Você está na página 1de 29

LIGAR O SOM

• A temperatura em Harbin atinge quarenta graus


abaixo de zero (Fahrenheit ou Celsius), e assim
permanece por quase 6 meses.  A cidade fica bem
mais ao norte que a conhecida e gelada Vladivostok,
Russia, apenas 300 milhas de distância.  Então, o que
leva as pessoas até lá, em cada inverno ?  Assistir a
um Festival ao ar livre, claro !  Em vez de gelar de
frio, os moradores de Harbin celebram ele, com um
festival anual de competições de escultura de gelo e
neve.  A escultura a seguir é a surpreendente
escultura que saudou os visitantes no festival de
2003.
• As esculturas de gelo e neve de Harbin datam
dos tempos da dinastia Manchu, mas o
primeiro show organizado foi realizado em
1963, e o festival anual propriamente dito, só
começou em 1985.  Desde então, o festival se
transformou num gigantesco evento, atraindo
milhões de turistas de toda parte do mundo a
cada inverno.  As esculturas vêm se tornando
cada vez mais artísticas e elaboradas; esse
urso e seu filhote são apenas uma pequena
parte de uma escultura de 50 metros de
comprimento.
• A maior parte das esculturas que serão
mostradas são de competidores.  Cada equipe
começa com um cubo de neve maciça com
aproxidamente 3 metros de lado, e começa
esculpindo-o.  As equipes vêm de toda parte :
Rússia, Japão, Canadá, França, e até mesmo da
África do Sul.  Parte da brincadeira é
descobrir a nacionalidade de cada equipe,
baseando-se no seu estilo artístico, antes de
ler as indicações.  Eu acredito que esta a
seguir seja da equipe Russa.
• O sol começa a aparecer por detrás da
magnífica escultura.  O festival de neve
é, em verdade, separado dofestival de
gelo; os dois ocorrem ao norte do Sun
Island Park, que fica ao norte do rio que
banha Harbin, Songhua Jiang.  Harbin
está situada ao sul do rio, de forma que
é um percurso bastante frio ao longo
das esculturas.  Parece ainda mais frio
quando se cruza a ponte sobre o largo e
gelado Songhua Jiang.
• Eu fiquei surpreso ao descobrir esta
escultura de um Nativo Americano
sentado à noroeste da China; essa
escultura foi elaborada pela equipe
Canadense.  As equipes Chinesas têm
muitas esculturas no festival, outras em
um outro setor fora do festival, mas a
maioria não tem as dimensões desse
surpreendente trabalho.
• Até mesmo o pôr-do-sol em Harbin é
frio, e apesar de somente no meio da
tarde o sol estar sobre o festival de
neve, a temperatura cai ainda mais até o
congelamento.  Mas a escuridão que se
aproxima, é na verdade, bem-vinda,
porque significa que o festival de gelo
está para começar.
• O festival do gelo, a poucas milhas de
distância do festival de neve, está longe de
ser enfadonho e incolor.  Pessoas se
amontoando na entrada são recebidas por
músicas dançantes que ecoam à distância,
como se fosse um concerto pop.  E luzes de
neon brilham por toda parte, encravadas em
enormes blocos de gelo formando estruturas
de mais de 30 metros de altura, como essas
enormes estruturas após a entrada. 
• Veja uma vista do alto dessa estrutura,
recordando uma construção em estilo russo e
uma imitação da Grande Muralha, ambas
moldadas em gelo.  No topo dessa estrutura, a
perfeição em si mesma – imagine-se subindo
uma escada de gelo sólido com 2 pisos sem
nenhum corrimão.  O bloco amarelo à direita e
a sacada à esquerda, embaixo, são todos de
gelo, sem nenhum estrutura interna que os
suportem – apenas luzes.
• A Grande Muralha é um grande
“escorrega”; apenas sente-se e
deslize. Você pode atingir enormes
velocidades e esborrachar-se
espetacularmente no final se estiver
usando roupa lisa, mas não irá a lugar
nenhum se estiver usando roupas
aveludadas.
• Uma vista aérea do festival, tirada do topo da
Grande Muralha de gelo.  É como um tema de
um parque da Disneylândia, com múltiplas
atrações com esfomeados e crianças correndo
por toda parte e em filas para os banheiros. 
As únicas diferenças são as temperaturas 100
graus mais frias e estruturas feitas de gelo,
não de plástico – e escorregando e caindo aqui
não resulta em processos judiciais.
• Um navio inteiramente construído de
gelo, com passageiros e tudo. Apesar de
provavelmente não estar em condições
de navegar, certamente ele flutuaria, -
até porque ele é feito de gelo.  Centenas
de anos atrás, durante a dinastia
Manchu, as esculturas eram acesas
unicamente por velas.
• Uma das mais populares atividades do
festival é escalar uma parede de gelo
sólido. Surpreendentemente, não vi uma
única pessoa cair, e a maioria consegue
atingir o topo.  Todo o gelo vem do
Songhua Jiang, o rio ao lado, que provê
um inesgotável suprimento; enormes
serras são necessárias para cortar o
gelo, que pode ter metros de espessura.
• O festival de neve é uma mostra de arte; o
festival de gelo é mais uma mostra de
arquitetura.  Mesmo assim, um grande número
de esculturas podem ser encontradas no
festival de gelo, como esse “cavalo vivo”. 
Jovens ágeis com bom equilíbrio escalam os
cavalos para tirar fotos. Observem as
camadas de gelo no cavalo; blocos de gelo são
fundidos de modo a formar blocos maiores, de
modo que as esculturas - ou enormes
construções – possam ser feitas.
• O Templo de Thai, de gelo, completo com
corredores e quartos no interior.  Há muitos e
muitos anos, Disney fez um filme chamado
"Wonders of China" – ainda mostrado no
Pavilhão da China em EPCOT – o qual inclui uma
breve seção do Festival do Gelo de Harbin. No
filme, as esculturas são pequenas, pouco
maiores que lâmpadas no interior de globos e
incrustradas em gelo.  Isso mudou um pouco
desde aqueles tempos.