Você está na página 1de 9

06/06/2016

MATERIAL 1 - NÍVEL MÉDIO ONLINE Acentuação gráfica


Acentuação Gráfica A) ¨ (trema) não será mais empregado – era:
Professora Luciane Sartori seqüestro/ agora: sequestro –, a não ser nas
Contatos: palavras estrangeiras e em suas derivadas:
Email: lucianesartori@bol.com.br Müller, mülleriano.
Site: www.sartoriprofessores.com.br
Nos verbos arguir e redarguir não se usa mais
Facebook: Luciane Sartori III
o acento tônico: ele argui.
Página do Facebook: Luciane Sartori
Aplicativo: Oconcurs
Periscope: @prolusartori
Blog: Se joga, galera! -
http://sejogagalera.blogspot.com.br/

B) ´ (agudo) só aparece na sílaba tônica de


Os verbos terminados em guar, quar e quir, som aberto, ex.: avó.
como enxaguar, apaziguar, obliquar, delinquir e
outros, passam a ter uma variação de pronúncia
e consequente variação na acentuação:
^ (circunflexo) só aparece na sílaba
a) pronunciados com o u tônico, ficam sem tônica de som fechado, ex.: avô
acento: eu enxaguo, eu averiguo, eu delinquo;

b) pronunciados com o a ou o i tônicos, serão Para entendermos a aplicação desses acentos,


acentuados: eu enxáguo, eu averíguo, eu temos de fazer alguns lembretes.
delínquo.

2º) Reconhecimento da sílaba tônica.


1º) Quanto à tonicidade, as palavras são classificadas
em:

hoje cadeira ventilador


- oxítona café, urubu

- paroxítona cabeça, júri

- proparoxítona sílaba, tônico


melancia substancia

1
06/06/2016

Roteiro para realizarmos a acentuação


b) Ditongos → acentuam-se os tônicos e de som aberto -
1º) Reconhecer a sílaba tônica; Se nela aparecerem éi, -ói, -éu (s) somente na última sílaba:
a) Hiatos → acentuam-se -i, -u (s), quando são a 2ª vogal
do hiato - exceto se seguidos –nh:
corroi, trofeu, chapeus, pasteis, ceu
s a u d e, s a i d a, b a l a u s t r e, f a i s c a,

m o i n h o, restitui-lo, gratuito. c) Monossílabas → PÁ, PÉ, PÓ (s): pa, pe, po

Acordo: os os hiatos finais –eem e –oo não serão mais


acentuados: veem, voo(s)

d) Oxítonas → acentuam-se as terminadas em


(CESPE C/E) Considerando o texto, julgue os itens
PÁ, PÉ, PÓ (s), -EM (ens):
abaixo com referência ao emprego das classes de
vatapa, jacare, cipo, refem, refens, palavras e à acentuação gráfica.

decidi-lo, substitui-lo 1) Os vocábulos a seguir são acentuados porque são


palavras proparoxítonas: “números”, “créditos”, “públicas”,
e) Paroxítonas → não são acentuadas “elétrica” e “técnica”.
PÁ, PÉ, PÓ (s), -EM (ens), -AM:

cebola, ideia, rabanete, coco, item, itens, 2) No texto, são acentuados por serem paroxítonos
terminados em ditongo os seguintes substantivos: “órgão”,
iam, biquini, orfã, orgão, biceps “área”, “agrária”, “famílias” e “período”.

f) Proparoxítonas → todas são acentuadas.

C) O acento em alguns verbos

1º) Ortografia Dos verbos primitivos acima ( crê, dê, lê, vê)
crê dê lê vê provê 3ª pessoa do singular surgem os derivados que seguem as mesmas

creem deem leem veem proveem 3ª pessoa do plural condições de grafia.

Ex.: reler ele relê / eles releem.

2
06/06/2016

2º) Grafia e acentuação Exercício

Presente 3ª pessoa do 3ª pessoa do Corrija as que estiverem erradas:


Verbos singular plural
a) Este plano de pagamento não nos convêm.
ter tem tem
vir vem vem b) Esta aluna têm feito grandes progressos.
ver ve veem
c) Poucas pessoas, nesta cidade, detém o poder.
conter contem contem
convir convem convem
d) Esta caixa contém alguns doces.
rever reve reveem

D) Acento diferencial Observações a respeito do


Acordo
pôr (verbo) pôde (pretérito perfeito)
1)Não se usa mais acento diferencial nos pares pára/para,
péla(s)/pela(s), pêlo(s)/pelo(s),
por (prep.) pode (presente do indicativo) pólo(s)/pôlo(s), côa(s)/co’a(s) e pêra/pera;

2) É facultativo o emprego do acento diferencial nas palavras


forma
forma/fôrma.
caso facultativo
fôrma

No texto abaixo, de autoria de Mário Quintana e (CESPE -C)


reproduzido com adaptações, os itens em algarismos romanos
referem-se aos termos em negrito que os antecedem . Julgue- A parcela internacional-provinciana do país é
os com relação ao emprego dos vocábulos e das expressões restrita, sem expressão política e econômica e
quanto à sintaxe de construção do período e à grafia. sobreviverá por mais algum tempo, enquanto tiver
O milagre serventia para os efetivamente poderosos.
Dias maravilhosos em que os jornais vêm (1) cheio
[de poesia • Haverá erro gramatical no texto III, caso se
e do lábio amigo brota (2) palavras de eterno encanto. substitua “sem expressão” (l.7) por não têm
Dias mágicos em que os burgueses espiam (3), expressão.
através das vidraças dos escritórios,
a graça gratuíta (4) das nuvens.

3
06/06/2016

Ortografia
b) Sufixo formador de verbo (-izar ou –isar):
a) Família das palavras - etimologia:
canal
cereja
análise
obcecar
improviso
obsidiar
rubor
pus
móvel
quis
pesquisa
gorja
paralisia
viajar
fiscal
enferrujar

c) Formação de diminutivo (-zinho ou –sinho): Ortografia e Semântica


casa mesa Homônimos: São palavras que apresentam a
mesma pronúncia ou grafia, mas significados
trem mulher diferentes:
Atenção para Eles foram caçar, mas ainda não retornaram.
(caçar – prender, matar)
catequese Vão cassar o mandato daquele deputado.
batismo (cassar – ato ou efeito de anular)
anjo
Os homônimos podem ser:
tórax Homônimos homógrafos;
espontâneo Homônimos homófonos;
homogêneo Homônimos perfeitos.

Homônimos homógrafos: São palavras iguais na Homônimos homófonos: São palavras que
grafia e diferentes na pronúncia Ex.: possuem o mesmo som e grafia diferente. Ex.:

Almoço (ô) – substantivo Cela – quarto de prisão


Almoço (ó) – verbo Sela – arreio
Jogo (ô) – substantivo Coser – costurar
Jogo (ó) – verbo Cozer – cozinhar
Concerto – espetáculo musical
Conserto – ato ou efeito de consertar

4
06/06/2016

Homônimos perfeitos: São palavras que possuem Parônimos: São palavras que possuem significados
a mesma pronúncia e mesma grafia. Ex.: diferentes e apresentam pronúncia e escrita
parecidas. Ex.:
Cedo – verbo
Cedo – advérbio de tempo Emergir – vir à tona
Sela – verbo selar Imergir – afundar
Sela – arreio
Infringir – desobedecer
Leve – verbo levar
Leve – pouco peso Infligir – aplicar

SAIBA MAIS Ao encontro de a favor, para junto de As medidas vão ao


encontro dos anseios
do povo.
Existem também expressões que apresentam
semelhanças entre si, e têm significação De encontro a contra As medidas vêm de
encontro aos
diferente. Tal semelhança pode levar os interesses do povo.
usuários da língua a usar uma expressão em
vez de outra.

A par ciente. Estou a par do assunto.


Ao invés de ao contrário de. O preço subiu, ao invés
de cair.
Ao par de acordo com a convenção O real está ao par do
legal, sem ágio, sem dólar.
Em vez de em lugar de. Foi ao cinema em vez abatimentos (câmbio,
(Se estiver em de ficar em casa. ações, títulos, etc.)
dúvida, prefira em
Em Em princípio temos os
vez de, que serve
princípio Em tese, em teoria mesmos direitos.
para os dois casos.)
A A princípio,achei que
princípio No início, no começo ele estivesse bem;
depois, percebi que não.

5
06/06/2016

Onde empregado em situações Onde moras?


estáticas (com verbos de Afim(de) semelhante ( afinidade) O espanhol é afim do
quietação). português.

Aonde empregado em situações Aonde vais? A fim de para, finalidade. Estude a fim de ser
dinâmicas (com verbos de aprovado.
movimento). Equivale a
“para onde”

Acerca de sobre, a respeito de. Falou acerca de


tempo futuro. Daqui a duas horas,
alguma coisa.
eles chegarão.
A preposição
(cerca de) (aproximadamente)
ideia de distância. Fiquei a dez metros do
local.

tempo passado Há duas horas, choveu. A cerca de distância ou tempo Mora a cerca de dez
(=faz). futuro aproximados. quadras do centro da
cidade.
Há verbo =existir, ocorrer e
Há dez pessoas ali.
acontecer.
Há cerca de faz ou existe(m) Trabalha há cerca de
aproximadamente. cinco anos.

Tampouco também não Não estuda, tampouco do contrário Saia daí senão vai se molhar.
trabalha.
Senão a não ser Não faz outra coisa senão
reclamar.
Tão pouco muito pouco Ele estuda tão pouco!
mas sim Não tive a intenção de exigir,
senão de pedir.

Se não caso não Esperarei mais um pouco; se


não vier, irei embora.

6
06/06/2016

Porque = pois (o contexto Fui à praia porque estava


Porquê = motivo (sempre Eu não sei o porquê de sua equivale a uma calor.
antecedido de palavra amargura. justificativa).
determinante: • conjunção explicativa
pronome, artigo, ou causal.
numeral). Por que ≠ pois
• tem valor de • preposição e pronome Este é o momento por que
substantivo. relativo (= pelo qual e esperava.
flexões).
OU Por que você não foi à
Por quê “sozinho” ou final de Por quê? / Eles não vieram • advérbio interrogativo reunião? (interrogativa direta)
frase. e eu não sei por quê. (prep./ pron.
• preposição e interrogativo) Quero saber por que você não
pronome foi à reunião. (interrogativa
substantivo. indireta)

QUESTÕES PRÁTICAS d. Nossas ideias são _____, portanto tenho certeza


I) Observe o jogo de parônimas e homônimas entre de que sua opinião irá _____minha. ( afim, a fim/ de
parênteses e preencha adequadamente as lacunas das encontro a, ao encontro de)
frases a seguir com uma delas:
a. Regras não devem ser _____________________ e e. ____ vierem os livros, não teremos como estudar.
devem ser _____________ pelas autoridades (senão, se não)
competentes. (infligidas - infringidas)
f. Este governo não resolveu o problema da
b. Algumas coisas passaram _________ao cronista. educação ______ o da saúde. (tampouco, tão
(despercebidas - desapercebidas) pouco)

c. A mudança partiu ___________ chegar. (em vez de g. _________________ você colocou os livros que
– ao invés de) pertecem à biblioteca? (onde – aonde)

II) Complete as frases abaixo com A ou HÁ: d. Estamos _________ dez mil pés de altura.

a. Conseguirei chegar ao local combinado daqui


_______ duas horas. e. O local do evento fica ________ duas horas
deste ponto indicado no guia.

b. _________ três anos encerrei minha graduação.


f. O paciente está à espera do médico
________ vinte minutos.
c. Nesta região, ________ cerca de vinte tipos de
vegetação.

7
06/06/2016

III) Preencha as lacunas adequadamente com as d. A fazenda fica _________________duas horas


expressões a cerca de, acerca de e há cerca de: de carro de São Paulo.

a. A palestra foi _________________ política


geográfica. e. Sua opinião _____________________
proposta deve ser considerada.

b. __________________ duzentas pessoas na


f. _____________________ três quilômetros fica
palestra de hoje.
o primeiro hospital da região.

c. Não o vejo __________________vinte anos.

Emprego dos porquês IV) Complete com PORQUE, POR QUE, PORQUÊ
ou POR QUÊ:
• acompanhado de palavras determinantes porquê
(artigo, pronome, numeral) a. _____________ você não realizou sua atividade?
b. Não a realizei ________________ estava
• seguido de sinal de pontuação (,!?;) por quê cansado.
e em final de frase c. Esta é a razão ______________discutimos tanto
• se a troca por POIS der certo porque ontem.
Dica: “até porque”, “isso porque” d. Todos perceberam que estes foram os
______________ de sua impaciência.
• se a troca por POIS não der certo por que

e. Ele está deprimido sem saber_____________ . i. O processo _____________ intercedi junto ao


Não será _______________ foi reprovado no juiz foi um sucesso.
teste?
j. Não entendemos _______________ ele quis
voltar sozinho.
f. Este seu _________________ não me
convence.
l. Fazemos sempre nossa obrigação _________
somos responsáveis.
g. Você não irá conosco? _______________?
m. Deve haver um ________________ para tudo
h. Dois ______________ me levaram a ter essa isso.
opinião.

8
06/06/2016

QUESTÕES DE PROVA
V) Relacione as locuções prepositivas sinônimas:
1) (FCC) Quanto à acentuação e grafia das
palavras, a frase inteiramente correta é:
(1) devido a a) acerca de ( )
(2) a respeito de b) não obstante ( ) a) Uma revolução no ensino não se faz de modo
(3) apesar de c) por causa de ( ) fortuíto, mas voltada a uma transformação real e
d) a despeito de ( ) motivada das formas de pensamento.
e) em virtude de ( )
f) a propósito de ( ) b) Educação não é simples tarefa para filântropos,
mas um emprendimento cultural que cabe à
sociedade elevar a níveis de excelência.

c) Uma reforma não é o mesmo que uma revolução


do ensino: falta àquela o teor de radicalismo
necessário e consequente que é inerente a esta.

d) O autor recorreu a varias formas verbais no


infinitivo para enfatisar o valor de cada ação que julga
imprecindível a uma revolução no ensino.

e) Não será a partir de tímidas reformas que se


provirá a educação dos meios para, de fato, construir
pessoas e desenvolver ideias.