P. 1
Análise de funções

Análise de funções

|Views: 1.453|Likes:
Publicado porEuclides
Análise de funções por derivadas. Máximos, mínimos e pontos de inflexão
Análise de funções por derivadas. Máximos, mínimos e pontos de inflexão

More info:

Published by: Euclides on Jun 12, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/28/2013

pdf

text

original

CÁLCULO 1A TÓPICO – DERIVADA AULA 14 – Análise de Funções 1) Crescimento e decrescimento

Crescente

Decrescente

Crescente

Constante

Função crescente → derivada positiva → f ′(x) > 0 Função decrescente → derivada negativa → f ′(x) < 0 Função constante → derivada nula → f ′(x) = 0 Exemplo: Encontre os intervalos para os quais a função é crescente ou decrescente. 1) f (x ) = x 2 − 4 x + 3 f ' (x ) = 2 x − 4 f ' (x ) > 0 ⇒ 2 x − 4 > 0 ⇒ x > 2

f ' (x ) < 0 ⇒ 2 x − 4 < 0 ⇒ x < 2 Crescente → x > 2 Decrescente → x < 2
2) f ( x ) = x 3 + 3 f ' (x ) = 3x 2 3x2 é sempre maior que zero. A função é sempre crescente.
y x3 + 3
3x 2 y

x

x

Derivada

Aula 14

2)

Concavidade

Ponto de inflexão → f ′′(x) = 0 f ′′(x) < 0 f ′′(x) > 0

Côncava para baixo: Côncava para cima: derivada decrescente derivada crescente
Derivada crescente → variação da derivada maior que zero → f ′′ (x) > 0 Derivada decrescente → variação da derivada menor que zero → f ′′ (x) < 0 Pontos de inflexão → pontos em que f ′′ (x) = 0 Exemplo: Determine as regiões onde a concavidade do gráfico da função é para baixo e para cima e determine os pontos de inflexão. 1) f (x) = xe-x f ' ( x ) = x (− e − x ) + e − x = − xe − x + e − x

f ' ' ( x ) = (− x )(− e − x ) − e − x − e − x = xe − x − 2e − x = (x − 2 )e − x

f ' ' ( x ) > 0 → ( x-2 )e − x > 0 como e-x é sempre maior que zero: (x − 2 ) > 0 ⇒ x > 2

(x − 2 ) < 0 ⇒ x < 2 (x − 2 )e − x = 0 ⇒ x = 2
Concavidade para cima → x > 2 Concavidade para baixo → x < 2 Ponto de inflexão → x = 2

y xe − x x
e− x

y

x

2

Derivada 2) f (x) = tan-1 (x) 1 f ' (x ) = 1 + x2 2x f ' ' (x ) = − (1 + x 2 )2
− 2 x > 0  f ' ' (x ) > 0 ⇒  2 (1 + x 2 ) > 0 
y /2 tan −1 x x /2

Aula 14

2 x 1 + x
2 2

+ + + + + 0- - - - + + + + + + + + + +

f '' x

+ + + + + - - - - -

Concavidade para cima → x < 0 Concavidade para baixo → x > 0 Ponto de inflexão → x = 0

3)

Máximos e Mínimos

máximo absoluto

máximo relativo mínimo relativo

mínimo absoluto
Todos os mínimos e máximos são pontos críticos. Ponto Crítico: pontos onde f ′(x) não existe ou f ′(x) = 0. As derivadas em um ponto crítico são nulas. Uma vez determinados os pontos críticos, onde f ′(x) = 0, como determinar se são pontos de máximos ou de mínimos relativos? Teste da Derivada Primeira

f' x

0

f' x

0

f' x

0

f' x

0

x0 Ponto de Máximo

x0 Ponto de Mínimo

3

Derivada Obs: y

Aula 14

x

Se f ′(x) à esquerda de x0 tiver o mesmo sinal da derivada à direita, então não há pontos de máximo nem de mínimo.

Exemplo: Localize os extremos relativos da função e determine se são pontos de máximo ou mínimo. f ( x ) = 3 x 5 / 3 − 15 x 2 / 3 5 2 f ' ( x ) = 3 x 2 / 3 − 15 x −1 / 3 = 5 x 2 / 3 − 10 x −1/ 3 3 3 (x − 2) f ' ( x ) = 0 = 5 x 2 / 3 − 10 x −1 / 3 = 5 x −1/ 3 (x − 2 ) = 5 1/ 3 x f ' ( x ) não existe para x = 0 e f ' (x ) = 0 para x = 2 f ' ( x ) > 0 → 5 x 2 / 3 − 10 x −1/ 3 > 0 ⇒ x > 2 f ' ( x ) < 0 → 5 x 2 / 3 − 10 x −1/ 3 < 0 ⇒ x < 2

f ' (x ) < 0

f ' (x ) > 0

x = 2, ponto de mínimo

4

Derivada

Aula 14

Teste da Derivada Segunda Para o intervalo onde a função é côncava para cima (f ′′(x) > 0) e que possui um ponto crítico, este ponto é de mínimo. Para o intervalo onde a função é côncava para baixo (f ′′(x) < 0) e que possui um ponto crítico, este ponto é de máximo.

f ′′(x) = 0

f ' (x 0 ) = 0
x0 Ponto de Máximo Exemplo:

f ' (x1 ) = 0
x1 Ponto de Mínimo

f ′′(x) < 0 f ′′(x) > 0

Utilize o teste da derivada segunda para determinar se os pontos críticos são de máximo ou de mínimo relativo. f (x ) = x 4 − 2 x 2 x = 0    f ' ( x ) = 4 x − 4 x = 4 x (x − 1) ⇒  x = +1 → 3 pontos críticos  x = −1  
3 2

f ' ' ( x ) = 12 x 2 − 4 = 4(3x 2 − 1) f ' ' (0) = −4 → ponto de máximo f ' ' (1) = 8 → ponto de mínimo f ' ' (− 1) = 8 → ponto de mínimo

5

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->