Você está na página 1de 1

QUERO SER PROFETA

Quero ser profeta, que fala com graça e misericórdia. Quero falar toda verdade de Deus, em amor. Quero ser profeta que denuncia os pecados dos que são do mundo e dos que são da igreja, em lágrimas.

Quero ser profeta que se indigna com a indiferença das pessoas em relação à Glória de Deus, que se ira quando a Palavra de Deus é deixada de lado.

Quero ser profeta que fala aos homens a Palavra de Deus no mesmo tom do Senhor Jesus.

Quero ser profeta que não tem cumplicidade com o erro, seja ele qual for e de quem vier, mas que tem paciência até alcançar os induzidos ao erro por aqueles que sabem o que estão fazendo, embora aqueles não.

Quero ser profeta que embora inflamado pela indignação contra o pecado sabe conter suas palavras até o momento oportuno de dizê- las. Quero ser profeta que sabe quando é tempo de falar e quando é tempo de calar, olhar e apenas orar.

Quero ser profeta que sabe abrir mão da razão - afinal caminhar a segunda milha é preciso tanto quanto deixar que levem capa e túnica.

Quero ser profeta que sabe que entre direito e razão 1Cor 13 é uma verdade incontestável. Quero ser profeta que sabe não ser nada - além daquilo que Cristo mesmo fez por e em mim.

Quero ser profeta que escreve com letras minúsculas - para que se saiba que o tom da fala é de um amigo para outro - tipo Jesus e João na última ceia. Quero ser profeta que sabe manter-se calado, por um momento.

Quero ser profeta da conciliação.