Você está na página 1de 1

Plinio Marcos Moreira da Rocha <pliniomarcosmr@gmail.

com>

Despenalização para Usuário de Drogas


18 de junho de 2009
Plinio Marcos Moreira da Rocha <pliniomarcosmr@gmail.com>
17:30
Para: presidencia@stj.jus.br, vice.presidencia@stj.jus.br, Gab.Nilson.Naves@stj.jus.br,
Gab.Felix.Fischer@stj.jus.br, Gab.Gilson.Dipp@stj.jus.br, Gab.Eliana.Calmon@stj.jus.br,
Gab.Paulo.Gallotti@stj.jus.br, Gab.Joao.Otavio@stj.jus.br, dpu@stj.jus.br,
secretaria.jurisprudencia@stj.jus.br
Cco: CIDH Denuncias <cidhoea@oas.org>
Prezados,
Cumpre-me informar que efetuei os comentários abaixo na notícia Habeas corpus.
Execução penal. Porte ilícito de entorpecentes. Natureza jurídica - Leia a decisão,
http://www.netlegis.com.br/indexRJ.jsp?arquivo=/detalhesNoticia.jsp&cod=52446 .
Com protestos de votos de Consideração, Respeito e Estima,
Atenciosamente,
Plínio Marcos Moreira da Rocha
http://www.scribd.com/Plinio%20Marcos%20Moreira%20da%20Rocha

A Despreocupação Responsável em Provocar Mudanças de Conceitos


http://www.via6.com/topico.php?cid=12067&tid=111467

Comentários:

Quando a CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 ;


TÍTULO II - Dos Direitos e Garantias Fundamentais; CAPÍTULO I - DOS DIREITOS E DEVERES
INDIVIDUAIS E COLETIVOS; Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer
natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a
inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos
termos seguintes: XLIII - a lei considerará crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça
ou anistia a prática da tortura , o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o
terrorismo e os definidos como crimes hediondos, por eles respondendo os mandantes, os
executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem;

Será que Nossa Constituição é CLARA e RICA, o SUFICIENTE, para definir a situação
dos usuários de drogas ? Afinal, não evitam, mas de forma contundente se manifestam
FINANCIANDO o tráfico de entorpecentes.

Por que será que Lei ORDINÁRIA (Duplo Sentido) tem prevalência a Constituição da
República Federativa do Brasil ? A quem interessa tamanha desfaçatez jurídica ?

Abraços,

Plinio Marcos