Você está na página 1de 2

Suicdio - Helio

Escrito por Hlio Clemente


Qui, 02 de Janeiro de 2014 07:26 -

SUICDIO - ABUSOS CONTRA A PRPRIA VIDA

vivendopelapalavra.com

Por: Helio Clemente

- Abusos que atentam contra a vida:

1 - A prpria vida - intemperana, suicdio: muito difcil acreditar que pessoas crists que
esperam em uma vida futura venham a se suicidar, o suicdio realizado com maior frequncia
entre pessoas que perderam ou no possuem a f em Cristo.

Existem trs casos de suicdio na bblia, Saul, Aitofel e Judas, todos eles haviam sido
abandonados por Deus quando cometeram o suicdio.

Saul - 1 Samuel 31,4: Ento, disse Saul ao seu escudeiro: Arranca a tua espada e
atravessa-me com ela, para que, porventura, no venham estes incircuncisos, e me
traspassem, e escarneam de mim. Porm o seu escudeiro no o quis, porque temia muito;
ento, Saul tomou da espada e se lanou sobre ela.

Aitofel - 2 Samuel 17,23: Vendo, pois, Aitofel que no fora seguido o seu conselho, albardou o
jumento, disps-se e foi para casa e para a sua cidade; ps em ordem os seus negcios e se
enforcou; morreu e foi sepultado na sepultura do seu pai.

Judas - Mateus 27,5: Ento, Judas, atirando para o santurio as moedas de prata, retirou-se e
foi enforcar-se.

1/2

Suicdio - Helio
Escrito por Hlio Clemente
Qui, 02 de Janeiro de 2014 07:26 -

Por outro lado, o apstolo Paulo almejava a morte para estar com Cristo, mas nem por isso ele
atentou contra sua vida, mas perseverou em sua carreira at o dia de sua morte natural (a
morte de Paulo no relatada, a tradio da igreja diz que ele foi decapitado).

Filipenses 1,23: Ora, de um e outro lado, estou constrangido, tendo o desejo de partir e estar
com Cristo, o que incomparavelmente melhor.

Suicdio Charles Hodge

possvel que pessoas que no creem em Deus e em um estado futuro de vida busquem na
aniquilao refgio para as misrias desta vida, mas inexplicvel, a no ser supondo uma
insanidade temporria ou permanente que algum se precipite deliberadamente s retribuies
da eternidade. Assim sendo, o suicdio mais frequente entre aqueles que perderam a f na
religio. Este um crime por extremo complicado, nossa vida no nos pertence, no temos
mais direito de atentar contra nossa vida como de atentar contra a vida do prximo, desta
forma, o suicdio assassinato, o abandono do posto para o qual Deus nos designou e uma
recusa deliberada de nos submetermos sua vontade. Este um crime que, obviamente no
permite o arrependimento, e tem como consequncia inevitvel a morte da alma.

2/2