ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

Ciência da Computação
4ª Série Probabilidade e Estatística
A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades programadas e supervisionadas e que tem por objetivos: Favorecer a aprendizagem. Estimular a co-responsabilidade do aluno pelo aprendizado eficiente e eficaz. Promover o estudo, a convivência e o trabalho em grupo. Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o autoaprendizado. Oferecer diferenciados ambientes de aprendizagem. Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação. Promover a aplicação da teoria e conceitos para a solução de problemas relativos à profissão. Direcionar o estudante para a emancipação intelectual. Para atingir estes objetivos as atividades foram organizadas na forma de um desafio, que será solucionado por etapas ao longo do semestre letivo. Participar ativamente deste desafio é essencial para o desenvolvimento das competências e habilidades requeridas na sua atuação no mercado de trabalho. Aproveite esta oportunidade de estudar e aprender com desafios da vida profissional.

AUTOR(ES): Marcelo Augusto Cicogna – FAV Adriano Thomaz – FAV

É importante deixar claro que o Problema Mega-Sena é de uma categoria estocástica na qual a memória passada – ou o registro histórico – de tal fenômeno probabilístico não nos permite traçar previsões factíveis ou diferentes da probabilidade teórica. abstrair e relacionar dados e informações.Ciência da Computação – 4ª Série – Probabilidade e Estatística COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Ao concluir as etapas propostas neste desafio você terá desenvolvido as competências e habilidades descritas a seguir. Utiliza-se o registro histórico dos concursos da Mega-Sena como origem dos dados a serem analisados. O Desafio O presente trabalho propõe aos alunos o desafio de manipular um conjunto de dados de médio porte fazendo uso dos conceitos de contagem. sorteio oficial realizado pelas Loterias da Caixa Econômica Federal. Os Dados O foco deste trabalho será a Mega-Sena. Adriano Thomaz . Analisar. Na data em que se escreve este desafio. o último concurso de número 1147 e ocorreu no dia 23 de janeiro de 2010. Em nenhum momento os resultados poderão indicar estratégias para jogos futuros. o registro histórico de faces caras ou coroas não nos permite criar previsões diferentes de 50% de chance para cada próximo resultado possível (cara ou coroa). Competência para identificar. Aplicação eficiente dos princípios de gerenciamento. Por exemplo. O foco deste problema é descrever um perfil estatístico dos números sorteados nos concursos da Mega-Sena. pode-se citar o experimento de lançamento de uma moeda. tentando criar uma ponte com os conceitos de probabilidade teórica e empírica. Os sorteios ocorrem duas vezes por semana e são chamados de Concursos. Capacidade para desenvolvimento de pesquisa científica e tecnológica. O objetivo deste desafio é permitir aos alunos manipularem um conjunto de dados reais por meio de conceitos apresentados na disciplina de Probabilidade e Estatística. ou seja. DESAFIO Um caso comum geralmente associado aos conceitos de Probabilidade e Estatística é o estudo das regras e resultados das Loterias Federais. Não é este o objetivo dos estudos propostos. analisar. 2 Marcelo Augusto Cicogna. O Problema Os 1147 concursos da Mega-Sena encerram um conjunto real de dados que podem ser utilizados para a demonstração dos conceitos básicos de Probabilidade e Estatística. organização e busca de informações. A Mega-Sena teve início em 11 de março de 1996. Em nenhum momento os autores visaram o estímulo às apostas ou participação em jogos de qualquer natureza. documentar e solucionar problemas e necessidades passíveis de solução via computação. combinações e probabilidades vistos na disciplina de Probabilidade e Estatística. organizar.

ETAPA 1 Aula tema: Análise combinatória: Arranjo. PASSO 4 O grupo deverá entregar uma planilha eletrônica contendo os dados dos concursos da Mega-Sena. Adriano Thomaz . ou seja. PASSO 1 Faça acesso ao site da Caixa Econômica Federal em <http://www. o Excel. podem-se utilizar outros campos para enriquecer as análises a serem feitas. No centro da página. Encontre uma maneira de transferir estes resultados para uma planilha eletrônica como. Esta atividade é importante para que você compreenda os requisitos do problema e colete e organize em forma tabular o registro histórico dos concursos da Mega-Sena.caixa. 4ª Dezena. no mínimo.HTM” num navegador. Escolha “MEGA-SENA” e procure o link com a opção “Download de todos os resultados”. Dar atenção e valor à organização dos dados. No entanto.br>. O campo Ganhadores_Sena pode ser utilizado para se determinar a freqüência em que os concursos são acumulados. 3 Marcelo Augusto Cicogna. PASSO 3 Sugere-se. Permutação. procure e acesse o link “LOTERIAS”. 3ª Dezena. PASSO 2 Abra o arquivo “D_MEGA. Para realizá-la é importante seguir os passos descritos. Medidas de desvio e coeficiente de correlação. por exemplo. 5ª Dezena e 6ª Dezena. O campo rateio pode ser utilizado para se determinar o valor médio pago em cada concurso. o arquivo com o histórico dos concursos possui 1147 registros contidos num arquivo ZIP de 55 kBytes. Probabilidade conjunta e condicional.gov. 1ª Dezena. Por exemplo. ETAPA 2 Aula tema: Distribuições de freqüência e gráficos. a freqüência de concursos em que não há ganhadores. 2ª Dezena. Na data em que se escreve este desafio.Ciência da Computação – 4ª Série – Probabilidade e Estatística Equipe As etapas descritas a seguir devem ser realizadas em grupos de até quatro alunos. Considera-se difícil dois grupos diferentes de alunos encontrarem uma mesma forma de organização e formatação dos dados. Combinação Simples e com Repetição. Data Sorteio. a coleta dos seguintes campos (colunas): Concurso. pode-se utilizar o total arrecadado para uma análise estatística do total já arrecadado pela Caixa Econômica Federal.

Em outras palavras. Apresente todos os grupos num único gráfico de barras. PASSO 3 Determine um segundo gráfico que apresente a freqüência das dezenas sorteadas agrupadas em blocos de 10 números: de 1 a 10. apresentar um gráfico que demonstre quantas vezes cada dezena foi sorteada nos concursos passados. Portanto.7 é o número esperado de vezes que uma dezena tenha sido sorteada nos 1147 concursos. estude o uso da função SOMA. Compare o gráfico construído de freqüência das dezenas sorteadas (de 1 a 60) com a probabilidade empírica. por exemplo. de 31 a 40. Adriano Thomaz . para contar o número de vezes que uma dezena X foi sorteada. tais gráficos devem ser transferidos para um relatório num editor de texto como. de 11 a 20. Para isto. São 6882 dezenas sorteadas entre 60 valores (números) possíveis (os números inteiros de 1 a 60). semelhante ao que seria feito para um experimento de lançamento de um dado honesto de 6 faces: Ao fazer um cálculo com 1147 concursos (sorteios). Importante: deve-se atualizar o cálculo da probabilidade empírica considerando o número e resultados dos concursos disponíveis na data em que os alunos fizerem a captura dos dados no site da Caixa Econômica Federal. Em cada grupo.Ciência da Computação – 4ª Série – Probabilidade e Estatística Esta atividade é importante para que você determine uma análise estatística. Utilize o conceito de desvio padrão para comparar os valores de freqüência dos concursos com o valor médio teórico calculado. 4 Marcelo Augusto Cicogna. considere o seguinte raciocínio. até as menos sorteadas à direita. No Excel. Este valor esperado pode ser entendido como o número médio de vezes que uma dezena foi sorteada até o concurso 1147. PASSO 2 Comparar este resultado com a probabilidade teórica do experimento Mega-Sena. De posse dos resultados dos concursos numa planilha eletrônica. de 21 a 30. baseada em gráficos de freqüência. tem-se que 1147 x 6 = 6882 dezenas já sorteadas. de 41 a 50 e de 51 a 60. Para realizá-la é importante seguir os passos descritos. ordene da maior para a menor freqüência. pede-se a determinação de um gráfico de freqüência (gráfico de barras/colunas verticais) que relacione cada uma das 60 dezenas com a quantidade de sorteios destas dezenas nos concursos. o Word. a probabilidade empírica mostra que 6882/60 = 114. Uma dica: ordene as dezenas respeitando as mais sorteadas à esquerda.SE(). PASSO 1 A solução dos requisitos apresentados deve ser realizada numa planilha eletrônica e. então.

considerando o valor de R$ 2. ou seja. Para realizá-la é importante seguir os passos descritos. o qual pode ser diferente de R$ 2. Note que a certeza de acertar as 6 dezenas sorteadas. caso as informações disponíveis à época de sua execução estejam diferentes no site da Caixa Econômica Federal. ETAPA 3 Aula tema: Probabilidade conjunta e condicional. PASSO 1 Determine a probabilidade teórica de um apostador ganhar na Mega-Sena fazendo apenas um jogo de 6 dezenas. Nesta página.Ciência da Computação – 4ª Série – Probabilidade e Estatística PASSO 4 O grupo deverá entregar uma planilha eletrônica contendo os gráficos de freqüência pedidos nesta etapa do desafio. Estes são chamado de jogos combinados.00.00 para cada aposta. Por exemplo. É interessante notar que a Mega-Sena possui cartões onde se marcam mais de 6 dezenas. Adriano Thomaz . Dar atenção e valor à organização dos dados. não impede o fato de se dividir o prêmio com outros ganhadores. pode-se ver o seguinte quadro: Considere o quadro de “Probabilidades de Acerto da Mega-Sena”. o sistema de informações da Loteria gera todas as combinações 5 Marcelo Augusto Cicogna. acesse o link “Probabilidades”. calcular o valor a ser gasto para um conjunto de apostas que dê certeza de acertar as seis dezenas sorteadas. Considera-se difícil dois grupos diferentes de alunos encontrarem uma mesma forma de organização e formatação dos gráficos de freqüência. PASSO 2 Voltando ao site da Mega-Sena. pode-se atualizar o valor pago por uma aposta de 6 dezenas. Sugere-se aos alunos e professores atualizarem as informações contidas neste desafio. Variáveis aletórias contínuas e discretas. Ao mesmo tempo. Esta atividade é importante para que você entenda os princípios de contagem e de cálculo de probabilidades.

o apostador faz todos os seus jogos com 15 dezenas. pede-se ao aluno demonstrar com equações a forma de cálculo de tais valores. Não é necessário demonstrar todos os valores. Utilizando o mesmo raciocínio o aluno deve calcular a quantidade máxima desses bilhetes. até 15 dezenas. mas pensando também em economizar no preenchimento de bilhetes. do espaço amostral N (interpretado como uma chance em N) para acertar a sena. o que é chamado de “Quantidade de números jogados”. Ou seja.Ciência da Computação – 4ª Série – Probabilidade e Estatística possíveis quando o jogador escolhe um conjunto de 7. paga-se o respectivo valor da aposta. Ao realizar esse conjunto de apostas. Pede-se ao aluno para calcular a quantidade de bilhetes utilizados. até 15 números. Descreva matematicamente como se calcula esses valores. PASSO 5 O grupo deverá entregar um relatório simples. Ao mesmo tempo. contendo a descrição de raciocínio e de memória de cálculo para os resultados alcançados nesta etapa do desafio. pode-se ver também o quadro: De acordo com esse quadro. PASSO 4 Considerando a tarefa de realizar um conjunto de apostas que dê certeza de acertar as seis dezenas sorteadas. um bilhete de 15 números jogados que contém as 6 dezenas sorteadas também acerta 54 quinas e 540 quadras. demonstrar as equações escolhidas para os jogos com 6. 8. 10 e 15 dezenas. pede-se ao aluno descrever matematicamente a forma de cálculo: do valor a ser gasto nas apostas. a quina e a quadra. PASSO 3 No mesmo link “Probabilidades” no site da Mega-Sena. Adriano Thomaz . 7. existem outros bilhetes com apenas 5 das dezenas sorteadas. que pode chegar a R$ 10. além do bilhete único que contém as 6 dezenas sorteadas. por exemplo.00 por uma aposta com 15 dezenas. Sugere-se.010. que pode ser feito à mão livre. 6 Marcelo Augusto Cicogna. Para os jogos feitos a partir de 6.

7 Marcelo Augusto Cicogna.Ciência da Computação – 4ª Série – Probabilidade e Estatística ETAPA 4 Aula tema: Probabilidade conjunta e condicional. no qual exista resposta para as seguintes perguntas: Pode-se esperar que as dezenas que saem com freqüência acima do valor teórico têm mesmo maior chance de serem sorteadas em concursos futuros? Ao mesmo tempo. pode-se dizer que as dezenas que menos apareceram deverão estar contidas nos concursos futuros para equilibrar os resultados da probabilidade empírica com a teórica? Qual a sua opinião sobre a afirmação de que a Mega-Sena pode ser considerada um jogo de azar? Complemente sua análise com os resultados obtidos no Passo 3 da primeira etapa. Esta atividade é importante para que você interprete resultados de um experimento e trace análises entre probabilidades teóricas e empíricas. Variáveis aletórias contínuas e discretas. Adriano Thomaz . PASSO 1 Comente os resultados obtidos nas etapas anteriores. no qual os alunos farão um desenvolvimento sobre os conceitos de probabilidade empírica e teórica aplicados ao experimento Mega-Sena. Tente apresentar um texto simples. Para realizá-la é importante seguir os passos descritos. de duas ou três páginas. com duas ou três páginas. PASSO 2 O grupo deverá entregar um relatório simples.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful