Você está na página 1de 9

https://sucessoboletim.blogspot.

com/ ║Director: John Chekwa ║№ 01/2018║Abri


║Abri a Junho 2018

Estudo denúncia mau atendimento e corrupção


nas maternidades p
públicas em Manica
Um estudo de base realizado no mês de Abril de 2018, com apoio da
Fundacao MASC, pela Associacao Sucesso Manica, uma organização
Comunitária que actua nas àreas de defesa de direitos humanos, boa
Governação e cidadania denúdenúnciou a existência de mau atendimento e
corrupção nas 4 unidades sanitarias dos 3 distritos nomeadamente:
Sussundenga, Vanduzi e Mossurize na provincia de Manica. Para mais
informações clique : http://sucessomanicamz.blogspot.com/

Cerca de 360 alunos deixam de


passar dias difíceis de assistir aulas
ao ar livre em Sussundenga. Pág. 7

MASC avalia o impacto de Governo de Vanduzi Mesa redonda aponta


habilidades das organizações
ções pronto para combater vários desafios nos
beneficiárias das corrupção no sector direitos laborais em
capacitações em Manica público Pág. 2 Guro Pág. 3
Pág. 6
Nos sabemos que
algumas das mães quando
vão para dar parto, elas
metem 50 ou 100 meticais
nas fichas para serem bem
tratadas pelas nossas
parteiras. Normalmente,
elas não podem fazer isso
porque é obrigação do
servidor público para
atender aquelas pessoas
sem pagar dinheiro
Eulália Nhatitima – Administradora
de Vanduzi

A
dministradora do distrito de corrupção. Também, o Governo de
Vanduzi, Eulália Nhatitima Vanduzi, já criou comissões de ética
afirmou no mês de Abril na para poder combater a corrupção nos
abertura oficial do projecto de sectores públicos. Nhatitima disse
combate a corrupção nas ainda que a corrupção atrasa o
maternidades das Unidade Sanitárias desenvolvimento no país é por isso o
locais que o governo de Moçambique governo de Vanduzi aceitou com
na pessoa do Presidente da República muito gosto o projecto da Associação
está muito empenhado no combate a Sucesso.
https://sucessomanicamz.blogspot.com/2018/04/governo-de-
vanduzi-recebe-projecto-de.html
Sucesso Manica – Defesa dos Direitos Humanos, Boa
Governação e Cidadania

2
Participantes do debate apontam diversos
desafios e nos direitos laborais em Guro

Parte dos participantes da mesa-redonda em Guro

O
s participantes da mesa- sobre os desafios dos
redonda realizada no dia trabalhadores e seus direitos
30 de Abril de 2018, no laborais,” apontaram diversos
bairro Tseretse Kama B, desafios que enfrentam no seu
organizada pela Associação dia-a-dia. O alto custo de vida,
Sucesso Manica em coordenação falta de acesso aos Fundos de
com PAAGURO e com apoio da Desenvolvimento Distrital, vulgo
Fundação MASC, titulada, sete milhões, desemprego para os
“reflexão

3
jovens, falta de transparência na “ Não sabemos que esta é a
exploração de madeira, falta de nova orientação da direcção
controlo e fixarão de preços dos de educação ou do ministério
produtos da primeira necessidade, de educação”, questionou um
falta de acesso a comida devido a dos participantes.
seca e pragas de gafanhoto
“ Se é uma nova orientação o
elegante e da lagarta invasora
serviço de educação deve nós
que invadiram na última
informar sobre o orçamento
campanha agrícola em algumas
total das provas para nós
zonas do distrito, venda excessivo
preparar,” acrescentou outro
de brochuras de provas por parte
participante.
dos professores aos seus alunos
são desafios apontados pela Já no âmbito de exploração de
plateia da mesa redonda, no madeira, a mesa – redonda
distrito de Guro na província de apontou que há falta de
Manica. transparência na fiscalização
destes produtos florestais visto
De acordo com os comerciantes
que os agentes da Policia da
presentes na mesa redonda, a
República também fiscalizam
maior parte dos seus clientes é a
madeiras nos bairros afectando os
população camponesa de baixa
vendedores locais de pequenas
renda, e devido o alto custo de
vendas que vendem este produto
vida e aumento drástico dos
para consumo interno tais como
preços de mercadorias sem pré-
de montar portas, fixar caixão
aviso, este cliente já não tem
para as mortes etc.
poder de compra.
“Diariamente notamos a saída
Na área de educação os
de touros de madeira para o
participantes dizem que os alunos
exterior, será que há
que não têm condições de
fiscalização para estas
comprar brochuras de provas são
empresas?” questionou um
reprovados.
participante.

4
Uma das queixas apresentadas Neste evento estiveram cerca de
com provas é sobre as taxas muito 25 participantes dos quais 19
elevadas de consumo de energia homens e 6 mulheres entre eles,
eléctrica que não corresponde funcionários públicos, privados,
com o consumo real do usuário operários agrícolas e outros da
por exemplo uma casa que tem conta própria. De salientar que, a
apenas 3 lâmpadas, o consumidor secretaria permanente do governo
foi cobrado cerca de 15 mil local não conseguiu participar no
meticais por mês. Foram ainda debate devido a sua agenda de
reflectidas no debate a questão de trabalho e a mesma mandou
higiene nos locais de venda de saudações para todos
comida. Os vendedores de trabalhadores participantes da
comida, presentes na mesa mesa redonda. Finalmente os
redonda reclamaram da falta de participantes agradeceram da
higiene e da construção e iniciativa e pediram para expandir
manutenção de balneários os debates em outros bairros do
públicos instaladas no mercado distrito.
central dizendo que o mau cheiro
afasta os seus clientes naqueles
locais.

Caro cidadão!

Não colabore nos actos de


corrupção, caso ser
cobrado denúncia a
Procuradoria da
República de
Moçambique, Gabinete de
Combate a corrupção ou a
esquadra da Policia da
República de Moçambique

5
MASC avalia o impacto de habilidades das associações
beneficiárias das capacitações em Manica

Oficial de Monitoria e Avaliação na Fundação MASC, Mário Fonseca conversando com os dois
técnicos da Associação Sucesso Manica

O
sector de monitoria e parceiros locais. Trata-se de uma
avaliação da Fundação iniciativa de desenvolvimento de
MASC, escalou desde última capacidades destinada para garantir
quarta-feira (27/06/2018) a a sustentabilidade das organizações
província de Manica, com objectivo da sociedade civil, parceiros do
de avaliar o nível de implementação MASC.
de conhecimentos adquiridos pelos

https://sucessomanicamz.blogspot.com/2018/06/masc-avalia-o-impacto-de-habilidades.html

6
Cerca de 360 alunos deixam de passar dias difíceis de
assistir aulas ao ar livre em Sussundenga

E
ducação é um direito melhoradas com um bloco
fundamental, bem como um administrativo na Escola Primária
dever de todas as crianças em Seventine situada na localidade de
Moçambique. Para garantir este direito a Daruè, Posto Administrativo de Dombe
Direcção Provincial de Educação e no distrito de Sussundenga na província
Desenvolvimento Humano de Manica de Manica. Trata-se de uma obra que
(DPEDH) em coordenação com o iniciou no mês de Agosto de 2017 e
governo distrital de Sussundenga está que já está na fase final, orçada em
investir na construção 5 salas mais de seis milhões, de meticais.

https://sucessomanicamz.blogspot.com/2018/06/cerca-de-360-
alunos-deixam-de-passar.html

Caro cidadão, Sabia que oferecer dinheiro ou qualquer oferta ao funcionário


público em troca de serviço prestado é corrupção?

Não colabore nos actos de corrupção, caso ser cobrado denúncia a Procuradoria da
República de Moçambique, Gabinete de Combate a corrupção ou a esquadra da
Policia da República de Moçambique.

7
Fundação MASC capacita clubes de mulheres em
monitoria de serviços públicos em Nampula

Parte dos participantes na capacitação do CPC em Nampula

https://www.youtube.com/watch?v=E3qKGQz1M9A

C
erca de 30 membros de clubes de Na abertura da acção formativa, o
mulheres parceiros da Associação chefe do Posto Administrativo de
OPHENTA, baseados no Posto Anchilo, Hermínio Muntarare, valorizou a
Administrativo de Anchilo sede e no iniciativa dizendo que o cartão de
distrito municipal de Nampula na pontuação comunitária é uma
província do mesmo nome foram ferramenta boa porque facilita a
capacitados em matéria de monitoria de participação dos cidadãos na
serviços públicos com base na carta de governação. Para Muntarare governação
pontuação comunitária. Trata-se de um é atender as necessidades da população
instrumento participativo usado para e apelou aos provedores de serviços
avaliar a qualidade dos serviços públicos públicos para que sempre atender bem
prestados ao nível local com base em os cidadãos com amor e carinho.
indicadores
definidos.

8
Na sala de capacitação em Nampula no Posto Administrativo de Anchilo

D
urante os 3 dias, os activistas – prioritários, actividades, objectivos de
membros de clubes de mulheres cada acção e definir os prazos para
foram capacitados sobre a além de apontar os responsáveis para
implementação do Cartão de Pontuação cada acção. Os participantes também
Comunitária, as suas etapas, a sua trocaram experiências com a Associação
importância e vantagens. Também Sucesso Manica que estava orientar esta
aprenderam como elaborar o plano de capacitação, uma iniciativa da OPHENTA
acção considerando os problemas com apoio da Fundação MASC.