Você está na página 1de 1

Renato Barros

Villas Madalena BB 2º V
Caminho Santo António 237
9000 – 020
Funchal

Exmº Secretário Regional do


Plano e Finanças do Governo da Região Autónoma da Madeira

Processo de reclamação n.º 2810200704003381

Renato Barros reclamante nos autos de processo acima


identificados, casado residente Villas Madalena BB 2º V Caminho
Santo António 237 9000 – 020 Funchal, vem, apresentar o seu
recurso hierárquico gracioso nos termos do artigo n.º 66, n.º 2 do
Código de Procedimento e do Processo Administrativo com os
seguintes fundamentos:

Questões de facto
I

O Forte São José , não pertence ao território de Portugal por ter


sido vendido por El Rei D. Carlos I no ano de 1903, conforme, prova
que consta já nos autos.
II
Constitui um território independente que faz fronteira com
Portugal, mais propriamente , com a Região Autónoma da Madeira,
norte o mar, sul o mar nascente Estrada o molhe da Pontinha e
poente o mar.

Questões de Direito
III
O reclamante está a tempo e tem legitimidade
IV
Não se integra por isso nos artigos 1,2, 3,4, e 5 da Constituição
portuguesa e artigo n.º 1 do IMI; daí reclamar da aplicação dos artigos
constitucionais e o administrativo no território do Forte São José

Assim pede a anulação de todo o processo e reconhecimento


administrativo de que o território de Portugal faz suas fronteiras com
o Forte São José não se aplicando por isso os artigos 1,2, 3,4, e 5 da
Constituição portuguesa e artigo n.º 1 do IMI

Pede A Vossa Ex. Deferimento

Funchal, 24 de Agosto 2007

___________________________________