Você está na página 1de 2

Exemplo

Resolva a equação diferencial homogênea .

Arrumando a equação:

(1) Não precisaremos verificar se as funções envolvidas são


homogêneas, pois o problema já sinaliza que as funções são homogêneas.

(2) Faremos a substituição de variável na


equação.

(3) Resolvendo a equação de variáveis separáveis.

Dividindo a equação por :


Integrando, temos:

∫ ∫

| |

(4) Voltando a y.

Mas, sabemos que , ou seja,

| |

| |
| |
| |

| |