorporadsleislag, como voto een, a reulogao tive a sat; de ouvir todo depoimento de. Exa. textuaimente Una grande massa de dineiro fol derramada em Prrambaco eda es masa de dnhet, seem comrendl, i questo culpan ‘do IBAD deta, €provenienedaqula insti Peguntara eno para ser mas reco seta ‘sams de dinheitodereamadaem Pernambuco pao pet elltoral fl de orgem do IBAD. ou da Promotion, cu da ADR ow tmbén erfeamos que no 36 Promation a ADP¢ [BAD fica, «as cleges em Peenambuco, mas ours financindoces também atenderam as despesasceitoras do rand Estado gue V. Ea, oj tem a esponsiblidade de igor destino? (OR. JOAO DORIA ~ Fermita me um apart. Parece me que a perganta de V; Ea, embors absolutamente pertinent, a mina opinio. (OSR. FLORES SOARES - Nio eserava outs co de V. xa SR JOAODORIA - ena dos demais ‘uivoco, mas, digamos assim, numa incomplementaio em reli & formulas da pergunta, (O SR FLORES SOARES - Socorr-me das qualidades excepcionais de V Exa. que ndopossun, (OR. JOAO DORIA ~Parece-me que asa pergunia oi apenas [pigina 5] mal olocads, pois que nao se trata em verdade, dese saber se ¢ ou no lego o emprego de recursos em campaihas polices no quadeo do regime pevalcent em nosso Pls. Todos sabenoe ques campanbas pol tiasnecesariamenteenvolvem despess de ntarera vias. O que @ fundamental eesencial no & saber o que segastu e quanto egastou, mas quaisas ones dese financiamentos, porque através «ha andie das ones dese financamento, da origem desse daheito, que ao se pode reve, que te pie em divida s legtimidade do seu emprege. Bai que se configura x corrupgio do poder eco omico sobre poder politico. Todos os recursos que nto se puderem jusificar luz do sl, 8 hur a democraci, que so ocultos, mascardos, que ainda quetobsuipeitos de procedbacaetran ira e que despeto disso insist em manté los no conden, no seredo, no anonimato, na protec dos habeas corpus para imped a pesquisa banciria, al é qu est pontovulnerive, at ‘que sth questo exsencil, a questi fundamental, que mativu a constitu desta Comisia ‘SR. FLORES SOARES Se. Presidente, Esa, considera legtima.a minha pergunta V Exa. ‘nico jaz para mim, com o dvido respelto so meu nobrecolegs Deputado foto Dia (O SR. PRESIDENTE ~ No caso daselego de perguntas, realmente soa (SR. FLORES SOARES - Desejava ouvir a opinido respitve do nobre Goverador Miguel Arraesj que conhecoa de Deputad oie Doria. Mas, oqueimporta no momento rio éaopiniio do Deputao Joo Deel, mas a opin do Se. Governado. (SR. PRESIDENTE - Evidentemente,o objetivo da ComisSo do IBAD eIPES nfo pesquisa sobre os recursos forneidos por ours ones a anda posts eletivos, mas pexgustr apenas os recuros fornecides plo IBADee plo IPES. Porisse, temos viadossematicamente pergunias que qucram saber se candidaos foram ajudados po otras Fontes. O Se Governador Miguel Ar ‘acs i dedarouontem, decaron hoje, que nio se considera réu nesta Comissoe que portato, nose vente brigade, eeconcordo com S, Exa.a responder perguntas rativament aos recursos ‘de que disps ou para outros candidates que no aquelesrefridos nas acusages a0 IBAD.V:Exa, homem brlhanteeintlgente que € (SR. FLORES SOARES ~ Muto cvigad, (0 SR. PRESIDENTE ~ . homem culo ormulow a sua perguna com habilidade, porque no fundo V Ex. quer realmente saber com que recursos ede que fone proviram os recursos par a npanka do St Gavernador ede outs caditos, segundo pade depeeender rembros a Comisso incor, no digoem peguen (0 SR FLORES SOARES - Se Presidente, eu dsejva ~e acho queso nio ¢defeso anos — fazer umn comparado, pols, segundo decarages fits pelo Sr. Goveenador, grande massa de dinheiro de origem ibadiana ede outros éngns foi derraada as eleges em Pecsambuco. Muito em. Vatnosadmitr ad argumentumn como certo, Pergunto: fl x6 0 IBAD gue derra ‘mos dinheiro em Pernambuco? Foi IBAD e ow [pina 5} tos dros que finsnciarm ‘ampanba do Se. Gvernador Miguel Arras? Que financiaram acampanka do St. Senador José Ermiro? Ou o dinhelro do IBAD financiow apenas detrminados candidate ¢determinadas legendas, os financiow a todos ox candidatos ea todas a legendas? Ea ia num seguimento. No la apenas fazer uma pergunta e conforme aresposta do Sr. Governador ria a ouras pergunis, ‘sss por dante (SR. PRESIDENTE ~Teaho a impresso de que V. ra. queria apenas xtabeecer um paralela. (SR. FLORES SOARES ~ Mas, se V. Exa acharquea minha pergunta no épertinene, ou 8 St Gvernador achar que no deve responders fol IBAD apenas que financiou e ue ningun, mais financow, que ningun mas gastou dinheiro em Pernambuco que o resto To de grag, que ‘as outrascampanhas foram fetas sem gastar um cei, enti estou iteramete satis vanos guard ojulgamento popular eo julgamento de Deus (SR. PRESIDENTE ~ Parece-me nfo haver dvi de que o Sr Governador otros candida tos despenderam recursos, mas ni so eses recursos que estamos apurando nesta Comisioe, sin, on recursos do IRAD ¢ do IPE, a atuagSo politica do IBAD e a tea pica do PES, ‘OSR. FLORES SOARES - Foio IBAD quem financiou a campanha do Se Goverador? (SK, PRESIDENTE - 0 Sr. Governador ja espondeu gue néo acredito que nio podera ser, porque #0 IEAD tives financiado acampanha do Se Goverador ele ni estara ag (SR. FLORES SOARES - Desejava saber se fnanciw candiatos de toda a legendas on que legendas e guns candidates. (SR. PRESIDENTE ~ Essa pergunta poss transmis pera informae quae legendas oIBAD financou em Pernambuco? (0 GOVERNADOR MIGUEL ARRAES - Se. Presidente, novamente o sobre Depatedo Flores, desi angar meno banco dos res. ‘OR. FLORES SOARES - Nio apoado! ‘O.GOVERNADOR MIGUEL ARRAES J espondvriasvezes que no sou réu nesta Comis so e que ninguém pode estabelecerconfustoe reap aoe feta real, que 0 IBAD. finan ido por uma organizao de oigem espa esirangeca, que Promotion. ‘0 SR. PRESIDENTE ~ A Presidencianio ext colocando V. Esa na condi de réu V. Ex pode informa a qual legend o TRAD fnanciou? Naa foriule a pergunta colacando V. x,t [pin 57) bre sorgens do seu dinero. SR. ESMERINO ARRUDA - Permite tum govemadordifereate porque govern um povo diferente, um pow feta todaa sore de sof ‘mentos De forma que V xa ¢ diferente dagueles governadnes que recebem o dinero do IBAD para ludibriar a pinio iba brasileira também diferente dagueles otros povernadores na ‘ionalista’ (entre asps) que também wsam o dinero para ludibriar a conscincia nacional. Por Isso, acho que V: Ex. eleto hoje governadr de um povo sofredor,©powo permambucano nao deve Aisinguir orig do diac do TRAD com orgen deste outro dinero que core também por 4, subornando a consciénca nacional. Hoje, com Governador de Pernambuco. Fxa. deve ter a independéncia para dizer, alo bom som, que &conta 0 dnheiro do IBAD e cotta também 0 Aihero do qual no saberos orgem Sei qu V. Ea. no wou nenhum deses process na a se Esa? Se Gonernado,evidentemente,V. Ena & deo e representa hoje opovo pernambucano deve dizer que é também contra esta manelca Vamos mudi a nots le tora a sstemtic eleoral, para que sai a inluncla do poder eco nmico que nos estangula a todos inlasive ao meu Estado. (SR, PRESIDENTE - Eu queria dar uma informagi. © Se. Goverador és releria aiso conten ex ot um ape & Comisi, na pessoa do President, ete respi, Devemas fazer um grande esforgo e esta comissio deve conduit por medias punitvas daqueles qu realmente te ‘bam infringid et (SR. ESMERINO ARKUDA - VE nterrmpe o Governor todas 3s vere, (0 SR PRESIDENTE - Haveremos de cacluie por um apelo ao Senado para vtar edits mente el que ciao Fundo Partito, Exh com palavao Se Govern, ‘SR, GOVERNADOR MIGUEL ARRAES - Sr Presidente, gradego a palarss do St: Depu lado Esmering Arruda, Por masque V: Exa, me honrase devo dizer queso um brs como qualquer otto e que o povo de Pernambuco é igual ao povo brasil ex gral, o povo do Cea. (OSH. ESMERINO ARKUDA - Discordo. ‘0 SR_GOVERNADOR MIGUEL ARRAES - V. Exa, me permite que assim considere porque io quero ser dfrene dos outros. Ontem inerplado pelo Depulado Ansio Rocha, deatel que ‘0 Congrsso Nacional devera se pretend conhecer sorgem dos recursos de todos os que det ‘mapdato institu liguldaco do siglo bancio para todos auels repo, que so politicos, h- sens pion ‘OR. ESMERINO ARRUDA - Fs ia ito Pase uma procera a0 Governor da Guana bara pra invstigar todos os meusbens. (SR. GOVERNADOR MIGUEL ARRAES - Feito ito poderlamos apurar a origem do d nheiro do IBAD e do demas. Prontiuet-me, at, a sro primeira ir pesnte 3 comissio que fost instiuids, sem esa histra de siglo Banco para permitira anise de minha clio para Deputado, Preto e Governor de Pernambuco. De modo qu V xa. que eo uma posto