Você está na página 1de 1

Noite Familiar

Ala Minas Flores – Estaca Porto Velho

Quem era responsável pela noite familiar

O Bispo designou um membro para marcar as noites familiares na casa dos membros e recém-
conversos. Ele trabalha em conjunto com o líder da obra e os missionários.

Como acontece

Os membros, recém-conversos ou pesquisadores convidam seus amigos, vizinhos e parentes


para ouvir a mensagem do evangelho na sua casa. Na qual terá somente sua família, seus
amigos e os missionários. Quando o pesquisador ouvir a mensagem, os missionários e o irmão
responsável pela noite familiar marcam um dia para fazer a noite familiar na casa do
pesquisador com os amigos dele. E assim sucessivamente com os outros membros e os
pesquisadores que os missionários tiverem ensinando (com todos).

O Sucesso da noite familiar

Em 1999 o Presidente Hinckley disse: “com esforço conjunto, como o reconhecimento por
sermos membros da igreja e com oração sincera pedindo ajuda de Deus, podemos dobrar
esse número”, no livro de Mosias alma nos ensinar como podemos trabalhar juntos para
dobrar o numero de batismos e membros na igreja (Mosias 18: 8-9, “16”, 18-25, 27-29, “35”)
discutimos, oramos e ponderamos sobre essa mesma visão de alma na reunião de bispado e
trabalhamos juntos, nós o bispado, os lideres da ala e os missionários, e tivemos esse resultado
maravilhosa do Senhor. Sabemos que é possível, o vimos acontecer.
Quando começamos a realizar a noite familiar na ala minas flores nossa freqüência era
de 88 a 100 pessoas, depois de 6 meses passou para 170 a 190, num curto espaço de 5 meses
tivemos mais de 88 batismos. Mais de 305 pesquisadores em noites familiares, tivemos também
1 famílias seladas no templo. E nesse mesmo ano (2007) a ala foi dividida.

Como funcionava esse trabalho conjunto

O líder da obra e os missionários entregavam ao lideres, o relatório de progresso de


pesquisadores e o irmão responsável pela noite familiar relatava na reunião de conselho como
era as famílias que participam da noite familiar.
Esses nomes eram discutidos no conselho da ala e na reunião de presidência. Daí os lideres
visitavam os pesquisadores antes do batismo e os integrava. Após o batismo utilizando o plano
de retenção em 6 semanas os lideres acompanhavam o processo deles.
Os lideres naquela ocasião fizeram um excelente trabalho.