Você está na página 1de 4

ANO 2010 Nº 12

26º domingo comum O GRANDE ABISMO


Hoje, dia da Bíblia, damo-nos conta de que nosso Deus é um Deus que fala. No passado nos
falou por Moisés e os Profetas, figuras trazidas à tona no evangelho deste domingo. Atualmente
Deus nos fala por meio do seu filho Jesus Cristo. E seu filho hoje nos fala de um grande abismo.
Daquele abismo entre o rico auto-suficiente que se regala em faustosos banquetes ( Lc
16,19-31) e o pobre Lázaro que disputa com os cães um pedaço de pão. Trata-se do abismo da
indiferença que não permite ao rico enxergar entre os cães, um homem, seu semelhante. A
ideologia dos fariseus via com normalidade a coexistência de ricos e miseráveis no seio da
sociedade e atribuía isso à vontade de Deus. De fato, Deus quer salvar a todos, ricos e pobres,
mas Jesus mostra que é necessário transpor o abismo que o espírito farisaico cria e justifica. Deus
socorre o marginalizado e repugnante aos olhos do rico (Lázaro = “Deus socorre”). O Deus de
Jesus Cristo não é insensível à situação de penúria do pobre Lázaro.
Assim, ser discípulo de Jesus Cristo é trabalhar para eliminar o abismo criado pela indiferença
dos ricos. A parábola não quer amedrontar nem ameaçar mas mover à conversão enquanto é
tempo, pois não existe salvação para quem fecha o coração ao pobre e ao necessitado. É preciso
renunciar à auto-suficiência para se aproximar do pobre e do sofredor. Mas, quem confia nas
riquezas não dá crédito à Palavra de Deus. Moisés e os Profetas são o que ao tempo se conhecia
como Bíblia, ou Palavra de Deus revelada. Se não os ouvem, ainda que alguém ressuscite dos
mortos, não se convencerão (Lc 16,31). Assim Jesus adverte que ninguém pode salvar o homem
que endurece o coração à Palavra de Deus e ao pobre Lázaro que está à sua porta, se ele mesmo
não romper o abismo da indiferença, pois é o próprio homem que escolhe e sela o seu destino
( Cf Mt 25,34-46).
Dom Hélder Câmara, profeta dos nossos tempos, refletindo sobre o texto acima diz que ali Jesus
não apenas se compara ao pobre, mas se identifica com ele, põe-se em seu lugar quando diz: ”
EU estava com fome....”, quando poderia ter dito teu irmão estava com fome; “EU estava com
sede...”, quando poderia ter dito teu irmão estava com sede e assim por diante. Deste modo faz
do pobre o “lugar” mais próximo onde podemos encontrar o nosso Deus. Entretanto, a barreira
do contraste social parece intransponível. O abismo entre ricos e pobres continua a crescer,
mesmo depois que Jesus ressuscitou.
No decorrer desta semana viemos a saber que já são mais de 40.000.000, na nação mais rica do
planeta (EE.UU), os que estão na linha da pobreza. Cerca de 20% da população daquele país. E o
que dizer dos que estão abaixo desta linha no Brasil e países menos desenvolvidos? O que é
preciso fazer?
Conheça as pastorais sociais que em nossa paróquia desenvolvem um trabalho de promoção
humana.
Bom domingo, boa semana a todos!
Pe. Antonio Almeida
EUCARISTIA E REENCARNAÇÃO

Toda celebração Eucarística é uma celebração da Páscoa de Jesus. A sua


morte e ressurreição é o evento central da fé cristã. Não existiria o cristianismo
sem a páscoa. Como poderíamos adorar Jesus Cristo como Senhor e Deus sem
esta prova da sua pertença ao plano divino, embora tendo vivido em tudo a
condição humana? De fato, o renascimento da vida em Cristo é a vitória sobre a
morte que alcança toda a criação e é parte do desejo mais profundo enraizado no
coração humano. Quem não aspira viver para além da morte? A resposta de Deus
para este desejo que nasce conosco, pois foi Ele mesmo quem o colocou, não é a
reencarnação mas a Ressurreição!
A Eucaristia é o memorial do evento fundador da
nossa fé, a morte e ressurreição de Cristo. Não é
secundário, portanto, reviver os momentos finais da sua
vida terrena com toda solenidade possível, e até mesmo
quantas vezes for possível. Cada gesto na liturgia
eucarística simboliza um aspecto importante desta
comunhão que se cria entre o fiel e Deus, na esperança de
um dia realizar este encontro de modo definitivo e pleno. A
nossa vida renascida pelo batismo é alimentada na mesa da
Eucaristia a fim de que permaneça ligada à fonte da
misericórdia que é Deus. É por causa deste amor
misericordioso e gratuito de Deus que nossa participação na
Eucaristia é eficaz, isto é, produz frutos de santidade em nós.
Podemos até compreender pouco sobre tudo o que realizamos na missa,
mas não poderíamos participar realmente da Eucaristia sem despertar em nós o
desejo do encontro com Cristo. O muito saber não condiciona o coração a querer e
amar a Deus. A Eucaristia é acima de tudo um encontro de amor entre Deus que
se doa completamente a nós em seu Filho Jesus e a humanidade redimida pela
entrega feita na cruz. A grandeza extraordinária deste gesto afasta do coração
humano o temor e abre as portas da eternidade para todos os que nele crêem.
Neste contexto de salvação da morte e iniciação à vida não há espaço para o
pensamento da reencarnação, condição que anula o valor da cruz como
instrumento de redenção e amor. Os vários ritos que compõem a missa nos
introduzem neste mistério. Vamos falar mais sobre isto? Até a semana que vem, se
Deus quiser.

Pe. Carlos André


FIQUE POR DENTRO

Pastoral da Iniciação à vida Cristã Infantil


É o acompanhamento de crianças até 14 anos no seu processo de descoberta da fé em vista de formar
discípulos e missionários de Jesus Cristo. O ponto alto deste caminho é o encontro com Jesus através
dos sacramentos do Batismo e 1ª Eucaristia e da vivência comunitária. Pastoral Catequetica é outro
nome desta pastoral.
O QUE FAZ:
Promove a iniciação à vida cristã de crianças e adolescentes, a fim de prepará-los para receber os
sacramentos da iniciação cristã: Batismo e Eucaristia. Realiza encontros de oração e formação cristã
com os pais e padrinhos dos Catequizandos.
COMO PARTICIPAR:
Horários dos encontros: Encontros quizenais, a combinar CONTATO: Marlene, tel.: 3341-2130

ANIVERSARIANTES DA SEMANA
Ademar Francisco Paiva, Ana Risoleta N. de Menezes, Anagelita Cavalcante Ferreira,
Edno Cosme Santana, Everaldo Silva, Gilmar Helio Dourado, Isabel Cristina S. Queiroz,
João Arcangelo Rend, Joji Nishimoto , Jussara Gomes A. Cunha, Manoel Bomfim
Soares, Marcos José Silva Leite,, Maria Dilma de M. Borges, Reinolando de Jesus,
Robson Américo Perdigão, Valdelice Nascimento Silva Cruz, Valdelice Maria Macedo,
Vilmar de Azevedo Landulfo.
Aniversário de casamento
Roque Aristarco Rebolsas Ferreira e Eunice Ribeiro de A. Ferreira; Carlos Roque Sena Neves e
Maria da Glória Santos Neves; Raimundo José Silva Negrão e Beatriz Barros Negrão
Feliz Aniversário! Paz, saúde, prosperidade e muitos anos de vida.
AVISOS PAROQUIAIS

Biodança – Quer descontrair e ficar de bem com a vida? Biodança para todas as idades todas as
segundas-feiras às 15h no salão da nossa paróquia. Contato: Neide 3342-2035
Jovens Universitários – Convidamos todos os Jovens Universitários para a reunião do dia 26/9
(domingo) às 14:30h na nossa paróquia.
Adoração Eucarística – Todas as quintas-feiras, a partir do dia 30/09 das 09h às 19h haverá
adoração do Santíssimo Sacramento. Todos os paroquianos estão convidados.
Pastoral da Saúde – A Pastoral da Saúde oferece à comunidade linha de tratamento com
fitoterapia, homeopatia, massagem e muito mais. Venha conferir! Contato: Fátima: 9902-9878
Compromisso Eu+10 – Você se lembra? Próximo dia 10 de outubro vamos renovar nosso
compromisso de evangelizar 10 pessoas para apresentar a Jesus no Natal deste ano. Se você ainda
não sabe o que é o compromisso EU+10, não deixe de vir às missas dos dias 09 e 10 de outubro!
Seminários de Formação sobre o Catolicismo – Será realizado no período de 27/09 a 01/10, às
19h, no Auditório do Centro Pastoral Bom Pastor – Garcia com o tema: DOGMAS: Verdade, mitos
e mentiras. Maiores informações, na secretaria da paróquia.
Coordenadores de Pastorais – Para veicular informações neste jornal favor entrar em contato
com Brasilton e/ou Sônia pelo telefone 9974-4727.

Liturgia diária
De 26 de setembro a 02 de outubro

DOM– Amós 6,1.4-7 Sl 145 (146); 1Tm 6,11-16; Lc 16, 19-31


SEG – Jó 1,6-22 ; Sl 16 (17); Lc 9, 46-50 TER – Jó 3, 1-3.11-17.20-23; Sl 87 (88); Lc 9, 51-56
QUA – Dn 7,9-10.13-14 Sl 137 (138) Jo 1,47-51 QUI- Jó 19,21-27; Sl 26 (27); Lc 10, 1-12
SEX- Jó 38,1.12-21;40,3-5 Sl 138 (139) Lc 10,13-16; SÁB – Ex 23,20-23; Sl 90 (91); Mt 18,1-5.10

Horários das Missas


MISSA DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
MATRIZ 8:30h 19h 07:30h 19h 19h 19h 16:30h e 18:30h
VALE DOS RIOS 07h **** 19:30h **** **** **** ****
MÃE RAINHA 16h 07h 07h 07h 07h 07h 16h

ATENDIMENTO DOS PADRES:


Todos os dias após a missa e todas as sextas-feiras das 9h às 12h e das 14h às 18h.
SECRETARIA: de segunda a sexta das 8h às 12h e das 14h às 19h. Aos sábados das 8h às 12h.
Tel.: 3342-0768

Acesse o nosso site: www.pnsesperanca.com