Você está na página 1de 12

Banco de horas é ilegal Editorial Por que a Taxa Aposentadoria dos

Assistencial? Professores

Página 03 Página 02 Página 11 Página 10


02

Educação com Segurança


que os nossos governantes estão à formação integral com qualidade; excelência.
dissociados da nossa realidade o reconhecimento e valorização Nesse panorama é
social. Apesar dos discursos à diversidade; a definição de compreensível que a maioria, sem
voltados para essas duas questões parâmetros e diretrizes para a acesso às políticas de promoção
cruciais, o poder público, em qualificação dos profissionais desses social, tornem-se presa fácil
todas as suas instâncias, não tem setores, com o estabelecimento da deliquencia. Neste estágio o
projetos consistentes que propiciem de condições salariais idênticas sistema educacional e a segurança,
condições para que as políticas a de outros profissionais de nível em conjunto, têm que ter projetos
educacionais e de segurança sejam superior, principalmente para os articulados para enfrentar o
concebidas e implementadas de trabalhadores da educação. panorama excludente que tem
forma articuladas entre os dois A característica do Brasil reflexos importantes no seio da
sistemas. tem sido, historicamente, de um sociedade.
A educação é usada país com políticas frágeis no campo Está na hora de mudarmos
Diversas pesquisas sobre os como ponto de agenda política social. Isso lhe imprimiu traços esse paradigma de visão unilateral
problemas de educação e segurança promocional. A segurança com marcantes de desigualdades sociais das políticas educacionais e de
têm mostrado, que a maior visão sistêmica policialesca e o convívio com uma das mais altas segurança no nosso país. Do
preocupação da nossa população e repressiva. Essas políticas, concentrações de renda do mundo. contrário, continuaremos assistindo
está voltada para esses temas. Eles educação e segurança, deveriam Com uma população de mais de 170 todos os dias, a dramática situação
estão acima de necessidades como seguir um projeto federalizado de milhões de pessoas, onde cerca de de jovens brasileiros que perdem a
emprego, saúde e habitação. governo, de forma articulada entre 50% vive em situação de pobreza. vida por omissão do Estado.
Os resultados das pesquisas os sistemas com o propósito de Assim, podemos constatar a sua
são uma demonstração clara de promoção ao direito da sociedade condição de um país injusto por Rodrigo Pereira de Paula
Presidente do Sinproep-DF

Rodrigo na TV
Todos os sábados, necessidades da população
Rodrigo de Paula, apresenta como habitação, saúde e
o programa “Juntos pela transportes.
Educação e Segurança”. O “Juntos pela Educação e
programa tem a participação Segurança” vai ao ar às 14h e
do presidente do Sindicato trinta minutos, todos os sábados
dos Policiais Federais do DF, na TV Brasília. O programa
Cláudio Avelar. é interativo, no qual a sua
O programa discute a participação é importante com
educação e a segurança na críticas e colaboração de pautas
perspectiva de avanços sociais do interesse da comunidade.
e interligadas com outras Assista!

Orgão Informativo do SINPROEP-DF Presidente: Estagiária: Priscila Teles


SCS - Qd 01 - Bl. K - Sl. 203/204 - Ed. Denasa Rodrigo Pereira de Paula Diagramação: David Edson
Brasília - DF - CEP 72398-900 Secretaria de Comunicação: Revisão: Moracy Sant’Ana
Telefone: 3321-0042 - Fax: 3321-0233 José Luis Bianco Júnior Impressão: Gráfica Plano Piloto
Trajano Jardim (Jornalista Responsável -DF4164JP) Tiragem: 10.000

www.sinproepdf.org.br / sinproepdf@sinproepdf.org.br
03

Informes Jurídicos
Sindicato renova
Núcleo Jurídico Faculdade Darwin levada ao MPT
O Sindicato, visando prin- o Departamento jurídico, foi con- No dia 9 de junho de 2009, pendências financeiras.
cipalmente agilização nos ajui- tratada a Dra. Célia Regina Amân- a Faculdade de Ciências, Educação Por decisão do Excelentíssimo
zamentos das ações trabalhistas, cio, que desempenhará o cargo de e Tecnologia Darwin (Faceted), Senhor Procurador do Trabalho Dr.
compareceu à audiência no Ministério Valdir Pereira da Silva, a faculdade
contratou o renomado Escritório assessora jurídica do Sindicato,
Público do Trabalho (MPT), por Darwin foi intimada a apresentar, em
de Advocacia do Dr. Ulisses Bor- adotando as medidas necessárias
denúncia formulada pelo Sindicato, em nova audiência marcada para o dia 18
ges de Resende. para que as demandas judiciais
virtude de os professores empregados de junho, documentação que demonstre
ASSESSORIA NO SINDICATO atendam aos anseios da categoria
da Faculdade estarem com salários a atual situação financeira da instituição,
Para fortalecer ainda mais em seus direitos e prerrogativas.
atrasados por mais de três meses, além cópia do contrato social e dos acordos
O novo escritório fará atendimento de processos trabalhistas de férias e outras verbas salariais.
de parcelamentos que a instituição diz
individuais nos seguintes horários: A instituição reconheceu perante
ter realizado com os professores.
• Segunda, quarta e sexta, das 9h às 12h e 14h às 16h30 na sede o MPT que está com sérios problemas
Esta Ação faz parte de uma série
do sindicato no Plano Piloto; financeiros, problemas que se agravaram
no final de 2008 e perduram até agora. de denúncias formuladas pelo Sinproep-
• Terça e quinta, na subsede em Taguatinga, nos mesmos horários. DF contra dezenas de Faculdades que
Segundo os dirigentes da empresa, em
declaração em juízo, com a entrada de estão com pendências financeiras com
Agende um horário nos telefones: 3041-1323 / 3321-0042
dois novos sócios, tentarão resolver as os seus professores.

Banco de horas é ilegal


A aplicação do banco de horas Ora, como as escolas estão em Gabriel Saad “o §2º, do artigo sob mesmo. Assim, caso o professor
tem sido objeto de questionamento recesso no período, querem dizer, em estudo, faz alusão ao período de férias pratique labor extraordinário de forma
e litígio entre professores e direção outras palavras, que o professor estaria escolares, que não se confunde com costumeira, a compensação não seria
de escolas nas relações de trabalho. se beneficiando do fato de não poder o repouso anual que a lei assegura a possível, mesmo que por acordo
Embora a lei não permita essa prática, exercer outra tarefa durante o referido todos os empregados, cujos contratos escrito.
algumas instituições continuam usando período. são regidos por esta Consolidação. As normas trabalhistas tem
essa prática lesiva ao professor. Trata-se de questão afeta a ramo O texto desse dispositivo deixa sua interpretação restringida quando
Nesse sentido a diretoria do do Direito do Trabalho. Tal matéria bem claro que, no curso das férias possam trazer qualquer prejuízo
Sindicato solicitou um parecer aos está positivada na CLT em seu artigo escolares, o professor permanece à ao empregado, uma vez que o
advogados do seu Núcleo Jurídico 322 e parágrafos, bem como o artigo disposição do seu empregador que é o normativo tem o condão de proteger o
Mário Thiago Gomes de Sá Padilha 59 do mesmo normativo, que prevê estabelecimento de ensino.” hiposuficiente.
e Ulisses Borges de Resende sobre o a possibilidade do “banco de horas”, Não é crível que as escolas Deste modo, ao analisarmos
assunto. Em síntese eles concluíram também há previsão constitucional e tentem praticar, à luz das normas atuais, a Cláusula 47 da CCT, temos que
que a transformação do recesso escolar orientação jurisprudencial através de que seja considerada a possibilidade lembrar que o disposto no normativo
em “banco de horas” é ilegal. súmula do TST. de implementação de banco de horas visou trazer uma garantia mínima
A LEI DO PONTO DE VISTA RECESSO DOS PROFESSORES durante o período do recesso escolar, para o professor, que jamais poderia
JURÍDICO É habitual no sistema de ensino até porque a inteligência do art. 59 da ser interpretado como qualquer
Seu questionamento se brasileiro que as escolas concedam aos CLT, em especial o § 2º . possibilidade de se fazer um banco de
deu ante a existência de possível alunos um recesso de no mínimo uma É forçoso frisar que no caso em horas.
interpretação dúbia dos institutos, onde semana durante os meses de junho ou tela, a categoria não possui a cláusula CONCLUSÃO
as Escolas tem entendido ser possível julho de cada ano. de compensação na CCT, razão pela Ante todo o exposto, concluímos não
aplicar banco/saldo de horas em No decorrer desse período qual se torna ilegal qualquer tentativa ser possível a utilização do recesso
virtude de o professor não comparecer os professores ficam a disposição de implementar o que hoje é tratado escolar como banco de horas por
ao estabelecimento de ensino durante dos estabelecimentos de ensino, mas como “banco de horas”. falta de cláusula expressa na CCT da
o recesso escolar do meio do ano e, apenas para aplicação de exames, é Ora, mesmo que se aceite o categoria, sendo que devemos seguir
a CLT afirmar que durante o recesso o que determina o §2º do art. 322 da acordo individual escrito, temos que o que é regido pela Constituição
o professor somente poderá aplicar CLT. a prestação de horas extras habituais Federal de 1988 e demais normas
exames. Conforme expõe Eduardo é suficiente para descaracterizar o infraconstitucionais.
04

Informes Jurídicos
Legislação referente aos professores
A Consolidação das pela competente autoridade poderá o professor dar, por escolares, é assegurado aos Educação e Saúde fixar os
Leis do Trabalho (CLT), estadual ou municipal; dia, mais de 4 (quatro) aulas professores o pagamento, critérios para a determinação
na Seção XII, no Capítulo b) carteira de consecutivas, nem mais de 6 na mesma periodicidade da condigna remuneração
dos Professores, a partir do identidade; (seis), intercaladas . contratual, da remuneração devida aos professores bem
artigo 317 até o 324 e seus c) folha-corrida; Art. 319 - Aos por eles percebida, na como assegurar a execução
parágrafos trata dos direitos d) atestado, firmado professores é vedado, aos conformidade dos horários, do preceito estabelecido no
dos professores de escolas por pessoa idônea, de que domingos, a regência de aulas durante o período de aulas. presente artigo.
particulares, do exercício não responde a processo nem e o trabalho em exames. (Redação dada pela Lei nº Art. 324 - Revogado
do magistério e da forma de sofreu condenação por crime Art. 320 - A 9.013, de 30.3.1995) pela Lei nº 7.855, de
remuneração. de natureza infamante; remuneração dos professores § 1º - Não se exigirá 24.10.1989:
Nessa parte da e) atestado de que não será fixada pelo número dos professores, no período de Texto original: Os
CLT está configurada a sofre de doença contagiosa, de aulas semanais, na exames, a prestação de mais estabelecimentos particulares
preocupação do legislador passado por autoridade conformidade dos horários de 8 (oito) horas de trabalho de ensino, para o efeito da
com os trabalhadores que sanitária competente. . § 1º - O pagamento diário, salvo mediante o fiscalização dos dispositivos
prestam serviço na rede § 2º - Suprimido pela far-se-á mensalmente, pagamento complementar de aquí contidos, são obrigados
privada de educação. Talvez Lei nº 7.855, de 24.10.1989: considerando-se para este cada hora excedente pelo preço a manter afixado na secretaria,
por entender que a relação de Texto original: Dos estrangeiros efeito cada mês constituído de correspondente ao de uma aula. em lugar visível, o quadro
trabalho nesse setor a parte serão exigidos, além dos quatro semanas e meia § 2º No período de de seu corpo docente, do
mais fragilizada é o professor. documentos indicados nas . § 2º - Vencido cada férias, não se poderá exigir dos qual conste o nome de cada
Publicamos abaixo, na alíneas a, c e e do parágrafo mês, será descontada, na professores outro serviço senão professor, o número de seu
íntegra, o Capítulo referente anterior, estes outros: remuneração dos professores, o relacionado com a realização registro e o de sua carteira de
ao exercício da profissão: a) carteira de a importância correspondente de exames. trabalho e previdência social e
Art. 317 - O exercício identidade de estrangeiro; ao número de aulas a que § 3º - Na hipótese de o horário respectivo. (Redação
remunerado do magistério, em b) atestado de bons tiverem faltado. § 3º - Não dispensa sem justa causa, ao dada pelo Decreto-lei nº 926,
estabelecimentos particulares antecedentes, passado por serão descontadas, no decurso término do ano letivo ou no de 10.10.1969)
de ensino, exigirá apenas autoridade policial competente de 9 (nove) dias, as faltas curso das férias escolares, Parágrafo único.
habilitação legal e registro . verificadas por motivo de gala é assegurado ao professor o Cada estabelecimento deverá
no Ministério da Educação. § 3º - Suprimido pela ou de luto em conseqüência de pagamento a que se refere o possuir, escriturado em dia,
(Redação dada pela Lei nº Lei nº 7.855, de 24.10.1989: falecimento do cônjuge, do pai caput deste artigo. (Parágrafo um livro de registro, do qual
7.855, de 24.10.1989) Texto original: Tratando-se ou mãe, ou de filho. incluído pela Lei nº 9.013, de constem os dados referentes
§ 1º - Suprimido pela de membros de congregação Art. 321 - Sempre que 30.3.1995) aos professores, quanto à sua
Lei nº 7.855, de 24.10.1989: religiosa, será dispensada a o estabelecimento de ensino Art. 323 - Não será identidade, registro, carteira de
Texto original: Far-se-á o apresentação de documentos tiver necessidade de aumentar permitido o funcionamento trabalho e previdência social,
registro de que trata este artigo indicados nas alíneas c e d do o número de aulas marcado do estabelecimento particular data de admissão, condições
uma vez que o interessado § 1º e, quando estrangeiros, nos horários, remunerará de ensino que não remunere de trabalho, e quaisquer outras
apresente os documentos será o documento referido na o professor, findo cada condignamente os seus anotações que por lei devam
seguintes: alínea b do § 1º substituído por mês, com uma importância professores, ou não lhes pague ser feitas, bem como a data
a) certificado de atestado do bispo diocesano ou correspondente ao número de pontualmente a remuneração de sua saída quando deixarem
habilitação para o exercício de autoridade equivalente. aulas excedentes. de cada mês. o estabelecimento. (Redação
do magistério, expedido pelo Art. 318 - Num mesmo Art. 322 - No período Parágrafo único - dada pelo Decreto- lei nº 926,
Ministério da Educação, ou estabelecimento de ensino não de exames e no de férias Compete ao Ministério da de 10.10.1969)
05
OPINIÃO
Jornalista, cozinheiro ou jagunço? - Eis a questão
Por Trajano Jardim* é sobre os profissionais que produzem a sujeito. antropológicos e técnicos. Vale perguntar,
notícia. Mendes lembrou que o Decreto- sem qualquer desmerecimento, se, no
O Supremo O que as entidades discutem lei 972/69, que regulamenta a profissão, curso do senhor Gilmar Mendes, na
Tribunal Federal e defendem é que, para exercer a foi instituído no regime militar e tinha escola de Direito de sua propriedade, o
decidiu, em 17 de profissão de jornalista, o indivíduo clara finalidade de afastar, do jornalismo, aluno tem essa gama de estudo.
junho, que, para o tenha formação teórica e prática. Teoria intelectuais contrários ao regime. Isso Nesse festival de hipocrisia a
exercício da profissão que dê, ao profissional, conhecimentos não passa de um subterfúgio de quem que assistimos por força do diploma e
de jornalista, não é básicos de filosofia, sociologia e ética, descende de latifundiários e jagunços das nossas entidades de classe, pudemos
obrigatório o diploma universitário. Com além de uma visão humanista do mundo que, no seu conjunto como classe, formou sentir de perto o caráter de classe da
essa resolução, qualquer pessoa poderá e do meio em que ele vive; prática a argamassa social que legitimou o golpe Justiça brasileira. Esse caráter de classe
exercer o jornalismo, mesmo que tenha das técnicas de redação jornalística, militar de 1964. A ditadura afastou, está inserido em cada voto dos senhores
apenas curso primário. Pior ainda - as de reportagem e de entrevista; perseguiu e assassinou profissionais ministros, haja vista a comparação feita,
empresas poderão contratar, para cargos princípios de responsabilidade social, jornalistas que se colocaram em defesa pelo relator, em relação à profissão de
como o de repórter ou editor, os seus compromisso com a verdade, respeito da democracia e contra o arbítrio, como jornalista e a outras, justamente aquelas
apadrinhados, compadres, protegidos à fonte, compreensão de cidadania e Herzog, Bomfim e tantos outros. que agregam, em sua maioria, o estrato
políticos, independentemente do preparo independência de opinião. Todos esses Sete ministros acompanharam da sociedade formado pelas camadas
da pessoa para a responsabilidade dessas pressupostos são básicos e o jornalista, o voto do relator, descambaram para mais populares.
funções. da mesma forma que o advogado, o a posição subserviente do presidente Temos o maior respeito por
Os votos proferidos pelos médico e outros profissionais, só os do STF aos barões da mídia. O relator todas as profissões. Cada uma delas
iluminados senhores da Suprema Corte são consegue no curso de formação. Mendes nunca negou sua aversão é importante no contexto produtivo e
uma demonstração de desconhecimento A decisão do STF revelou o aos jornalistas e órgãos da imprensa de crescimento do nosso país, quando
total acerca da profissão de jornalista e caráter de classe da Justiça brasileira. independentes. Estes, que têm desnudado exercida com ética e respeito pelo outro
do que seja liberdade de expressão. A Não acreditamos que esses senhores, as práticas lesivas, à sociedade, do senhor e suas diversidades. Diferentemente do
liberdade de expressão é exercida pelos detentores de diploma, que se auto- Mendes e sua família, tanto do ponto de senhor Gilmar Mendes, que, com as
detentores do oligopólio da mídia, em intitulam cientistas do Direito, donos da vista jurídico quanto do cidadão Gilmar, benesses do dinheiro público, pode, até
todos os seus cruzamentos ilegais. O verdade e possuidores do conhecimento nas suas escaladas pelo Mato Grosso. mesmo, levar a esposa para comprar
exercício da profissão de jornalista é um iluminado dos deuses do Olimpo, Nesse sentido, o que disse Lalo Leal, em cosméticos numa linda manhã de sol de
direito inalienável daqueles que têm a confundam liberdade de expressão com artigo publicado na Carta Maior (9/7), domingo usando a estrutura do Estado
formação acadêmica para exercê-la, tal direito do exercício da profissão. tem fundamento: os nobres julgadores - carro oficial, seguranças e outros
qual o senhor Gilmar Mendes e seus Tem razão o senhor Gilmar, “mostraram em seus votos desconhecer quejandos.
companheiros de magistratura, que só relator do processo, na sua afirmação a matéria em julgamento”. Perdemos uma batalha, mas não
podem exercer a advocacia se tiverem de que o diploma não evitaria danos a Com resquícios de preconceito, perdemos a guerra. Sabemos combater
formação específica. terceiros. Da mesma forma, o diploma Gilmar Mendes diz, em seu voto, que o bom combate. Embora a grande
A regulação da profissão, ao não livra a sociedade de advogados a formação em jornalismo é importante mídia só abra espaço para os que são
contrário do que argumentaram os e juízes que se vendem ao poder para o preparo técnico dos profissionais contra a obrigatoriedade do diploma
Excelentíssimos Senhores iluminados econômico. Mas ele se equivoca ao dizer, e deve continuar, nos moldes de cursos (só o Jânio de Freitas teve espaço), não
ministros da Suprema Corte, nunca no seu inusitado voto, que “as notícias como o de culinária, moda ou costura, vamos ensarilhar nossas armas. Apesar
foi obstáculo a qualquer pessoa, nem inverídicas são grave desvio da conduta nos quais o diploma não é requisito de insistirem, as ideias plutocratas irão
mesmo pseudo-literatos que se arvoram e problemas éticos que não encontram básico para o exercício da profissão. para o monturo das excrescências da
em escritores de coluna de jornal. A solução na formação em curso superior Mais uma vez, o ministro erra de lata do lixo. Seremos sempre jornalistas,
prova disso é que 90% do conteúdo do profissional”. Se assim pensa o forma deliberada. A formação de cozinheiros, marceneiros, psicólogos,
jornalístico, nos meios de informação, magistrado, ele advoga o determinismo jornalista requer que o aluno passe por operários, nunca jagunços.
não são elaborados por profissionais do na conduta do indivíduo e nega o papel cerca de 200 princípios curriculares - _______________________________
ramo. O questionamento que se apresenta da família e da escola na formação do filosóficos, sociológicos, éticos, morais, * Jornalista e professor Universitário

Vem aí o seminário com Rubem Alves


Dando prosseguimento ao projeto as funções de pastor naquela comunidade até 1963. editora católica Corpus Books é, no seu entendimento,
de formação continuada da categoria, o Casou-se em 1959 e teve três filhos: Sérgio “um dos primeiros brotos daquilo que posteriormente
Sinproep-DF e o Instituto de Formação (1959), Marcos (1962) e Raquel (1975). Foi ela sua recebeu o nome de Teoria da Libertação”.
Carlos Mota, promoverá um Seminário musa inspiradora na feitura de contos infantis. O professor Rubem Alves, hoje aposentado, é
com o emérito professor Rubem Alves. Em 1963 foi estudar em Nova York, retornan- um dos mais requisitados palestrantes pala falar sobre
do ao Brasil no mês de maio de 1964 com o título de temas que envolvem a nova escola e os problemas de
Quem é Rubem Alves Mestre em Teologia pelo Union Theological Seminary. dificuldades de aprendizagem e do ensino.
Rubem Alves nasceu no dia 15 de setembro de Denunciado pelas autoridades da Igreja Presbiteriana Rubem Alves é membro da Academia Campi-
1933, em Boa Esperança, sul de Minas Gerais, naquele como subversivo, em 1968, foi perseguido pelo regi- nense de Letras, professor-emérito da Unicamp e cida-
tempo chamada de Dores da Boa Esperança. A cidade é me militar. Abandonou a igreja presbiteriana e retor- dão-honorário de Campinas, onde recebeu a medalha
conhecida pela serra imortalizada por Lamartine Babo nou com a família para os Estados Unidos, fugindo das Carlos Gomes pela sua grande contribuição à cultura.
e Francisco Alves na música “Serra da Boa Esperança”. ameaças que recebia. Lá, torna-se Doutor em Filosofia Esta será uma oportunidade imperdível para
No período de 1953 a 1957 estudou Teologia (Ph.D.) pelo Princeton Theological Seminary. nossa categoria conhecer um dos maiores educadores
no Seminário Presbiteriano de Campinas (SP), tendo Sua tese de doutoramento em teologia, do Brasil reconhecido internacionalmente pela sua con-
se transferido para Lavras (MG), em 1958, onde exerce “A Theology of Human Hope”, publicada em 1969 pela tribuição na construção e uma nova escola.

O evento será no dia 25 de setembro, no auditório da Universidade Católica, com inscrição gratuita para
professores e professoras filiados ao Sinproep-DF. Vagas Limitadas! Informações: 3321-0042 / 3041-1323
06

OS PROFESSORES SE RECUSA
Os donos de estabelecimentos particulares demonstraram no decorrer das discussões que a
de ensino, igualmente todos da cadeia produtiva, categoria não estava disposta a pagar pela crise financeira
pretendiam jogar nas costas dos professores as que o sistema capitalista produziu. Mostraram que a
consequências da crise financeira que eles produziram crise não afeta o setor, já que o ensino não precisa de
A campanha para renovação do Acordo Coletivo insumos para funcionar, como ocorre com a indústria
foi a pior já enfrentada pelos professores do setor de transformação. Além do mais, no caso das escolas,
privado de ensino. Tendo como argumento a crise as mensalidades tinham sido elevadas em 12%, em
financeira internacional, os sindicatos patronais, tanto média, desde janeiro de 2009, conforme divulgado na
do ensino médio, quanto do superior, vieram para grande imprensa.
mesa de negociação decididos a jogar nas costas dos Depois de sete exaustivas rodadas de negociações
professores as consequências da derrocada do sistema conseguimos um acordo que, se não foi o ideal, pelo
financeiro. menos está acima da média do que tem conseguido os
De forma atípica em discussões para renovação professores de outras regiões. Em Goiânia e Anápolis,
da Convenção, os patrões do ensino médio trouxeram para citar locais mais perto de nossa realidade, os
a pauta de negociação pronta e nela apresentavam nossos companheiros tiveram dificuldades nas suas
uma cláusula de reajuste de 3%, índice bem abaixo do negociações. Foram obrigados a aceitar parcelamento
registrado no período e retiravam todas as conquistas do índice da inflação em três e até quatro vezes e sem
inseridas no acordo passado.
Não foi diferente com o sindicato
representantes do ensino superior.
O Sinproep elaborou uma proposta
de Convenção Coletiva de Trabalho
(CCT) estabelecendo as reivindicações
aprovadas nos diversos seminários
realizados pela categoria. Na pauta
foram incluídas proposições oriundas
da base da categoria e foram tiradas
algumas incongruências contidas
na convenção passada e propunha
nova redação. O sindicato patronal
simplesmente se recusou a discutir em
cima do documento apresentado.
A diretoria e a Comissão de
Negociação eleita em assembleia,
07

AM PAGAR A CONTA DA CRISE


qualquer avanço nas cláusulas sociais. Como calcular seu reajuste Salarial:
Para o Ensino Superior as principais cláusulas
aprovadas foram: Retroativo ao mês de maio
Ensino Superior
• Data Base 1º de maio de 2009; Maio Junho Julho Abono Total
• Reajuste INPC Pleno, 5,83% sobre o salário de 5,83% 5,83% 5,83% 6% 23,49%
30 de abril de 2009; Ensino Básico
• Abono de 6% pago de uma só vez (o professor
que tenha trabalhado, pelo menos um dia, no mês de Maio Junho Julho Abono Total
maio tem direito ao Abono); 5,83% 5,83% 5,83% 9% 26,49%
• Bolsa de Estudo assegurada para os dependentes
de “União Estáve”; Confira as novas convençoes
• A Instituição que atrasar salário, não poderá coletivas de trabalho do Ensino
Superior e Educação Infantil,
pagar o salário do mês seguinte sem quitar o que está Ensino Fundamental e Médio.
em atraso; No sindicato ou Acessando:
• A Instituição que tiver turmas com mais de 80 www.sinproepdf.org.br
alunos terá que pagar um adicionai de 50% sobre a
empregados.
hora/aula do professor; O Sinproep-DF já solicitou
Para os Professores do Ensino Infantil, Fundamental outros pedidos de fiscalização em
e Médio, as principais cláusulas são: várias instituições que tal qual a
Universo estão em débito com o
• 1- Convenção com o prazo de 2 (dois) anos; Fisco e com seus empregados.
Professor Mayacowski
• 2- INPC pleno de 5,83% em 2009, mais abono
de 9%, pago de uma só vez, Retroativo a 1º de maio; ESCOLA UNIVERSO Queremos pedir desculpas
INFANTIL É FISCALIZADA a Direção da ESCOLA SAGRADA
• 3- INPC pleno em 2010, mais 1% de ganho real FAMÍLIA MENINO DEUS pelo
de salário; Dentro do projeto do engano cometido na publicação
Sindicato de acionar o Ministério da denúncia.
• 4- Abono de 6% pago de uma só vez; do Trabalho e Emprego (MTE),
• 5- Piso Salarial em 2009 de R$5,00 (cinco reais) para fiscalização das instituições No número passado
hora/aula pra o Ensino Infantil; que se encontram inadimplente com pulicamos aqui na coluna uma
salários, FGTS, INSS, Contribuição matéria sobre irregularidades na
• 6- Piso Salarial do Ensino Fundamental R$6,97 Sindical e outras verbas que instituição.
(seis reais e noventa e sete centavos) hora/aula; constituem direito dos professores. Vimos de público fazer a
Recebemos do MTE relatório devida retratação sobre o publicado.
• 7- Piso Salarial do Ensino Médio R$11,17 (onze da fiscalização realizada na Escola A denúncia não procede. Na verdade
reais e dezessete centavos) hora/aula; Universo Infantil, onde foram a Escola Sagrada Família cumpre
• 8 – EJA (Fundamental) R$6,73 constatadas várias irregularidades. todos os preceitos legais com seus
A escola está em atraso com o empregados. Inclusive a instituição
• 9 – EJA (Médio) R$7,66 FGTS, Contribuição Sindical e paga salários para seus professores
• 10 – Manutenção nas cláusulas Sociais pendências financeiras com os seus acima da média do mercado.
08

O QUE ROLA NA ESCOLA


Secretaria de Educação vincula 14º à avaliações
Pelo visto o governo Arruda encontrou funcionários e alunos. Em nada contribuirá para a O que pode mudar a realidade são medidas
uma forma de se vingar da derrota imposta pelos melhoria do ensino. Não será por meio de medidas estruturais que busquem a valorização do professor, a
professores da rede pública na última greve. puramente administrativas que o nível de qualidade sua formação continuada, programas de atendimento
Num jogo de cartas marcadas, os 41 mil e aproveitamento, tanto de professores, quanto de permanente à sua saúde e escolas fisicamente
servidores só receberão o 14º salário a partir do alunos, irá alcançar índices aceitáveis. aparelhadas e com condições de trabalho adequadas.
resultado do Sistema de Avaliações de Desempenho A medida anunciada pelo GDF tem ar de
das Instituições Educacionais do Distrito Federal revanche contra os professores, pelo que conseguiram
(Siade). com a força do movimento, obrigando o governo
Essa forma, se implantada, vai favorecer Arruda a cumprir a lei que ele queria desrespeitar.
uma minoria de professores, além de incentivar Com essa atitude os professores tem mais é que ficar
uma competição predatória entre docentes, em guarda para responder à altura a retaliação.

Seminário de Educação Nova gripe nas escolas particulares


A Fundação Maurício Grabois municipais que serão realizados em No dia 27 de julho, última dia 31 com as escolas particulares
organizou um seminário com o Brasília, esteve presente no seminário terça-feira, um aluno do Cecap (11 de ensino. Nessa será decidido se as
objetivo debater os rumos da educação representado pela vice-presidente do anos) apresentou sintomas da gripe aulas vão seguir o calendário previsto
no País e contribuir para intervenção sindicato Cintia Pereira. Influenza A (H1N1) no colégio. ou se haverá alteração. O presidente
dos delegados e organizações de ensino Essa é a primeira vez que Levado ao hospital a suspeita se do Sinproep-DF, Rodrigo de Paula,
na Conferência Nacional de Educação o governo brasileiro convoca uma confirmou e em seguida começou a também vai participar da reunião.
que será realizada em 2010. O evento atividade desse porte em que congrega, ser medicado. Em suas férias o aluno
foi realizado em São Paulo em abril em um mesmo espaço, a sociedade esteve na Disney (Estados Unidos),
e teve como tema “Os Desafios da civil, representantes do governo em tida como região de risco.
Construção do Sistema Nacional de todos os níveis, entidades de educação, Este foi o primeiro caso de
Educação”. ciência e tecnologia,secretarias
uma criança contaminada pelo vírus
A Conferencia Nacional de municipais e estaduais de educação,
da Influenza A (H1N1) na capital
Educação ocorrerá em Brasília no movimento sindical e movimentos
federal. As aulas do Cecap (Lago
inicio de 2010 e será precedida de sociais para discutir e planejar o
colóquios e seminários promovidos processo educacional. Um momento Norte) estão suspensas até a próxima
pela comissão organizadora com histórico para a educação brasileira. segunda-feira (3/8). A medida foi
o objetivo de aprofundar os termos A espectativa é que desse tomada para apurar se outros alunos
centrais que compõem os eixos do encontro possa sair uma proposta que manifestam os sintomas da doença
documento base. dê aos nossos governantes subsídio nesse intervalo.
O Sinproep-DF, que participa da para a formulação de um novo projeto Diante do último ocorrido a Secretaria
comissão organizadora dos eventos educacional para o Brasil. de Saúde realizará uma reunião no

Sindicato consegue mais uma vitória


Ensino Unificado de Brasília – ameaça entrar com recurso alegando ao ofendido. No caso em tela,
Com a decisão da UNICEUB por motivos ocorridos erro no valor do montante da devem ser considerados dois pólos.
justiça professora em 2002. Nas acusações se indenização por achar muito alto. Primeiro, a gravidade do caso e
ganha processo encontram a interrupção da licença A Justiça expõe na sentença o fato de a ré ser uma instituição
contra instituição maternidade (gastos com creche), a seguinte afirmação: “Não existe de renome que não pode admitir
em que leciona o não gozo das férias daquele ano, parâmetro objetivo legal para a episódios de tal natureza.”
danos morais. delimitação do valor da indenização A diretora do Sindicato tem
No começo A juíza que julgou o caso por danos morais. Esta, segundo outro processo de reintegração contra
de 2009 a professora e diretora do concluiu no dia 17 de julho com a melhor doutrina, deve ser no o UNICEUB, de reconhecimento do
Sinproep-DF, Elizabeth Arneitz, sentença que deu causa ganha para montante que puna o ofensor e direito de estabilidade no emprego
abriu processo contra o Centro de professora. Porém a instituição não cause enriquecimento ilícito que está tramitando na Justiça.
09
Sinproep-DF na organização da Conferência Regional
O Ministério da Educação ações governamentais, a fim visa à mobilização social em prol da representantes do Sinproep-DF na
convocou para 2010 a Conferência de consolidar a educação como direito educação, uma demanda histórica comissão são os diretores Cintia
Nacional da Educação (CONAE). social, a democratização da gestão, o da sociedade civil organizada, Pereira, Viviane Lariussi e Trajano
O tema central do encontro será acesso e garantia da permanência bem especialmente das entidades Jardim.
“Construindo o Sistema Nacional sucedida de crianças, adolescentes representativas do setor educacional,
Articulado de Educação: O Plano ,jovens e adultos nas instituições de o Sinproep-DF como representante
Nacional de Educação, Diretrizes e ensino e o respeito e a valorização à dos professores da rede privada do DF,
Estratégias de Ação”. diversidade. participa da Comissão Organizadora
Destaca-se, a importância As etapas intermediárias de discussão com o propósito de contribuir para o
de que a CONAE será precedida de deverão expressar-se em documento debate nacional sobre a necessidade de
conferências estaduais, municipais próprio, com suas posições políticas e uma regulamentação efetiva do ensino
e regionais, com ampla participação pedagógicas a encaminhado à Comissão privado no Brasil.
da sociedade. Essa dinâmica político- Organizadora da Conferência Nacional, Os trabalhos da Comissão
pedagógica será valiosa contribuição que consolidará todas as sugestões. Organizadora são coordenados pela
à discussão dos programas e A medida em que a CONAE Secretaria de Educação do DF. Os

Campanha de filiação do Sindicato


A diretoria do Sindicato campo. aproximadamente 90% da categoria. Com esse esforço de presença
construiu um projeto para a Os diretores do sindicato farão Esse projeto não se limita constante, o professor sentirá a
“Campanha de Filiação 2009/2010”, a supervisão da campanha A partir apenas a captar novas filiações. Ele presença permanente do Sindicato e
com o objetivo de alcançar a meta de de 2010 a diretoria pretende envidar tem como meta principal levar o poderá a qualquer momento obter
10 mil filiados até dezembro deste ano. esforços no sentido sindicalizar Sindicato para junto dos professores, respostas para as dúvidas sobre os
Para chegar a esse número o projeto dentro do local de trabalho. seus direitos e o que deve fazer para
foi elaborado com base num trabalho Completando 4 anos de defendê-los.
profissionalizado, com cronograma de existência, a diretoria concluiu, a partir O fortalecimento do Sindicato
visitas às escolas para o contato direto de estudos, que a inserção da entidade é demonstrado pelo número de adesão
com os professores e professoras. no ensino médio e no superior está da categoria. Sindicato forte tem
O Sindicato contratou aquém das necessidades dessa parcela condições de impor melhores acordos
uma equipe de 15 divulgadores da categoria, principalmente no Plano e de defender com mais vigor os
profissionais para fazer o trabalho de Piloto. direitos dos seus representados.

Professores da Faculdade Alvorada:


União e bom senso
A crise por que passa o ensino superior propostas das mais diversas para os professores.
em Brasília atingiu a Faculdade Alvorada, apesar Desde parcelamentos imensos das pendências
da viabilidade da instituição. A Faculdade possui financeiras, até prenúncios de rebaixamento de
20 cursos em funcionamento e cerca de 5 mil salários.
alunos. Mesmo assim, a partir do início de 2009, O impasse levou os professores a solicitar
começaram a atrasar pagamentos e outros direitos a interveniência do Sindicato para mediar o
trabalhistas. conflito. Foram feitas diversas reuniões com os
Para enfrentar a crise, que ao que tudo representantes da mantenedora e, finalmente,
indica é gerencial, a mantenedora acenou com chegou-se a um acordo em audiência realizada no papel de educadores, mostraram compromisso
Ministério Público do Trabalho (MPT). com os alunos e que não tinham nenhum propósito
Nesse episódio há de se elogiar a posição de levar a Faculdade a uma situação irreversível
assumida pelos coordenadores e professores da de insolvência. A posição tomada foi para defender
Faculdade Alvorada. A demonstração de firmeza, o direitos de trabalhar com dignidade e com
de unidade e mobilização foi decisiva para que se respeito. Agiram, acima de tudo, com bom senso.
chegasse a um acordo com a mantenedora. Atitude reconhecida pelo próprio procurador
O corpo docente, tendo à frente Adélio Justino Lucas na mesa de negociação no
coordenadores e professores conscientes do seu MPT.
10

Aposentadoria dos professores


Vez por outra vem a baila Os professores de ensino do parágrafo anterior serão reduzidos às atividades em discussão, desde
o assunto da aposentadoria dos básico, fundamental e médio, têm em cinco anos, para o professor que que exercidas por professores.
professores do ensino infantil, uma regra diferenciada, em que o comprove exclusivamente tempo No julgamento da Adin (Ação
fundamental e médio. Até mesmo tempo de contribuição mínimo é de efetivo exercício das funções de Direta de Inconstitucionalidade)
advogados são pegos em equívocos reduzido em cinco anos. Têm direito magistério na educação infantil e no 3772, proposta contra o artigo 1º da
quanto ao assunto, o que causa à aposentadoria após 30 anos de ensino fundamental e médio”. Lei Federal 11.301 /06 -que instituiu
confusão na categoria. contribuição (homens) e 25 anos O Supremo Tribunal Federal o benefício- foi vencido o voto do
(mulheres), desde que comprovem (STF) concluiu em julgamento da relator, ministro Carlos Ayres Britto,
tempo de efetivo exercício Ação Direta de Inconstitucionalidade que entendeu que a Constituição se
exclusivamente no magistério. (ADI) 3772 , proposta contra o artigo referia especificamente a palavra
A regra diferenciada para 1º da Lei Federal 11.301/06, que “professor” quando tratou da
aposentadoria do professor está estabeleceu aposentadoria especial aposentadoria especial.
prevista no § 8º do artigo 201 da para especialistas em educação que Portanto, não cabe dúvidas
Constituição Federal, com redação exerçam direção de unidade escolar, quanto ao direito à aposentadoria
dada pela Emenda Constitucional coordenação e assessoramento especial do professor, coordenadores,
nº 20, de 1998: “Art. 201. § 8º. Os pedagógico. A decisão garantiu o especialistas em educação e
requisitos a que se refere o inciso I benefício da aposentadoria especial assessores pedagógicos.

O veto do MTE ao registro sindical da ANDES, Sinproep elege delegados ao VII


vitória para os Sindicatos do setor privado Congresso da CONTEE
A Confederação Nacional dos divulgada pela direção da CONTEE, Nos dias 28, 29 e 30 para eleger os seus delegados.
Trabalhadores em Estabelecimentos “no que diz respeito ao setor público, de agosto de 2009, a cidade De acordo com o regimento do
de Ensino – CONTEE e suas entidades não nos cabe questionar a legitimidade de São Paulo/SP sediará o VII congresso o Sindicato tem direito
filiadas obtiveram importante vitória dessa iniciativa. Porém, em relação ao Congresso da Confederação a 13 delegados efetivos e 3
nesta semana com a confirmação da setor privado, não admitimos que a
Nacional dos Trabalhadores em suplentes. A assembleia elegeu os
manutenção do veto à representação representação da CONTEE e de suas
sindical dos professores de ensino entidades seja questionada”. Estabelecimentos de Ensino. A seguintes delegados:
superior do setor privado, pretendida O Secretário de Organização e atividade terá como temas de
pela ANDES- SN (Sindicato Nacional Políticas Sindicais da CONTEE, Fábio debate e deliberação: conjuntura Efetivos
dos Docentes das Instituições de Eduardo Zambon, vê a decisão como nacional e internacional; balanço
Ensino Superior – Sindicato Nacional). uma vitória da entidade. É também de gestão e plano de lutas, prestação 1- Cíntia Pereira de Paula
A decisão do Ministro do o que acredita Edson de Paula Lima, de contas/ sustentação financeira; 2- Karina Barbosa
Trabalho, Carlos Lupi, publicada na Secretário de Assuntos Jurídicos da organização e relações sindicais;
quinta-feira, dia 5/06, na página 165, Confederação, “nós representamos 3-Trajano Jardim
relações internacionais; conjuntura 4-Auriceia Cristina
Seção 1, do Diário Oficial da União, os trabalhadores do setor privado,
ratifica a luta da CONTEE ao contestar
educacional; reformulação para 5-Mariles
respeitamos os que representam a rede
judicialmente a reivindicação pública e os convidamos para a luta adequações estatutárias; e eleições 6 - Glaucie
da ANDES de representação da em defesa da educação de qualidade para nova Diretoria e Conselho 7- Viviane Lariucci
categoria. A Confederação afirma que voltada para os interesses de nosso Fiscal da entidade. 8-Alberto
a tentativa da ANDES é infundada, povo”. O Sinproep-DF realizou no
9- Solange de Camargo Reis
dada à legitimidade e anterioridade A CONTEE é formada por dia 15 julho a sua assembleia
da representação dos Sindicatos entidades que possuem um antigo 11- Fabiana dos Santos Albuquerque
de professores do ensino privado histórico de luta pela regulamentação 12- Debora Lelis Passos
filiados à CONTEE, ferindo, portanto, das relações de trabalho com o 13-Amanda Regina de Oliveira
diretamente o princípio de Unicidade patronato da educação básica e Pinho
Sindical presente na Constituição superior do setor privado, que,
federal do País. desde o início dos anos 80, lutam Suplentes
A decisão do MTE restabeleceu pelo restabelecimento das instâncias
o Registro Sindical da ANDES democráticas no Brasil e consolidaram
somente em relação à representação com legitimidade ao longo dos anos de 1-Michelle Zallen
dos docentes do setor público de luta sua postura combativa, autônoma 2- Tatiane Lacerda
ensino. Segundo carta recentemente e classista. 3- Viviane Davi
11

Nova gripe não deve ser motivo de alarme


As secretarias de Educação básicos indicados pelo Ministério da depois de tossir ou espirrar; sintomas. Por isso, é importante
e Saúde do DF em reunião com o Saúde são: b) Não compartilhar alimentos, procurar logo uma unidade de
Sindicato das escolas particulares 1) Quais os sintomas que copos, toalhas e objetos pessoais; saúde em caso de suspeita de estar
avaliou que não havia motivos para definem um caso suspeito de c) Não usar medicamentos sem infectado pela Influenza A (H1N1).
preocupações com a nova gripe. Influenza A (H1N1)? orientação médica. A automedicação
Embora o SINPROEP-DF, Febre alta repentina, maior que pode ser prejudicial à saúde;
inexplicavelmente, não tenha sido 38°C, e tosse, acompanhadas ou d) Ao tossir ou espirrar, cobrir
convidado para a reunião realizada não de dores na cabeça, musculares, o nariz e a boca com um lenço,
entre as secretarias, com intuito de nas articulações ou dificuldades preferencialmente, descartável.
ajudar e dar um suporte para nossa respiratórias. Esses sintomas surgem 3) Há tratamento para Influenza
categoria, o Sindicato alerta para em até 10 dias após a pessoa sair de A (H1N1) no Brasil?
pontos importantes de orientação país afetado pela Influenza A (H1N1) Sim. O Ministério da Saúde adotou
sobre os cuidados com a nova gripe. ou após te contato próximo com uma um protocolo para tratamento, com
As autoridades de saúde pessoa com suspeita ou confirmação utilização de um medicamento
brasileiras têm orientado e mostrado de infecção por Influenza A (H1N1). antiviral que será usado apenas
a população, desde o início da 2) Medidas simples para se nos pacientes em tratamento nas
pandemia no país, que a principal prevenir da gripe: unidades de saúde de referência do
forma de evitar a contaminação do a) Lavar as mãos frequentemente Estado. O remédio deve ser tomado
vírus é a higiene. Alguns cuidados com água e sabão, especialmente até 48 horas a partir do início dos

Por que a Taxa Assistencial? Sindicato busca parceria odontológica


Com o objetivo de trazer cada vez mais benefícios para os
Taxa Assistencial: associados, o Sindicato está fazendo uma parceria com a Clínica Odonto+.
Cumpre registrar que o Sindicato O Sindicato está ultimando um projeto de parceria para oferecer
cumpriu todos os preceitos e serviços odontológicos em condições acessíveis aos associados. Essa
requisitos normativos que regulam iniciativa visa facilitar a quem precisa tratamento nessa especialidade. Um
a matéria afastando toda e qualquer tratamento dentário particular custa preços inacessíveis. Na rede pública
possibilidade de irregularidade é quase impossível fazer um tratamento dentário. Os planos de saúde não
quanto ao referido desconto, a cobrem esse tipo de procedimento.
saber: Foi com base nessas dificuldades que a diretoria do sindicato
• 20/03/2009 – Publicação resolveu implantar um projeto de parceria com a Clínica Odonto+. Uma
de Edital de Convocação de empresa com grande experiência no ramo de odontologia e que possui 25
Assembléia Geral Extraordinária consultórios em vários pontos de Brasília.
a ser realizada em 28/03/2009 O projeto seria a abertura de um consultório dentário na subsede do
onde consta como Pauta o referido Sindicato em Taguatinga, além do atendimento aos associados nas demais
desconto da Taxa Assistencial. clínicas da Odonto+. Os filiados do Sindicato teriam direito a trinta itens
• 28/03/2009 – Realização da de atendimento odontológicos gratuitos, formulados em uma tabela. Os
Assembléia Geral Extraordinária, que não fizerem para do pacote de gratuidade, serão cobrados a preços
NOTA DE ESCLARECIMENTO onde democraticamente, através do abaixo da tabela da Clínica e da Associação Odontológica de Brasília
voto, foi deliberado pela referida (AOB). Para ter direito aos atendimentos o associado do sindicato pagará
O Sindicato dos Professores Instância Estatutária de natureza uma anuidade, com direito para os dependentes nas mesmas condições dos
em Estabelecimentos Particulares deliberativa os índices percentuais titulares.
de Ensino do Distrito Federal – referentes à Taxa Assistencial. Esse projeto está em processo de construção. A diretoria do sindicato
SINPROEP/DF, em observância • 30/06/2009 – Publicação de Edital está promovendo estudos de viabilidade financeira para sua implantação
ao Principio da transparência e onde foi dada ampla publicidade ao dentro de condições que os nossos associados possam usufruir desse
reafirmando seu compromisso em período designado para expressa benefício sem grandes sacrifícios no pagamento da anuidade.
defesa dos direitos e interesses manifestação de OPOSIÇÃO ao
dos Professores filiados ou não desconto da Taxa Assistencial.
ao sindicato, vem a público • Assim, todos os atos praticados,
ESCLARECER todos os equívocos observaram a legislação que
e inverdades lançadas contra a regulamenta a matéria, bem como
Entidade Sindical e sua Direção atendeu ao Principio da Publicidade
no tocante ao desconto referente à e da transparência.
12
Confira alguns de nossos convênios