Você está na página 1de 18

www.santificando.blogspot.

com

A FÉ DO CRENTE

Este texto é retirado dos ensinamentos


do pastor Dave Roberson através de
suas cartas, enviadas aos fiéis de seu
ministério.

Queridos amigos esta apostila é parte de um trabalho que estamos


elaborando e precisamos de recursos.
Para ajudar-nos simplesmente acesse este link em baixo e click em
um dos anúncios da google e estará nos ajudando.
PARA MAIS INFORMAÇÕES E TEXTOS ACESSE O NOSSO SITE
www.santificando.blogspot.com

1. NOSSO MAIOR INIMIGO

Na caminhada de transformação da minha alma, descobri que o meu


maior inimigo é a minha emoção. A emoção é o atributo mais poderoso da
alma, pois ela até mesmo pode desafiar a vontade. Também descobri algo mais
sobre as emoções: Quando elas são transformadas, elas param de lutar com
você e passam a servi-lo.

Com o passar dos anos, recebi muitos banhos dos “líquidos de


transformação” de Deus aprendendo como impedir que o tipo errado de
emoção opere contra mim. Quase que por inteiro, as minhas emoções agora
são ativadas unicamente para reagir para as coisas da vida que são
verdadeiras, honestas e de boa fama (Filipenses 4:8). Eu não permito mais que
as minhas emoções falem sobre as coisas negativas que ocorrem em minha
vida.

Se você está desejando seguir a liderança do Espírito Santo em sua


vida, você precisa entender que o testemunho interior é ouvido quando o
coração está calmo. É difícil reconhecer o testemunho interior do Espírito
Santo, apontando para você a direção correta com Sua paz, quando o mundo
inteiro está desabando ao seu redor! Por isso, um dos primeiros e mais
importantes passos para seguir a liderança do Espírito Santo e ouvir com
precisão Sua voz é cultivar o seu íntimo com paz.

As pessoas sempre me perguntam: “Como posso ouvir Deus? Como sei


o que Ele quer que eu faça? Como sei onde Ele quer que eu vá?”

Algumas vezes quando alguém me diz que vai fazer alguma coisa ou ir
para algum lugar, eu sei exatamente o que vai acontecer se ela seguir aquele
rumo. Principalmente quando sei que a ação daquela pessoa vai tirá-la da
Palavra e do andar com o Espírito.

Por exemplo, falando da liderança do Espírito Santo em Romanos 8, o


apóstolo Paulo diz: Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a
morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo,
certamente, vivereis (v.13). Isto me faz saber que o Espírito Santo jamais
guiará alguém a um lugar onde ele não vai mortificar os feitos do corpo.
Quando o Espírito Santo nos guia é para nos tirar do domínio da carne e nos
pôr no andar do Espírito.

Aqui está outro exemplo: Alguém pode me dizer, “O Espírito Santo me


disse para começar a freqüentar aquela igreja morta para que eu a ajude a
mudar”.

A minha resposta, geralmente é esta, “Não, Ele não falou isso, porque
você é mais fraco do que aqueles que estão lá!”

“Mas, eu preciso ir lá.”


“Não, você não precisa, não – o que você deve fazer é se fortalecer.
Pense nisso. O que você já fez para Deus este ano?”

“Bem, a verdade é que eu mal cheguei na igreja na hora certa”.“Ah, e


você está indo lá para mudar a operação dela? Vamos lá, acorde e pense bem
no que você está dizendo!”

Uma outra pessoa me disse, “Deus me disse para ir à barbearia e


testemunhar ao barbeiro enquanto corta o meu cabelo. Mas, tem um problema
– é que a barbearia estava fechada quando cheguei lá! Você pode me dizer por
que Deus me mandou para lá?”

“Claro que posso”, respondi. “Deus não mandou você ir à barbearia. Ele
não se engana. Ele sabe quando a barbearia está aberta e quando ela está
fechada e Ele não teria mandado você lá com instruções que você não pode
executar!”

Tiveram outros que me disseram que Deus os estava enviando a certa


cidade para receber um grande avivamento. Mas, depois de irem para a cidade
e falharem, eles voltaram e me perguntaram por que isto havia acontecido.

A minha resposta foi muito simples: “Você falhou porque Deus não o
mandou para lá. Não é assim que Ele opera. Se você está espiritualmente
muito fraco para fazer o que Ele quer, Ele não mandará você fazer aquilo”.

Como evitamos enganos como estes que citei? Sendo mais perceptivos
ao jeito que o Espírito Santo nos guia.

Existem quatro jeitos primários que Deus Se comunica com Seus filhos.
O primeiro e mais importante é o testemunho interior. O segundo é quando Ele
Se comunica falando direto ao nosso espírito. O terceiro é quando Ele Se
comunica conosco por visões. E o quarto, quando Se comunica por revelação.

Quando Deus se comunicar através deste último método, você


provavelmente não terá nada de especial em sua mente quando, de repente,
Ele faz um download de uma revelação. Esta revelação pode ser um mistério
de Cristo, uma direção específica de como reverter a situação dos seus
negócios, ou sabedoria para vencer a situação que você está enfrentando.
Deus fará um download de um “chip de computador” espiritual com uma
revelação completa e a enviará para seu espírito, liberando o programa todo de
uma vez. De repente, por revelação, você saberá o que fazer, embora você não
saiba como você sabe aquilo.

Algumas vezes, três segundos de revelação podem passar pelo meu


espírito, fazendo com que demorem dois meses para que eu consiga pregá-la.
Deus gosta de Se comunicar deste jeito, porque nosso espírito é capaz de
operar no nível Dele. Quando Ele Se comunica conosco por revelação, Ele
pode dizer em um milésimo de segundo o que levariam três meses inteiros
para serem ditos das verdades, e nós temos a capacidade de entendê-las. É
claro que Deus também Se comunica simplesmente falando conosco na
velocidade de nosso próprio idioma, mas não é este o jeito que Ele prefere.

Deixe-me parar aqui para assegurar você de que você vale muito para
Deus para que Ele o guie por impulsos, fazendo com que você nunca tenha
certeza de nada. Ele não quer que você fique imaginando, Devo fazer aquilo
ou não? Ele não quer que você fique mais confuso amanhã do que já está hoje
só porque um forte ímpeto para tomar uma determinada decisão se tornou
fraco da noite para o dia.

Você vale muito mais para Deus do que um impulso que vem e vai. Mas
para ir além deste tipo de liderança, você precisa entender que a direção divina
cresce como uma árvore. Tudo o que você deve fazer é continuar regando a
árvore e esperar que ela cresça. Se você não tem certeza do que fazer, não o
faça. Simplesmente espere até que aquela direção cresça e se torne um
conhecimento sólido dentro de você.

Alguém pode dizer, “Mas eu estou numa situação de crise! Eu não posso
esperar tanto para saber o que fazer!”

Deus sabe tudo sobre todas as situações que estamos enfrentando.


Contudo, Ele pode querer colocar o foco sobre o que nos levou àquela
confusão!

Às vezes as pessoas dizem, “Não me condene!” ou “Não me julgue!”


quando eu falo da necessidade de mudança em suas vidas. Mas se alguém
tem um grande pecado ou está seguindo uma direção que obviamente será de
dano para ela, como posso correr de um fruto ruim que está caindo da árvore?
Como posso falar do tipo verdadeiro da vitória que Deus fez disponível para
nós sem ensinar também o que traz aquela vitória?

Deus gosta de solucionar nossos problemas. O que ele gosta ainda mais
é de nos mostrar como sair dos problemas que estamos trazendo para nós
mesmos, antes mesmo que eles aconteçam. Por isso, a maior parte da
liderança Dele em nossas vidas tem a ver com estas situações. Ele vai Se
empenhar para ter comunhão conosco bem no começo de qualquer problema
para nos dar a oportunidade de evitar uma possível confusão.

É por isso que eu posso dizer que esta direção é como uma árvore que
cresce e fica maior e maior até alcançar sua estatura cheia. Embora não
gostemos de passar por uma crise, devemos nos manter na Presença de Deus
mesmo na hora da dificuldade, adorando-O e esperando que a direção que
precisamos cresça dentro de nós. Então não importa o que esteja acontecendo
ao nosso redor, nós poderemos descansar sabendo que Deus intervirá para
fazer Seu propósito acontecer, já que nos entregarmos à Sua liderança naquela
situação.

E se você perder a direção Dele em uma situação, lembre-se – a sua


vida é muito importante para Deus. Você é tudo para Ele. Ele ama você e não o
condena se você falhar. Contudo, Ele quer que você vá à escola e pergunte a
Ele sobre a sua falha: “Como devo agir na próxima vez?” Ele gosta quando
você faz isto. Enquanto isso, a direção Dele continuará crescendo e crescendo
como uma árvore desde que você a alimente através da comunhão com Ele.

Pessoalmente, embora eu goste muito da comunicação divina que vem


por revelação, é mais comum para mim andar pelo testemunho interior. E é
assim para todos os crentes, pois este é o principal jeito pelo qual Deus Se
comunica com Seus filhos.

O testemunho interior é o nosso melhor e mais verdadeiro amigo sempre


que dermos qualquer passo na direção errada. Ele acontece em nossa
consciência através do Espírito Santo que testemunha a verdade sobre
qualquer situação tomada.

O problema é que muitas pessoas cauterizam tanto suas consciências


que o Espírito Santo não tem como testemunhar. Com freqüência a pessoa
começa este processo bem de leve, com respeito ao dinheiro, dizendo a si
mesmo que o fim justifica os meios. Por exemplo, um ministro pode usar táticas
questionáveis para levantar dinheiro para o seu ministério e dizer, “Mas veja o
quanto eu tenho feito por Deus”. Ele tem que examinar a ética que está usando
para conduzir seu ministério e, então, escolher morrer para qualquer programa
carnal que está cauterizando a sua consciência contra a liderança do Espírito
Santo.

Às vezes, o processo de cauterização acontece gradativamente,


dessensibilizando a consciência com uma pequena “chamuscada” de cada vez.
Até que um dia, a pessoa perde o uso de sua consciência – perdendo assim, o
mais próximo e melhor amigo que poderia ter para livrá-la de dar qualquer
passo na direção errada.

Mas eu tenho boas notícias para você! Mesmo que você tenha
cauterizado a sua consciência no passado, você pode fazer alguma coisa hoje.
Se você começar a orar freqüentemente no Espírito Santo, você terá
dificuldade de se livrar da sua consciência até que a transformação de sua
alma seja completa!

Alguém pode dizer, “Eu tentei essa oração em línguas, mas não
funcionou”.

Quando ouço isso, eu pergunto, “Você pode me dizer o quanto você


orou?” A pessoa dirá que sua oração durou um certo tempo. Contudo, eu acabo
descobrindo mais tarde a razão pela qual aquela pessoa não recebeu o
benefício da oração em línguas: na verdade, ela nunca orou persistentemente.

Eu me lembro de um homem cujo caso me desconcertou. Ele me disse


que estava orando no Espírito Santo um bom tanto todos os dias. No entanto,
parecia nunca receber a vitória nas áreas que precisava em sua vida e por
quatorze anos eu queria saber o por quê. Mas então, as circunstâncias
mudaram tanto que eu consegui observar a vida dele de perto. E uma vez que
ele estava debaixo do meu nariz pude examinar o seu estilo de vida e o
mistério se esclareceu dentro de seis meses. Eu percebi que durante todo
aquele tempo, ele não estava fazendo o que dizia!

Você não pode deixar o Espírito Santo livre propositalmente em seu


espírito sem que Ele mude você. Ele começará a ir atrás de tudo o que está
contra o seu chamado e o seu equipamento – tudo o que está contra a direção
de Deus e o plano Dele para a sua vida. E se a sua consciência está
cauterizada, a sua língua seca será a primeira coisa que Ele vai usar para
ajudá-lo a começar a viver para Deus de novo!

“Você quer dizer que eu posso orar mesmo quando eu estou seco como
pão amanhecido?”

Muitos de nós provamos que isto é a verdade!

“Mas e se eu não sintir nada?”

Não faz diferença; não é você que está fazendo a oração. Com tanto que
a oração que você esteja fazendo do seu espírito seja autorizada por Deus,
não importa o quão seca ela seja. Ela ainda produzirá os mesmos bons
resultados em sua vida. Por quê? Porque o sentimento que você acrescenta à
sua oração não muda o conteúdo do que você está orando no Espírito Santo.

“Mas quanto tempo eu devo orar? E se eu orar três horas em línguas?”


Bem, você ativará três horas dos mistérios divinos orados por você no Espírito
Santo para a sua vida.

“Bem, e se eu orar apenas cinco minutos?” Então, você colherá o


benefício de apenas cinco minutos daqueles mistérios divinos”.

Já me fizeram todas estas perguntas sobre a oração em línguas – e


muitas outras! Por exemplo, alguém me perguntou, “A oração em línguas me
edificará assim que eu começar a orar?”

Eu respondi, “Sim, mas isto não quer dizer que Deus realizará o que
você está orando imediatamente. Simplesmente continue orando no Espírito
Santo, sabendo que Deus está trabalhando para que aquilo seja manifesto a
Seu tempo.”

Como eu disse, se você tem uma consciência morta, esta é a primeira


coisa que Ele despertará. As coisas começarão a incomodar você. E como é
chamado este processo? Edificação.

Quando eu comecei este processo de transformação, eu pensei que a


edificação significava que eu me sentiria bem enquanto orava no Espírito Santo
e que o resto de minha vida seria deixado de lado. Mas o Espírito Santo NÃO
deixou o resto de minha vida de lado. Quando eu comecei a orar em línguas,
Ele começou a trabalhar com a minha consciência e com tudo o mais que
pudesse impedir o cumprimento do plano de Deus em mim. O processo de
mortificação falado em Romanos 8:13 começou a acontecer em minha vida.
Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas,
se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis.

Posso lhe dizer por experiência própria – o Espírito Santo irá atrás
daqueles empecilhos em sua vida quando você se entregar à Sua liderança
através da oração em línguas. Ele fará de você alguém que não pode viver em
uma cidade sem crer que o avivamento virá sobre ela. Você não será capaz de
querer um carro novo – você vai querer uma cidade inteira!

A mortificação acontece nos três âmbitos: do espírito, da alma e do


corpo. O apóstolo Paulo se refere a este processo na Segunda Coríntios 7:1:
Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda
impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa
santidade no temor de Deus.

Com respeito ao corpo, o Espírito Santo começará a lidar com a


imundície da carne – com todos aqueles hábitos da carne que nos prendem em
escravidão. Com referência à alma, Ele lidará com aquelas forças negativas,
tais como, ódio, inveja e contenda. Como eu disse uma vez a uma pessoa que
estava em contenda com outra, “Eu sei como você está se sentindo com
relação a ela. Mas, se você continuar orando no Espírito Santo, um dia você vai
chegar a um lugar onde fará qualquer coisa para deixar de ser um bloqueio
para a entrada desta pessoa no Reino”.

A terceira área que o Espírito Santo começará a trabalhar é com a


sujeira do espírito, que se refere à crença errada. Nenhum galho morto de
doutrina sobreviverá a uma vida de oração freqüente e ardente no Espírito
Santo, porque orar em línguas é um dom de revelação. Ao permitirmos ao
Espírito Santo que ore mistérios divinos através de nós, aumentaremos
continuamente o conhecimento da Palavra de Deus até que nossa crença
errada seja trocada pela verdade.

Romanos 8:26 nos revela o papel que o Espírito Santo desempenha


enquanto oramos em línguas:
Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa
fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito
intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis.

Quando não sabemos como orar para aquilo que devemos, o Espírito
Santo entra com gemidos que não podem ser compreendidos. O versículo 27
continua dizendo, E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do
Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos
santos.

Por que Paulo disse “a vontade de Deus” em vez de dizer “o plano de


Deus”? Porque Deus tem uma mente específica para cada dispensação e para
as pessoas que vivem nela. Por isso, o Espírito Santo não só sabe o plano
divino completo do começo ao fim, mas também sabe a mente de Deus para a
sua geração, para a sua cidade, para sua igreja e para seu chamado individual.
Este conhecimento faz com que o Espírito Santo faça intercessão para você de
acordo com a vontade de Deus.

Então vem o clássico versículo que diz, Sabemos que todas as coisas
cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são
chamados segundo o seu propósito (v. 28). Então, já que o Espírito Santo
sabe de todo o propósito de Deus, Ele pode fazer intercessão para que você
cumpra o seu papel individual naquele propósito divino. E como o Espírito
Santo está trabalhando o plano de Deus em sua vida, você pode saber que
todas as coisas operam juntas para o seu bem, porque você ama Deus e é
chamado de acordo com o propósito Dele.

Você pode ver a forte conexão entre a liderança do Espírito Santo e a


oração em línguas? Agora, pense no que aconteceria se você decidisse passar
longas horas sozinho com Deus adorando-O e orando em línguas. A mente de
Cristo ficaria livre para implementar o plano de Deus em sua vida, mesmo se
aquele plano incluísse mortificar sua carne e lidar com algo errado que você
crê. Se você precisa de um milagre, este plano também inclui o recebimento do
seu milagre para que você possa cumprir tudo aquilo que Deus tem chamado
você para fazer nesta terra.

Mas, seja lá o que o plano de Deus tem para você, entenda isto: Quando
a mente de Cristo guia a oração que você está fazendo, é necessário um ato
de rebeldia de sua parte para que este plano não seja descoberto. Veja, Deus
QUER Se comunicar com você de tal modo que você não tenha nenhuma
dúvida do que Ele está dizendo.

Judas 1:19-21 possui verdades fundamentais com relação a isto. O


versículo 19 fala sobre aqueles que são guiados pela carne, São estes os que
promovem divisão, sensuais, que não têm o Espírito. Então Judas muda o
foco de “eles” para “você”: Vós, porém, amados, edificando-vos na vossa fé
santíssima, orando no Espírito Santo.

Em outras palavras, Deus não nos põe na mesma categoria daqueles


que são guiados pelos sentidos, aqueles que provocam divisões e que não têm
o Espírito Santo. Judas está dizendo, “Você não é como aqueles sensuais que
se causam divisões, não possuindo o Espírito. Você TEM o Espírito Santo e
pode, portanto, se edificar!”

Nós nos edificamos em nossa fé santíssima, que recebemos de Deus,


superando a confusão dominada pelos sentidos na qual vivemos por muito
tempo – aquele âmbito onde somos mais movidos pelo o que vemos, ouvimos
e sentimos do que por Deus e Sua Palavra. Como nos edificaremos acima
desta confusão? ORANDO NO ESPÍRITO SANTO. Gosto do que o próximo
versículo diz, Guardai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de
nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna (v.21). Não podemos deixar
de lado esta instrução divina! Como nos guardaremos no amor de Deus?
Deixando que o Espírito Santo edifique nossa nova natureza, fazendo assim
com que toda a área controladora das trevas em nossas vidas seja inundada
pela Sua Luz.
A verdade é que você não pode orar em línguas sem acender a candeia
do seu espírito. É aí que a guerra interna começa! Por quê? Porque a carne
não gosta que as suas obras sejam expostas pela Luz. A carne é como aquelas
baratas que moram em hotéis baratos. Quando a Luz é acesa, elas correm
para um esconderijo. Elas amam o esconderijo da escuridão.

Da mesma maneira isto acontece quando você acende a luz na sua alma
com a oração em línguas. A única coisa que você não pode fazer é orar
freqüentemente em línguas e permanecer o mesmo, porque em cada nível de
edificação as áreas de trevas em sua vida serão expostas pelo Espírito Santo.
Na medida em que você se entrega à liderança Dele, Ele o ajudará a lidar com
cada área que precisa ser transformada.

Este processo de transformação não é sempre fácil, mas eu insisto que


você nunca desista dele. Afinal, é a maneira mais efetiva para: 1) cultivar o solo
do seu coração com paz para que você possa discernir o testemunho interior
do Espírito Santo e 2) fazer das suas emoções o seu servo ao invés do seu
maior inimigo. Se você quiser usufruir de um caminhar de vitória e poder nesta
vida, nada é mais importante do que atingir estes dois objetivos.

1.1. Profecias Recebidas no “The Family Prayer Center”

18 de Junho de 2008 – Quanto mais você Me exaltar, mais você verá


Aquele que Me adora, Me glorifica e Me exalta em sua vida quando vê
pouco, um dia Me exaltará grandemente quando vir muito. E quanto mais você
Me exalta quando vê pouco, mais você verá quando Me exaltar muito.
Dias virão em que você se regozijará muito além de tudo o que pensou
que fosse Deus ou que poderia ser. É além do que você jamais imaginou que
Ele poderia ser, ou como Deus, esperou que Ele devesse ser.
Ele disse que haverá momentos em sua vida nos quais Ele virá
poderosamente. Você verá coisas sobre Ele e saberá de coisas que nunca
sonhou serem possíveis. No entanto, tudo isso vai corresponder com o que
está acontecendo, e grandes respostas e poder serão manifestados.
E na medida em que as coisas ficarem pior, Eu estarei mais forte com
você, pois Eu compensarei; você verá. Estes momentos estão marcados para
acontecer de acordo com o que você Me deu, e não vai demorar muito, diz o
Senhor.
Houve muita meditação e perguntas para que Eu respondesse, sobre as
Minhas bênçãos, esse tipo de coisas que tenho para você. Saiba disso: elas
não são um problema para Mim. Elas nunca foram. Você consegue medir o seu
coração? Se você conseguir medir o seu coração e ser fiel no pouco, você não
sabe que será capaz de medir o seu coração e ser fiel no muito? Você acha
que a provisão e a demanda são um problema para Mim? Não são, diz o
Senhor. Eu sou Aquele que supre todas as suas necessidades de acordo com
as Minhas riquezas em glória.
Há um fluxo constante de pessoas que passaram por Mim e estão
entrando na eternidade. Você não sabe que em qualquer cidade onde isso
acontece, onde Eu pude impedir isso, Eu impedi? Mas onde há um espírito,
geralmente há o mesmo espírito em outro lugar, principalmente quando um
grupo pequeno domina a mídia. Mas saiba disso: uma vez que o laço for
quebrado e o Céu aberto, um grande avivamento se espalhará.
Você pensa que se Eu pudesse não teria impedido que estas pessoas
entrassem na eternidade, neste ano ou ano passado, ou na década passada?
O Meu tempo é o momento que você se levanta e se torna o que Eu disse que
você é. Este é o Meu tempo.
Você diz que Eu tenho um tempo para salvar as pessoas? Isso significa
que Eu escolho quem vai para o inferno ou não baseando-Me na geração em
que nasceram? Não. As Minhas verdades sempre foram as mesmas de agora.
E aqueles que as pegam e Me seguem, crendo em tudo o que sou, tudo o que
Eu disse e tudo o que sou será deles.

22 de Junho d 2008 – Este é um momento de mudança


No início destes cultos estabeleci que levantaria você, pois era o Meu
desejo levantá-lo e edificá-lo na presença da Minha alegria. Também é o Meu
desejo ultrapassar o que já pude fazer por você e operar em mais, não só no
seu corpo, mas no seu caminhar.
Você poderá descansar nas portas que estou abrindo para você, pois
este é um momento de mudança. Este é o lugar de mudança na jornada em
que você está rumo a coisas incomuns, coisas que só pude manifestar em
certos momentos da história.
Então, seja forte e em muitas coisas você verá que o inimigo estará em
operação. Mas o que Eu vou fazer nestes últimos dias através dos que Me
deixarem fazer ultrapassará o que o diabo faz. Então, seja forte para que
possamos colher o máximo que pudermos nestes últimos dias, diz o Senhor.
Quando estes dons estão presentes, para que todos aprendam, às
vezes através de profecia, quando a Minha mente vem para um determinado
momento, é desta forma que a Igreja primitiva era ensinada. Pois quando Eu
ganho acesso e posso falar o que está em Minha mente, falarei. Porque a
Minha vontade é o que está ordenado. Pois quando a Minha mente é falada,
ela não trás desordem, mas ordem.
Então não pense que estas explosões são estranhas, pois às vezes uso
o que lhe é familiar para usar o momento e falar o que tenho para o Corpo, diz
o Senhor. Quando recebo permissão para tomar o culto, saiba que o faço,
muitas vezes, quando limitações foram impostas pela operação dos homens e
da carne. Mas tomo o culto para fazer o que não pode ser feito [por homens] e
faço mais, [tudo] ao mesmo tempo.
É o Meu desejo que cada um de vocês receba o que tenho para vocês.
Pois o tempo em que as coisas acontecem geralmente é determinado por você,
quando você está disposto a ter um caminhar Comigo. Mas você precisa saber
que Eu sempre, sempre estou fazendo o que posso em cada momento que
posso em sua vida, diz o Senhor.
A religião protestaria e diria, “Mas por que isto e aquilo aconteceu?”
Aqueles que não se entregam à Minha Palavra nunca atingirão o entendimento
completo até mesmo da unção na qual nasceram de novo. Eles não entendem
a plenitude dos princípios e, às vezes, nunca se desenvolvem além da infância
no entendimento das coisas espirituais.
Mas Eu não lhes enviei o Mestre? Eu não O enviei para guiá-los a toda a
Minha verdade? Eu abandonei vocês? Deixei vocês com alguém que não era
da família?

29 de Junho de 2008 – Somos parte da esperança Dele para os últimos


dias
Comentários – Não é surpresa que Ele tenha me pegado de supetão.
Nunca O ouvi dizendo coisas assim.
Ele está muito satisfeito com a direção que estamos tomando. Somos
parte da Sua esperança para os últimos dias.
Ele também tem esperado muito porque pagou um preço horrível
quando tomou sobre Si nossas enfermidades e dores, e está tão animado
quanto nós pelo dia em que entraremos nos hospitais.
As crianças não são responsáveis por si mesmas, nem os pais. Elas não
pediram para nascer.

Você pode confessar bênçãos (Durante a consagração de bebês e crianças)


Como antigamente, este é oficialmente o momento mais importante na
separação, quando as palavras são faladas.
Ele está dizendo um tipo de interpretação desta língua: este é o
momento em que coisas podem ser faladas, as coisas vão acontecer e você
pode confessar bênçãos. Neste momento, há autoridade, por causa disto,
quando os bebês e suas vidas são entregues, você pode confessar coisas e
elas acontecerão.
Eu confesso bênçãos e nenhuma doença os matará, seus celeiros
sempre estarão cheios.
Você pode confessar bênçãos e Deus as trará sobre seus filhos.
Posso evitar muitas coisas (Após a dedicação de bebês e crianças)
Quando Eu trago estas crianças a você, levante-as, pois a vida delas
pode ser ordenada por Mim e posso evitar muitas coisas, diz o Senhor. Sempre
fique alerta com a autoridade que você pode ter e sobre os seus filhos.

É Minha autoridade
Ele disse, “Saiba que quando movo em você e você responde para Mim,
confesso mudança sobre algo e sou Eu que estou usando a autoridade. Não é
a sua falha de fé ou sucesso; é a Minha autoridade. E quando você Me deixa
falar, posso falar nos lugares altos ou baixos, mas eles VÃO mudar porque
quando a sua palavra é a Minha Palavra, é a Minha Palavra, diz o Senhor”.
A religião faz de tudo para que você não entenda quem você é ou a
autoridade que você tem para que não saiba como executar as coisas e fazer
aquelas orações que Eu disse que tornarão tudo bem no lugar onde você está
andando.
Mas se o desejo do seu coração flui junto com o Meu, se dependesse de
Mim, ninguém se perderia, mas muitos se perderão. Onde Eu falo, se você
falar, você não sabe que está Me dando autoridade tanto nos lugares altos
quanto baixos?
Então, regozije-se e fique alegre, pois sempre se falou sobre estes dias
e você verá uma grande colheita, diz o Senhor.

7 de Julho de 2006 – Os benefícios da edificação e de crer


Você não sabe que muitas das suas orações sobre seu exército e sobre
as condições da guerra e da legislação são trazidas durante a sua edificação?
Então, ouça o que o Espírito diz – os benefícios não são herdados apenas por
você, mas também pelos seus parentes e todos os que têm contato com você.
Eu não deixarei que o ministério dentro de você seja desperdiçado.

Cooperação com o Espírito Santo


Ouça o que Eu digo: quando as pessoas recebem a revelação do que
Eu posso fazer quando sou liberado em suas vidas, é aí que a verdadeira
mudança começa nas coisas que não queriam mudar. Com a sua cooperação,
o Espírito Santo SEMPRE fará com que aja frutos.

27 de Julho de 2008 – Preciso operar através de você


Não há ninguém aqui que não tenha perdido um milagre esta semana.
Não estou falando necessariamente de milagres para você, mas de milagres
através de você. Eu estou com cada um de vocês e o Meu desejo é trazer a
vontade do Pai para abençoar, libertar, curar e confortar você a fim de que você
faça a obra Dele na terra. No entanto, Eu preciso operar através de você.
Aprenda de Mim. Aprenda de Mim para que as obras do Meu Pai sejam
manifestas nesta geração, diz o Senhor.

8 de Outubro de 2006 – Sinais e maravilhas mentirosos


Neste acampamento, o diabo aumentou e espalhou sua força e sua
operação de poder contra você. É a intenção dele desviar muitos do Corpo de
Cristo para o erro, com sinais e maravilhas mentirosos. Mas saiba do seguinte:
quando ele mover com sinais e maravilhas mentirosos, será porque ele saberá
que Eu estou preparando os acampamentos que estão Me ouvindo. Eu estou
movendo com a verdade e ele espera poder ir adiante e infamar o que virá.
Então, seja forte e mantenha-se no caminho, pois Eu coloquei você em uma
oportunidade. Regozije-se e seja forte, porque muitos de vocês serão usados
antes do que imaginaram, mas a sua força que é a Minha força, será suficiente,
diz o Senhor.

2. O VERDADEIRO AMOR

Por continuar a meditar no amor de Deus, estou convencido de que a


habilidade da nova natureza de crescer neste amor é ilimitada. Nossa nova
natureza tem uma capacidade ilimitada de conhecer, entender, experimentar e
ser transformada pelo Seu amor. Penso que foi neste lugar do amor que os
mártires foram capazes de lidar com a morte com tamanha força interior,
superior ao medo.

Em minha própria vida, percebo que estou tocando algo que está além
das circunstâncias, um tipo de paz que está ao lado de uma alegria muito
poderosa - e você não sabe que a alegria do Senhor é a nossa força?
Uma das grandes coisas que Adão perdeu para a natureza do pecado foi
a capacidade de amar, e mais do que isto: Adão perdeu a capacidade de
receber o amor de Deus. Sei também que as maiores realizações que
podemos efetuar e as maiores coisas que Deus tem para nós acontecem
quando superamos o suficiente a carnalidade para descobrirmos que tudo o
que Deus é se encontra em Seu amor.

O diabo usa nossa natureza carnal porque sabe que precisa nos parar
antes que prossigamos adiante no amor de Deus, porque se fizermos isto, ele
sabe que descobriremos duas coisas:

1) O amor de Deus é o que realmente estávamos procurando o tempo


todo, mas simplesmente não sabíamos disso.
2) E que o amor de Deus é a força mais poderosa para neutralizar a
carne. Este amor levará você a imaginar o que na carne parecia ser tão
poderoso!!!!

Até agora, no entanto, o que eu prefiro mais no amor de Deus é o que


ele está fazendo com a minha fé. Quanto mais o amor de Deus aumenta em
minha nova natureza, mais Deus me faz entender as coisas no natural. Você
pode imaginar o que isto está fazendo com a minha fé?

A fé vem por ouvir e ouvir a Palavra de Deus. Você pode imaginar o que
eu estou começando a ouvir? Gostaria de ter tempo para parar aqui e entrar no
ensino sobre a adoração pessoal. A adoração é a chave que Deus nos ensinou
aqui no "The Family Prayer Center", que abre um canal do Espírito de Deus
para o nosso e faz com que o amor de Deus flua Dele para nós.

Mas agora, quero lhe mostrar o que o amor me ensinou sobre a


confiança, segurança e FÉ.

Veja o que Jesus disse em João 14:1-3:


Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em
mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-la
teria dito. Pois vou preparar-vos lugar.
E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para
mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também.

Vamos examinar esta parte que diz "muitas moradas" e que Jesus "nos
prepararia um lugar". As pessoas pensam que as moradas de que Jesus está
falando aqui são do tipo que vemos aqui na terra, com mobílias luxuosas,
fechaduras de ouro, lustres de diamantes, etc. Também se crê que Ele Próprio
virá nos receber durante o arrebatamento e todos nós seremos levados para a
nossa mansão em glória.

O problema é que Jesus se refere ao que disse nos três primeiros


versículos, antes de chegar no fim de Sua mensagem, vinte e oito versículos
para frente, no mesmo capítulo.
Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o
mundo,. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
Ouvistes que eu vos disse: vou e volto para junto de vós. Se me
amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai, pois o Pai é maior do
que eu.
João 14:27-28

Então, atente a este próximo versículo. Observe muito atentamente:


Disse-vos agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer,
vós creiais. João:14:29

Pense nisto: Se Jesus estava falando sobre o Seu retorno, quando nos
levará com Ele às nossas moradas no céu, você não acha que Ele está
esperando muito tempo para crermos? Ele estava dizendo que nos falou
aquilo com antecedência para que quando as moradas se tornassem visíveis
para nós, disséssemos, "Oh, agora eu creio! Glória! Glória!"?

Bem, se Ele não estava falando de moradas que Ele prepararia para
nós, então sobre o que Ele está falando?

Tomé fez a mesma pergunta no versículo cinco:


Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber
o caminho?

Quando Jesus respondeu a esta pergunta, Ele o fez entender, sem


deixar dúvidas, o que era este lugar que Ele estava preparando para nós.
Jesus respondeu em João 14:6:
Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida;
ninguém vem ao Pai senão por mim.

Então quando Jesus disse Na casa de Meu Pai há muitas moradas: se


assim não fora, Eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos um lugar, Ele
não estava falando sobre lugares de habitação no natural. Ter casas não é o
nosso problema. O problema todo é que por causa de um homem - Adão - o
pecado entrou no mundo e a morte também através do pecado, e nisto, todos
pecaram (Romanos 5:12).

Em outras palavras, a humanidade toda herdou a morte espiritual de um


só homem e, portanto, todos ficaram fora de Deus. Mas lembre-se que nossa
provisão não foi nosso problema - não o lugar de habitação final, nem nossa
roupa ou um lugar para morarmos. Nossa provisão não foi de modo algum um
problema para Deus!!!

Quando Jesus disse, Eu vou preparar um lugar para você, o lugar que
Ele estava falando era A CRUZ. Ele iria pelo caminho da Cruz para nos levar
de volta para a casa de nosso Pai. É por isso que Ele disse a Tomé, Eu sou o
caminho, a verdade e a vida: NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM.

Então no versículo 29, quando Jesus disse, digo-vos agora, antes que
aconteça, para que, quando acontecer, vós creiais, Ele não estava falando
sobre as moradas. E isto é similar em João 14:3, quando Jesus disse e,
quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim
mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também.

Jesus estava falando que iria pelo caminho da Cruz, morrendo e


tornando-se o primogênito de muitos irmãos, e então, voltando novamente para
nós transportando-nos das trevas para o Reino (Colossenses 1:13).

Então, Ele poderia ter dito no terceiro versículo, "Eu o receberei a mim
para que onde EU ESTOU vocês possam estar também", significando que
Jesus nos receberia a Ele mesmo e nos daria o mesmo posicionamento Dele
com o Pai, a nós, filhos e filhas.
Pois, tanto o que santifica como os que são santificados, todos
vêm de um só. Por isso, é que ele não se envergonha de lhes chamar
irmãos. Hebreus 2:11

Não é de se surpreender que Ele dissesse, Eu lhe disse antes do


tempo para que quando isto acontecer você creia.

Sabemos que o verdadeiro assunto aqui não é nosso lugar de habitação


físico, mas espiritual, que mudou de fora de Deus para dentro de Deus porque
Jesus, pela Sua redenção, nos deu todo o Seu posicionamento com o Pai.

Então o que são estas moradas que Jesus estava falando quando Ele
disse na casa de meu Pai há muitas moradas? Se você pensar sobre isto,
que tipo de casa caberia a estas moradas?

Para entender isto, você precisa dar uma olhada na palavra "moradas"
ou "mansões." A palavra morada em grego é derivada da palavra permanecer,
permanente.

Então, dos nove atributos que formam a essência de Deus, como a


soberania, o amor, ou julgamento, o único atributo sobre o qual estes lugares
de habitação se basearam seria o atributo da natureza de Deus que descreve a
longevidade: A VIDA ETERNA. É por isso que as palavras gregas para
mansões, moradas, residências e lugares de habitação na casa de Deus viriam
da palavra permanente ou permanecer.

Já que estes lugares de habitação que sustentam as criações de Deus


são eternas, ELAS FORAM CRIADAS PARA ESTAREM LÁ PARA
SEMPRE!!! Deixe-me lhe dar um exemplo.

Simplesmente digamos, para ilustrar o ensino, que nossa criação nunca


tivesse falhado, que Adão nunca tivesse comido da árvore do conhecimento do
bem e do mal. Naquele jardim perfeito, todas as fitas do DNA da criação de
Deus - dois de cada tipo de todos animais, das plantas e gênero humano -
cresceram, se multiplicaram e se espalharam por todo planeta. Uma
vegetação viçosa em todo lugar, abundância de vida, uma paz e um planeta
cheio das bem-aventuranças de Deus.
Isto não apenas pertenceria à nossa criação, mas, verdadeiramente, tem
tudo a ver com o universo todo. Como eu sei disto? Veja Colossenses 1:16.
Falando de Jesus, a epístola diz:
Pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra,
as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer
principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele.

E no que diz respeito aos céus, aos mundos e às estrelas, olhe para
Hebreus 1:2:
[Deus] Nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu
herdeiro de todas as coisas, PELO QUAL TAMBÉM FEZ O UNIVERSO;
(outra tradução diz “os mundos” - plural)

Quando se trata da nossa criação, temos que entender que a terra, os


planetas e as estrelas são todos parte da nossa criação, não apenas o planeta
que Deus nos deu como uma moradia.

Se Adão não tivesse caído, seria difícil imaginar a magnitude do que


Deus teria planejado para nós. Pense nisso: um planeta abundante como
nossa moradia, Deus andando no Jardim conosco e o universo todo sendo
nosso quintal.

Vamos continuar nossa ilustração da vida sem a queda e Deus lidando


com uma outra criação em algum período de tempo sem ser o nosso. E para a
ilustração do ensino, digamos que Jesus tenha dito a esta outra criação, "Na
casa de Meu Pai há muitas moradas", – ou poderíamos dizer "residências" ou
"mansões" ou "lugares de habitação", ou, como o grego original diz, "habitação
permanente que permanece para sempre e sempre e sempre".

Então neste hipotético exemplo, Jesus diria a esta outra criação, "Você
gostaria de ver um destes lugares de habitação - uma destas moradas que
estão na casa de Meu Pai?" Então Ele as traria para o nosso universo e para
nosso mundo e diria, "Esta é apenas uma residência na casa de Meu Pai".

Você pode imaginar quão imenso e incrível seria este lugar de


habitação? Quando Jesus estava ensinando aos discípulos sobre estes lugares
ele disse, "na casa de Meu Pai há muitas moradas", Ele usou a palavra
"muitas" porque não havia como um ser infinito como Deus explicar o que é o
infinito para alguém como nós. Tivemos um começo, mas Deus sempre existiu.
A igualdade de Deus está calculada em um espaço infinito em todas as
direções, no passado, no presente e futuro. Nunca houve um momento em que
Ele NÃO EXISTIU!

Quando Jesus disse, "muitas moradas", este foi o jeito de Deus dizer que
havia muitas moradas em Sua casa, talvez milhões de criações, moradas
individuais ou lugares de habitação de todos os tipos - o tamanho de universos
inteiros!

Em nossa criação – nosso lugar de habitação – somos familiarizados


com anjos, uma criação de seres sobrenaturais que assistem a Deus
continuamente. Ele os usa para ministrar a nós como Sua família também. Não
sabemos o que mais eles fazem, mas a Bíblia nos fala sobre anjos, o começo
de Lúcifer e sobre sua queda.

Então quando Jesus disse, Eu vou preparar-vos um lugar e voltarei e


vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós
também, sabemos que Ele foi pelo caminho da Cruz para nos trazer de volta à
família de Deus. Aliás, quando Ele terminar de redimir nossa criação, nosso
planeta e nosso universo serão muito MAIORES do que nunca.

Olhe para o sol, as estrelas, a lua - isto é simplesmente parte de nossa


criação. Olhe para o nosso planeta. Você o acha bonito agora? Espere para ver
quando Deus tiver terminado esta Dispensação da Redenção!!!

Deus fala sobre isso tudo em Hebreus, no primeiro capítulo:

Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras,


aos pais, pelos profetas,
Nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu
herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo. (Hebreus
1:1-2)

Observe como Deus usou Jesus para fazer os mundos. Os mundos que
Hebreus está falando são os NOSSOS mundos - eles pertencem à nossa
criação, nosso planeta, nosso sol, nossa lua e nossas estrelas.

Este é o lugar de habitação que Deus fez para nós; esta é nossa
"morada". Mas quando Adão caiu, algo aconteceu. Não foi apenas planejada a
morte de Adão (pois Deus disse naquele dia você verdadeiramente morrerá
(Genesis 2:17)), mas também o fim de todo o planeta.

Aliás, mais adiante, neste capítulo, Hebreus fala da criação do universo


todo:
Ainda: No princípio, Senhor, lançaste os fundamentos da terra, e os
céus são obra das tuas mãos;
Eles perecerão; tu, porém, permaneces, sim todos eles
envelhecerão qual veste;
também, qual manto, os enrolarás, e, como vestes, serão
igualmente mudados; tu, porém, és o mesmo, e os teus anos jamais terão
fim.
Hebreus 1:10-12

A morte não estava apenas operando em nós, mas também em nosso


planeta, e não somente em nosso planeta, mas em todo universo. Eles estão
envelhecendo como uma veste e estão programados para serem trocados.
Mas agora, o meu espírito foi mudado. Eu nasci de novo. A única coisa que
falta ser mudada em mim é a minha veste aparente, e um dia em breve, o meu
corpo será mudado e receberei um corpo glorioso.
Logo, a mesma coisa acontecerá com nosso planeta e não apenas com
ele, mas com todo o universo. Tudo pertencente à nossa mansão - nossa casa,
nosso lugar de habitação – será trocado. Do mesmo jeito que eu irei adquirir
um corpo glorioso, nosso planeta, galáxias e universo mudarão de vestimentas
e serão maiores do que já foram um dia.

Jesus não foi apenas preparar um lugar para nós como filhos de Deus,
mas nós iremos adquirir nossas moradas - nossas mansões - de volta, muito
maiores e mais poderosas do que nunca.

Olhe para o Grande Trono Branco do Julgamento. Com apenas uma


simples olhada de Deus a terra e o céu passaram.
Vi um grande trono branco, e aquele que nele se assenta, de cuja
presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. (Ap
20:11)

Mas olhe para o primeiro versículo de Apocalipse 21:


Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra
passaram, e o mar já não existe.

Você e eu teremos um novo lar para sempre!

Se Deus fez tudo isso para prover este vasto lugar para nós vivermos, e
então a redenção através da Cruz de Jesus para nos salvar do pecado, você
não acha que Ele não nos ama o suficiente para nos suprir em todas as nossas
necessidades diárias? Simplesmente olhe para a morada que Ele construiu
para nós!

Se temos dificuldade em crer e receber é porque não O conhecemos


muito bem. Sua graça e amor são imensos. Nossas situações não são
impossíveis e se pensamos que são, simplesmente precisamos conhecê-Lo
melhor. Que tal pegar um tempo para ter comunhão com Ele em adoração
pessoal?