Você está na página 1de 4

Democracia permite MPF mediar MANIFESTAO pelo MPEGO

Prezados, Em um Estado Democrtico de Direito, um Cidado Comum pode atravs de uma Autoridade Institucional provocar Outra Autoridade Institucional, que por algum problema, algum rudo de comunicao, se recusar, ou mesmo, se encontrar impossibilitada de atuar em conformidade com suas Atrivuies e Responsabilidades. Aproveito a oportunidade de agradecar ao Corregedor-Geral do Ministrio Pblico Federal, Subprocurador-Geral da Repblica, Eugnio Jos Guilherme de Arago, que em funo do Despacho CMPF n 508/2013, nico-PGR n 00106360/2013, emitiu o Ofcio n 955/2013-CMPF, RESERVADO, encaminhado ao Corregedor-Geral do Ministrio Pblico do Estado de Gois, Aylton Flvio Vechi, documentao que, apesar de todos os meus esforos, no havia sido recebedida, por Este ltimo. Aproveito, tambm, para agradecer, mesmo lamentando o esforo hercleo feito, ao Corregedor-Geral do Ministrio Pblico do Estado de Gois, pela orientao dada, que resultou no Ofcio n 624/2013-SGC, que em seu nome, o Secretrio-Geral da Corregedoria, Promotor-Corregedor, Jos Humberto Nunes, encaminha os documentos recebidos, calcado no Despacho manuscrito Os questionamentos referidos nos documentos anexos retratam situao que est sob anlise disciplinar e funcionaldo egrgio Conselho Nacional do Ministrio Pblico. Assim, seja o presente expediente encaminhado ao rgo de controle externo do Ministrio Pblico, com cincia ao interessado. Com um sentimento renovado de esperana na Justia, apresento os encaminhamentos efetuados Petio em defesa de Direitos, contra a Ilegalidade e o Abuso de Poder, relacionado ao fato de que um Ex-Advogado esta Procurador de Estado em carter vitalcio, que, em meu emprico entendimento, contraria o Direito Constitudo. Esperamos que nossa expectativa se transforme em realidade. Abraos, Dr. Plinio Marcos Moreira da Rocha colei grau de Doutorado em Direito de MERDA SURREAL

- MPEGO recusou receber correspondncia ,

http://pt.scribd.com/doc/103229556/SURREAL-MPEGO-recusou-receber-correspondencia , onde estamos apresentando a RECUSA, efetuada pelo Ministrio Pblico do Estado de Gois, de receber nossa petio, onde questionamos a situao do Bacharel demstenes lzaro xavier torres, que mesmo tendo sido cassado no Senado Federal, e mesmo tendo seu registro na OAB/GO CANCELADO em 1987, continua atuando como Advogado investido de autoridade institucional.