Você está na página 1de 11

m- \| |* mu .-\r\1/\ |u ;0

José Bittencourt Filho

.-.- (in vxlslbnciza dc uma matriz rcligiosa brasileim,

culnliclslno noéfnco e a ma_g1a européi;

-,o|;\

pvlu

culunlzudurcs; a rchgno e a magla ancana c

mrdc, pclo cspmtlsmo

e pelo catolicismo

matnz (6118 8H8 6X-

_-;

“,

:

-

“.,,,P

m1

lIJ/lthv» pvlnx

nuhyvvnn, v, lnzus

unnmnl/zadu.

Annavsc inclusive que t3]

;m~.\~.-.-;u» | v| |p|usza propria: a Umbanda, smcrética pordeniqio,

dcsclnhuca numa visfio e conduta peculiares no

1mm islu

discursu c £1 prética religiosa, que permeiam todas

lurzmln‘ nu

as

czunaulins sociuis, assim como contribuem para a congura-

civil brasilcira. Seu traqo caracteristico

qau dc uma rcligifio

scrizl umu visfm

mfagica e utilitéria.

Ncssc quudro 0 éxito das propostas circulantes no campo

direta da coextensividade com a

p686 a variedade simbolico-dou-

utligioso ustfio na proporofio

mcnciunudza matrix, cm que

lriluiria.

Pcntccoslalismo autonomo

(PA)

é o grande fenomeno

rcligioso hrasilciro atual. Esta designaqfio se contrapoe A de

pcmccostalismo

missionzirio pcntecostal, dos EUA, no inicio do século. Por

as denominaooes dis- formadas em torno de

cléssico, igrejas originadas do movimento

pcntccostalismo autonomo designamos sidcntcs daquele pentecostalismo e/ou

l idcranoas fortes.

Curacterisrticas de umfenémeno

do PA aliceroa-se numa triade: a

cura, o exorcismo, a prosperidade. Nela conjugam-se fatores

sécno-religiosos

responderiam é interpretaofio simbolica

as classes populares realizam de suas adversidades 6X15-

A proposiofio religiosa

que

quc

tcncnaxs, geralmente de forma inconsciente ou difusa.

'

[ntervenqdo divina possivel. A cura viria ao encontro d0

con]unto

n0 qual

dc enfennidades sicas e psicossométicas, nump815

o atendlmento médico passa por uma crise crfinwfi!