Você está na página 1de 1

8 – Noções de Semiologia e a Teoria da Informação

FICHAMENTO DO TEXTO
Everaldo Pereira
PIGNATARI, Décio. Introdução à teoria da informação. In: Informação, linguagem,
comunicação. São Paulo: Ateliê Editorial, 2002. p. 13-26.
Décio Pignatari inicia o texto refletindo sobre os conceitos de informação e de
comunicação. Entende que hoje o conceito de comunicação é mais bem aceito pelos
públicos receptores e de que muitos se aventuram em falar sobre comunicação de
maneira indiscriminada. Pignatari se concentrará nas idéias estruturais desses processos:
“não há informação fora de um sistema qualquer de sinais e fora de um veículo ou meio
apto a transmitir esses sinais.” (PIGNATARI, 2002, p. 15).

“O estudo dos signos, das regras que os regem e de suas relações com os usuários ou
interpretes forma o cerne do problema de comunicação.” (PIGNATARI, 2002, p. 20)
Código “é um sistema de símbolos que, por convenção pré-estabelecida, se destina a
representar e transmitir uma mensagem entre a fonte e o ponto de destino.”
(PIGNATARI, 2002, p. 23)
Níveis de significado (p. 32):
Sintático:
Semântico:
Pragmático: