Você está na página 1de 40
ADORAGAD Minha Vida Sobre o Altar p \ \ we . Igreja Adventista ; do Sétimo Dia’ ASSOCIACAO SUL DO PARA APRESENTAGAO - SERMONARIO MORDOMIA CRISTA E com muita alegria e espirito de oragéo que chegamos a mais um momento de Renovagao, Consagragao e Fidelidade em nossa igreja. Que esta semana de Mordomia Crista seja um marco na vida de cada participante @ que as ricas e inesgotaveis bencaos do Céu sejam derramadas sobre todos nés! PARA TANTO: © Faga a escala de pregadores enlregue os sermées para que 0 pregador estude e se prepare com antecedéncia. © Deixe sempre um pregador reserva, de sobreaviso, para 0 caso de imprevistos. ‘© Organize uma boa recepgao e deixe a igreja bem ornamentada, © Convide o ministerrio de louvor da igreja, cante musi¢as boas e previamente selecionadas. © Verique o funcionamento de todos os equipamentos da igreja, som, microfones, computador, projector, etc. Teste tudo, nao deixe nada para a titima hora. Retina a Comissao da lgreja, elabore com eles o programa e distribua tarefas. © Selecione os testemunhos que serao contados a cada noite, escolha pessoas de sua prépria igreja ou do distrito que tenham uma forte experiéncia com Deus na comunhdo e na fidelidade, Oriente bem quem vai contar o testemunho, o testemunho deve ser inspirador, deve ser objetivo e nao deve sobrepor as outras artes do programa, ® Aproveite bem os momentos de oragao com a igreja, que sejam inspiradores, Crie um clima de espiritualidade, e ‘© Lembre-se o nosso foco é levar cada membro da igreja a uma entrega completa a Jesus, para termos um crescente nimero de morciomos espirutualmente reavivados, saudaveis, fiis e comprometidos com a missao de Cristo. Y Igreja Adventista ISCIPULO esse SAUDE s TEMAS ~ Minha Vida AGA Sabado, 02 « Satide a cada dia. Domingo, 03 « Vocé € 0 Que vocé come. Segunda-feira, 04 « Maturidade Emocional. Terca-feira, 05« Lealdade e Intregridade como fatores de satide. Quarta-feira, 06 « Abel, primeiro Deus. Quinta-feira, 07 « Aentrega que glorifica a Deus. Sexta-feira, 08 « Administrando as bén¢aos do reino. Sabado, 09« A Deus 0 que é de Deus. Tema Adicional « A Mensagem de Saude e as Trés Mensagens Angélicas QUE MEMBRO — — ULO j SRAchD \ PROGRAMA SUGESTIVO Minha Vida Sobre o Altar 19h40 — Recep¢ao 19h55 — Louvor 20h05 — Boas Vindas, Hino de Abertura e Oragao 20h10 — Testemunho 20h15 — Momentos de Oragao 20h20 — Musica Especial 20h25 - Sermao 20h55 — Hino e Oragao de Encerramento 21h00 - Despedida No Sabado segue-se alitUrgia regular do culto Sabado, 02 Set A luta pela satide deve ser diaria, assim como acontece com a busca de Deus cada dia. Santicade e vida saucavel devem andar de maos dadas. Consagragao também implica em busca permanente de conhecimento de teoria e pratica de um viver saudavel. Espera-se que um cristéo consagrado viva diariamente os principios de satide instituidos pelo Criador. O corpo 6 0 tinico agente pelo qual a mente e a alma se desenvolvem para a edificagao do cardter. Dai o adversdrio dirigir suas tentacdes para o enfraquecimento e degradagao das faculdades fisicas. Seu éxito nesse ponto importa na entrega de todo o corpo ao mal. As tendéncias de nossa natureza fisica, a menos que estejam sob o dominio de um poder mais alto, hao de operar por certo ruina e morte. A Ciéncia do Bom Viver, pag. 130. COMEGAR O DIA NA PRESENGA DE DEUS « COMUNHAO CONTRIBUI PARA A SAUDE. Nas primeiras horas da manha, va ao lugar que vocé escolheu para manter comunhao com Deus. E ali, fale a Ele: A Ti levanto as maos; a minha alma anseia por Ti, como terra sedenta. Faze-me ouvir, pela manha, a Tua graga, pois em Ti confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a Ti elevo a minha alma. Livra-me, Senhor, dos meus inimigos; pois em Ti é que me reftigio. Ensina-me fazer a Tua vontade, pois Tu és 0 meu Deus; guie-me o Teu bom Espirito por terreno plano (Sal.143:6, 8-10). Pela manha, no banquete na presenca do Pai e de Cristo, o Espirito Santo vai nos ungir, derramando sobre nds um poder vitalizante, capaz de suportar tudo e nos fazer vitoriosos em todas as circunstancias e situagdes do dia. Paulo fala em Romanos 5:5, que o Espirito Santo vai derramar em nosso coragao 0 amor de Deus. Vocé saira para o trabalho ungido com o amor de Deus. Esse poder vai permear suas acdes e vai produzir grandes maravilhas e sua vida. Vejamos a agao curativa desse poder: 0 amor difundido por Cristo por todo o ser é um poder vitalizante, Todo érgao vital - 0 cérebro, 0 coragao, os nervos esse amor toca, transmitindo cura. Por ele sao despertadas para a atividade as mais altas energias do ser. Liberta a alma da culpa e da dor, da ansiedade e do cuidado que consomem as forgas vitais. Vm com ele serenidade e compostura. Implanta na alma uma alegria que coisa alguma terrestre pode destruir a alegria no Espirito Santo- a alegria que comunica satide e vida. A Ciéncla do Bom Viver, pag.115. Na presenca de Cristo e no poder do Espirito Santo, sera um deleite praticar os principios basicos de satide. Veremos, a seguir, 0 resumo dessas recomendagées clo Criador para um viver saudavel, espiritual, fisico ¢ mental. O MEDICO DE DEUS E OS SEUS REMEDIOS Ellen. G. White diz que a natureza é o médico de Deus. A Ciéncia do Bom Viver, pag.264. Esse médico usa os verdadeiros remédios na execugao da verdadeira medicina natural, nado somente para curar os doentes, mas também como meio de prevenir doenga e sofrimento. OS OITOS REMEDIOS NATURAIS VERDADEIROS SAO: Ar puro, luz solar, exercicio, abstinéncia, repouso, regime conveniente, uso de agua e confianga no poder divino. AR PURO Vocé pode ficar varias semanas sem se alimentar, alguns dias sem agua, mas somente poucos minutos sem respirar. Esse remédio é indispensavel para que a vida possa existir. O efeito do ar fresco é fazer com que o sangue circule de maneira saudavel através do organismo. Ele refresca o corpo e tende a comunicar-lhes forga e satide, ao mesmo tempo em que sua influéncia é claramente sentida pela mente, comunicando certo grau de calma e serenidade. Desperta o apetite, toma mais perfeita a digestao dos alimentos e conduz a sono saudével e tranquilo. Testemunho Para lgreja, volt, pag. 702. O ar puro é revigorador do Céu é um dom gratuito de Deus a homens e mulheres, e é impossivel estarem eles alegres, sadios e felizes sem apreciarem esses ricos beneficios e nao Ihes permitem cumpnir o propdsito para a qual para qual foram designados, Minha Consagracao Hoje [MM1989], pag. 137. LUZ SOLAR Nenhum aposento é apropriado para servir de dormitdrio, a menos que possa ser completamente aberto todos os dias ao ar e ao sol. A Ciéncia do Bom Viver, pag.275. EXERCICIO A inatividade é prolifera causa de doengas. O exercicio aviva e equilibra a circulagéo do Sangue, mas na ociosidade o sangue ndo circula livremente, e nao ocorrem as mudangas que nele se operam, e sao tao necessdrias a vida e a satide.- Ibidem, pag.238. Atualmente, todas as pesquisas sérias falam da importancia do exercicio e da dieta como elementos essenciais para a satide, bem-estar e longevidade. O exercicio 6 tao importante quanto ao alimento. Comece a se exercitar, e seu coracao, pulmao, aparelho digestivo, mente, ossos, mUsculos, apetite, sono e outro vao agradecer. Caso ainda nao tenha desenvolvido e consolidado o habito de praticar exercicio regulamente, gostaria que levasse em conta pelo menos duas recomendagées: rocure um profissional de satide, antes de comegar de se exercitar. €omece pelo exercicio que Ine dar mais prazer, aquele que se adapta a sua realidade financeira, social, geografica, etc. Esse com certeza serd o melhor exercicio, ou seja, aquele que vocé esta conseguindo fazer. .. Nao hé exercicio que possa substituir 0 andar. Conselhos Sobre Satide, pag. 200, O ar puro, a alegre luz solar... e o exercicio ao ar livre... sao...0 elixir da vida.- A Ciéncia do Bom Viver, pag.264. TEMPERANGA Até 0 que é bom deve ser usado com moderagao. A Biblia orienta: Seja a vossa moderagao conhecida de todos (Filip.4:5). A temperanga no comer é muitas vezes a causa de doenga, e o que a natureza precisa mais é ser aliviada da indevida carga que Ihe foi imposta. Em muitos casos de doenga, 0 melhor remédio 6 o paciente jejuar por uma ou duas refeigGes, a fim de que sobrecarregados 6rgaos digestivos tenham oportunidades de descansar. - Ibidem, p4g.235. «Pensar menos em alimentos temporais: Precisamos meditar constantemente sobre a Palavra, comé-La, digeri-La e, pela pratica diaria, introduzi-la na corrente da vida. Aquele que diariamente se alimenta em Cristo, por seu exemplo ensinard outros a pensar menos no que comer, e sentir muito maior ansiedade pelo alimento que dao a mente.- Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pags.89 e 90. REPOUSO Alguns se tornam doente por excesso de trabalho, Para esses, o descanso, a libertagao do cuidado e um regime reduzido sao essenciais a restauracao da satide. A Ciéncia do Bom Viver, pag. 236. Evite o uso de alimento antes de dormir. 0 processo digestivo durante o repouso nao 6 adequado e interfere na qualidade do sono. Atente cuidadosamente para essa orientagao sagrada: Quando nos deitamos para repousar, 0 estémago ja devia ter concluido a sua obra, afim de, como os demais drgaos do corpo, fruir repouso. Ibidem, pag.304. O sono é perturbado, cansam-se o cérebro e os nervos, é prejudicado o apetite para a refeigao matutina, 0 organismo todo nao se restaura, e nao estard preparado para os deveres do dia. - Educagao pag. 205. «Dormir antes da meia-noite 0 ideal. «0 SABADO BENGAO DO DESCANSO SEMANAL. REGIME CONVENIENTE Frutas, verduras, cereais e nozes. Cereais, frutas, nozes e hortaligas, combinados convenientemente, contém todos os elementos da nutri¢ao; e quando devidamente preparados, constituem o regime que melhor promove, tanto a forga a fisica como a mental. Educagao pag. 204 e 205. Portanto que comais, quer bebais ou fagais outra coisa qualquer, fazei tudo para a gloria de Deus. (I Cor. 10:31) USO DA AGUA Na satide e na doenga, a agua pura é uma das mais excelentes béngdos do Céu. Foi a bebida provida por Deus para saciar a sede de homens e animais. Bebida abundantemente, ela ajuda a suprir as necessidades do organismo, e a natureza em resistir 4 doenga. A aplicagao externa da agua é um dos mais faceis e satisfatorios meios de regular a circulagao do sangue. Um banho frio ou fresco é excelente tonico. O banho quente abre os poros, auxiliando assim na eliminagao das impurezas. Tantos os banhos quentes como os neutros acalmam os nervos e equilibram a circulagao. A Ciéncia do Bom Viver, pag. 237. Vir que era um dever sagrado zelar de nossa satide, e despertar outros para seu dever, sem colocar sobre nds 0 peso do acaso. Temos, porém o dever de falar e de batalhar contra a intemperanca de toda espécie intemperanga no trabalho, no comer, no beber @ no uso de medicamentos indicando-lhes entao o grande remédio de Deus: agua, agua pura para as doengas, para a satide, para limpeza e como regalo. - Mensagens Escolhidas, vol.3, pag.280. Beneficios do uso da agua: « Regula a circulagao do sangue « Acalma os nervos « Respiragao « Digestao « Salivas e lagrimas « Controle de temperatura « Flexibilidade Assim como colocamos agua no reservatério do carro, quando esta abaixo do nivel e nao quando esta seco, da mesma forma devemos ir ao filtro, nao somente quando estamos com sede, mas antes dela. Asede ja é um sinal de que a nossa hidratagao esta baixa, ou seja, se nao cuidarmos, podemos ferver como um carro com agua abaixo do nivel. Use em abundancia essa béngao de Deus. E lembre-se: « Caso queira permanecer vivo tome 5 copos de agua ao dia; « Para se sentir bem - use 8 copos « E para se rejuvenescer diariamente tome 10 copos Resumo: use de 2 a 3 litros de agua todos os dias. CONFIANCA NO PODER DIVINO Esse € 0 principal dos remédios. Casos os outros falhem, esse nao falhara - quando a cura for para a gloria de Deus. O poder curativo vem do Senhor: Cura-me, Senhor, e serei curado, salva-me e serei salvo, porque Tu és o meu louvor (Jer.17:14). O RECURSO DA ORACAO podemos alcangar, por ela, que nenhum ser humano ou instituigao humana podem fazer por nés. Amor a Deus é essencial para a vida e a satide. A fé em Deus é necessaria para que tenhamos satide perfeita, deve nosso coracao estar cheio de amor, esperanca e alegria no Senhor. - Conselhos Sobre Mordomia, pag.115. DESENVOLVIMENTO E CONSOLIDAGAO DO HABITO: O Ministério de Mordomia Crista tem como desafio levar o crente a desenvolver e consolidar 0 habito do uso diario desses remédios da natureza. Estamos convencidos que esse 6 um bom caminho, pois, quando ajudamos as pessoas a formarem habitos Corretos, ajudamos a natureza em sua obra de restaurag¢ao mediante uso sabio de seus proprios remédios simples. - Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pag.449. Se reconhecéssemos... que nosso destino eterno depende de hébitos estritamente temperantes esforgar-nos-famos no sentido de praticar rigorosa temperanga no comer e no beber. Ibidem, pag.234. Usando cuidadosamente os vercadeiros remédios da natureza, raramente precisaremos fazer uso dos medicamentos tradicionais. Aqueles que usam esses medicamentos, passando a usar os remédios cla natureza, logo irao se livrar de todos ou de quase todas essas drogas. Noventa por cento de todas as doencas se originam na mente, e 0 que afeta o corpo afeta a mente. A enfermidade da mente reina por toda parte, e noventa por cento das doengas que atacam o ser humano tém ai seu fundamento... A religiao de Cristo... 6 um dos mais eficazes remédios; é poderoso calmante nervoso. - Conselhos Sobre Savide, pdg.324 e325. « APELO: « ORAGAO Domingo, 03 Set VOCE E oO que vocé y, COME Xi Eis que vos tenho dado todas as ervas que dao semente e se acham na superficie de toda a terra e todas as arvores em que ha fruto que dé semente; isso vos sera para mantimento, (G6n.1:29) O ser humano ¢, originariamente, vegetariano. Isso se torna claro pela dieta dada pelo Criador, que consista de hortaligas, cereais, frutas e sementes. NA INFANCIA O ser humano é formado de pequenas unidades funcionais denominadas células, que ao longo do tempo se multiplicam, fazendo o corpo se desenvolver até chegar a idade adulta. Nos primeiros seis meses de vida o bebé dobra de peso e, para isso, alimenta- se exclusivamente de leite materno; pelo menos deveria ser assim. A introdugao de alimentos diferentes, antes da fase indicada, é imprdpria, pois 0 corpo da crianga ainda nao esta pronto para receber farinhas e engrossantes, que provocam aumento de peso e problemas respiratorios, entre outros. Apés os seis meses, a crianga deve receber novos alimentos, de forma lenta e gradual, iniciando com sucos de frutas doces, seguindo-se de sucos dcidos diluidos, sopas e purés. Em seguida, vém os alimentos rigidos, com o aparecimento dos dentes. Nesta fase, a crianga passa a ter refeigdes em hordrios mais esparsos, sentada a mesa juntamente com os pais, copiando o modelo alimentar que eles praticam, ou 0 modelo que elas observam em outras pessoas. Cada célula do corpo humano é formada a partir dos nutrientes contidos nos alimentos. A implantagao de um estilo de vida saudavel comega ainda nesta fase de vida, através dos alimentos ingeridos em cacia refeigao. A qualidade de vica tem relagao direta com o tipo de alimentagao que se adota. O que cacla pessoa come influencia no funcionamento do corpo, oferecendo condigées para o surgimento de doengas na idade adulta ou até mesmo antes disso. {11 «Pare, medite e ore: A maneira como alimentamos nossos filhos vai determinar a satide que eles terao como adultos. Em oragao, apresente esse assunto a Deus. Fale para 0 Espirito Santo do seu desejo de mudanga. Pense quao importante é ver os filhos com satide e disposigao para buscar a Deus diariamente. COMO SE ALIMENTAR Ninguém pode negar o desenvolvimento da indtistria de alimentos, com a capacidade da produgao, estoque, oferta de cores, sabores e aromas. Mas, também, nao podemos esquecer que a humanidade viveu, durante séculos, em boas condigdes de vida, usando alimentos naturais, e que muitas doengas comuns dos dias atuais nao existiam. Nao é de hoje que os homens insistem em tentar a Deus no seu coragao, pedindo alimento que Ihes fosse do gosto (Sal.78:18). Parece que o ser humano se esquece do plano original do Criador, trocando-o por alimentos alterados em seu sabor original e realgados nas cores € aromas por recursos artificiais, nao importando o prego que pagarao por isso no decorrer da vida. E do conhecimento das pessoas a necessidade de se comer devagar, em ambiente tranquilo. Mas, coloca-se o meio ambiente a correria e a falta de tempo como responsavel pela impossibilidace de executar este processo. No entanto, a cena comum de todo dia, em que a crianga é incentivada a comer rapidamente, para nao se atrasar o pai ou nao perder o transporte, passa despercebida. E ainda se espera, como resultado, um adulto com tempo para comer. “Diz-me com quem tu andas e te direi quem és” é um conhecido adagio popular, poderiamos parafred-lo afirmando: Diz-me o que comes, e eu te direi como é tua satide, O estado de satide das pessoas tem relacao intima com o alimento utilizado, a forma de seu preparo e consumo. Na sociedade atual, existe uma grande cobranga estética, mas a opgao pela praticidade do alimento industrializado tem superado 0 estoque na satide e bem-estar. Jovens que passam quase todo tempo na frente do computador, beliscando salgadinhos, estéo vivendo em condigdes favordveis para 0 desenvolvimento de doengas, tais como obesidade, anemia, diabetes, obstipacao intestinal e subnutrigao. «Pare, medite e ore:Qbesidade, anemia, diabetes...Essas doengas estéo presentes em vocé e em sua familia? A causa pode estar relacionada com o estilo de vida e alimentacao. Este é 0 momento para o enfrentamento. Sem receio, fale com Deus a respeito do assunto. Acredite! Ele pode ajudé-lo a encarar e mudar essa realidade. Apresente agora ao Espirito Santo o seu problema. GRUPOS ALIMENTARES Para usar bem os alimentos, convém conhecer um pouco suas fungdes. Os alimentos sao clasificados em trés grandes grupos, de acordo com sua constituigao e seu papel dentro do organismo. ALIMENTOS REGULADORES Como 0 proprio nome identifica, esse grupo é constituido por alimentos que apresentam fungao reguladora de diversos processos organicos, desde a digestao até a sintese de nutrientes essenciais a vida. Esses alimentos sao ricos em vitaminas, sais minerais, agua € fibra. Sao as frutas e hortaligas. ALIMENTOS ENERGETICOS Esse grupo é formado por alimentos ricos em glicidios, fornecedores de energia para 0 movimento e a realizado dos processos organicos. Sao os cereais, as raizes feculentas, O mel, o melago, a rapadura, etc. Os lipidios, também conhecidos como gorduras e dleos, também fazem parte desse grupo. ALIMENTOS CONSTRUTORES Esses alimentos sao ricos em proteinas, que tém o papel de construir 0 corpo. S&o essenciais nas fases de crescimento e desenvolvimento, como a infancia, adolescéncia, gestao e amamentacao. Nesse grupo estéo as leguminosas e oleaginosas (feijdes, castanhas, respectivamente), ovos, laticinios desnatados, e concentrados a base de soja. PRATO COLORIDO Existem muitas regras de alimentagao sauddvel, mas ha uma regra basica: Alimentagao saudavel, é alimentagao naturalmente colorida. Por tanto olhe para o seu prato. Ele estara equilibrado se estiver como um desenho de uma crianga, cheio de cores, Preferencialmente, metade dele preenchido pelos alimentos de origem vegetal, oferecendo abundante quantidace de fibras, vitaminas e sais minerais. Isso vale para todas as refeigdes. No desjejum, use frutas. No almogo, comece com a salaca de hortaligas. No jantar, uma leve refeigao a base de frutas ou hortaligas. Nos intervalos, use dgua e sucos de frutas. E importante experimentar, como fez Daniel, que por dez dias comeu apenas legumes e bebeu agua (Dan.1:12-15 e 20). Como resultado, Deus o abengoou com satide, boa aparéncia, sabedoria e inteligéncia clez vezes superior aos seus concorrentes na corte de Babilénia. « APELO: « ORAGAO —_—— et 13 MATURIDADE Porque todos tropegamos em muitas coisas. Se alguém néo tropega no falar, é perfeito varao, capaz de refrear também todo o corpo (Tia.3:2). 0 fruto do justo é arvore de vida, e que ganha almas é sabio (Prov.11:30). As vezes, encontramos pessoas que se sentem magoadas pelo fato de nao terem sido tratadas como gostariam. Por outro lado, quantas pessoas sofrem em seus lares, no trabalho, ou na escola porque tém dificuldades em se relacionar, seja por estar cercado de pessoas dificeis, seja pela prdpria incapacidade de lidar com suas emogoes. Quando Deus nos criou também determinou que passassemos por um periodo de desenvolvimento. Nao nascemos prontos. Temos um grande periodo até chegarmos ao pleno potencial do nosso ser. Nao podemos exigir de uma crianga as mesmas respostas de um adolescente, que nao sdo as mesmas respostas de um adulto. Até mesmo a vida espiritual exige desenvolvimento. Ora todo aquele que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justica, porque é crianga. Mas o alimento sdlido é para os adultos, para que aqueles que, pela pratica, tém suas faculdades exercitadas para discernir nao somente 0 bem, mas também o mal (Heb.5:13 e 14). A maturidade envolve alcangar 0 pleno potencial do nosso ser, conforme o plano do Criador para cada um. A maturidade pode ser dividida em quatro dimensées principais: Engloba o desenvolvimento das caracteristicas fisicas, estatura, peso, sexo, etc. Yo ™ i PF Maturidade Social Compreende a evolucao da sociabilidade, no sentido de superagao do egocentrismo infantil, na contribuigao para o bem-estar social e a participagdo nas decisdes de interesse social. Maturidade Emocional Diz tespeito a expresséo e ao controle das emocdes nas diversas idades. E parte fundamental da vida humana. Maturidade Intelectual Refere-se 4 maneira como a pessoa vai conhecendo a si mesma e 0 mundo que a cerca. Da mesma forma que o exercicio fisico ajuda no desenvolvimento do corpo, é possivel 0 desenvolvimento do corpo, é possivel o desenvolvimento emocional. ‘A pessoa madura tem um sentido pratico do que pode ou pode fazer. Geralmente se sente feliz em ser uma pessoa que usa e desenvolve a maior parte dos seus talentos e do potencial que possui. Reconhece suas limitagdes, mas isso nao é um motivo para deixar de realizar 0 que precisa ser feito, Deus assegurou a Paulo: A minha graga te basta, porque o poder se aperfeicoa na fraqueza. E Paulo complementa: De boa vontade, pois, mais, me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo (Il Cor. 12:9). 0 individuo emocionalmente maduro ¢ ativo e produtivo, a pessoa madura nao se considera uma vitima passiva das circunstancias. Vé seu trabalho como um importante maio de sua propria expressao € como uma ajucla para seu prdprio crescimento pessoal, é capaz de ser espontaneo e vive sua vida de forma completa e criativa. Outro sinal de maturidade emocional é capacidade de renunciar aos prazeres a curto prazo, em beneficio dos objetivos de longo prazo. Dessa forma, exerce um controle racional sobre suas emogGes e desejos. Quando alguma satisfagao imediata entrava seus planos, é capaz de disciplinar-se e evita-la. Todavia, nao 6 uma pessoa reprimida. Nao deseja nem requer autodisciplina estrita: s6 a necessdria para viver feliz. Todas as coisas me sao licitas, mas nem todas convém. Todas as coisas me sao licitas, mas eu nao me deixarei dominar por nenhuma delas (I Cor.6:12). A pessoa madura pode relacionar-se com outros sem medo, nem tensao. Tem amigos no trabalho. E capaz de querer pessoas a sua volta e interessar-se por elas. Relaciona-se bem com outros e considera sua amizade uma forma de adicionar mais valores a sua vida e a dos outros. Ela traz béngao a vida de outros. Acapacidade de se adaptar as mudangas € outro sinal de maturidade emocional. Isto significa que a pessoa é flexivel. Quando surgem novas situagdes que tornam seus habitos ineficazes 0 que Causa ansiedade e inseguranga-, ela nao trata de lidar com esta situacao ignorando as inovag6es, ou aferrando-se ao seu sistema antigo. Pelo contrario, vé a inovacao de forma realista, e se adapta as novas circunstancias para que sua conduta seja efetiva novamente. Aceita e ‘segue ordens, e quando toma a posicao de lider, proporciona diregao, tendo em grande estima os — Vs : sentimentos dos outros. Consegue fazer sugestées para melhorar o funcionamento do trabalho sem ressentir-se, caso nao sejam aceitas. Tiago lembra que: Quem nado comete nenhum erro no que diz 6 uma pessoa madura (Tia, 3:2- NTLH). A maturidade emocional também pode ser revelada na pessoa que nao se envolve em preocupagées excessivas, diividas irreais, nao sonha acordado, nem permite que seja possuido por tristezas constantes. E um ser humano, e quando ha uma boa razao para se sentir mal, assim acontece, mas geralmente nao o faz sem razao. Nao guarda duvidas concernentes a si mesmo, a ponto de ser suspeito aos outros. Pode sonhar em algumas situagdes, mas nao substitui sua maneira de viver por esses sonhos, ao perceber que tem problemas em qualquer area, 6 capaz de buscar ajuda profissional para prevenir alteragdes em seu bem-estar ou no daqueles que vivem consigo. RUSSELL J.HOLT PROPOE UMA “DIETA’ PARA SAUDE EMOCIONA: REDUZA SEUS DESEJOS DE BENS MATERIAIS. Se nao esta agradlecido e alegre como o que tem, se sentird descontente, ainda que tenha dinheiro em abundancia, pois quanto mais tiver, mais desejaré ter. Desse modo, & medida que aumentarem os bens, podera aumentar as preocupacdes. Assim ensinou Cristo: Porque, onde esta 0 teu tesouro, ai estara também o seu coracao (Mat.6:21). REDUZA SUAS EXIGENCIAS. Nao seja perfeccionista, nem espere encontra perfeigao nos demais. Com isso, evitara muitas dores de cabega. Suas exigéncias excessivas podem indicar que padece da enfermidade de querer dominar os demais. Pratique a delicada arte de esquecer e perdoar, inclusive a si mesmo. REDUZA SUAS FANTASIAS. Saia do seu mundo ilusdrio. Tenha alvos e aspiragdes realistas e evitara fracasso e desilusdes. A verdadeira felicidade tem uma base sdlida. Fixe alvos de acordo com seus talentos ¢ possibilidades, e trabalhe para seus talentos e possibilidades, e trabalhe para tonar realidade 0s seus sonhos. REDUZA SUAS DIVIDAS. Afaste-se do perigo das dividas: perigo financeiro, mental e emocional. Vocé conhece alguém que deve e é feliz? Reduza suas dividas e aumentara seu senso de seguranca. REDUZA SUA DEPENDENCIA DO QUE E EXTERNO Muitos se sentem aborrecidos porque dependem demasiado dos equipamentos eletrénicos, da internet, dos jogos e das redes sociais virtuais e de filmes, novelas e seriados. Se desejar ser mais feliz, viva cada dia dentro do programa de Deus [acréscimo nosso]. Utilize mais as maos e a cabeca: cultive um jardim, colecione selos, leia, estude a natureza, etc. Utilize seus talentos e habilidades. — _—————_———“« new REDUZA SUAS DIFERENGAS. Nao brigue por causa da moda ou costumes dos demais. Todos inclusive vocé tém diferentes valores e atuam em niveis distintos. Mas todos desejam auto realizagao: E lembre-se: nos assuntos realmente importantes ha pouca ou nenhuma diferenga entre as pessoas, Frente a uma catastrofe, quaéo pouco valem as chamadas coisas de valor! REDUZA SUAS ANTIPATIAS. Estas representam uma liberacéo emocional equivocada. Sua antipatia faz com que certas pessoas ou coisas reflitam seus temores, invejas ou incompreensao. Enriquega sua vida com grandes doses de amor, paciéncia, compreensao e tolerancia, e desfrutara felicidade, REDUZA SEU DEGASTE NERVOSO. Milhares estéo morrendo de fome. Milhdes nao conseguem trabalho. Prevalecem a discriminagao, a injustiga, e outros males semelhantes. Mas nao deixe que as condigées negativas do mundo o deprimam e desgastem sua energia emocional. Jamais permita que os males politicos e sociais o perturbem REDUZA SUAS DUVIDAS. Quer viver infeliz? Duvide de todos e de tudo, e até de vocé mesmo. As diividas ¢ as suspeitas poderao fazer de vocé um verdadeiro paranoico, Se duvida de sua capacidade para encontrar trabalho e manté-lo, ou se tera éxito em seus negocios ou estudos, esta se preparando para o proprio fracasso, Esse regime o ajudara a eliminar seu sobrepeso emocional e vocé se tornara mais agil- psicolégica e socialmente para correr alegremente a grande carreira da vida. Caso nao consiga, procure um médico ou psicélogo cristo, pois pode tratar-se de um transtorno que necessitaré tratamento especializado, Quando vos assaltam tentagdes, quando vos rodelam cuidado e perplexidade, quando, deprimidos e desanimados, vos achar preste a ceder ao desespero, olhai a Jesus, e as trevas que vos envolvem dissipar-se-40 ao brilho de Sua presenga. Quando o pecado luta pelo predominio em vossa alma, e sobrecarrega a consciéncia, olhai ao Salvador. Sua graca é suficiente para subjugar 0 pecado. Que vosso grato coragdo, trémulo de incerteza, se volva para Ele. Apoderai- vos da esperanca posta diante de vds. Ciéncia do Bom Viver, pag.85. « APELO: « ORAGAO LEALDADE & INTEGRIDADE oN TeM ETO Me -Mt-10(0 (2 Pelo o que Davi louvou ao Senhor perante a congregacao toda e disse: Bendito és Tu, Senhor, Deus de Israel, nosso Pai de eternidade em eternidade. Teu, Senhor, 6 0 poder, a grandeza, a honra, a vitdria e a majestade; porque Teu é tudo quanto hé nos céus e na Terra; Teu, Senhor, é 0 reino, e Tu Te exaltaste por chefe sobre todos, Riquezas e gloria vém de Ti, Tu dominas sobre tudo, na Tua mao hd for¢a e poder; contigo esta o engrandecer e a tudo dar forga. Agora pois, 6 nosso Deus, gragas Te damos e louvamos 0 Teu glorioso nome. Porque quem sou eu, e quem é 0 meu povo, para que pudéssemos dar yoluntariamente estas coisas? Porque tudo vem de Ti, e das Tuas maos To damos. (1Cr 29:10-14) « Deus é meu Pai. «Tudo quanto preciso para viver Ele tem para me dar. «Ele se importa comigo diariamente e me sustenta com tudo eu necessito « Independentemente de eu ser grato ou nao, Ele atua em minha vida. « Tenho um Pai especial, que primeiro me abengoa e depois pede que eu devolva a Ele, como um ato de adoracao, uma pequena parte dessa dédiva. « Providéncia emprego e outros meios para o sustento do dia a dia. « Prové satide e disposigao para ganhar o pao. «Da-me conhecimento, sabedoria e prosperidade. Roubaré 0 homem a Deus? Todavia, vos Me roubais e dizeis: Em que Te roubamos? Nos dizimos e nas ofertas. Com maldigéo sois amaldigoados, porque a Mim Me roubais, vos, toda a nagao, Trazei todos os dizimos @ casa do Tesouro, para que haja mantimento na Minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu nao vos abrir as janelas do Céu e derramar sobre vos béngdos sem medida (Mal.3:8-10). Leia a passagem novamente. Notou que, na visdo de Deus, dizimos e ofertas esto no mesmo nivel? Os dois devem ser cuidadosamente considerados ao mesmo tempo, pois, desconhecer que 0 dizimo é propriedade do Pai, equivale a renegar a Deus como Criador. Semelhantemente, ignorar a oferta como elemento de adoracao, é rejeigao aberta de Cristo como Salvador e Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Provamos nossa lealdade e integridade na fidelidade a Deus nos dizimos e ofertas. Em muitas situagdes, no momento de contagem das béngaos, somente vocé e Deus sabem da totalidade do salario, dos lucros, dos brindes e outros rendimentos, e neste momento provamos a aquém seremos leais: a Deus a devolucao fiel e honesta daquilo que Ihe pertence, ou ao inimigo, que nada tem que ver com essa realidade abencoada. Cabe a vocé decidir a quem adorar, ou seja, quem vai ser o Senhor de sua vida. Ill - OS RESULTADOS DA DESLEALDADE E DESONESTIDADE NA DEVOLUGAO DOS DIZIMOS E OFERTAS. DESENVOLVE O ESPIRITO DE COBICA Eo espirito de cobiga que leva os homens a guardar para a satisfagao do eu, o que por inteira justica pertence a Deus, e este espirito é-Lhe tao aborrecivel.- Atos dos Apdstolos, pag.339, FORTALECE O EGOISMO O que prevalece é tudo para mim: receber, receber e receber. Esse espirito nao 6 de Deus, portanto nao pode ser nutrido pelos salvos por Cristo. A orientagao profética é Clara: O espirito do egoismo 6 o espirito de satands. O principio ilustrado na vida dos mundanos é receber e receber. Assim esperam eles conseguir felicidade e conforto, mas o fruto dos que semeiam é miséria e morte. Atos dos Apdstolos, pag.339. E UM CRIME CONTRA DEUS A mensagem da Palavra de Deus 6 a mesma em todos os tempos para 0 Seu povo, Quando, os infiéis puseram a mao o que pertence a Ele, foram severamente repreendidos por intermédio do Seu profeta, que disse: Roubard o homem a Deus? Todavia, vos Me roubais e dizeis: Em que Te roubamos? Nos dizimos e nas ofertas. Com maldigao sois amaldigoados, porque a Mim Me roubais, vs, toda a nacao (Mal.3:8 e 9). Defraudar ao Senhor é 0 maior crime que o homem pode ser culpado; e ainda assim é esse pecado profundo e amplamente difundido. Conselhos Sobre Mordomia, pag.86. IV- EFEITOS DA DESLEALDADE E DESONESTIDADE PARAA SAUDE Maldig6es da falta de integridade e desonestidade: consciéncia pesada, falta, falta de paz com vocé, com a sua igreja e com Deus. A orientagao profética diz que essas coisas quebrantam as forgas vitais da vida: Desgosto, ansiedade, descontentamento, remorso, culpa, desconfianga, todos tendem a consumir as forcas vitais, e a convidar a decadéncia e a morte. Mente, Cardter e Personalidade, vol.2, pag.458. — SEE “oS O senso do pecado tem envenenado as fontes da vida. A Ciéncia do Bom Viver, pag. 85. O remorso pelo pecado mina por vezes a constituigao, e desiquilibra a mente. Testemunhos Para a lgreja, vol.5, pag. 444. \V- EFEITOS DA LEALDADE E HONESTIDADE PARA A SAUDE O animo, a esperanca, a fé, a simpatia e 0 amor promovem a satide e prolongam a vida. Mente, Carter e Personalidade, vol.2, pag.458. Desenvolve o espirito de bondade e liberalidade: O espirito da liberalidade ¢ o espirito clo céu. Esse espirito encontra sua mais alta manifestacao no sactificio de Cristo sobre a cruz. Em nosso beneficio o Pai deu seu Filho; e Cristo, tendo renunciado a tudo 0 que possuia, deu-Se a Si mesmo, para que o homem pudesse ser salvo. A cruz do Calvério deve ser um apelo a beneficéncia de cada seguidor de Cristo. O principio af ilustrado é dar. Aquele que diz que permanece nEle, deve também andar assim como Ele andou (1 Joao 2:6). O prazer de fazer o bem produz cura e satide: quem é leal, honesto e liberal nas questées espirituais, manifestara também essas virtudes ao lidar com o préximo necessitado. O que isso tem a ver com satide? Ougamos a orientacao profética: O prazer de fazer 0 bem aos outros comunica aos sentimentos calor que atravessa os nervos, aviva a circulagao do sangue e promove satide mental e fisica. Testemunho Para a Igreja, vol.4, pag. 56. A afinidade que existe entre mente e corpo é muito grande. Se um é afetado, 0 outro se ressente. O estado mental tem muito que ver com a satide fisica. Se a mente esta despreocupada e contente, sob a consciéncia do dever cumprido e um certo senso de satisfagdo por proporcionar felicidade a outros, isto criaré uma alegria que reagiré sobre todo o organismo, produzindo mais perfeita circulagao do sangue eo fortalecimento de todo 0 corpo. A béngao de Deus é um remédio; e os generosos em beneficiar a outros, experimentardo essa maravilhosa béngdo no proprio coragao e vida. Ibidem, pag.60 e 61. Em qualquer situagao compensa servir ao Senhor. Nao é 0 que vocé possui que Ihe trara riqueza, satide ou felicidade. Se o que tem ou o que faz nao for para a gloria de Deus e nao tiver a béngao dEle, vocé sera um desventurado e desgostoso. Lembre-se A béngao do Senhor enriquece, e, com ela, Ele nao traz desgosto (Prov.10:22). « APELO: « ORAGAO Quarta-feira, 06 Set ABEL PRIMEIRO DEUS Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrificio do que Caim, pelo qual alcangou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala. Hebreus 11:4 INTRODUGAO 1, No capitulo 11 de Hebreus temos a denominada galeria da fé. a) Nela sao apresentados 17 nomes de personagens biblicos os herdis da fé. 2. Abel é 0 primeiro nome mencionado, e nao os nomes de Adao e Eva. Qual a razao para isto? a) Talvez por ter siclo Abel o primeiro justo a morrer. b) 0 primeiro méitir a morrer na esperanga do Messias. . FIEL ADORADOR 1. A hist6ria sagrada nos dé a ideia de que Abel foi um adorador fiel, na esfera humana, perfeito. 2. Ofereceu a Deus um sacrificio perfeito ao imolar sobre o altar que ele mesmo havia construido. 3. Sacrificou a Deus o primogénito dos seus cordeirinhos, a) O melhor que ele possuia b) E quem sabe, talvez, o animal que ele mais amava do seu rebanho. 7 21) 4. A oferta de Abel, demostra que ele teve profunda compreensao do grande plano da salvagao empreendido na eternidade pelo Pai e pelo Filho. 5. E nao somente isso, ele teve fé (confianga plena) na promessa que o Senhor dera a seus pais em Génesis 3:15. a) Promessa do Filho (Jesus) que viria e Se entregaria em oferta e sacrificio para se tornar o seu Salvador. 1) Com fé e segura obediéncia, Abel sacrificou o seu melhor cordeirinho. 2) Mas, por que ele ofereceu o mais excelente clo rebanho? a) Porque Abel viu naquele animalzinho o representante do verdadeiro cordeiro de Deus, que morreria por ele e seus pecados. ILABEL X CAIM 1. Podemos dizer que Abel foi um homem inteiramente religioso, que andava com Deus, sincero, fiel mesmo quando cuidava dos haveres (dos seus bens) & deveres, 2. Entretanto Caim, seu irmao, era meio religioso, incrédulo quanto as determinagées divinas. a) E triste dizer: Ha muitos Cains modernos na igreja hoje, querem permanecer como membros da igreja, mas sem compromisso de fé e obediéncia, Seguem apenas a sua propria vontade e ideias e em vez de entregarem melhor que tém para o Senhor, oferecem apenas 0 que sobra. 3.£ verdade que Abel e Caim eram bem diferentes quanto ao cardter. a) Abel tinha um espirito de fidelidade para com Deus. b) Caim, porém, acariciava sentimentos de rebeldia e murmurava contra Deus por causa da maldigéo pronunciada sobre a terra e sobre o género humano, em virtude do pecado de Adao. Patriarcas e Profetas, pag. 71 4, Esses dois irmaos representam dois tipos de acoradores: a) Caim, os que pretendem se salvar por suas boas obras. b) Abel, representam os que nao confiam em sua propria justiga e se deixam cobrir com a imaculada justiga de Cristo. ee 22 J 1) Eles (Caim e Abel) foram provados, a semelhanga de seus pais. a) Isto se deu para que pudessem mostrar se acreditariam na palavra de Deus e a obedeceriam. b) Ellen G. White, assegura: Estavam cientes da providéncia tomada para a salvacao do homem, e compreendiam o sistema de ofertas que Deus ordenara. Sabiam que nessas ofertas deveriam exprimir fé no Salvador a quem tais ofertas tipificavam, e ao mesmo tempo reconhecer sua total dependéncia dEle, para o perdao; e sabiam que, conformando-se assim ao plano divino para sua reden¢ao, estavam a dar prova de sua obediéncia € vontade de Deus, Patriarcas e Profetas, pag. 71. ©) Ambos, tanto Caim quanto Abel, construiram seus altares e cada qual ‘trouxe uma oferta. Abel fez conforme a instrugéo do Senhor, com fé € obediéncia. Caim, porém, desprezou a orientagao de Deus e ofereceu uma oferta que Deus nao havia pedido. CONCLUSAO 1. Abel ofereceu a mais excelente e a melhor oferta, porque era um verdadelro adorador. 2. Ele ofereceu o primogénito do rebanho, e nao o descarte do rebanho. 3. Precisamos conhecer e fazer a vontade do Senhor. Segui-Lo com fé e obediéncia. 4, Se assim fizermos, Lhe daremos o melhor de nds, de nossas posses, de nosso ‘tempo; Lhe daremos tudo em louvor e adoragao. APELO O Senhor te convida para ser um verdadeiro adorador. Um adorador que oferece 0 melhor, que O coloca em primeiro lugar. Um adorador de fé e obediéncia. Um adorador que diante do altar oferece a vida com oferta de amor e sacrificio a Deus. Vocé quer ser este adorador? Vamos orar. 2 Quinta-feira 07 Set AENTREGA QUE GLORIFICA ADEUS Disse mais 0 rei Davi a toda a congrega¢ao: Salomao, meu filho, a quem s6 Deus escolheu, é ainda mogo e tenro, e esta obra é grande; porque nao é 0 palacio para homem, mas para o SENHOR Deus. 1 Crénicas 29:1-22 INTRODUGAO E conhecida a expresso contribua de acordo com a sua renda para que Deus nao torne a sua renda de acordo com a sua contribuigdo. A contribuigao com a obra de Deus e a oferta aos pobres e necessitados é uma pratica biblica inquestiondvel. infelizmente, vivemos hoje dois extremos nesta questo: aqueles que ultrapassam os limites das Escrituras e gananciosa e astuciosamente arrancam 0 ultimo vintém dos incautos, mercadejando a Palavra de Deus e vendendo no balcao da fé a sua graga e aqueles que amam mais o dinheiro do que a Deus e fecham 0 coragao e 0 bolso, negligenciando a graga da contribuigao, sendo infigis na mordomia dos bens. A devolugao dos dizimos e ofertas é um ensino biblico insofismavel, presente antes da lei, durante e lei e depois da lei. A contribuigao pessoal, voluntaria, generosa, sistematica e alegre esta presente tanto no Antigo como no Novo Testamento. O rei Davi ofereceu-nos alguns principios importantes sobre a contribuigo que glorifica a Deus, quando se preparava para a construgao do templo de Jerusalém. Vejamos: |. DEVEMOS CONTRIBUIR PORQUE A OBRA DE DEUS A SER REALIZADA E MUITO GRANDE 1 CR 29:1. Davi disse: esta obra é grande; porque 0 paldcio nao é para homens, mas para o Senhor Deus. Davi estava construindo o templo e o palacio. a ee 24 Queria fazer o melhor e dar o melhor para Deus. Tudo o que fazia nao era pensando nos homens, mas em Deus. Igualmente, a igreja esta realizando uma grande obra: nao apenas na construgao e ampliac¢ao de templos, mas na expansao do Reino de Deus. Ha templos a serem construidos, igrejas a serem plantadas, pessoas necessitadas a serem assistidas, missionarios a serem enviados, muito terreno a ser conquistado aqui e além fronteira. Il. DEVEMOS CONTRIBUIR COM LIBERALIDADE PORQUE DEUS MERECE 0 MELHOR 1 CR 29:2. Davi, com todas as suas forgas preparou para a Casa de Deus, em abundancia, aquilo que existia de melhor. Deus é dono de tudo. Tudo o que temos vem das suas maos. Tudo o que damos, também procede de Suas dadivosas maos. Ele € Deus de primicias. Ele merece o melhor é nao as sobras. As coisas de Deus precisam ser feitas com exceléncia. Nao podemos ofertar a Deus com usura, pois Ele nao nos da Suas béngaos por medida. Ao ofertar ao Senhor, devemos colocar ai 0 nosso cora¢ao e a nossa forga Ill. DEVEMOS CONTRIBUIR MOTIVADOS POR GRANDE AMOR A DEUS EA SUA OBRA 1 CR 29:3. Davi nao apenas recolheu ofertas dos outros, mas ele pessoalmente, deu para a Casa do seu Deus o ouro e a prata particulares que tinha. E fez isso, porque amava a Casa do seu Deus. Quem ama da. Quem ama é prédigo em ofertar. Nosso amor por Deus nao passa de palavrorio vazio se nao ofertamos ao Senhor com generosidade. Nossa contribuigao, ainda que sacrificial, néo tem valor diante de Deus, se nao é motivada pelo nosso amor ao Senhor e a Sua obra. O apéstolo Paulo diz que ainda que entreguemos todos os nossos bens para os pobres, se nao tivermos amor, nada disso aproveitara. IV. DEVEMOS CONTRIBUIR ESPONTANEAMENTE MOTIVADOS PELA ALEGRIA DE DEUS 1 CR 29:5-9. A contribuigéo é uma graca que Deus nos da. E um privilégio ser cooperador com Deus na Sua obra. 0 ato de contribuir é uma expressao de culto e adoragao. Deus ama a quem da com alegria. A voluntariedade e a alegria sao ingredientes indispensaveis no ato de contribuir. Davi perguntou ao povo: Quem esta disposto, hoje, a trazer ofertas liberalmente ao Senhor? 7 25 J 0 povo se alegrou com tudo 0 que se fez voluntariamente; porque de coracao integro deram eles liberalmente ao Senhor; também o rei Davi se alegrou com grande jubbilo (1 Cr 19:5,9). Devemos vir ao gazofildcio para ofertar, exultando de alegria e nao com tristeza. V, DEVEMOS CONTRIBUIR CONSCIENTES DE QUE DEUS E DONO DE TUDO E QUE TUDO DEVE SER FEITO PARA A SUA GLORIA 1 CR 29:10-22. 0 resultado da alegre, generosa e abundante oferta do rei e do povo foi a manifestagao da gléria de Deus. Davi louvou a Deus pela Sua gléria, poder e riqueza, reconhecendo que as ofertas que deram tinham vindo do préprio Deus. 0 povo adorou a Deus e houve grande regozijo. 0 maior propdsito da nossa conttibuigéo deve ser a manifestacao da gléria de Deus. 0 Senhor é¢ mais glorificado em nés quanto mais nos deleitamos Nele. Que tudo 0 que somos e ‘temos esteja a servico de Deus e seja um tributo de gloria a Deus. Que os bens que Deus nos deu estejam no altar de Deus a servigo a Deus, CONCLUSAO Tudo que o homem recebe da generosidade de Deus, pertence ainda a Deus. O que quer que Deus tenha outorgado dentre as coisas valiosas e belas da Terra, é colocado nas maos dos homens para os provar_a fim de sondar a profundidade de seu amor para com Ele e sua apreciagao de Seus favores. Quer sejam tesouros de riqueza ou de intelecto, devem ser postos como sacrificio voluntario aos pés de Jesus, dizendo ao mesmo tempo o doador, como Davi: Tudo vem de Ti, e da Tua mao To damos. 1 Crénicas 29:14. Patriarcas e Profetas, pags. 557 e 558. APELO Agora é o momento de fazer uma verdadeira entrega ao Senhor. Quantos querem se colocar nas maos de Jesus, entregando a Ele tudo o que vocé é e tudo o que vocé tem? Vamos orar. T 26 J ADMINISTRANDO AS DO REINO QUEBRA GELO Discuta em Grupo: O que significa fidelidade para vocé? Que prego vocé pagou ou paga por ser fiel? Comente com o grupo. Embora saibamos que a salvagao somente vem do Senhor e que somos salvos por Sua graga mediante a fé, a Biblia claramente afirma que a fidelidade é indispensavel para obter a vida eterna, lemos em Apocalipse 2:10: Sé fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida. A coroa da vida sera dada aos fieis que confiam no Senhor mesmo que isso lhe custe a propria vida. A fidelidade é um dom de Deus e sempre sera exercida pelos verdadeiros cristaos. Ela sempre sera 0 fruto da conversao. Isso significa que pessoas convertidas sempre serao fieis. A qualquer custo. Leia: Daniel 3:16-20; 6:1-7 Segundo o contexto dos textos lidos, quais os elementos que pocemos destacar para justificar a coragem e a fidelidade de Daniel e seus amigos? Qual foi o prego da fidelidade? O que aconteceu com eles? ta Il INTERPRETANDO 0 TEXTO. Discuta com 0 grupo: a) Daniel preferiu ser atirado na cova dos Ledes b) Os amigos de Daniel preferiam ser jogados na fornalha ardente. Com isso em mente, o que Deus esta nos revelando sobre confianga e fidelidade? PARA PENSAR: A fidelidade esta baseada no fato de que Deus e Sua palavra so dignos de confianca. E exercida na certeza de que Deus cumpriré 0 que prometeu através de Sua graca. E obedecer em tempo de paz ou de guerra, na prosperidade ou na adversidade, na satide ou na doenca. A historia de Daniel e seus companheiros nos dio uma dimenséo clara de que a fidelidade deve ser ‘expressa em todas as areas da vida. Ill, APLICAGAO DA LIGAO Assim como Daniel e seus amigos, Deus também prova nossa fidelidade nas varias reas cla vida: TEMPO: Guarda do Sabado de um pér-do-sol a outro, nao falando palavras vs, nao nos ocupando com nossos préprios a fazeres. (Isalas 58:13) Porque o Senhor disse: Lembra-te do sabado para o santificar. (Ex. 20:8) TEMPLO (CORPO): cuidar do bem-estar fisico do nosso corpo, de acordo com as orientagées divinas da Biblia e do Espirito de Profecia. Observando os 8 recursos naturais de Deus para nossa satide: Agua, Ar, Luz, Repouso, Exercicio Fisico, Regime Alimentar Apropriado, Abstinéncia (Alcool, cigarro, etc.) e Confianga em. Deus. TALENTO: testemunhar do amor de Deus através de nossas habilidades, mesmo em meio a incredulidade e perigos, porque Jesus nos deu uma missao: ide, fazei dliscipulos. TESOURO: é devolver correta e honestamente o santo dizimo e as ofertas (pacto), no lugar certo, a igreja, em cumprimento da ordem divina:trazei todos os dizimos a casa do tesouro, mesmo que para isso corramos risco de provagées. Confiemos na promessa: Eu abrirei as janelas do céu, 28 CONCLUSAO: Daniel na cova dos ledes foi o mesmo Daniel que esteve perante 0 rei como o principal entre os ministros de Estado e como profeta do Altissimo. Um homem Cujo coragao se firma em Deus sera na hora de sua maior prova o mesmo que era na sua prosperidade, quando a luz e 0 favor de Deus e do homem incidiam sobre ele. A fé alcanca o invisivel, e se apega a realidades eternas. PP, p.278 Os meus olhos procurarao os fiéis da terra, para que habitem comigo; 0 que anda em reto caminho esse me servira. SI 101:6 PARA PENSAR: Aquele que é fiel em suas posses terrestres, que sao 0 minimo, fazendo cuidadoso emprego daquilo que Deus Ihe emprestou aqui, sera fiel a sua profissao de fé... Aquele que retém de Deus aquilo que Ele Ine emprestou, sera infiel em todos os aspectos nas coisas de Deus. Pois, se nas riquezas injustas nao fostes fieis, quem vos confiara as verdadeiras? Luc. 16:10,11. Testemunhos Seletos, V.01, Pag. 69. 8 2 ADEUS 0 QUE E DE aus Roubard 0 homem a Deus? Todavia vés me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dizimos e nas ofertas. Malaquias 3:8-12; 2Co 8:1-6; 9:6 A contribuigao crista é biblica. Nao precisamos ter constrangimento em tratar do assunto, Infelizmente, muitos lideres religiosos, movidos pela ganancia e regidos por uma falsa teologia, exploram 0 povo em nome de Deus, usando mecanismos nada ortodoxos, para vender seus produtos, criados na fabrica do misticismo, para auferirem lucro em nome da fé. Esses desvios da sa doutrina e da ética crista, que trazem enriquecimento para uns e vergonha para todos, tém levado muitos crentes a serem refratarios com respeito 4 mordomia dos bens. 0 extremo de uns, entretanto, nao pode nos levar para outro polo, Devemos cingir nossa fé e nossa conduta apenas pela Palavra de Deus Com respeito a contribuigao crista, precisamos observar duas coisas: 0 dizimo nao é invencao da igreja, é principio perpétuo estabelecido por Deus. O dizimo nao é dar dinheiro a igreja, é ato de adoragao ao Senhor. 0 dizimo nao é opcional, é mandamento; nao é oferta, é divida; nao é sobra, é primicia. 0 dizimo é ensinado em toda a Biblia, antes da lei (Gn 14:20), na lei (Lv 27.30), nos livros historicos (Ne 12:44), poéticos (Pv 3:9,10), proféticos (MI 3:8-12) e também no Novo Testamento (Mt 23:23; Hb 7:8). Negligenciar a devolugao dos dizimos é infidelidade a Deus. Sonegar o dizimo é roubar a Deus. Reter o dizimo, que é santo ao Senhor, é colocar-se debaixo de maldigao. . Entretanto, entregar o dizimo com obediéncia é repreender o devorador e contar com a promessa das janelas abertas do céu, de onde promanam toda sorte de béngao. A. Perigos quanto ao dizimo. Malaquias, 0 Ultimo profeta do Velho Testamento, registra no capitulo 3:8-12, alguns perigos quanto ao dizimo: a) Primeiro, reter o dizimo (v. 8): Roubara o homem a Deus? Todavia, vos me roubais a nagao toda. Se 0 dizimo é santo ao Senhor, nao podemos langar mao dele, nao podemos comé-lo nem usa-lo. Precisa ser criteriosamente devolvido ao Senhor. Nao devolver o dizimo € roubo, assalto acintoso a Deus. b) Segundo, subtrair o dizimo (v. 10) Trazei TODOS os dizimos. O dizimo é integral. Nao podemos enganar a Deus. Ananias e Safira tentaram reter parte da oferta, e Pedro disse que eles nao mentiram a homens, mas ao Espirito Santo. Deus nao precisa do nosso dinheiro, pois dEle é 0 ouro e a prata, os animais do campo, a terra, a sua plenitude e todos os que nela habitam. Alias, tudo 0 que somos e temos. pertence a Deus. Tudo que damos ao Senhor, vem das suas proprias maos. O que Deus requer de nés é fidelidade. c) Terceiro, administrar o dizimo (v. 10) Trazei todos os dizimos & CASA DO TESOURO. Deus nao nos autorizou administrar o dizimo. Nao podemos fazer o que bem entendemos com o que € de Deus. Ele mesmo ja estabeleceu em Sua Palavra que o dizimo deve ser entregue em Sua casa. Deus nao nos constituiu administradores do dizimo, mas nos ordenou a entrega-lo com fidelidade em Sua casa. d) Quarto, subestimar o dizimo (\. 8): - Eles perguntavam em que te roubamos?. Eles pensavam que o dizimo era um assunto lateral, sem importancia. 7 31} B. Béncaos ou maldigao com respeito ao dizimo a) Maldigao Malaquias ainda fala sobre duas consequéncias graves para os que sao infiéis na devolugao dos dizimos: 1, Primeiro, a maldigao divina Com maldi¢ao sois amaldigoados. A desobediéncia sempre desemboca em maldigao. Insurgir-se contra Deus e violar as Suas leis traz maldi¢ao inevitavel. Deus 6 santo e nao premia a infidelidade. Ele vela pela Sua Palavra em a cumprir. Deus é fogo consumidor e terrivel coisa é cair nas maos do Deus vivo. E tempo da igreja arrepender- se do seu pecado de infidelidade quanto ao dizimo. Sonegar o dizimo é desamparar a Casa de Deus. Sonegar o dizimo é deixar cle ser cooperador com Deus na implantagao do seu Reino. 2. Segundo, a devastagao do devorador Por vossa causa repreenderei 0 devorador. 0 profeta Ageu alertou sobre as consequéncias da infidelidacle, dizendo que é 0 mesmo que receber salario e coloca-lo num saco furado (Ag 1:6). Quando retemos fraudulentamente o que é de Deus, 0 devorador come o que deveriamos entregar no altar do Senhor. b) Béngaos Finalmente, Malaquias fala-nos sobre as héngaos decorrentes da fidelidade na devolugao dos dizimos: 1. Primeiro, as janelas dos Céus sao abertas E ld do alto que procede toda boa dadiva. Deus promete derramar sobre os fiéis, torrentes caudalosas das Suas béngaos. E béngao sem medida. E abundancia. £ fartura. Mais vale 90% com a béngao do Senhor do que 100% sob a Sua maldi¢ao. J 32 J 2. Segundo, o devorador repreendido Deus nao apenas age ativamente derramando béngaos extraordinarias, mas também, inibe, proibe e impede a acgao do devorador na vida daqueles que Lhe sao fiéis. Alguém, talvez, possa objetar dizendo que ha muitos crentes nao dizimistas que sao présperos financeiramente, enquanto ha dizimistas que enfrentam dificuldades econémicas. Contudo, a riqueza sem fidelidade pode ser maldi¢ao e nao béngao. Também, as béngaos decorrentes da obediéncia nao sao apenas materiais, mas toda sorte de béngao espiritual em Cristo Jesus. 0 apdstolo Paulo diz que grande fonte de lucro é a piedade com contentamento, enquanto afirma que os que querem ficar ricos caem em tentagao, e cilada, € em muitas concupiscéncias insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruina e perdigao (| Tm 6: 6,9). Concluindo, o Senhor nos exorta a fazer prova Dele quanto a esta matéria (MI 3:10). Deus nao quer obediéncia cega, mas fidelidade com entendimento. 0 que vocé vai escolher: béngao ‘ou maldigao? |. AS OFERTAS O apéstolo Paulo, na Segunda Carta aos Corintios capitulo 08, trata dessa matéria de forma espléndida. Ali nos oferece alguns principios que vamos, aqui, destacar: A. Primeiro, a oferta é graca mais do que obrigagao (2Co 8:1). Graga é um favor imerecido. E Deus quem nos da o privilégio de assistirmos os santos, socorrermos os necessitados e sermos seus cooperadores no avango de sua obra. B. Segundo, a oferta nao é resultado da abundancia do que temos no bolso, mas da generosidade do nosso coragao (2Co 8:2). As igrejas da MacedOnia, mesmo passando por muita prova de tribulagao, manifestaram abundancia de alegria, e mesmo suportando profunda pobreza, superabundaram em grande riqueza de generosidade, ao contribuirem para os pobres da Judeia. A contribuigao crista é um privilégio e nao um peso. Deve ser feita com alegria e nao com pesar. 7 33 J C. Terceiro, a oferta deve ser voluntaria e proporcional (2Co 8:3 e4). Contribuir por coagéo ou constrangimento nao tem valor aos olhos de Deus. A contribuigao deve ser espontanea, e também, proporcional. Os crentes da Macedénia ofertaram na medida de suas posses e mesmo acima delas. A contribuigao nao é para trazer sobrecarga para uns e alivio para outros, mas para que haja igualdade. Para usar uma linguagem biblica, o que muito colheu nao teve demais; e 0 que pouco, nao teve falta (2Co 9:11-15). D. Quarto, a oferta é uma dadiva da vida, mais do que de valores financeiros (2Co 8:5). E facil entregar uma oferta financeira a uma pessoa necessitada, sem entregar com ela 0 coragao. Os macedénios deram-se a si mesmos primeiro ao Senhor, depois fizeram a oferta aos pobres da Judeia. Antes de trazer nossa oferta, precisamos trazer nossa vida. Primeiro Deus aceita o ofertante, depois recebe a oferta, E. Quinto, a oferta €é uma semeadura recompensada por Deus com farta colheita (2Co 9:6). Quando ofertamos para atender a necessidade dos santos, estamos fazendo uma semeadura. Quem semeia pouco, colhe pouco; quem semeia com fartura, com abundancia ceifara. 0 bem que fazemos aos outros vem sobre nés mesmos e isso da parte do Senhor. Quem da ao pobre, a Deus empresta. A alma generosa prosperara. A semente que se multiplica nao 6 a que comemos, mas a que semeamos. £ Deus quem nos da semente para semear. E Deus quem supre e aumenta a nossa sementeira. E Deus quem multiplica os frutos da nossa justiga. CONCLUSAO Tudo © que somos e tudo o que temos pertencem ao Senhor, devem ser administrados para a Sua gléria. Aentrega fie! de dez por cento de tudo quanto ganhamos e as ofertas voluntarias para o sustento da obra de Deus é um ensino presente tanto no Antigo como no Novo Testamento. Nao temos 0 direito de reter os dizimos nem de subtrai-los. Nao compete a nds administr-los. Devemos entrega-los com integralidade, alegria e gratidao para a manutengao da Casa e Deus e a expansao do Seu reino. E Deus quem nos enriquece em tudo, para agirmos com toda generosidade, a fim de que sejam tributadas a Ele, as agdes de gragas. Que Deus nos faca mordomos fiéis na administragao dos bens a nds confiados! APELO Use 0 cartéo de decisao primeiro Deus. Convide cada membro da igreja a comprometer-se em colocar Deus em primeiro lugar em cada aspecto da vida: Corpo, Tempo, Dons, Bens, etc. Pega que cada um faga um compromisso de fidelidade a Deus nos dizimos e nas ofertas. Apés cada um preencher 0 cartao de decisao convide-os para uma oragao de consagracao, renovacao e fidelidade. , AMENSAGEM DE SAUDE e as trés mensagens angélicas A reforma de satide esta tio intimamente relacionada com a terceira mensagem angélica, como 0 braco ao corpo; mas o bra¢o nao pode tomar o lugar do corpo. - 0 Colportor Evangelista, pag.138. 0 objetivo das trés mensagens angélicas é preparar o povo para a vinda de Cristo. A fim de preparar um povo para estar em pé no Dia de Deus, deveria realizar-se uma grande obra de reforma. Deus viu que muitos dentre Seu povo professo nao estavam edificando para a etemnidade, e em Sua misericordia estava prestes a enviar uma mensagem de adverténcia a fim de desperté-los de seu torpor e levé-lo a preparar-se para a vinda de Jesus. Esta adverténcia, temo-la em Apocalipse 14. Apresenta-se-nos ali uma triplice mensagem como sendo proclamada por seres celestiais, e imediatamente seguida pela vinda do Fillo do Homem para recolher a colheita da Terra. O Grande Contlto, pag.452, Prov.t:7 - E tempo de limpar a mente, de fazé-la cativa a Deus. Adoragao ao Criador, em vez da criatura. | Cor. 6: 19 e 20; 7:31 Glorificar no corpo. A terceira mensagem angélica Nao adorar a imagem da besta, nem aceitar seu sinal. Os 144 mil escolheram o selo de Deus. A questao principal nao 6 quantos ou quem sao, mas 0 que sao. Foco: propriedade divina. O nome na testa indica de sao propriedade. E algo que nao pode ser escondido. Testemunho: em sua boca nao se achou “isca” - Atraente por fora, mas destruidor por dentro. O que aparentam, sao. AMENSAGEM DE SAUDE E A TERCEIRA MENSAGEM ANGELICA A reforma de satide, foi-me mostrado, é parte da terceira mensagem angélica, e est4 com ela tao intimamente relacionada como esta 0 brago e a mao com o corpo humano. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pag.32. RAZOES PARA SE PROCLAMAR A MENSAGEM DE SAUDE: « Deus entra em contato conosco por meio de nossas percepgdes (corpo). Avilta- las é trabalho de satands. « Inter-relagao entre satide fisica e espiritual preparagao para a vinda de Jesus Cristo, «A mensagem de satide nos da forca para proclamar a mensagem do terceiro anjo. «A mensagem de satide atrai outras pessoas a Cristo. «E um exercicio do amor de Deus (Criador), a si e ao outro. Muito do preconceito que impede que a verdade da terceira mensagem angélica alcance o coragao das pessoas poderia ser afastado, caso se desse mais atengao a reforma de satide. Ao tornarem-se as pessoas interessadas nesse assunto, o caminho acha-se muitas vezes preparado pata a penetracao de outras verdades. Se virem que estamos informados com respeito a satide, estarao mais prontos a crer que estamos certos quanto as doutrinas biblicas. Conselhos Sobre Satide, pag.452. LEVANDO VIDA AS IGREJAS Introduzir nas igrejas obreiros que estabelecerdo os principios de reforma de satide em sua conexao com terceira mensagem angélica perante cada familia e cada individuo. Encorajai a todos a tomar parte na obra pelo seu proximo, e vede se o félego de vida nao retornara depressa a essas igrejas. Beneficéncia Social, pag. 124. —— EMPENHO DE PASTORES E MEMBROS Vi que nds como um povo precisamos fazer um movimento de progresso nesta grande obra. Pastores e povo precisam agir em harmonia... A glutonaria é 0 pecado prevalecente neste século, Olascivo apetite torna homens e mulheres escravos, obscurecendo-lhes o intelecto e diminuindo- Jhes a sensibilidade moral a tal ponto que as sagradas e elevadas verdades da Palavra de Deus nao sao apreciadas. As inclinagées inferiores tsm dominado homens e mulheres. Conselho Sobre o Regime Alimentar, pag.32. MANIFESTAGAO DO AMOR DE DEUS Nosso benigno Pai celestial vé a deploravel condigéo dos homens que, alguns com conhecimento, mas muitos ignorantemente estao vivendo em violagéo das leis por Ele estabelecidas. E movido de amor e a piedade para com a humanidade, faz com que incida a luz sobre a reforma de satide. Ibidem, pag.69. DIFICULDADES DE OBREIROS Embora a reforma de satide nao seja a terceira mensagem angélica, esté com ela intimamente relacionada. Os que proclamam a mensagem devem ensinar também a reforma de sauide. E um assunto que precisamos compreender, a fim de estarmos preparados para os eventos que estao bem perto de nés, e ela deve ser um lugar de evidéncia. Satands e seus instrumentos estéo procurando embaracar esta obra de reforma, e tudo farao para perturbar e sobrecarregar os que sinceramente nela se empenham. - Ibidem, pag.77. MISSAO E designio do Senhor que a influéncia restauradora da reforma de savide seja uma parte do ultimo grande esforco para prociamar a mensagem angélica. Ibidem, pag.75. MINISTERIO A obra médico-missionéria traz 4 humanidade o evangelho de libertagao do sofrimento. E a obra pioneira do evangelho. E o evangelho praticado, a compaixao de Cristo revelada. ... Procurai restituir a satide aos enfermos. Isto é verdadeiro ministério. Lembrai-vos de que a restauragao do corpo prepara o caminho para a restauragao da alma. Medicina e Salvagao, pgs. 239 e 240. MENSAGEM DE SAUDE E ESPIRITUALIDADE Tem que ocorrer um reavivamento e reforma, sob o ministério do Espirito Santo. Reavivamento e reforma sao duas coisas diferentes. Reavivamento significa renovagao de vida espiritual, uma vivificagao das faculdades do espitito e do coragao, um ressurgimento da morte espiritual. Reforma significa reorganizacao, mudangas de ideias e teorias, habitos e praticas. A reforma nao reproduzira os bons frutos da justi¢a a menos que esteja ligada ao reavivamento do Espirito. Reavivamento e reforma devem fazer a obra que Ihes é designada, e para fazerem esta obra tm de se unir. Servico Cristao, pag.42. « APELO: Diga a vocé mesmo: Todos os dias, a despeito de qualquer dificuldade, estarei sempre melhor. Com Cristo, em primeiro lugar, vencerei todos os desafios e viverei para a gloria de Deus, pois para isto 6 que fui criado. « ORAGAO es 29 yg SAUDE s _ \ ADORAGAG Minha Vida Sobre o Altar a DISCIPULO lniscfim AN 4. Igreja Adventista do Sétimo Dia’ ASSOCIACAO SUL DO PARA