Você está na página 1de 1

ÚLTIMO SEGUNDO  ECONOMIA ESPORTE ENTRETENIMENTO  COMPORTAMENTO  COPA DO MUNDO CARROS TV IG SERVIÇOS  JORNAIS   

Up to PLAYA DEL

35 %
off
CARMEN
Choose from
our 4 Resorts
BOOK NOW

Brasil 

Política Brasil Mundo Polícia Mundo Insólito Educação  Saúde Mais Sites  Colunas 

MMDC: Exemplo Paulista de defesa dos


valores democráticos na Revolução de 1932
Por Marco Aurélio Valério | 09/07/2017 17:38 - Atualizada às 23/05/2018 10:09

COMPARTILHE      Tamanho do texto - +

Home iG › Último Segundo › Brasil

23 de maio é um dia de celebração da democracia brasileira. Há 86 anos, em


1932, quatro estudantes paulistas deram suas vidas combatendo à ditadura
de Getulio Vargas: Martins, Miraglia, Drauzio e Camargo, o MMDC

Leia Mais

Divulgação
Revolução de 1932 - Grande mobilização dos paulistas revoltados

A semente da Revolução de 1932 O médico Dr Rafael Nova Special Dog.


Freitas fala de 3 Mais nutritiva. Mais
A Revolução de 1932 está para São Paulo como a 2ª Guerra Mundial está para o mundo e sua alimentos ladrões… gostosa. Mais bonita
Vital4k.com Special Dog
origem está na Declaração da República de 1889. Quando o Brasil trocou o regime monárquico
pelo republicano o poder foi dividido entre os produtores de café de São Paulo e os produtores
de leite de Minas Gerais, o que cou conhecido como a “Política do Café com Leite”, onde havia
uma alternância de poder entre esses dois Estados.

Leia também:  Batalhão de Choque do Estado de São Paulo defende a democracia


Pílula que zera fome e 10 Jogadores de
seca gordura invade futebol que caram
academias pobres!
Guia do Corpo Perfeito desa omundial

[Fotos] Francisco Antes meu dinheiro só


Cuoco e sua namorada dava para pagar meus
53 anos… boletos, hoje…
Desa omundial Negócio em 21 Dias
Recomendado por

Em 1929, com a quebra da bolsa


de valores de Nova Iorque a iG Shopping
exportação do café brasileiro foi
drasticamente afetada gerando
uma imensa crise interna no país
e que foi o estopim para a
Revolução de 1930 que alterou,
de nitivamente, as estruturas de
poder no país. O presidente Relógio Inteligen… Smartband Xiao…

Washington Luiz é deposto e R$ 169.90 R$ 349.90


COMPRAR COMPRAR
exilado; Getúlio Vargas assume a
presidência. Era o m da
República Velha. Membros
Partido Democrático de São
Paulo apoiam Getúlio Vargas
com a promessa de nomeação de
Francisco Morato para o
Smartwatch Clas… Relógio Inteligen…
Governo do Estado, mas ao invés
R$ 99.90 R$ 269.90
disso foi nomeado o Tenente
COMPRAR COMPRAR
pernambucano João Alberto. A
decisão irritou o povo paulista.
Nascia aí a semente da
Divulgação Revolução de 1932
Essa simples imagem possui valor inestimável, pois representa valores que
a grande maioria já se esqueceu! Um dia o Estado de São Paulo pegou em João Alberto possuía um
armas para defender o Brasil. Perdemos a guerra, mas não nos vendemos!
alinhamento com o comunismo e
iniciou um programa de reforma agrária no Estado; autorizou comícios comunistas na cidade de Kit Com 4 Relógi… Smartband M2 M…

São Paulo e distribuiu cargos públicos aos Tenentes do Exército que participaram da Revolução o R$ 149.90 R$ 69.90
COMPRAR COMPRAR
que desagradou a elite empresarial, comerciantes e funcionários públicos.

Getúlio Vargas ataca os Paulistas


Em 01 de Janeiro de 1931 o Jornal o Estado de São Paulo publicou um editorial pedindo uma
nova constituinte já que Getúlio havia fechado o Congresso e nomeado interventores nos
Estados. O clima geral era de insatisfação e esse pedido teve repercussão nacional.

Getúlio Vargas passa então a


atacar os paulistas aplicando
sanções contra o Estado o que
fez com que o povo se unisse
contra o Governo Federal. Os
estudantes de Direito do Largo
de São Francisco passam a ser os
principais críticos do regime e
in amam a população.
Getúlio ordena a destruição do
Jornal a Gazeta e o con sco de
armas da Forças Pública do
Estado de São Paulo, atual Polícia
Militar. Essa atitude visava
diminuir a capacidade de
resistência do povo paulista,
porém a causa constitucionalista
passa a ganhar força no Rio
Grande do Sul,  Minas Gerais e
outros Estados.

Os O ciais do Exército também


estavam descontentes, pois os
Divulgação
Tenentes haviam assumido
Capa do Jornal Folha da Manhã de 9 de Julho de 1937, comemorando com
orgulho o quinto ano da Revolução de 1932 cargos públicos e tinham mais
poder que os Generais. Em São
Paulo o General Izidoro Dias Lopes e o Coronel Euclides Figueiredo articulavam com o General
Bertoldo Klinger (Mato Grosso) a derrubada Getúlio Vargas e os Tenentes. Em contrapartida o
Governo Federal censurava a imprensa com truculência.

MMDC, o inicio da Revolução de 1932


O movimento para derrubar Getúlio Vargas deveria começar no dia 14 de Julho, data da queda
da Bastilha, porém na noite 22 para 23 de maio de 1932 ocorreram diversas manifestações e na
praça da República houve um embate na sede tenentista onde os estudantes Martins; Miragaia;
Drauzio e Camargo (MMDC) foram mortos e esse foi o início antecipado da Guerra.

Divulgação
Manifestações anti-Getúlio Vargas na Praça da República, em São Paulo, resultaram na morte dos estudantes Martins,
Miraglia, Drauzio e Camargo (MMDC) , um dos estopins para a revolução de 9 de julho de 1932

No dia 9 de Julho inicia-se a Revolução com a derrubada do governo interventor. A Força


Pública, com seus 12 mil homens, posta-se ao lado dos interesses do povo paulista enviando suas
tropas para locais estratégicos dentro do Estado, com veículos blindados, armas e munições e
treinando os cerca de 45 mil civis voluntários que se alistaram para defender a terra paulista e os
ideiais constitucionalistas. 

O principal efetivo foi em direção


ao Rio de Janeiro, Capital
Federal. As tropas estacionaram
na Serra da Mantiqueira e
tomaram o túnel da estrada de
ferro para impedir a passagem
das Tropas Federais, esperando a
chegada das tropas do Rio
Grande do Sul,  Minas Gerais e
Mato-Grosso que deveriam
apoiar as tropas
constitucionalistas.

No dia 13 de Julho o Exército


Federal entra em embate com a
Infantaria da Força Pública, em
São José do Barreiro. Os
paulistas mostram seu valor e
experiência militar fazendo os
federais baterem em retirada.

Foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar

Revolução de 1932 - Policial Militar do Regimento de Cavalaria 9 de Julho


ostentando com orgulho a bandeira São Paulo. Note ao fundo o Brasão do
Regimento

A Traição
Os mineiros que haviam se comprometido a enviar tropas para apoiar a causa traíram os
paulistas e vieram para lutar ao lado dos federais. Por conta da traição mineira houve
necessidade de estabelecer um anco de batalha na região de Campinas e ali a investida federal
foi feita com aviões que atacaram e destruíram a estação de trens e as principais estruturas
urbanas.

Outra frente de batalha foi ao Sul do Estado, na região do Vale do Ribeira, para fazer frente aos
traidores sulistas (gaúchos; paranaenses e catarinenses). Itararé e Buri foram localidades de
combates ao sul. Alí os paulistas estavam sendo massacrados.

Na região de Santos e Guarujá a Marinha atacou e bombardeou as cidades. Durante a Revolução


Santos Dumont cometeu suicídio no Guarujá. Ele já havia declarado não suportar ver sua
invenção usada para guerra. 

foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar


Revolução de 1932 - Policial Militar do Regimento de Cavalaria 9 de Julho

Vitória Constitucionalista 
Durante a Revolução São Paulo lutou com cerca de 60 mil homens contra 200 mil federais.
O povo paulista fez imensos sacrifícios pela causa doando seus bens para a revolução. A
indústria paulista reverteu sua produção para apoiar as tropas e a Polícia Militar se posicionou
ao lado dos paulistas e da causa constitucionalista.

Em 02 de outubro de 1932 as tropas paulistas se rendem. A Força Pública perdeu alguns de seus
principais quarteis; teve suas armas de artilharia; aviões e o Campo de Marte con scados, mas
manteve a cabeça erguida. Fomos traídos; perdemos a Guerra, mas não nos vendemos. Ao nal o
Brasil ganhou uma nova Constituição

Brasão de Armas da Polícia Militar do Estado de São Paulo


A Polícia Militar do Estado de São Paulo é uma instituição legalista e constitucionalista há 185.
Nesses quase 2 séculos presenciou e participou dos principais eventos de de niram a história do
nosso estado e do Brasil, incluindo a Revolução de 1932.  Seu Brasão de Armas simboliza e
contém parte desta história. Conhça seu signi cado.

PM/Divulgação
Brasão-de-armas da Polícia Militar do Estado de São Paulo

O brasão de Armas da Polícia Militar do Estado de São Paulo é um Escudo Português, per lado
em ouro, tendo uma bordadura vermelha carregada de 18 estrelas de 5 pontas em prata,
representando marcos históricos da Instituição.

1- No Centro, em listras vermelhas verticais e horizontais, as cores representativas da Bandeira


Paulista, também per ladas em ouro.

2- Como timbre, um leão rampante em ouro, apoiado sobre um virol em vermelho e prata,
empunhando um gládio, com punho em ouro e lâmina em prata.

3- À direita do Brasão um ramo de carvalho e à esquerda um ramo de louro, cruzados em sua


base.

4- Como tenentes, à direita, a gura de um Bandeirante com bacamarte e espada, e à esquerda


um Soldado da época da criação da Milícia, empunhando um fuzil com baioneta, ambos em
posição de sentido.

5- Num listel em azul, a legenda em prata "LEALDADE E CONSTÂNCIA".

6- Marcos históricos da Polícia Militar, representados pelas 18 estrela: 

1ª ESTRELA -15 de Dezembro de 1831,criação da Milícia Bandeirante


2ª ESTRELA – 1838, Guerra dos Farrapos
3ª ESTRELA – 1839, Campos dos Palmas
4ª ESTRELA – 1842, Revolução Liberal de Sorocaba
5ª ESTRELA – 1865 a 1870, Guerra do Paraguai
6ª ESTRELA – 1893, Revolta da Armada (Revolução Federalista)
7ª ESTRELA – 1896, Questão dos Protocolos
8ª ESTRELA – 1897, Campanha de Canudos
9ª ESTRELA – 1910, Revolta do Marinheiro João Cândido
10ª ESTRELA – 1917, Greve Operária
11ª ESTRELA – 1922, “Os 18 do Forte de Copacabana” e Sedição do Mato Grosso
12ª ESTRELA – 1924, Revolução de São Paulo e Campanhas do Sul
13ª ESTRELA – 1926, Campanhas do Nordeste e Goiás
14ª ESTRELA – 1930, Revolução Outubrista-Getúlio Vargas
15ª ESTRELA – 1932, Revolução Constitucionalista
16ª ESTRELA – 1935/1937, Movimentos Extremistas
17ª ESTRELA – 1942/1945, 2ª Guerra Mundial
18ª ESTRELA – 1964, Revolução de Março

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2017-07-09/revolucao-de-1932.html

Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

Leia Mais

Novo tipo de negócio Planta "Milagre da Os Brasileiros Estão A Conheça o alarme que
surge no Brasil e deixa natureza" baixa açúcar Substituir A TV Por assusta qualquer
muita gente… no sangue e… Cabo Por Esta Nova… bandido.
Info Milionário Ciência Mais BR techrabits.com Alarmes Verisure

13 das mais atraentes Como esta antena de Mulher encontra 'fóssil Luciano Huck
mulheres bilionárias apenas R$ 100 permite vivo' dentro de encomenda pesquisa
desa omundial HDTV grátis. encanamento… eleitoral para…
mytvbuddy.co
Recomendado por

Comentários

32 comentários Classificar por Principais

Adicionar um comentário...

Jorge Lula Viana · Escola Técnica Federal de Mato Grosso


Antes de mais nada essa 'Revolução' de 32 teve como pano de fundo uma
causa elitista, tanto que é lembrada pela morte dos filhos das elites (MMDC).
E desde sempre a PMSP já demonstrava seu DNA igualmente elitista na
defesa dos interesses dominantes e contra o povo. Não mudou nada.
Curtir · Responder · 5 · 45 sem

Arcan TC · Proprietário em Clinicarv


Quanta asneira esquerdista!
Curtir · Responder · 10 · 45 sem

Evandro Felicio · IFRJ


Arcan TC A VERDADE DÓI ! SÓ PENSAR UM POUCO PRA VER
QUE O DITO "HEROISMO" ERA PARA PRESERVAR O ATRASO ,
HOJE SÃO PAULO MUDOU QUASE NADA...
Curtir · Responder · 3 · 45 sem

Emerson Pinzindin · Universidade Anhembi Morumbi


Po jorge viana vc nem deixa a gente comentar e ja escreve a
verdade toda assim nao dakkkkkkk
Curtir · Responder · 2 · 45 sem

Mostrar mais 10 respostas neste tópico

Alexandre Dos Santos Silva


Brasil, uma terra de traidores, Minas, Rio Grande do Sul, Paraná e Sta
Catarina traíram SP, o resultado eh esse lixo de país que temos hoje.

Agora engula esse ângu, traidores.


Curtir · Responder · 10 · 45 sem

Faruq Ali
Não sabe nada inocente ... a os poderosos de São Paulo, trairam
Minas ao romperem com a politica café com leite.
Curtir · Responder · 3 · 45 sem

Luis Ernesto Soares · Belo Horizonte


Hoje, São Paulo demonstra muito bem sua competência para
governar o País....
Curtir · Responder · 45 sem

César César · General officer em AP Preparações ltda


80 dias virou eroismo e altruismo, mera revolta politica sem alma.
Curtir · Responder · 1 · 45 sem

Mostrar mais 2 respostas neste tópico

Francisco DE Assis · Academia De Polícia Militar Do Barro Branco - Curso


de Formação de Oficiais
Sou São Paulo, sou Brasil, legalista, varonil. Brasileiro patriota, sou soldado
sem fusil. Vá estudar história do Brasil, Jorge Viana.
Curtir · Responder · 4 · 45 sem

Emerson Pinzindin · Universidade Anhembi Morumbi


Francisco de Assis so para constar fuzil se escreve com Z.
Curtir · Responder · 3 · 45 sem

Missioneiro Ramos · Colégio Estadual Júlio de Castilhos


Emerson Pinzindin amigo ,com z ou s se tocar no gatilha essa coisa
explode kkkkkkkkkk
Curtir · Responder · 45 sem

Dantas Tenorio
Emerson Pinzindin KKKKKKKKKKKKKKKKKK !
Curtir · Responder · 45 sem

Mostrar mais 3 respostas neste tópico

Antonio Strabelli Strabelli


Todos criticam o estado de SAO PAULO,sinonimo de progresso, mas
querem vir morar aqui, quando estao doentes procuram os melhores
hospitais do pais em Sp., ate hoje pagamos muito, recebemos pouco,
querendo ou nao somos referencia nesse pais. nao adianta esses
comentarios idiotas querendo desmerecer nosso estado.
Curtir · Responder · 10 · 45 sem

Miguel Salomao
METADE dos que vivem aqui iriam embora. se tivessem condições.
A TUCANALHA acabou com o crescimento do estado, favelizou,
taxou e encheu de pedágios, em contrapartida, aprendeu a utilizar a
mídia, criou o voto de cabresto, acabou com o emprego, a
segurança pública é do PCC, saúde tá um caos.. hoje o que se vê é
um estado encolhendo e a CORRUPÇÃO DESENFREADA. (Veja a
participação de são paulo no PIB antes da tucanalha, e nos dias
atuais).
Curtir · Responder · 45 sem

Cilas Pereira · São Paulo


Miguel Salomao metade, nós gostariamos que TODOS fossem
embora e não tivessemos mais que sustentar, mas é como voce
disse, o único lugar que tem OPORTUNIDADES é aqui, o resto
quer é não fazer nada.
Curtir · Responder · 1 · 45 sem

Agapito Costa · AMAN


Sou de opinião que a revolução de 1932, como as demais ocorridas no país
servem para serem estudadas.
O Museu Santo De Amaro tem um amplo documentário, ou pelo menos
tinha.
Um dos grandes ensinamentos deste ocorrido foi que; o desarmamento está
sempre ligado ao domínio do poder.
Getulio Vargas reduziu drasticamente o poder bélico das forças públicas
paulistas.
Curtir · Responder · 3 · 45 sem

Beto Bergamo · ITE - Instituição Toledo de Ensino Faculdade de Direito de


Bauru
Infelizmente os comentários estão recheados de extremismo, alegando que
foi um movimento de direita, quem traiu quem, sinceramente quando
estamos no extremo nos falta bom senso, primeiramente vamos nos
desarmar de ideologias, pragmatismo para não influir nos nossos
comentários.
Curtir · Responder · 1 · 45 sem

Agenor Barros de Lima · Professor em EMEF Professor Antonio de Freitas


Filho
Brasileiros, é chegada a hora de ,mais uma vez, nos armarmos para
combater,e, aniquilar esses "governantes" safados que só fazem, nos
explorar de todas as formas e, maneiras.
"Se o penhor dessa igualdade conseguimos conquistar com braço forte" ,
"Mas, se ergues da justiça a clava forte,verás que um filho teu não foge a
luta,Nem teme quem te adora a própria morte." (...)
O problema, é que ficamos: "Deitado eternamente em berço esplêndido"
È exatamente isso que a corja de Brasília e, seus assecras querem.
Curtir · Responder · 45 sem

Silmar Biazioli · Engenheiro Mecânico em GE


Saudações a todos. Quem ganha a guerra conta a história. Para os
paulistas, foi uma revolução pela Democracia, para os demais brasileiros do
meu amado Brasil, a luta pela separação de São Paulo (sou paulista de São
Bernardo do Campo e contrário a este absurdo). O PMDB nos vendeu o
discurso de redemocratização durante as diretas já, quando, na verdade, só
estava de olho no controle da máquina pública. Stalin e Hitler tinham
discursos apaixonantes por seus povos e a história nos mostrou os
monstros que eram. Cada lado sempre terá a sua verdade incontestável e
atacaram o outro. Que os que realmente deram a vida por um país melhor
não tenham morrido em vão, e que o PT, PSDB, PMDB, Dem e PP nunca
mais sejam eleitos sequer para vereador ou síndico. A coisa ruim já mostrou
a sua face. Paz e bem a todos.
Curtir · Responder · 45 sem

Silmar Biazioli · Engenheiro Mecânico em GE


As opiniões são de minha responsabilidade.
Curtir · Responder · 45 sem

Antonio Pereira Ribeiro · DIREITO FMU


Babaquise desse comentarista. Os paulista, como se julgam os maiorais e
pensam que são os únicos que trabalham . Julgavam, naquela época e anda
hoje, o resto do pais atrasado e vagabundos, na verdade, queriam mesmo
eram se separar do país. Então levaram foi ferro, sendo derrotados para o
bem do Brasil.
Curtir · Responder · 3 · 45 sem

Emerson Pinzindin · Universidade Anhembi Morumbi


Gracas a Deus Getulio derrotou os facscistas paulistas,senao
estariamos piores ainda ,se bem que ficou a heranca com alkimista
e doriana.
Curtir · Responder · 2 · 45 sem

Alejandro Perez · FACOS/CNEC/OSÓRIO


EXEMPLO de como escrever um artigo histórico mal feito.
Curtir · Responder · 2 · 45 sem

Faruq Ali
concordo contigo
Curtir · Responder · 45 sem

Emerson Pinzindin · Universidade Anhembi Morumbi


Um artigo "historico" de encomenda ,exaltando e glorificando os
canalhas racistas e elitistas de Sp.
Curtir · Responder · 1 · 45 sem

Carregar mais 10 comentários

Plugin de comentários do Facebook

Mais Recentes

Sobre o iG Siga o iG
Anuncie Fale conosco Denúncia Política de Privacidade

Serviços
    
iG Mail iG Cupons © Copyright 2000-2017, iG Publicidade e Conteúdo: iG e iBest