Você está na página 1de 28

EMERGÊNCIA E MEDICAMENTOS

Prof. Kenia Marinho Presibella Weiss Farmacêutica-Bioquímica

domingo, 30 de maio de 2010

FARMACOLOGIA

• Estudo da interação de substâncias químicas com sistemas biológicos

Farmacocinética

Absorção, Distribuição, Biotransformação, Excreção

Farmacodidâmica

domingo, 30 de maio de 2010

Mecanismo de ação AGONISTA ANTAGONISTA

SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO

coração

coração

SIMPÁTICO (NA) Inotrópico + Cronotrópico +

PARASSIMPÁTICO (ACh) Inotrópico - Cronotrópico -

pulmão

pulmão

Broncodilatação

Broncoconstrição

vaso sangüíneo

vaso sangüíneo

PA

PA (NO)

TGI

TGI

Motilidade Contração esfíncter

Motilidade Relaxa esfíncter

olho

   
Midríase Miose

Midríase

Miose

órgão sexual

órgão sexual ♂

Ejaculação

Ereção

útero

   
Relaxamento ( β ) Contração ( α ) Variável

Relaxamento (β) Contração (α)

Variável

glândulas

Secreções

Secreções

domingo, 30 de maio de 2010

DEFINIÇÕES

• DROGA: agente químico que ao ser administrado em um organismo vivo, modifica um ou mais sistemas desse organismo.

FÁRMACO: predomínio de efeitos benéficos TÓXICO: predomínio de efeitos nocivos

• VIA DE ADMINISTRAÇÃO:

“porta de entrada” da droga

• FORMA FARMACÊUTICA:

apresentação (comprimido, xarope, cápsula, supositório, etc)

domingo, 30 de maio de 2010

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO

• ENDOVENOSA

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO • ENDOVENOSA domingo, 30 de maio de 2010

domingo, 30 de maio de 2010

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO

• INTRA ÓSSEA

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO • INTRA ÓSSEA domingo, 30 de maio de 2010

domingo, 30 de maio de 2010

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO • INTRA ÓSSEA domingo, 30 de maio de 2010

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO

• PULMONAR

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO • PULMONAR domingo, 30 de maio de 2010
VIAS DE ADMINISTRAÇÃO • PULMONAR domingo, 30 de maio de 2010

domingo, 30 de maio de 2010

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO • PULMONAR domingo, 30 de maio de 2010

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO

• OUTRAS:

Oral

Sublingual

Subcutânea

Intramuscular

Endoarterial

Intracardíaca

domingo, 30 de maio de 2010

• OUTRAS: Oral Sublingual Subcutânea Intramuscular Endoarterial Intracardíaca domingo, 30 de maio de 2010
• OUTRAS: Oral Sublingual Subcutânea Intramuscular Endoarterial Intracardíaca domingo, 30 de maio de 2010
• OUTRAS: Oral Sublingual Subcutânea Intramuscular Endoarterial Intracardíaca domingo, 30 de maio de 2010

CASO CLÍNICO 1

CASO CLÍNICO 1 • A.F.S., 53 anos, executivo de grande multinacional, tabagista, IMC = 32, sedentário,

• A.F.S., 53 anos, executivo de grande multinacional, tabagista, IMC = 32, sedentário, deu entrada no setor de emergência com dor em hemitórax esquerdo com irradiação para membro superior esquerdo, pescoço e face a esquerda associado a formigamento com início há 1 hora, PA= 220 x 120. Na anamnese paciente refere ser hipertenso desde os 45 anos e relata avô falecido de infarto e pai com duas pontes de safena.

• Exames laboratoriais revelaram aumento das enzimas cardíacas plamáticas e eletrocardiograma

domingo, 30 de maio de 2010

CONDUTA:

• Oxigenioterapia

• AAS 300mg VO

• Isossorbida 5mg SL

• Metoprolol 15mg EV

• Morfina 5mg EV

Enquanto aguardava cateterismo de emergência apresentou parada cardíaca em fibrilação ventricular ao

domingo, 30 de maio de 2010

CONDUTA:

• Desfibrilador

• Adrenalina 1mg EV bolus

• Amiodarona 300mg EV bolus

• Lidocaína EV bolus

domingo, 30 de maio de 2010

EMERGÊNCIAS

CARDIOVASCULARES

• Epinefrina

• Amiodarona

• Lidocaína

• Atropina

• Dopamina

• Deslanosídeo

• Gluconato de cálcio

• Captopril

• Furosemida

domingo, 30 de maio de 2010

Atropina • Dopamina • Deslanosídeo • Gluconato de cálcio • Captopril • Furosemida domingo, 30 de

CASO CLÍNICO 2

• Mulher, 22 anos, chega ao pronto socorro com angioedema, principalmente nos olhos, nariz e boca. Relata início de sintomatologia num restaurante, após ter ingerido camarões, referindo urticária generalizada, dificuldade respiratória e episódio de vômito. Foi verificada hipotensão (PA = 80 x 40) associada a taquicardia e após 40 minutos de sua entrada no PS, a paciente teve perda da

domingo, 30 de maio de 2010

CONDUTA:

• Oxigenioterapia

• Entubação

• Adrenalina

• Prometazina

• Hidrocortisona

domingo, 30 de maio de 2010

ANAFILAXIA E ESTADO DE MAL ASMÁTICO

• Epinefrina

• Terbutalina

• Hidrocortisona

• Prometazina • Aminofilina

• Ipratrópio

• Fenoterol

• Oxigênio

domingo, 30 de maio de 2010

• Hidrocortisona • Prometazina • Aminofilina • Ipratrópio • Fenoterol • Oxigênio domingo, 30 de maio

CASO CLÍNICO 3

CASO CLÍNICO 3 • Primigesta, 17 anos, com 28 semanas de gestação dá entrada no PS

Primigesta, 17 anos, com 28 semanas de gestação dá entrada no PS com dor em epigástrio, escotomas, confusão mental PA = 180x130. Familiares informam que paciente mantinha PA elevada há 4 semanas, sem tratamento. Ao exame, mostrou-se hiporesponsiva a comandos, edema +++/4. Logo após exame, deu entrada em crise convulsiva.

domingo, 30 de maio de 2010

CONDUTA:

• Sulfato de magnésio 50%

• Diazepam 5mg/mL

domingo, 30 de maio de 2010

ECLÂMPSIA

• Sulfato de Magnésio 50%

ECLÂMPSIA • Sulfato de Magnésio 50% MAL EPILÉTICO • Diazepam • Fenitoína • Fenobarbital domingo, 30

MAL EPILÉTICO

• Diazepam

Fenitoína

• Fenobarbital

domingo, 30 de maio de 2010

• Sulfato de Magnésio 50% MAL EPILÉTICO • Diazepam • Fenitoína • Fenobarbital domingo, 30 de

CASO CLÍNICO 4

CASO CLÍNICO 4 • Homem, 28 anos, pedreiro, IMC = 14, foi levado ao hospital por

Homem, 28 anos, pedreiro, IMC = 14, foi levado ao hospital por seus colegas de trabalho inconsciente. Foi relatado que o paciente descobriu Diabetes mellitus tipo I recentemente e havia iniciado tratamento com insulina naquela semana e pouco antes do desmaio apresentou transpiração, palidez irritabilidade e queixava-se de fome.

domingo, 30 de maio de 2010

HIPOGLICEMIA

• Glicose 50%

HIPOGLICEMIA • Glicose 50% AGITAÇÃO PSICOMOTORA • Haloperidol • Clorpromazina • Prometazina domingo, 30 de maio

AGITAÇÃO PSICOMOTORA

• Haloperidol

• Clorpromazina

• Prometazina

domingo, 30 de maio de 2010

• Glicose 50% AGITAÇÃO PSICOMOTORA • Haloperidol • Clorpromazina • Prometazina domingo, 30 de maio de

INTOXICAÇÕES

• Carvão ativado

• Flumazenil

• Naloxona / Naltrexone

• Dantroleno

• Neostigmina

domingo, 30 de maio de 2010

• Carvão ativado • Flumazenil • Naloxona / Naltrexone • Dantroleno • Neostigmina domingo, 30 de

Centro de Controle de Envenenamento de Curitiba

Responsável: Gisélia Burigo Guimarães Rubio Supervisora: Drª Marlene Entres End: Hospital de Clínicas Rua General Carneiro, nº 180 - Centro CEP: 80.060-000 - Curitiba/PR Telefone: (41) 3264-8290 / 3363-7820 Fax: (41) 3360-1800 - R. 6668 E-mail: cce@sesa.pr.gov.br , giselia@pr.gov.br ou marlene.entres@hotmail.com

Atendimento: 0800 41 01 48

domingo, 30 de maio de 2010

EMBALAGENS PRIMÁRIAS DE SPPV

• Soluções Parenterais de Pequeno Volume

• Segurança

• Identificação (nome, concentração, volume total, via de administração, lote, vencimento)

• ANVISA (RDCs nº 9/2001 e 333/2003)

• Fármacos para anestesia, terapia intensiva, emergência

domingo, 30 de maio de 2010

Famílias de SPPV

Anticolinérgicos

VERDE

Indutores

AMARELO

Anestésicos locais

CINZA

Anestésicos locais + vasoconstritor

CINZA

VIOLETA

 

Anestésicos locais + glicose 7,5%

CINZA

Opióide + tranqüilizante maior

AZUL

SALMÃO

Opióide

AZUL

Antagonista opióide

 

domingo, 30 de maio de 2010

RDCs nº 9/2001 333/2003

Famílias de SPPV

Relaxantes musculares VERMELHO Antagonistas dos relaxantes musculares Tranqüilizantes maiores SALMÃO
Relaxantes musculares
VERMELHO
Antagonistas dos relaxantes
musculares
Tranqüilizantes maiores
SALMÃO
Tranqüilizantes menores
LARANJA
Antagonistas dos tranqüilizantes
Vasopressores
VIOLETA
Hipotensores

domingo, 30 de maio de 2010

RDCs nº 9/2001 333/2003

Famílias de SPPV

• Nome genérico deve ser impresso no rótulo em cor preta sobre a faixa.

VECURÔNIO

BUPIVACAÍNA

EPINEFRINA

FLUMAZENIL

• Nas ampolas de vidro, dois anéis coloridos impressos na haste identificam a família

domingo, 30 de maio de 2010

RDCs nº 9/2001 333/2003

Identificação Complementar

• Diferentes concentrações, diferentes cores do anel de ruptura;

corpo haste
corpo
haste

estrangulamento

• Anestésicos locais:

0,25mg = branco

• 0,5mg = preto

• 1mg = vermelho

- com vasoconstritor = tampa plástica vermelha;

- sem vasoconstritor = tampa plástica azul;

domingo, 30 de maio de 2010

OBRIGADA! domingo, 30 de maio de 2010

OBRIGADA!

domingo, 30 de maio de 2010