Você está na página 1de 20
Art. 92. São órgãos do Poder Judiciário: I - o Supremo Tribunal Federal; I-A o
Art. 92. São órgãos do Poder Judiciário:
I - o Supremo Tribunal Federal;
I-A o Conselho Nacional de Justiça;
II - o Superior Tribunal de Justiça; (
)
E Outros
§ 1º O Supremo Tribunal Federal, o Conselho Nacional de
Justiça e os Tribunais Superiores têm sede na Capital Federal.
Desembargador Juiz Regional do Trabalho STF TST Juiz Estdual Juiz do Trabalho MPU Juiz do
Desembargador
Juiz Regional do Trabalho
STF
TST
Juiz Estdual
Juiz do Trabalho
MPU
Juiz do TRF
STJ
PGR
MPE
Juiz Federal
OAB 2 advogados 1 cidadão Câmara dos Deputados Senado Federal 1 cidadão
OAB
2 advogados
1 cidadão
Câmara dos Deputados
Senado Federal
1 cidadão
NÃO$PODEMOS$ESQUECER$!!!!!!$ O Conselho Nacional de Justiça compõe-se de 15 (quinze) membros com mandato de 2
NÃO$PODEMOS$ESQUECER$!!!!!!$
O Conselho Nacional de Justiça compõe-se de 15 (quinze)
membros com mandato de 2 (dois) anos, admitida 1 (uma)
recondução
§ 1º O Conselho será presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal
Federal e, nas suas ausências e impedimentos, pelo Vice-Presidente
do Supremo Tribunal Federal.
§ 2º Os demais membros do Conselho serão nomeados pelo Presidente
da República, depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta
do Senado Federal.
§ 3º Não efetuadas, no prazo legal, as indicações previstas neste artigo, caberá a escolha ao
Supremo Tribunal Federal.
Junto ao Conselho oficiarão o Procurador-Geral da
República e o Presidente do Conselho Federal da Ordem
dos Advogados do Brasil.
NÃO$PODEMOS$ESQUECER$!!!!!!$ Compete ao STF processar e julgar originariamente as ações contra o CNJ. Art. 52.
NÃO$PODEMOS$ESQUECER$!!!!!!$
Compete ao STF processar e julgar originariamente as ações
contra o CNJ.
Art. 52. Compete privativamente ao Senado Federal:
II - processar e julgar os Ministros do Supremo Tribunal Federal, os
membros do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho
Nacional do Ministério Público, o Procurador-Geral da República e
o Advogado-Geral da União nos crimes de responsabilidade;
O Presidente do Tribunal competente que, por ato comissivo ou
omissivo, retardar ou tentar frustrar a liquidação regular de
precatórios incorrerá em crime de responsabilidade e
responderá, também, perante o Conselho Nacional de Justiça.
§ 4º Compete ao Conselho o controle da atuação administrativa e financeira do Poder Judiciário
§ 4º Compete ao Conselho o controle da atuação administrativa e financeira do Poder
Judiciário e do cumprimento dos deveres funcionais dos juízes, cabendo-lhe, além de
outras atribuições que lhe forem conferidas pelo Estatuto da Magistratura:
I - zelar pela autonomia do Poder Judiciário e pelo cumprimento do Estatuto da
Magistratura, podendo expedir atos regulamentares, no âmbito de sua competência, ou
recomendar providências;
II - zelar pela observância do art. 37 e apreciar, de ofício ou mediante provocação, a
legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou órgãos do Poder
Judiciário, podendo desconstituí-los, revê-los ou fixar prazo para que se adotem as
providências necessárias ao exato cumprimento da lei, sem prejuízo da competência
do Tribunal de Contas da União;
III - receber e conhecer das reclamações contra membros ou órgãos do Poder Judiciário,
inclusive contra seus serviços auxiliares, serventias e órgãos prestadores de serviços
notariais e de registro que atuem por delegação do poder público ou oficializados, sem
prejuízo da competência disciplinar e correicional dos tribunais, podendo avocar
processos disciplinares em curso e determinar a remoção, a disponibilidade ou a
aposentadoria com subsídios ou proventos proporcionais ao tempo de serviço e
aplicar outras sanções administrativas, assegurada ampla defesa;
IV - representar ao Ministério Público, no caso de crime contra a administração pública ou
IV - representar ao Ministério Público, no caso de crime contra a
administração pública ou de abuso de autoridade;
V - rever, de ofício ou mediante provocação, os processos disciplinares
de juízes e membros de tribunais julgados há menos de um ano;
VI - elaborar semestralmente relatório estatístico sobre processos e
sentenças prolatadas, por unidade da Federação, nos diferentes órgãos do
Poder Judiciário;
VII - elaborar relatório anual, propondo as providências que julgar
necessárias, sobre a situação do Poder Judiciário no País e as atividades do
Conselho, o qual deve integrar mensagem do Presidente do Supremo
Tribunal Federal a ser remetida ao Congresso Nacional, por ocasião da
abertura da sessão legislativa.
§ 5º O Ministro do Superior Tribunal de Justiça exercerá a função de Ministro-Corregedor e
§ 5º O Ministro do Superior Tribunal de Justiça exercerá a função de
Ministro-Corregedor e ficará excluído da distribuição de processos no Tribunal,
competindo-lhe, além das atribuições que lhe forem conferidas pelo Estatuto da
Magistratura, as seguintes:
I receber as reclamações e denúncias, de qualquer interessado, relativas
aos magistrados e aos serviços judiciários;
II exercer funções executivas do Conselho, de inspeção e de correição
geral;
III requisitar e designar magistrados, delegando-lhes atribuições, e requisitar
servidores de juízos ou tribunais, inclusive nos Estados, Distrito Federal e
Territórios.
FCC - 2012 - TRE-CE - Analista Judiciário - Área Judiciária Considerando que Jaime, Luis,
FCC - 2012 - TRE-CE - Analista Judiciário -
Área Judiciária
Considerando que Jaime, Luis, Gustavo, Jorge e João ocupam,
respectivamente, os cargos de Presidente da República, Presidente do
Supremo Tribunal Federal, Procurador Geral da República, Vice-
Presidente do Supremo Tribunal Federal e Presidente da Câmara dos
Deputados, o Conselho Nacional de Justiça será presidido por
a) Jaime e, nas suas ausências e impedimentos, por João.
b) Luis e, nas suas ausências e impedimentos, por Jorge.
c) Jorge.
d) Gustavo.
e) Jaime.
FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Técnico Judiciário - Área Administrativa
FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) -
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Paulo é Juiz do Trabalho em certa comarca. Xisto é Juiz de um
Tribunal Regional do Trabalho de determinada região. Para Paulo e
Xisto comporem o Conselho Nacional de Justiça, nomeados pelo
Presidente da República depois de aprovada a escolha pela maioria
absoluta do Senado Federal, eles deverão ser indicados
a) pelo Presidente do Senado Federal.
b) pela maioria absoluta de todos os Presidentes dos Tribunais
Regionais do Trabalho do Brasil.
c) pelo Supremo Tribunal Federal.
d) pelo Tribunal Superior do Trabalho.
e) pelo Congresso Nacional.
CESPE - 2011 - DPE-MA - Defensor Público Em relação ao CNJ, assinale a opção
CESPE - 2011 - DPE-MA - Defensor Público
Em relação ao CNJ, assinale a opção correta.
a) Compete ao STF julgar, em recurso ordinário, as ações ajuizadas contra o CNJ.
b) Ao CNJ cabe fiscalizar, reexaminar e suspender os efeitos decorrentes de atos de
conteúdo jurisdicional emanados de magistrados e tribunais estaduais e federais.
c) O CNJ não integra nenhum dos três poderes da República, constituindo órgão
autônomo cuja função é exercer o controle externo do Poder Judiciário.
d) Compete ao STF julgar os membros do CNJ nos casos de crimes de
responsabilidade.
e) Cabe ao CNJ, conforme previsão na CF, a deliberação acerca da conduta de
presidente de tribunal que, por ato comissivo ou omissivo, retarde ou tente frustrar a
liquidação regular de precatório.
PC-MG - 2011 - PC-MG - Delegado de Polícia O Conselho Nacional de Justiça (CNJ),
PC-MG - 2011 - PC-MG - Delegado de
Polícia
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), criado através da EC 45/2004, é
presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) que, por sua
vez, possui as seguintes atribuições:
a) receber e conhecer dos confitos de competência entre o Superior
Tribunal de Justiça e quaisquer tribunais, entre os Tribunais Superiores, ou
entre estes e qualquer outro tribunal.
b) receber as reclamações e denúncias, de qualquer interessado, relativas
aos magistrados e aos serviços judiciários, além de proceder às inspeções e
correições em geral.
c) receber e conhecer dos confitos de atribuições entre autoridades
administrativas e judiciárias da União, ou entre autoridades judiciárias de
um Estado e administrativas de outro ou do Distrito Federal.
d) receber e conhecer dos confitos de competência entre quaisquer
tribunais, bom como entre tribunais e juízes a ele não vinculados.
VUNESP - 2011 - TJ-SP - Juiz Sobre o Conselho Nacional de Justiça, é correto
VUNESP - 2011 - TJ-SP - Juiz
Sobre o Conselho Nacional de Justiça, é correto afirmar que
a) se compõe de quinze membros com mais de trinta e cinco e menos de sessenta
e cinco anos de idade, com mandato de dois anos, admitida uma recondução.
b) será presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal, sendo os demais
membros do Conselho nomeados pelo Presidente da República, depois de aprovada
a indicação pela maioria absoluta do Senado Federal.
c) receberá e conhecerá das reclamações contra membros ou órgãos do Poder
Judiciário e órgãos prestadores de serviços notariais e de registro que atuem por
delegação do poder público ou oficializados, todavia não lhe competindo, entre as
sanções possíveis, a aplicação da pena de disponibilidade.
d) terá seus membros nomeados pelo Presidente da República, depois de aprovada
a escolha pela maioria absoluta da Câmara dos Deputados.
e) o Ministro do Superior Tribunal de Justiça que compuser o órgão exercerá a
função de Ministro-Corregedor, sem prejuízo de suas normais atribuições no tribunal
de origem.
CESPE - 2008 - TJ-SE - Juiz Assinale a opção correta quanto ao CNJ. a)
CESPE - 2008 - TJ-SE - Juiz
Assinale a opção correta quanto ao CNJ.
a)   O CNJ pode, apenas mediante provocação em sede recursal, rever os processos
disciplinares de juízes julgados há menos de um ano.
b) O poder de fiscalização do CNJ alcança, além dos magistrados, os serviços
auxiliares e até serviços notariais e de registro.
c) O CNJ não é órgão do Poder Judiciário porque, em sua composição, há
indicação de membro do Ministério Público da União, de advogados indicados
pela OAB e de dois cidadãos indicados pela Câmara dos Deputados e pelo
Senado Federal.
d) Compete ao ministro do STF, que integra o CNJ, o exercício das funções de
corregedor.e) O procurador-geral da República e o presidente da OAB são
membros natos do CNJ.
FGV - 2010 - OAB - Exame de Ordem Unificado - 2 - Primeira Fase
FGV - 2010 - OAB - Exame de Ordem
Unificado - 2 - Primeira Fase (Set/2010)
A respeito do Conselho Nacional de Justiça é correto
afirrmar que:
a) é órgão integrante do Poder Judiciário com competência
administrativa e jurisdicional.
b) pode rever, de ofício ou mediante provocação, os
processos disciplinares de juízes e membros de Tribunais
julgados há menos de um ano.
c) seus atos sujeitam-se ao controle do Supremo Tribunal
Federal e do Superior Tribunal de Justiça.
d) a presidência é exercida pelo Ministro do Supremo
Tribunal Federal que o integra e que exerce o direito de voto
em todas as deliberações submetidas àquele órgão.
FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário - Execução de Mandados
FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista
Judiciário - Execução de Mandados
Conselho Nacional de Justiça compõe-se de 15 membros
com mandato de 2 anos, admitida 1 recondução e será
presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal. Nas
suas ausências e impedimentos, o referido Conselho será
presidido pelo
a) membro do Ministério Público da União.
b) Presidente do Superior Tribunal de Justiça.
c) Vice-Presidente do Supremo Tribunal Federal.
d) Procurador-Geral da República.
e) membro do Ministério Público Estadual.