Você está na página 1de 15

Centros de Atenção Psicossociais (CAPS

)
Universidade Estadual de Feira de Santana Departamento de Saúde Curso: Ciências Farmacêuticas Disciplina: Introdução à Assistência Farmacêutica Docentes: Bruno Alencar e Inalva Valadares Discentes: Janay Stefany, Janine , Jéssica Oliveira, Louise Nina, Naiara Neves e Natália Fuks.

fiscalização e classificação dos hospitais psiquiátricos . no Rio de Janeiro Primeiro CAPS no Brasil.Núcleos de Atenção Psicossocial (NAPS) que funcionam 24 horas Década de 90: Declaração de Caracas e pela realização da II Conferência Nacional de Saúde Mental . na cidade de São Paulo.Breve Histórico O ano de 1978 costuma ser identificado como o de início efetivo do movimento social pelos direitos dos pacientes psiquiátricos Em 1987. II Congresso Nacional do MTSM: ³Por uma sociedade sem manicômios´ No mesmo ano. é realizada a I Conferência Nacional de Saúde Mental.Primeiras normas federais regulamentando a implantação de serviços de atenção diária. em 1987 Implantados em Santos .

em 2007 eram 1411 e a previsão é de 1841 unidades até o final de 2011.Breve Histórico A partir de 2001 é redirecionada a assistência em saúde mental A rede de atenção diária à saúde mental experimenta uma importante expansão 2004: Congresso Brasileiro de Centros de Atenção Psicossocial Consolidação da Reforma Psiquiátrica como política oficial do governo federal Em 2005 havia 689 Centros de Atenção Psicossocial. .

Objetivo do CAPS: Oferecer atendimento à população de sua área de abrangência. exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. . realizando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho. lazer.

cultura e lazer. esporte. trabalho. . Gerenciar os projetos terapêuticos oferecendo cuidado clínico eficiente e personalizado. Promover a inserção social dos usuários através de ações intersetoriais que envolvam educação. montando estratégias conjuntas de enfrentamento dos problemas.Objetivo do CAPS: Os CAPS visam: Prestar atendimento em regime de atenção diária.

.Abrangências e Atividades Realizadas A atenção do CAPS deve incluir ações dirigidas aos familiares e comprometer-se na construção da inserção social. Desenvolver atividades para a permanência diária no serviço. Personalização do projeto de cada paciente na unidade e fora dela .

Abrangências e Atividades Realizadas O CAPS deve considerar o cuidado articulando os seguintes recursos: moradia. cuidado clínico. programas de reabilitação. . previdência social. trabalho. lazer.

Visitas domiciliares.Abrangências e Atividades Realizadas O CAPS também realiza as seguintes atividades: Atendimento individual. Atendimento a família. Atendimento em oficinas terapêuticas. . Atendimento em grupos.

Abrangências e Atividades Realizadas Atividades comunitárias enfocando a integração do paciente na comunidade. Acolhimento noturno. . Supervisão de unidades hospitalares psiquiátricas no seu território (CAPS II e III). nos feriados com máximo 5 de leitos para repouso e observação (CAPS III).

A permanência do paciente varia de acordo com o projeto terapêutico. Decisões são tomadas pela equipe em contato com a família. Oferecimento de diversas áreas terapêuticas.Profissionais do CAPS O CAPS possue equipe multiprofissional. .

Confiança e acompanhamento. Responsável pelos diagnósticos e tratamentos de distúrbios mentais.Profissionais do CAPS Psicólogo: Propicia um espaço de conversa direta com o paciente. Principais funções no CAPS: avaliação clinica. Facilita discussão de assuntos que são constrangedores. controle de medicamentos. Psiquiatra: Líder da equipe multiprofissional. . e participação na terapia.

assistência aos clientes na realização das atividades da vida cotidiana. Importantes agentes de mudança de modelo no tratamento do doente mental. a família e a equipe do CAPS. Auxiliares de Enfermagem: É responsável pelas atividades de administração de medicamento. Atuação junto ao paciente. dentre outras atividades. . Efetividade no cuidado prestado.Profissionais do CAPS Enfermeiro: Tem o papel de coordenador. Busca a prática substitutiva ao modelo asilar.

Terapeuta Ocupacional : Realiza atividades físicas ou artísticas com outros demais profissionais inseridos no CAPS. familiar e ou/ responsável para com a vida social do paciente. Acompanhamento de todo o caso e mobilização do paciente.Profissionais do CAPS Assistente social: Reconhecer as necessidades do paciente e a propor formas de ação para integrá-los à sociedade ou para buscar o seu bem . avaliando suas necessidades. A terapia ocupacional pode ser: Preventiva. . Trabalham com déficits físicos. O objetivo do trabalho do terapeuta é criar uma maneira de inserir o paciente numa dada atividade social. mentais e sociais.estar social. Favorecer a integração social e devolver ao paciente autonomia e condições possíveis para lidar com a sua realidade. de habilitação e reabilitação.

Verifica a prescrição. Deve interagir sistematicamente com os profissionais da unidade de saúde. Identificar as necessidades do paciente em relação ao uso dos medicamentos. Atender e supervisionar o cumprimento das Boas Práticas de Recebimento e de Armazenamento de Medicamentos de modo a manter a qualidade e eficácia dos mesmos. Participação em trabalho de prevenção ao uso de drogas. uso correto e armazenamento dos medicamentos.Profissionais do CAPS Farmacêutico: Assistência Farmacêutica. É também responsável pela orientação dos pacientes quanto à tomada do medicamento. . Acompanhar o processo farmacoterapêutico do paciente. Orientar o paciente sobre os cuidados.

num dado território. Estes serviços passam a ser categorizados por porte e clientela. .Portaria/GM nº 336 . oferecendo cuidados clínicos e de reabilitação psicossocial. CAPS II. evitando as internações e favorecendo o exercício da cidadania e da inclusão social dos usuários e de suas famílias. que têm a missão de dar um atendimento diuturno às pessoas que sofrem com transtornos mentais severos e persistentes. recebendo as denominações de CAPS I. Essa portaria reconheceu e ampliou o funcionamento e a complexidade dos CAPS. CAPS III. com o objetivo de substituir o modelo hospitalocêntrico.De 19 de fevereiro de 2002 Portaria que define e estabelece diretrizes para o funcionamento dos Centros de Atenção Psicossocial. Documento fundamental para gestores e trabalhadores em saúde mental. CAPSi e CAPSad.