Você está na página 1de 16

Impostos

Fernanda Schunski
Miele Toazza
Rosana Oliveira
Rodrigo Wagner
Thais Leoni
Impostos
• CTN - Lei nº 5.172 de 25 de Outubro de 1966

• Dispõe sobre o Sistema Tributário Nacional e institui


normas gerais de direito tributário aplicáveis à
União, Estados e Municípios.
• Art. 16. Imposto é o tributo cuja obrigação tem por
fato gerador uma situação independente de
qualquer atividade estatal específica, relativa ao
contribuinte.
Impostos
• Impostos estão por toda a parte, presentes em
praticamente todas as atividades do homem.

• Mesmo antes do surgimento da moeda, os homens


já realizavam trocas de bens e serviços, ou seja, o
preço de algo era o que você podia oferecer em
troca.
Impostos
• Na sociedade em que vivemos então, tudo tem
um preço: o salário do trabalhador é o preço de
seu serviço, por exemplo.
• Sabemos que o Estado possui uma série de
obrigações, como saúde, educação, segurança,
etc. Obviamente, tudo isso também possui um
custo – e alto.
Impostos
• Então, como o Estado faz para custear suas
atividades?
• Para poder garantir a prestação de serviços e
cumprir suas obrigações perante a sociedade, o
governo retira, de forma coercitiva, uma parcela
de sua riqueza: os impostos. Essa coerção significa
que os indivíduos não têm o direito de escolha: ou
pagam ou sofrem as consequências (multas,
sanções legais e administrativas, etc.).
Impostos
• Em tese, os cidadãos deveriam receber de volta o
dinheiro que foi pago através da prestação de
serviços. No entanto, sabemos que na maioria das
vezes isso não ocorre, visto que certos serviços são
prestados de forma ineficiente e até precária, por
vezes.
Impostos Federais
• Impostos de competência da União, que estão contidos
no Art. 153 da Constituição Federal de 1988.

• Imposto de importação de produtos estrangeiros;


• Imposto de exportação de produtos nacionais ou
nacionalizados;
• Imposto de renda e proventos de qualquer natureza;
• Imposto sobre produtos industrializados;
• Imposto sobre operações de crédito, câmbio e seguro
ou relativas a títulos ou valores mobiliários;
• Imposto sobre propriedade territorial rural;
• Imposto sobre grandes fortunas.
Impostos Estaduais e DF
• ICMS – Imposto sobre Operações Relativas à
Circulação de Mercadorias e sobre Prestação
Serviços
• ITCM – Imposto sobre Transmissão "Causa Mortis" e
Doação
• IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos
Automotores
Impostos Municipais
• IPTU – Imposto Sobre a Propriedade Predial e
Territorial Urbana
• ITBI – Imposto Sobre a Transmissão "inter vivos" de
Bens Imóveis e de Direitos Reais Sobre Imóveis
• ISS – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza
Impostos pagos
• João ganha, na atual empresa
onde trabalha há três anos, um
salario de R$ 5.000,00 (já
descontadas a contribuição ao
INSS e outras deduções legais.)

• Como ele recebeu hoje,


resolveu pagar umas contas
básicas.

• Então, João pagou R$ 416,07 de


IR, que é pago todo ano ao
governo, onde, é descontado
27,50% do valor do seu salario.
Impostos pagos
• João resolve abastecer R$ 100,00 de gasolina
comum em seu carro, sendo que R$ 53,00 dos R$
100,00 abastecidos são de impostos.
E que impostos são esses?
• PIS 3,41%
• Cofins 17,97%
• ICMS 25%
• Diversos 6,65%
• Ou seja, 53% do valor abastecido são impostos pagos ao governo.
Impostos pagos
• João gasta em média R$ 100,00 de luz e 41% desse
valor são de impostos, ou seja, João paga R$59,00
de luz e R$41,00 para o governo.

• Ele gasta também R$ 100,00 de telefone, onde, 39%


são de impostos. R$ 61,00 da conta + 39,00 para o
governo.
Impostos pagos
• João passou mal e precisou comprar
alguns medicamentos, gastou em
torno de R$ 50,00. Desse valor foi
pago 33, 80% de impostos (R$16,90).

• Logo então, João foi ao mercado e


fez suas compras do mês. Gastou R$
500,00, sendo que 50% do valor
pago foram de impostos (R$ 250,00).

• João estava precisando de roupas


novas, então foi até a Renner e
gastou R$ 500,00. 35% desse valor
foram de impostos (R$ 175,00).
Impostos pagos
• Já estava perto de vencer o IPVA,
então João teve que desembolsar
R$ 865,20. Ou seja, João tem um
automóvel no valor de R$
28.840,00, onde 3% desse valor é
pago todo ano ao governo.

• João aproveitou o embalo e


pagou o IPTU. Mais R$ 1.232,50
pagos ao governo. O valor do seu
imóvel é de R$ 145.000,00, onde,
0,85% desse valor também é pago
todos os anos ao governo.
Valor pago c/imposto
• Salario R$ 5.000,00
• (-) IR R$ 416,07
• (-) Gasolina R$ 100,00
• (-) Luz R$ 100,00
• (-) Telefone R$ 100,00 Gasto total
• (-) Remédios R$ 50,00 R$ 3.863,77
• (-) Mercado R$ 500,00
• (-) Roupas R$ 500,00
• (-) IPVA R$ 865,20
• (-) IPTU R$ 1.232,50
• Sobrou R$ 1.136,23
Impostos pagos
• Salario R$ 5.000,00
• (-) IR R$ 416,07
• (-) Gasolina R$ 53,00
• (-) Luz R$ 41,00
• (-) Telefone R$ 39,00 Foi pago R$ 3.088,67
• (-) Remédios R$ 16,90 de impostos ao
• (-) Mercado R$ 250,00 governo
• (-) Roupas R$ 175,00
• (-) IPVA R$ 865,20
• (-) IPTU R$ 1.232,50
• Sobrou R$ 1.911,33