Você está na página 1de 2
Mulher, ninguém te condenou? Pedro Miranda Antico de Comunhido para 0 V domingo da Quaresma ano 8, quando se Ié 0 evangelho da *Mulher adiiltera’, Composto em 1995, sem acompanhamento organistico, embora também o suporte. coro s E sl ? Mu - ther, nin - guém te con-de - nou?—— Nin - guém, Se-nhor c 5 P nou? —— Nin - guém, Se-nhor. t Nin-guém, Se ~ hor 8 ™ : ’ Mu - ther, nin - guém te con-de = nou? —— Nin-guém, Se - nhor, Coro Assembla sty SO te P Nin-guém, Se - nhor Nem Eu te con de- no. Val em paz @ no <_? Nin-guem, Se - nhor Nin-guém, Nin-guém, Se-nhor Nem Eu tecon - de-mo. wy Val em paz e nfo M5. 16 tor-nes a pe - car; vai em paz eno Salmo 31 r ‘ gag a = 9 toot 1. Feliz daquele a quem foi perdoa - daa cul - pa, 2. Feliz. o homem a quem o Senhor néo acusa de | - 3. Enquanto me calel mirraram-se 4. Confessei-Vos 0 5, Disse: vou confessar ao Senhor a 6. Vou ensinar-te e mostrar-te 0 caminho 7, Muitos sto os sofrimen ~ 8, Alegrai-vos, justos, e regoaljal-vos ni - qui - da - de, os meus 05 - s0s, meu pe - ca - do mi-nha fal - ta, a se - guit, tos do im- pio no Se - nhor Lp 1. e absolvi - 2. e em cujo espirito 3. no meu gemido de 4, e nfo escondi 5. e logo me perdoastes a cul - 6, de olhos postos em ti, serel 0 7. masa quem confia no Senhor, a Sua bonda - 8, exultal vis todos que sols rectos Jot SS doo pe-ca - do, no hd en-ga - no, to-dos os di - as. a mi-nha cul - pa. pa do pe-ca - do. teu con - se - thei - ro, deo en-vol - ve. de co-1a- go, —~ dody {Nota do autor: alternar os versfcuigs entre ume 86 voz € a quel. M.s.7