Você está na página 1de 1

Monocliclo.

Circo Monocliclo
de artes estranhas
Me atiro no seu corpo
Em chamas

Sinto alto e vou mais alto


que a dor

Sou como um livro entreaberto


que voc� deixou de ler
como as cinzas de um cigarro
apagado no asfalto meu amor

� que eu n�o vim pra ficar


estou em todo lugar
e j� n�o sou mais nada
do que voc� pensou