Você está na página 1de 1

Ele foi trespassado

M. Luís

              
 
      
Refrão
   
      
  
E
-
le
foi tres-pas - sa - do
por cau - sa das nos-sas
cul - pas,
es-ma - ga - do

  
 
 
 
      
 
por cau-sa das nos-sas i - ni-qui - da- des.
Pe-las su-as
cha- gas
fo-mos cu - ra
-
dos.
Cântico (1 Ped 2, 21b-24)
 
Cristo so
-
-
-
-
-
freu
por
nós,
 
 
 
deixando-nos o exemplo para que siga
-
mos
os
seus
pas
-
sos.

Ele não cometeu pecado al gum * e na sua boca não se encontrou men tira,

Insultado, não pagava com injúrias, † maltratado, não respondia com amea ças. * Mas entregava-Se Àquele que julga com jus tiça.

Suportou os nossos pecados no seu Cor po * sobre o madeiro da Cruz,

A fim de que mortos para o pecado. † vivamos para a jus tiça. * Pelas suas chagas fomos cu ra dos.