Você está na página 1de 3

QUADRO DE EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO

:
LUMINOSIDADE

CALOR

LUXIMETRO DIGITAL
PORTÁTIL COM SONDA FOTOSENSORA, FUNÇÃO HOLD,
LUX\FC, RECALL, LIGHT
SOURCE

MEDIDOR DE STRESS
TÉRMICO DÍGITAL
MODELO: TGD-400 - MARCA:
INSTRUTHERM

MOD. LD-209
MARCA: INSTRUTHERM

RUÍDO
DECIBELIMETRO - MEDIDOR DE
NÍVEL DE PRESSÃO SONORA
DIGITAL
MODELO: DEC-5010
MARCA: INSTRUTHERM

do Anexo N°3. Para melhorar e manter os níveis de iluminação recomenda-se: Realizar limpezas periódicas para retirar o acúmulo de pó das lâmpadas.0° C LEVE GRÁFICO IBUTG – NR 15 ENCONTRADO 19.e por meio de combinações desses metabolismos com os respectivos parâmetros térmicos. principalmente com os IBUTG’s obtidos ao longo de vários pontos e em horários diferentes.16. Levantamentos Quantitativos TI (TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO) Descrição Física: Ambiente com ventilação artificial proveniente de ar-condicionado. Substituir lâmpadas queimadas ou com defeito. observa-se que no local de trabalho o nível de iluminamento do setor não está adequado ao desenvolvimento das atividades. Realizar projeto luminotécnico. da NR-15. da Portaria 3214/78. por profissional habilitado. paredes em alvenaria.1 °C SETOR CONCLUSÃO: Segundo o Quadro 02. entende-se por iluminação adequada aquela que apresenta níveis iguais ao recomendado pela norma. do MTE . para aumentar a potência ou número de lâmpadas nos setores ou locais de trabalho que não atendem ao recomendado pela NBR ISO/CIE 89951:2013 da ABNT MEDIÇÃO DE RUÍDO NÍVEL RECOMENDADO PELA NR 15 – ANEXO I . constatamos que os limites de tolerância foram respeitados. Pé direito aproximado em 3 mt. MEDIÇÃO DE LUX 844 (lux) RECOMENDADO (ABNT NBR ISO/CIE 89951:2013) (Em) (IRC ou Ra) (UGRL) CONCLUSÃO: Segundo a NBR ISO/CIE 8995-1:2013 da ABNT. Assim. TEMPERATURA IBUTG °C – NR-15 TIPO DE ATIVIDADE TI 30. iluminação natural e artificial proveniente de lâmpadas fluorescente. difundindo melhor a iluminação no ambiente visto. Inserir mais luminárias no ambiente. teto em forro de gesso. piso em industrial.

FOTOS . conjugado com os NPSs obtidos. sem nenhuma recomendação a ser feita. as atividades analisadas e executadas no setor. ocorrem com uma exposição ocupacional. esta dentro dos limites de tolerância. considerando a freqüência e a intensidade registradas. da Portaria 3214/78. observamos que o ruído encontrado.dB (A) ≤ 85 dB (A) CONCLUSÃO: De acordo com o item 06. da NR-15. do Anexo N° 1. do MTE.