Você está na página 1de 36

Apresentação

Este livro é um pequeno guia introdutório ao jogo da sedução e é voltado


a todo e qualquer homem que deseja aprender como seduzir as mulheres mais
lindas e mais interessantes que andam por aí e que provavelmente ele nunca
teve coragem de conversar. Resumindo: é um resumo do meu conhecimento e
é voltado para aqueles que estão começando a aprender o jogo da sedução.

Nas próximas páginas, você entenderá o que as mulheres realmente


acham atraente num homem, bem como o que fazer para conseguir estas
qualidades e como usá-las no jogo.

Provavelmente você deve ser um homem tímido, então este livro


também irá lhe mostrar alguns conceitos sobre a vida e também algumas
técnicas para vencer sua timidez e ter uma autoconfiança inabalável.

Você também será apresentado à estrutura básica do jogo e aprenderá


como ela funciona e o que você deve fazer para seduzir as mulheres com
sucesso e tê-las na sua cama em pouco tempo depois de conhecê-las.

Posteriormente serão apresentados alguns dos fatores mais comuns que


atrapalham o bom andamento do jogo, bem como formas de contorná-los de
maneira eficaz.

Depois de aprender a jogar o jogo da sedução, irei lhe mostrar como


fazer para que seja natural dentro de você, não somente em sua estrutura mas
sim em sua prática, ou seja, como conversar naturalmente com as mulheres
enquanto as seduz.

Você aprenderá algumas coisas sobre as mulheres que lhe ajudarão a


ter um maior controle sobre seu jogo e também entender melhor como elas
pensam e agem. Em seguida, lhe explicarei detalhadamente cada fase do jogo.

Finalmente, você aprenderá algumas rotinas prontas e que foram


testadas e sua eficácia foi comprovada. Você pode usar essas rotinas nas suas
primeiras interações como jogador e futuramente irá criar suas próprias rotinas.

Este livro não é apenas um guia de como seduzir mulheres, é um guia


de como ter uma vida mais feliz e rica, pois você não vai mudar apenas pelas
mulheres, vai mudar por você mesmo. Toda pessoa evolui naturalmente e este
livro deverá servir como base para a sua evolução e não como um guia
metodológico que você deve seguir passo a passo.

Espero sinceramente que aproveite o que tenho a lhe falar e que você
se torne uma pessoa melhor e com mais sucesso com as mulheres.

-HardBoy
Capítulo I – Qualidades

Certa vez, na época do colegial, ouvi a seguinte frase: “mulher não gosta
de homem, quem gosta de homem é gay. Mulher gosta é de dinheiro.” Ela me
fez refletir sobre o que realmente as mulheres gostam, ou melhor, por que todo
mundo fala que é preciso ter dinheiro para ter mulheres.

Vamos pensar da seguinte forma: qual a vantagem de se ter um carro


importado? Como você se sentiria? Provavelmente a resposta é algo como: “eu
seria admirado pelas pessoas, teria lindas mulheres...”, certo? A questão é
exatamente esta: não é pela marca ou potência do carro, mas sim pelo status
que ele lhe dá. Ser admirado pelas pessoas é bom, é isso que o dinheiro faz.
Partindo desse ponto, podemos concluir que os benefícios do dinheiro são,
principalmente, as emoções que ele pode lhe proporcionar e não os bens que
ele pode comprar.

Acredite em mim: as mulheres não gostam de homens ricos pelo seu


dinheiro em si, mas pelas boas emoções que o dinheiro deles pode lhes
proporcionar. Mulheres, meus amigos, simplesmente adoram homens que lhes
proporcionam boas emoções e você pode lhes dar emoções fantásticas sem
gastar um centavo para isso, basta saber como.

Antes de qualquer coisa, vamos rever algumas qualidades que sempre


acreditamos serem atraentes para as mulheres: riqueza, status, beleza, força
física, fama, etc. Chamo estas qualidades de “qualidades refinadas”, pois são
uma versão da sociedade moderna para as qualidades que realmente são
atraentes para as mulheres, que chamo de “qualidades primitivas”.

Para entender as qualidades primitivas, vamos voltar alguns milhões de


anos até a Idade da Pedra e perceber como uma mulher escolhia um homem
para transar. Vale lembrar que naquela época não existia camisinha, então se
ela fizesse sexo com um homem, provavelmente iria ficar grávida. Então, o
homem ideal naquela época era aquele que tivesse as qualidades de um bom
pai para os filhos dela. Uma coisa que é fato até hoje: as mulheres dão muito
mais importância para seus filhos, do que para seus parceiros. Se ela tiver que
escolher entre salvar a sua vida e a do filho de vocês, certamente ela salvaria o
filho.

Se cuidar dos filhos é tão importante para as mulheres, então


obviamente elas procuram caras que demonstrem que possam ser bons pais.
Naquela época, um bom pai era o homem que era forte e rápido o suficiente
para defender sua família de animais selvagens, inteligente o suficiente para
ensinar seus filhos e também para sobreviver naquele mundo. Note que
naquela época, afeto era o menos importante, afinal tudo o que os humanos
queriam era que sua espécie se perpetuasse, assim como qualquer animal
irracional.
O que mudou daquela época para os dias de hoje? Muito pouca coisa,
meu amigo. As mulheres ainda possuem este instinto de sobrevivência que
elege os homens com maior capacidade de sobrevivência, a única diferença é
que as qualidades que fazem de um homem alguém com quem elas fariam
sexo foram maquiadas, ou melhor, “refinadas”.

A sociedade lhe diz que você tem que trabalhar para ganhar dinheiro e
sobreviver neste mundo, que você tem que se casar e ter filhos. Todo mundo
sonha com essas duas coisas e o que são, senão o tradicional: “ser inteligente
o bastante para sobreviver” e “perpetuar a espécie”? Como você pode
perceber, muito pouca coisa mudou nesses milhões de anos e se você ainda
não acredita em mim darei mais um exemplo.

As mulheres simplesmente adoram galãs de cinema ou novela, por quê?


Pelo simples fato de que eles demonstram inúmeras qualidades que são
atraentes. Claro que a maioria dessas qualidades são refinadas, mas se você
olhar atentamente, vai perceber que eles também demonstram várias
qualidades primitivas. Mas afinal, quais são as qualidades primitivas? Aqui vão
elas: conforto, confiança, bom humor, sociabilidade, boa aparência, etc.

Não preciso listar todas, pois instintivamente você sabe quais são as
qualidades de um homem atraente. Imagine que você está andando pela rua e
vê um homem de boa aparência caminhando tranquilamente com passos
seguros. Seu olhar é confiante e sedutor e ele se parece e age como uma
estrela do rock. Você nem precisa saber quanto ele tem em sua conta bancária
para saber que ele faz sucesso com as mulheres, e adivinhe? As mulheres o
acham atraente, mas e quanto ao dinheiro, fama, status, etc.?

Saiba que as qualidades que tornam um homem atraente formam uma


pirâmide, sendo que a base desta pirâmide é formada pelas qualidades
primitivas, e todo o resto é o que a sociedade acha correto. O que pretendo
fazer é demolir esta pirâmide, deixando inteira somente sua base e reconstruí-
la com novas qualidades que irão lhe tornar tão atraente quanto um homem
rico, um galã de cinema ou, melhor ainda, aquele homem da rua.

Vamos começar com a imagem que você apresenta de si mesmo para o


mundo. Um homem atraente deve ter boa aparência, o que não significa que
necessariamente ele precisa ser bonito, mas sim que ele se veste bem, se
movimenta bem e fala bem. Esta é a primeira etapa no seu desenvolvimento
pessoal para se tornar atraente para as mulheres. Simplesmente se vista tão
bem como aqueles homens atraentes do cinema, das novelas ou mesmo da
rua. Você não precisa de roupas de grife, apenas de roupas bonitas, que
mostrem que você tem estilo. Outra coisa importante sobre aparência é que
não basta vestir-se bem, você precisa cuidar do seu cabelo, do seu corpo,
manter a barba aparada, etc.
Apresentar uma boa imagem, não lhe ajuda somente a seduzir
mulheres, mas também a fazer amigos, conseguir empregos, entre várias
coisas e isso, meu amigo, demonstra qualidades de sobrevivência, demonstra
várias qualidades primitivas de sobrevivência. Note que tudo o que você
precisa fazer até agora é cuidar de si mesmo, se vestindo bem, se exercitando,
etc. As pessoas não precisam nem conversar com você para perceber os
valores embutidos na sua imagem.

O passo seguinte é movimentar-se bem, ou seja, ter uma linguagem


corporal de alguém que sabe seu lugar neste mundo. Olhe para os galãs de
cinema, para os astros do rock e note que todos têm uma postura totalmente
sedutora. Algumas características comuns na postura desses homens: peito
estufado, coluna ereta, ombros relaxados e voltados para trás, pernas distantes
uma da outra, poucos movimentos, mas todos firmes e lentos com certo atraso
de resposta, olhar confiante e vivo sempre fixo em um objetivo ou no horizonte,
com poucos olhares diretos para as pessoas, um sorriso discreto e amável,
principalmente quando olham para as pessoas, ficam confortáveis e ocupam
bastante espaço quando se sentam ou estão parados em pé. Você pode
analisar filmes e shows para entender melhor isto, o mais importante é que
entenda que todos esses homens sedutores se movimentam de forma
altamente masculina e sedutora, você só vai precisar de algum tempo
praticando essa postura até que ela se torne natural para você.

Perceba que você ainda não teve contato direto com as pessoas para
demonstrar seu valor, que depois de incorporar uma boa aparência e uma boa
postura deve ter ficado muito mais alto, mas agora chega a hora de falar bem,
ou seja, hora de se socializar. Ainda analisando filmes e shows você vai
perceber que o tom e a velocidade da voz daqueles homens são igualmente
sedutores. Eles falam devagar e com várias pausas, com confiança e paixão
pelo que estão dizendo e seu tom de voz é bastante masculino. Novamente
você terá de praticar para falar como eles e quando conseguir chega a hora de
passar à etapa seguinte.

Você pode estar pensando que tudo o que está fazendo até agora é
imitar outras pessoas, que você não está sendo você mesmo, etc. Se você
pensa assim, então precisa mudar sua mente, antes de mudar seu corpo. Se
você tem a mente aberta o suficiente para incorporar tudo o que falei até agora
sem problemas, então pule o próximo capítulo, caso contrário, leia-o e então
volte a este.
Capítulo II – Verdades

Há um bom tempo me tornei uma pessoa mais tranqüila com relação à


vida e às pessoas. Há um bom tempo não sei o que é tristeza, arrependimento
ou qualquer emoção ruim. Todos os dias na minha vida são felizes e estou feliz
a cada minuto da minha vida. Se eu consegui, então você também pode
conseguir e antes de lhe mostrar algumas das minhas opiniões sobre a vida,
quero que entenda alguns conceitos.

Se você acha que é o que é e que nunca irá mudar, então você está
com sérios problemas, pois toda pessoa neste mundo está em constante
evolução. Uns evoluem mais rapidamente do que outros, mas inevitavelmente
todos nós aprendemos com nosso passado e então passamos a criar novos
conceitos, novos hábitos que nos tornam pessoas melhores. Estou aqui para
lhe guiar, para lhe mostrar os pontos em que evoluí, para que você os leia,
entenda, experimente e então os incorpore, caso sejam bons para você. Se
você se negar a aprender, não apenas o que tenho a lhe dizer, mas qualquer
coisa que seja, então você estará se negando a evoluir e não há muito que eu
possa fazer por você, pois todas as minhas palavras serão em vão. Então, dê
uma chance para sua própria evolução, ao menos experimente e só aí poderá
dizer se serve ou não para você. Sinceramente espero que ao menos tente
fazer tudo que eu lhe ensinar aqui.

Você deve concordar comigo que aceitar uma idéia de alguém sem
questioná-la ou refletir sobre ela é uma forma de derrota, pois você estará
incorporando a si mesmo valores de outra pessoa que podem não servir para
você ou mesmo lhe fazer infeliz. E é justamente por isso que aceitação
instantânea é um defeito, pois você adota pensamentos de alguém que pode
pensar muito diferente de você fazendo com que não tenha sua própria
personalidade ou filosofia de vida.

Um exemplo disso é quando alguém lhe diz que não gosta de algo e
quando você pergunta o motivo de a pessoa não gostar, a resposta que você
recebe é: "não sei, simplesmente não gosto." Com certeza essa pessoa um dia
ouviu alguém dizer que aquilo é ruim e simplesmente aceitou isso sem
questionar, refletir e muito menos conhecer. Gosto de definir este tipo de
aceitação como "aceitação passiva", pois quem aceita, simplesmente aceita
sem relutar.

A aceitação passiva é um imenso obstáculo para o conhecimento, pois


se você simplesmente aceitar que algo é ruim, como vai provar para alguém
que é ruim? E pior, como vai ter certeza de que realmente é ruim e de que não
está deixando de lado algo maravilhoso? Há, também, a conformação, que é
um tipo de aceitação muito pior do que o primeiro, pois nesse caso você
simplesmente aceita com naturalidade alguma situação que lhe faz sofrer.
Um exemplo de conformação é quando alguém diz que não tem sorte no
amor e simplesmente aceita a idéia de que é um perdedor, quando na verdade
não é! As pessoas têm a mania de se fazerem de vítimas dos "outros" e isso
também é um defeito que pretendo comentar em breve. O ponto é: se você se
conforma com a idéia de ser um perdedor e não faz nada a respeito, saiba que
isto sim faz de você um perdedor, um fraco.

Nada é impossível, todos os problemas têm solução e acredite: você é a


solução! Enquanto estiver sentado aí se lamentando por nada dar certo para
você, nada vai mudar. Somente a partir do momento em que você parar de se
fazer de vítima, parar de focar em seus problemas para pensar nas soluções,
ser otimista e, principalmente, tomar atitudes para resolver seus problemas é
que você verá as coisas mudando. Aqui vai a primeira dura verdade da vida:
"tudo que acontece com você, seja bom ou mal, é unicamente por culpa sua."
Seus problemas não são causados pelos outros, mas sim por você mesmo e
parar de sofrer por eles é tão simples quanto respirar, basta você pensar nas
soluções e solucioná-los.

Quantas vezes você já se viu em uma situação e acabou dizendo: "não


vai dar certo" e desistindo? Provavelmente muitas, mas agora quero que faça
uma pergunta e seja sincero consigo mesmo na resposta. Você se sente bem
sabendo que pode ter perdido oportunidades fantásticas por simplesmente
achar que não daria certo? Imagine a última situação em que seu pessimismo
fez com que desistisse e agora que já é passado imagine como seria se tivesse
dado certo. Pode parecer idiota, mas aqui vai outra verdade da vida: "tudo tem
50% de chance de dar certo", ou seja, não existe impossível para quem
acredita e luta pelo que quer, basta sempre ver o copo "meio cheio", mas isto
não é uma tarefa muito fácil para um pessimista, não é?

O que faz com que alguém pense nos piores resultados de uma situação
e acabe desistindo? A resposta é simples: medo! Pode não parecer, mas o
pessimista tem um senso de auto-proteção muito mais elevado do que as
pessoas "normais", o que na maioria dos casos tende a fazê-la perder boas
oportunidades e até sofrer por isso. O que acontece é: quando você se
encontra numa situação que não sabe como vai terminar, tende a pensar muito
"e se?", por exemplo: "e se ele (a) não gostar de mim?", "e se não for o que
espero?", "e se eu me decepcionar?"

A filosofia do "e se?" é boa, mas só nos momentos certos, como quando
você está em uma rua escura e avista dois homens drogados vindo em sua
direção, este sim é um bom momento para se preparar para o pior, isto sim é
auto-proteção, agora, fazer isso o tempo todo é muito prejudicial e você deve
saber disso, não é? Como eu já disse, nada é impossível. Quando você se
encontra em uma situação de fim indefinido e cuja qual o fim pode ser bom
para você, faça um favor a si mesmo: não imagine final nenhum. Isso mesmo,
tenha total desapego aos resultados!
Um exemplo: você está em uma festa procurando uma garota para
seduzir e de repente encontra uma muito bonita. Logo você pensa: "ela é muito
bonita, vai me rejeitar na hora." ou qualquer outra coisa que lhe faça pensar
que não irá dar certo e acabar desistindo de sua conquista. Você pensa assim,
pois está acostumado a esperar resultados e em alguns casos isto não é bom.
O melhor resultado seria você conseguir beijá-la ou levar para a cama,
enquanto que o pior resultado seria apanhar do namorado dela ou ser rejeitado
de imediato, certo?

Pois bem, o que aconteceria se você simplesmente se aproximasse e


falasse com ela sem esperar resultado algum? Diversão, com certeza! Outra
verdade da vida: "uma das poucas coisas boas da vida é jogar conversa fora
com garotas bonitas", o que estou querendo dizer é que, assim como nos
jogos, não importa se você vence ou perde, o que importa é que se divirta
jogando. Lembra do Banco Imobiliário? Você deixaria de jogar uma partida só
porque tem chances de perder não só o jogo, mas também a chance de se
divertir ou até mesmo ganhar? Saiba que a vida funciona da mesmíssima
forma, o futuro é incerto e você não é nenhum vidente para adivinhar se irá
vencer ou perder, mas uma coisa é certa: se jogar, certamente irá se divertir!

Obviamente não é necessário somente entrar no jogo, mas sim saber


jogar e acreditar que pode vencer. Uma coisa é certa: acreditar que pode
vencer, em boa parte das vezes, irá fazer com que vença. Continuando o
exemplo da garota bonita na festa: imagine agora que você não dá a mínima se
ela vai te rejeitar ou te beijar, tudo que você quer é conversar com ela e tentar
alguma coisa, claro! Então você se aproxima e inicia a conversa acreditando
que pode conseguir um beijo, mas não esperando isso. O que acontece? Você
simplesmente tirou da sua cabeça a distração de imaginar os resultados
enquanto conversa, assim pode se concentrar totalmente no flerte, o que
aumenta suas chances de dar certo. Além disso, você não se sente inseguro
enquanto conversa com a garota, pois não tem medo de fracassar.

Você é tímido? Então pergunte a si mesmo: O que é a timidez? A


resposta que cheguei foi: timidez não existe, é apenas um conjunto de
desculpas que inventamos para não nos relacionarmos com as pessoas.

Quando você está em um grupo e alguém pergunta a opinião do grupo


sobre algum assunto, você não responde por medo de ser ridicularizado e
acaba associando isso à timidez. Quando você deixa de conversar com uma
garota bonita, tem medo de que ela ache que você é um idiota, ou que não
saiba o que falar para ela. Isso tudo são desculpas que se tornam obstáculos
para que você seja mais sociável e acredite: você mesmo cria essas desculpas
e acredita tanto nelas a ponto de elas te impedirem de ser uma pessoa mais
sociável.
O maior problema é acreditar nessas desculpas, ou seja, ter aquele
típico pensamento de "não vou dar minha opinião, pois vão rir de mim." Agora
pense um pouco: o que você faz quando alguém lhe dá uma desculpa
esfarrapada? Provavelmente fala: "tenha dó! Não acredito nem um pouco
nisso", certo? É a mesma coisa, da próxima vez que sua pseudo-timidez o
impedir de dar sua opinião, abordar uma mulher ou qualquer outra coisa, fale a
si mesmo: "Tenha dó!" Já que sua timidez é um conjunto de desculpas
esfarrapadas que você dá a si mesmo quando vai se socializar, qual a melhor
forma de vencê-la? Eu lhe digo: encarando-a de frente!

Entenda que timidez não existe, não acredite em suas próprias


desculpas e simplesmente comece a mudar de atitude. Pode parecer difícil no
começo, então você pode começar por algo mais "suave", como abordar
alguém na rua para perguntar as horas, ou o segurança do shopping para
perguntar que horas o shopping vai fechar, ou alguma pessoa na biblioteca
perguntando se ela sabe onde fica a sessão dos livros de matemática. Com o
tempo e principalmente com a prática diária essas desculpas irão
desaparecendo, pois você simplesmente passou a não acreditar mais nelas e a
mudar de atitude, então pode passar a coisas mais "complexas" como chegar
naquela garota que até então ficava só admirando de longe.

Imagine por um segundo que você tivesse o maravilhoso dom de


conversar com animais. Se você perguntasse a uma zebra "que horas são?", o
que ela responderia? Já parou para se perguntar o que é o Ontem? O Ontem,
meus amigos, assim como o Amanhã, não existe! Resumindo bem: seu
passado é um monte de memórias e seu futuro um monte de esperanças.

Tanto a memória quanto a esperança são míseras cargas elétricas


dentro do nosso cérebro, logo o seu passado e o seu futuro não existem
fisicamente, eles estão na sua cabeça. E quanto ao presente? Este sim é real,
palpável. Pare por um segundo e sinta o Agora, sinta o ambiente ao seu redor,
você é parte dele e pode sentir isso. O Agora é tudo o que você tem na sua
vida.

A maioria das pessoas tende a usar seu passado como principal


referência na hora de tomar uma decisão no presente. Isto pode ser bom, mas
não é o que acontece na maioria dos casos e é exatamente por isso que estou
tendo o trabalho de escrever esta postagem, pelo fato de que a maioria de nós
tem medo do presente porque nosso passado nos causa esse medo. Vamos
usar o tradicional exemplo da sedução: um cara qualquer avista uma linda
garota parada numa vitrine e seu instinto de homem logo faz com que ele sinta
atração por ela. Agora tudo que falta é ele ir até ela e iniciar uma conversa,
mas nosso cara qualquer nunca teve muito sucesso com as mulheres, então
ele faz disso um dogma em sua vida. O passado dele colocou em sua cabeça
que ele é um fracassado com as mulheres e que se ele tentar conversar com a
garota que está parada na vitrine a poucos metros dele, ele certamente irá
fracassar como sempre fracassou.
Vê? O passado de nosso cara qualquer criou um dogma na cabeça dele
e ainda fez uma previsão pessimista para o futuro dele com a garota. É
exatamente por isto que ter apego ao seu passado e principalmente ao seu
futuro pode ser uma atitude muito destrutiva na sua vida. Provavelmente você
também tem alguns desses falsos dogmas na sua cabeça que são produto do
seu passado. Esses dogmas, meus amigos, são simples generalizações, a
mente humana tende a agrupar coisas que acontecem freqüentemente em
nossas vidas.

Se você leva mais "tocos" do que consegue beijar garotas, sua mente
simplesmente vai deixar seus sucessos de lado e colocar seus fracassos num
grande grupo chamado "perdedor", isso pelo simples fato de haverem mais
fracassos do que sucessos. E o que acontece depois? Esse grupo torna-se um
dogma na sua cabeça, você chega ao ponto de falar a si mesmo que não é
bom com mulheres.

Que o futuro é incerto todos sabemos, um belo dia você pode estar
dormindo e de repente casa começa a pegar fogo e você morre queimado
enquanto dorme. Pode parecer pessimista, mas você tem de concordar comigo
que não pode dar 100% de certeza de que irá acordar amanhã e muito menos
de que irá viver até os 76 anos, certo? Cada dia em que você abre os olhos
pela manhã, cada dia que você acorda é um presente. Alguém lá em cima te
deu mais 24 horas para aproveitar sua vida e esse é um tempo que você não
pode desperdiçar com bobagens como sofrimento, arrependimento, rotina ou
qualquer outra coisa que não te faça feliz. Use esse tempo para se divertir,
aproveite cada segundo, cada hora do seu dia, pois ele pode ser o último de
sua vida e você sabe disto.

Se você trabalha, é uma rotina, não estou te persuadindo a largar seu


emprego e virar hippie, mas o que você faz no seu tempo livre? Muitas pessoas
passam seus domingos vendo TV o dia todo enquanto a vida passa. Isto é
aproveitar a vida? Isso é valorizar o presente que lhes foi dado? Com toda
certeza a resposta é não!

Memórias todos têm, são imagens, sons, cheiros, sensações. Algumas


pessoas aos plenos 30 anos de idade já escrevem suas memórias e isto, meu
amigo, é errado, é perda de tempo. Deixe para escrever suas memórias
quando tiver no mínimo 70 anos. Até lá, crie suas memórias, aproveite sua
vida.

Planos são coisas que todos nós temos, mas eles fazem parte do nosso
futuro que pode não chegar. Normalmente, um plano é um sonho que se for
realizado irá nos fazer muito mais felizes. Buscar a felicidade não é errado,
errado é deixar a busca para amanhã e você sabe muito bem o porquê. Então,
se você tem sonhos, aproveite seu dia para realizá-los, não desperdice seu
precioso tempo.
Se nosso cara qualquer tivesse isso em mente, certamente teria
abordado a garota e independente de qualquer resultado, ele iria se divertir
conversando com ela e isto sim é aproveitar o dia. Então, zebras não usam
relógio, elas desconhecem o tempo como o conhecemos. Se você perguntasse
as horas a uma zebra, ela te responderia: "a hora é Agora."

A seguir, alguns métodos práticos para aumentar sua auto-confiança e


também ajudá-lo a superar a timidez.

Meditação:
• Antes de tudo faça uma lista das suas qualidades, de preferência
aquelas que podem te ajudar na sedução;
• Vá a um lugar tranqüilo, sem muito barulho. Eu pessoalmente costumo
fazer isto na sala de casa quando todo mundo foi dormir;
• Fique em uma posição relaxada, de preferência uma que não canse
depois de muito tempo, pois dependendo da sua mente a meditação
pode levar mais tempo do que o esperado;
• Feche os olhos e assuma o controle da sua respiração, limpe sua mente
e foque-a somente na sua respiração, quando a mente estiver vazia e
totalmente focada na respiração, respire fundo algumas vezes;
• A cada inspiração profunda, sinta o ar entrando em seus pulmões,
percorrendo todas as veias do seu corpo levando novas energias. Sinta
por exemplo o ar que você inspirou indo para seus pés e fazendo com
que eles fiquem relaxados. Assim você estará em transe*, meditando
sobre sua respiração;
• Depois que estiver totalmente relaxado, pegue cada qualidade que você
listou e foque sua mente nela, reflita sobre como você a utiliza e como
pode utilizá-la de uma forma melhor e imagine-se usando cada
qualidade com maestria em uma situação qualquer. O objetivo disto é
aumentar sua auto-confiança;
• Depois de sentir suas qualidades crescerem, diga a si mesmo os
famosos mantras da autoconfiança, como: "mulheres me desejam",
"atraio mulheres como um imã" e por aí vai.

Ancoramento:
Logo depois de terminar a meditação e com a mente ainda limpa, diga a
si mesmo alguma frase que descreva seu estado. Eu pessoalmente uso a frase
"eu nasci pronto" e ela é uma âncora poderosa para quando minha auto-
confiança não está muito boa e sinto que não estou pronto para jogar.

Uma âncora pode não funcionar logo na primeira vez, podem ser
necessárias várias sessões de meditação até que ela comece a funcionar,
então não desista. Quando sua auto-confiança estiver fraca, pare tudo o que
estiver fazendo, concentre-se e diga a si mesmo "eu nasci pronto." Isso vai
trazer à tona praticamente todo o relaxamento e autoconfiança do seu estado
de transe.
Dica 1: Sempre que sentir que está perdendo o foco ou o relaxamento, diga
várias vezes a si mesmo a clássica frase de auto-estímulo: "Todos os dias,
sobre todos os aspectos, estou me sentindo cada vez melhor."

Importante: Não diga as coisas a si mesmo apenas uma vez, repita varias
vezes até sentir que é verdade.

Dica 2: é uma boa ouvir uma música tranqüila enquanto medita, eu


pessoalmente gosto de ouvir New Age.

*Transe: estado em que sua mente fica limpa de qualquer pensamento e foca-
se somente no seu objeto de meditação.

"De grão em grão..."

Todos nós, ao vermos uma mulher bonita, ficamos atraídos por sua
aparência e a maioria de nós começa a imaginar as loucuras que podemos
fazer com aqueles corpinhos, certo? Isto é uma atitude errada, pois estamos
imaginando o objetivo final do jogo que é a sua finalização e isso pode
atrapalhar o bom andamento da sedução ou mesmo botar tudo a perder.

É óbvio que, salvo em raras exceções, não podemos chegar numa


mulher já beijando, há todo o processo antes disso, certo? Então por que
colocar a carruagem na frente dos bois? Era o que eu fazia e isso aumentava
muito minha ansiedade de aproximação, o que fiz foi aprender a controlar meus
desejos usando um método bem simples: diminuir a dimensão dos meus
objetivos, segue meu método:

• Ao andar, seu objetivo deverá encontrar um “alvo”, nada mais;


• Ao encontrar um alvo, seu objetivo deverá ser simplesmente caminhar
em direção a ele;
• Enquanto caminha, seu objetivo deverá ser recitar as primeiras palavras,
mesmo que seu alvo não dê a mínima para você, seu objetivo aqui é
abrir a boca e começar a falar;
• Assim que disser as primeiras palavras, seu objetivo é o fazer funcionar
ganhando atenção e simpatia do alvo ou do grupo em que ele está;
• Etc. quando estiver isolado, com tudo que precisa (atração, conforto,
conexão) seu objetivo será a finalização.

Simples, não? Depois que percebi que boa parte da minha ansiedade de
aproximação era gerada simplesmente pelo objetivo errado na minha cabeça,
ela começou a diminuir. É só começar com o mais simples dos objetivos e ir
aumentando o nível dele conforme o jogo progride.
Fato: Pessoas te adoram
Às vezes minha auto-confiança está tão baixa que começo a duvidar da
minha capacidade social, acho que ninguém gosta de mim, por aí vai. Creio
que isso não acontece apenas comigo e como você sabe, a principal causa da
ansiedade de aproximação é uma auto-estima baixa.

Encontrei um método ridiculamente simples para aumentar minha auto-


confiança: vá até seu Orkut e reveja scraps e depoimentos antigos ou seu
histórico do MSN, qualquer coisa do tipo. Conforme você for lendo o que as
pessoas falavam para/sobre você, sua auto-confiança irá instantaneamente
aumentar.

Ver recados de mulheres que você nem lembra mais do tipo: "oi
lindo/fofo, saudade..." é um motivador poderoso para você sentir-se novamente
adorado pelos seus amigos. Comprovo isso por experiência própria, ontem
estava exatamente do jeito que descrevi no primeiro parágrafo e depois de
praticamente reler boa parte dos meus recados antigos estava com a auto-
confiança alta outra vez.

Isso tudo ajuda muito, mas é claro que você precisa saber conquistar
uma garota para aumentar ainda mais suas chances, mas não estamos
esperando resultados não é? Se conseguir beijá-la, ótimo! Se não conseguir,
ao menos você se divertiu com o jogo da sedução, não é? De qualquer forma
você sai ganhando, isso se aplica a praticamente qualquer situação que
enfrentamos e é o que espero que entenda.

Capítulo III – Aprendendo a jogar

Até agora você já tem uma visão mais simples e otimista da vida, já está
motivado a mudar e também já está se esforçando para tal. Você está
cuidando as sua imagem, da sua postura e certamente está recebendo muito
mais olhares interessados das mulheres. Se você ainda não se enquadrar
nisso, então releia os dois capítulos anteriores ou procure uma nova forma de
evoluir para ser assim, pois esta é a personalidade de um homem sedutor.

Como eu disse: não basta apenas acreditar na vitória, é necessário


saber jogar. Você já sabe alguns conceitos básicos do jogo, como as
qualidades que são realmente atraentes e isso já é um ótimo começo. Agora
vamos entender mais detalhadamente como um homem sedutor consegue as
mais lindas mulheres, ou melhor, como ele consegue a mulher que ele quiser.

O primeiro passo é mostrar ao mundo uma imagem sedutora e ter


consciência do que realmente é atraente para as mulheres. Você já é mais
atraente do que a grande maioria dos homens e não precisa nem conversar
com as mulheres para isso, mas se quiser tê-la na sua cama, você vai precisar
interagir com ela e é aí que entra o primeiro conceito: a pré-interação.
Como você sabe, ser sociável é uma das qualidades primitivas. Quando
digo ser sociável, estou querendo dizer que você deve ser capaz de conversar
com qualquer pessoa a qualquer momento, sejam homens ou mulheres, jovens
ou idosos. Ser sociável é uma qualidade atraente, pois demonstra um alto valor
de sobrevivência. Tudo o que você precisa é desenvolver a capacidade de
conversar com estranhos e fazer amizades.

Você pode começar do jeito mais fácil, perguntando as horas para as


pessoas. Saia e pergunte que horas são a várias pessoas e quando estiver
acostumado com isso, emende uma outra pergunta, pode ser sobre o lugar,
sobre algo que está acontecendo ou qualquer coisa. Você também pode pedir
opiniões às pessoas, basta usar sua criatividade. Antes disso, apenas imagine
alguém vindo conversar com você e essa pessoa está visivelmente
desanimada, você se sentiria motivado a continuar conversando com essa
pessoa por muito tempo? Então se lembre de sempre estar animado e
amigável quando conversar com as pessoas, não apenas com mulheres. Boas
energias são contagiantes, fazem as pessoas a nosso redor se sentirem bem.

O que estou querendo dizer é que você deve começar do mais básico se
quiser aprender e dominar a arte de se relacionar bem com as pessoas. Isso
também ajuda você a ganhar confiança ao falar com estranhos e logo isso não
será problema para você e caso você tenha medo de conversar com mulheres
bonitas, isso logo irá desaparecer, mas você precisa dedicar-se para isso. Além
de você estar ganhando mais confiança social, perdendo seu medo de
conversar com mulheres bonitas, também está demonstrando valor social,
afinal uma mulher acha mais atraente um homem que está se divertindo com
outras pessoas do que um que está sozinho com cara de entediado.

Depois que você se sentir confiante o bastante para conversar com


qualquer mulher, por mais bonita que seja, é hora de entender um outro
conceito muito importante: beleza não é tudo. Se você acha que uma mulher
linda pode atrair qualquer homem, então você precisa entender que a beleza
dela não é a única qualidade que a torna uma mulher atraente. O que você
prefere: uma mulher linda, mas que seja burra e antipática ou uma mulher
linda, inteligente e adorável? Não precisa nem pensar duas vezes para saber
que a beleza de uma mulher não é a única qualidade que buscamos. Partindo
desse ponto, quero que entenda que é você quem escolhe as mulheres e não o
contrário.

Você irá avaliar a personalidade dela enquanto estiver conversando e só


então irá decidir se ela é ou não totalmente atraente para você. Se enquanto
conversa, você der a entender que está a avaliando, que você está
escolhendo, então ela irá se esforçar para que você a escolha, mas claro, ela
não irá fazer isso se não se sentir atraída por você.

Você já sabe gerar atração nas mulheres sem nem precisar conversar
com elas, mas isso não é o suficiente para que ela se esforce para ser
escolhida por você. É necessário saber gerar mais atração ainda enquanto
conversa com ela. Antes de lhe mostrar como fazer isto, vamos analisar como
um cara “qualquer” tenta atrair uma mulher.
Ele: Oi linda!
Ela: Oi.
Ele: Tudo bem com você?
Ela: Tudo sim.
Ele: Você é a mulher mais linda daqui sabia? Gostei de você.
Ela: Ah, obrigada.
Ele: Hei, posso te pagar uma bebida? depois a gente pode ir embora
com o meu carro.
Ela: Não, obrigada. Eu tenho namorado.

Note que ele colocou todo o valor dela apenas na aparência.


Obviamente ela não era a mulher mais linda do lugar, então ele mentiu para ela
para conseguir atração. Mesmo as respostas dela sendo frias e curtas, ele
continuou insistindo e finalmente tentou exibir seu dinheiro, tentando comprar a
atração dela. O resultado: fracasso total.

Vamos pensar um pouco: uma menina começa a ser “cantada” logo que
entra na adolescência, ou seja, com aproximadamente 12 anos de idade. Isso
quer dizer que uma mulher de 22 anos já está ouvindo as mesmas cantadas
baratas há 10 anos pelo menos uma vez por dia. Agora pense se isso
acontecesse com você. Imagine que todo santo dia, ao menos um homem
viesse tentando te seduzir com cantadas baratas, o que você faria?

As mulheres criaram técnicas para se proteger desses homens, uma


espécie de “escudo anti-idiotas” que só se abaixa quando ela se sente atraída
por um homem. Nossa missão é aprender a abaixar este escudo, coisa que já
conseguimos logo que elas nos viram, mas se conversarmos com ela da
mesma forma que todos os outros, elas irão levantar o escudo novamente.

Você já deve ter notado que precisa ser diferente dos outros, mas o que
isso significa? Significa que você não deve dar a mínima para a aparência dela,
muito menos elogiá-la, não deve tentar comprar a atração dela, não deve tratá-
la como se ela fosse a última mulher no mundo, não deve conversar sobre
coisas chatas, nem sobre o que todos aqueles idiotas conversam e não deve
se subordinar a ela, ou seja, não ser reativo às qualidades dela a ponto de
fazer qualquer coisa por ela.

Essas são algumas das coisas que você não deve fazer e são
importantes para que você seja diferente da grande maioria dos homens que
tentam “cantá-las”. Como você já sabe, ela não é a única mulher do mundo,
muito menos a mais atraente e não se esqueça de que é você quem está
avaliando e escolhendo. O que estou querendo dizer é que as mulheres são
atraídas por homens que não as tratam como rainhas. Se você parar para
pensar um pouco, vai perceber que a forma com que os idiotas “cantam” as
mulheres bonitas não é nem um pouco natural ou agradável.
As mulheres são seres altamente emocionais, ou seja, gostam de sentir
boas emoções e de estar com pessoas que as provocam essas emoções. Se
você souber provocar boas emoções em uma mulher, então metade do seu
sucesso está garantido, porque a outra metade está em como saber provocar
más emoções. Sim, más emoções também são importantes. Você está
avaliando uma mulher e a recompensa que você dá por ela estar se esforçando
para ser boa para você são boas emoções, mas e se ela falar ou fizer algo que
você não goste? Então você irá retribuir com más emoções, como uma forma
de castigo.

Quando falo boas emoções, estou falando sobre alegria, conforto,


desejo sexual, conexão, cumplicidade, etc. Mas emoções são: saudade,
sentimento de perda, arrependimento, etc. Suas palavras, sua postura e sua
voz deverão provocar essas emoções, ou seja, você deve ser capaz de falar
com ânimo, com frieza, com humor, com saudade, com desejo. Você, meu
amigo, deve treinar sua dicção para que transmita emoções nas suas palavras
da mesma forma que um ator o faz, é muito importante saber provocar
emoções variadas nas mulheres.

Para seduzir uma mulher, você irá precisar provocar nela ao menos
cinco emoções diferentes: conforto, atração, confiança, conforto ao seu toque e
conexão. Se uma mulher não se sente confortável com a sua presença, então
você nunca conseguirá gerar atração nela. Basta pensar um pouco: o que você
sentiria se alguém totalmente inseguro tentasse conversar com você? Durante
a conversa a pessoa começa a gaguejar, tremer, suar, etc. Você se sentiria
confortável estando perto de uma pessoa assim? Provavelmente não, e é por
isso que é tão importante estar confortável quando conversar com mulheres,
pois elas irão se sentir confortáveis também.

Uma vez que ela está confortável, você pode começar a gerar atração,
afinal ela também é uma emoção. Você sabe como conseguir atração: basta
demonstrar seu valor, suas qualidades como confiança, bom humor,
masculinidade, seleção, etc. Fale e aja como um homem de verdade quanto
estiver conversando com mulheres. Não se esqueça de que é você quem está
escolhendo e caso ela não se comporte direito com você, irá receber más
emoções como recompensa. Você pode gerar atrações contando histórias que
demonstrem suas qualidades, é muito mais natural do que fazer um
interrogatório a elas.

Depois que ela estiver atraída por você, é hora de fazê-la sentir
confiança. Esta é a primeira etapa para que ela se sinta segura para fazer sexo
com você. Para gerar confiança, basta convida-la para passear pelo mesmo
lugar em que vocês estão. Se você está numa boate, convide-a para ir comprar
uma bebida, mas nunca para sair da boate, ainda não é hora para isso. Ela vai
se sentir segura para sair de lá com você, pois ela já sabe que não há
problema em andar com você e que ela gosta disso. Você também pode dar
sua confiança a ela, funciona igualmente.
Se você quer transar com ela, ou mesmo beija-la, então você precisa
tocá-la. O toque é como uma escalada, você não pode simplesmente ir
pegando nos seios dela ou dando beijos de língua, certo? Você precisa
começar em algum lugar e a melhor forma de fazê-la se acostumar com seu
toque é começando pelos lugares mais comuns e não-sexuais, como mãos,
braços, costas etc. A maioria das pessoas que sabe se socializar bem, toca as
outras pessoas. Você deve fazer isso também, por exemplo: você irá fazer uma
leitura de mãos nela, então pede para que ela lhe dê sua mão, depois inventa
uma desculpa para tocar o braço dela, seja para dar um tapinha amigável, ou o
que for. O importante é tocá-la para que ela se acostume com isso. Tocas as
pessoas também demonstra confiança, uma qualidade atraente.

Ela se sente confortável com você, está atraída e confia em você, está
acostumada com seu toque, mas para ela você ainda é um estranho que ela
gostou. Você precisa gerar uma conexão, conhece-la melhor e deixar que ela
lhe conheça. Para isso, basta conversar naturalmente sobre a vida de vocês
dois. Quanto mais tempo você gastar criando conexão, mais ela irá criar afeto
por você, então você precisa de alguma conexão para conseguir beijá-la. Só
depois que você criar essa última emoção é que você pode tirá-la da boate.

Uma coisa importante: não a leve direto da boate para sua casa, para a
casa dela ou para o motel. Ela irá saber o final da história e pode se recusar a
ir com você. Quando for tirá-la da boate você pode dizer que está indo com
seus amigos para um outro bar mais confortável e convidá-la. Quando
chegarem nesse bar, basta conversar mais um pouco e então inventar uma
desculpa qualquer para levá-la para casa, por exemplo: ela lhe diz que ama
uma determinada banda de rock, então você fala que tem a discografia
completa da banda na sua casa e a convida para ir lá ouvir. No final das
contas, ela provavelmente irá aceitar. Quando chegarem na sua casa casa,
vocês ouvem um pouco dos discos e então o sexo acontece.

Claro que entre essas cinco emoções principais, você também irá criar
emoções adicionais, que serão uma resposta ao comportamento dela. Se
vocês estiverem se divertindo e ela lhe falar algo que você não gostou, você
pode ameaçar ir embora, ela irá ter um sentimento de perda, provavelmente
um arrependimento por ter dito aquilo. Se ela falar algo que você gosta, elogie
a personalidade dela, não a beleza. Aja com ela como se ela não fosse uma
deusa, mas como sendo a pessoa normal e imperfeita que ela é.

Aqui vai a mesma interação, com a mesma mulher, no mesmo lugar,


mas desta vez o homem não é um idiota. Antes de qualquer coisa, imaginem
que ele estava conversando com algumas pessoas e as fazendo rir, então ele
começa a andar em direção a ela, com um sorriso no rosto e uma postura
bastante masculina e confiante.
Ele: Oi, me fala uma coisa...
Ela: O que?
Ele: Eu pareço gay com esta roupa?
Ela: Não, por quê?
Ele: Acabaram de apertar minha bunda, quando olhei para trás só tinha
homem.
Ela: (risos)
Ele: Então comecei a procurar o responsável e de repente ouço:
“bundona, hein.”
Ela: (risos)
Ele: Fala a verdade, você acha que minha bunda é grande?
Ela: Ah, um pouco...
Ele: Mas é só para olhar hein, não vai querer me assediar.
Ela: (risos)
Ele: Sério, não posso ficar muito perto de você... você tem cara de
safada.
Ela: Ai, besta. (dá um tapinha no braço dele sorrindo)

Note que a primeira resposta dela foi um pouco fria, ela estava
oferecendo certa resistência por achar que ele era mais um idiota, mas assim
que ele perguntou se parecia gay com a roupa que estava usando, além de
surpreendê-la, também despertou sua curiosidade. A resposta foi engraçada e
ele ainda a chamou de safada. Não é estranho que a resposta dela tenha sido
tão boa ao invés de ficar indignada ou esfriar novamente com ele?

Um idiota nunca teria coragem de dizer para uma mulher linda na qual
ele está interessado que ela tem cara de safada, logo este novo homem é
diferente dos demais, assim ela supõe que ele não é mais um idiota e também
que além de uma imagem atraente, ele também tem uma personalidade
atraente, logo ela se interessa pela conversa. Então, não tenha medo de falar
certas coisas com as mulheres. Você não é gay, certo? Então seja sexual com
ela e mostre que você é homem.

Acredite, antes mesmo de conhecer qualquer técnica de sedução, eu era


sexual com as mulheres com quem conversava. Não tinha medo de ser
malicioso e adivinhe? Muitas delas ficaram atraídas por mim. Mesmo que você
não consiga aprender mais nada do que eu lhe mostrar, tente pelo menos ser
sexual com as mulheres.

As emoções que foram provocadas na mulher daquela interação, em


ordem foram: frieza, surpresa, curiosidade, diversão, atração, sendo que a
atração continuou até a última linha. Daí em diante, bastava que ele
continuasse sendo divertido, malicioso e metido para que ela se sentisse cada
vez mais atraída por ele, mas e se ela respondesse negativamente?
Ele: Eu pareço gay com esta roupa?
Ela: Ah, parece sim.
Ele: Nossa, ainda bem. Estava ficando preocupada. (com voz de gay)
Ela: (risos)

Note que ele não a recompensou com uma emoção ruim, mas sim com
uma surpresa e então ela ficou “na dele”. Na verdade, o que ela fez foi um teste
e as mulheres fazem muito isso. Quando ela disse que ele parecia gay com a
roupa que estava, queria saber como ele iria reagir. Se ele provocasse uma
emoção ruim nela logo no começo da interação, provavelmente não iria
conseguir gerar atração nela, então ele usou o bom humor para passar no teste
e continuar a interação.

Emoções ruins devem ser usadas com cuidado, sempre para


complementar as interações como uma resposta ao comportamento dela. Você
pode, por exemplo, ignorá-la quando ela falar algo que você não gosta e então
conversar com as amigas dela. Também pode mover seu corpo de uma forma
que mostre que você pode ir embora dali a qualquer momento, caso ela não se
esforce para ser boa para você.

Uma coisa importante: nunca mostre seu interesse por ela, isso só irá
diminuir seu valor e aumentar o dela, invés disso, mostre-se totalmente
desinteressado, chegando até a rebaixá-la. Se ela for espetacularmente bonita,
você deve se aproximar com um assunto qualquer, como o “eu pareço gay?”
para demonstrar que você não está interessado nela. Continue não
demonstrando interesse até a hora em que estiver criando confiança nela, é
muito importante, pois se você não demonstrar interesse nela em algum
momento, ela irá achar que você não está nem um pouco interessado nela e irá
perder a atração por você.

Como eu já disse: nunca elogie a beleza dela, mas sim a personalidade,


pois você está escolhendo-a por quem ela é e não pela beleza como qualquer
idiota faz, certo? Um exemplo de elogio que demonstra interesse: “você tem
bom humor, gostei disso.” Simples, não é? Acredite, se você elogiar a beleza
dela, ela irá perder muita atração por você.

A principal emoção a se provocar logo no começo da interação é a


surpresa. Você pode dizer o seguinte: “você é a mulher mais linda que já
conheci... nos últimos 10 minutos.” Note que há uma pequena pausa na frase,
para que ela tenha tempo de formar a idéia de que você é um idiota, logo em
seguida você quebra essa idéia, o que a surpreende. A surpresa é importante,
pois você está a fazendo supor que você é um homem imprevisível, o que elas
acham atraente.

Um bom “roteiro de emoções” a se provocar nos primeiros segundos de


conversa é: conforto, curiosidade, surpresa e alegria. Você pode provocar isso
com apenas duas ou três frases, desde que tenha uma postura e voz que
possibilitem isso, caso não tenha, pratique. Essas quatro primeiras emoções,
se provocadas logo de início, irão fazer as mulheres se abrirem mais facilmente
à sua conversa e também gerar um pouco de atração.
Como saber se uma mulher está atraída por você? Simples, elas deixam
isso muito claro através de seu comportamento através de certos padrões, que
chamamos de indicadores de interesse. Os indicadores mais comuns são:
olhar para você por mais de 4 segundos sorrindo, mexer no cabelo, se
aproximar mais de você, umedecer os lábios ou espalhar o batom com eles, rir
de coisas que você fala, mesmo que não sejam engraçadas, olhar para os seus
lábios, reiniciar a conversa quando você interrompe, tocar seu pescoço ou
cintura, elogiar você, fazer perguntas pessoais, projetar os seis para fora, etc.

Além dos indicadores de interesse, há também os indicadores de


conforto, que são bem mais perceptíveis: descruzar os braços, sorrir, ser
receptiva, dar respostas longas, ou qualquer coisa que demonstre que ela está
disposta a continuar conversando com você e está confortável com a sua
presença. Os indicadores de conforto geralmente são não-sexuais, o contrário
dos indicadores de interesse que mostram explicitamente que ela está atraída
por você. Então, preste muita atenção nos detalhes sutis do comportamento
das mulheres para saber o momento de passar para a emoção seguinte entre
as cinco principais.

As mulheres podem até dar alguns indicadores de interesse à distância,


mas dificilmente elas irão continuar mostrando interesse sem que você faça
com que elas sintam-se confortáveis. Então, se você receber indicadores de
interesse de uma mulher com quem ainda não começou a conversar, é um
ótimo sinal, mas não espere que ela continue demonstrando interesse por você
assim que iniciar uma conversa com ela. Você vai receber vários indicadores
de conforto antes disso.

Se uma mulher que você achou bonita não está te dando indicadores de
interesse antes de você ir conversar com ela, isso não é problema. Você
apenas precisa ir até ela, iniciar uma conversa e gerar conforto. Você irá notar
que ela irá se abrir e ficar interessada na conversa, então depois de um tempo
irá começar a dar indicadores de interesse, ela estará atraída por você. Então o
passo seguinte, será gerar confiança.

Aqui vai um pequeno trecho de interação logo depois que a atração foi
concluída. Os dois estão num shopping e começaram a conversar na praça de
alimentação.

Ele: Nossa, acabei de me lembrar...


Ela: O que?
Ele: Minha sobrinha faz aniversário amanhã e ainda não comprei o
presente. Tem alguma sugestão?
Ela: (qualquer coisa)
Ele: Vamos naquela loja, aí você me ajuda a escolher.
Ela: Tudo bem.

Você não precisa ter uma sobrinha para usá-la como desculpa para
fazer uma mulher andar com você pelo shopping, muito menos precisa comprar
o presente que ela lhe indicar. Tudo o que você precisa é de uma desculpa
qualquer para fazê-la sair do lugar em que está e começar a andar com você.
Andar com uma mulher pelo lugar em que vocês estão é uma forma de
gerar confiança, outra forma seria fazer pequenos testes, como por exemplo
dar a ela algo seu, como um anel, um boné, qualquer coisa e então dizer:
“depois você me devolve.” Quando você estiver indo embora, pegue de volta. O
fato de você “emprestar” algo seu para ela mostra que você confia nela, e
confiar em alguém é uma das melhores formas de se ganhar a confiança dessa
pessoa. Tudo o que você precisa fazer aqui é criar nela um sentimento de que
ela confia em você.

Sempre toque nela, não importa se você ainda está gerando atração ou
confiança. Faça com que ela se acostume com seu toque e, depois que
conseguir gerar atração e confiança nela, vá tornando seus toques um pouco
mais sexuais. Ande de mãos dadas com ela, toque-a na cintura, no pescoço,
etc. Recomendo que só torne seu toque mais sexual depois que ela estiver
atraída e confiar em você. Em alguns casos você pode até mesmo beijá-la
depois de gerar confiança.

Se você ainda não a beijou, então pode ser necessário criar um pouco
de conexão. Se você quer transar com ela, então com certeza é necessário
criar um pouco de conexão. Quando digo conexão, estou dizendo que vocês
devem se conhecer melhor, falar sobre sua vida e criar certa intimidade, ou se
preferir, uma “química”. Aqui é o momento de conversar sobre coisas comuns,
como o nome dela, a idade, o que ela faz, quais os sonhos dela, o que ela
gosta, etc. Você pode usar as respostas dela para criar histórias no estilo
“conto de fadas” ou então usar algumas rotinas prontas para criar conexão.

Enquanto você está gerando conexão, provavelmente ela irá dar mais
indicadores de interesse. Depois de um tempo, você deverá tomar uma
iniciativa e a beijar. Olhe para os olhos dela, depois para a boca. Se ela
retribuir e olhar para a sua boca, toque-a na nuca, chegue mais perto dela e
então a beije. Se ela não retribuir, espere que ela lhe dê mais indicadores de
interesse para tentar novamente. Você também pode retribuir dizendo: “sabe o
que seus olhos me dizem? Que você quer me beijar.”

O beijo é um gesto sexual e também uma forma de aumentar a conexão,


depois de beijá-la, continue criando conexão verbal e então a convide para ir
para outro lugar. Você pode convidá-la para sair dali com você naquele exato
momento ou então marcar algo para outro dia. Caso escolha a segunda opção,
não esqueça de pegar o número de telefone dela.

Esta, meu amigo, é a estrutura básica de um jogo de sedução. Há


muitas coisas para se falar ainda, sem contar que cada situação é diferente e
há várias variáveis que podem atrapalhar seu jogo e é sobre elas que iremos
falar em seguida.
Capítulo IV – Obstáculos

Raramente iremos encontrar a situação perfeita para seduzir uma


mulher. Ela pode estar te dando indicadores de interesse à distância mas
quando você se aproxima dela, algum idiota qualquer chega antes de você e
começa a cantá-la, ou então ela está com uma amiga chata que quer levá-la
para o banheiro. Enfim, são inúmeras variáveis que podem atrapalhar seu jogo
e você deve saber como contorná-las.

Vamos à situação mais comum: ela está num grupo onde há homens
também. Neste caso, você deve primeiro conversar com os homens do grupo,
ignorando as mulheres, principalmente o seu “alvo”, ou seja, a mulher com
quem você quer jogar. O objetivo aqui é ganhar a simpatia e criar uma pequena
amizade com os homens do grupo para que eles sintam-se confortáveis com a
sua presença. Como você não está conversando com as mulheres, eles irão
supor que você não está interessado nelas, então eles o deixarão ficar.

Claro que depois um tempo você irá começar a conversar com as


mulheres do grupo, escolher seu alvo e jogar com ele. Mas assim que você
precisar gerar confiança, você deve isolar seu alvo, aliás você sempre deve
isolar uma mulher se ela estiver em um grupo. Quando digo isolar, quero dizer
tirá-la do grupo e levá-la para outro lugar dentro do mesmo ambiente em que
vocês estão.

Se há outras mulheres no grupo, dê atenção à todas e ignore seu alvo


de vez em quando, mas depois de ter gerado atração. O problema das
mulheres é que todas querem diversão e se você dá muita atenção ao seu
alvo, as outras irão ficar entediadas, irão pegar seu alvo e levá-la ao banheiro.
Se você der mais atenção ao grupo todo, exceto ao seu alvo, ela vai tentar
chamar sua atenção, afinal ela está atraída por você.

Provavelmente o grupo mais fácil é aquele de três mulheres, pois


enquanto você dá atenção ao seu alvo, as outras duas irão ter com quem
conversar. Se você abordar um grupo de duas mulheres, então você precisa
dar atenção à outra e deixar seu alvo um pouco de lado. O objetivo aqui é fazer
com que as mulheres que são obstáculos gostem de você e percebam que
você está interessado na amiga delas, então elas o deixaram seduzi-la.

É importante ter amigos que saibam dessas coisas, pois se você estiver
conversando com duas mulheres, você terá uma terceira pessoa para distrair o
obstáculo, logo ele não será um problema. É bom prestar atenção no
comportamento do grupo todo, não somente do seu alvo, pois se você
perceber que os obstáculos estão ficando entediados, então você deve dar
mais atenção a eles.

Com tudo isso, quero dizer que você precisa ser flexível, deve saber
como enfrentar as mais variadas situações. Para isso, nada melhor do que a
experiência, então saia de casa e vá praticar. É a única forma de melhorar seu
jogo e ninguém mais pode fazer isso por você.
Capítulo V – Naturalidade

Saber conversar não é somente ter uma boa postura, uma boa voz e
saber o que falar, você precisa entrar no contexto do grupo em que está, ou
seja, você deve conversar de forma natural. A melhor forma de se fazer isso é
prestando atenção nas respostas que recebe. Claro que às vezes recebemos
respostas curtas e que não dão muita margem para interpretação, para evitar
isso e sempre ter assunto para conversar existem algumas técnicas.

Existem dois tipos de pergunta: as de final aberto e de final fechado. Um


exemplo de pergunta de final fechado é o tradicional “oi, tudo bem?”, pois as
respostas mais comuns para ela são: “sim”, “não”, “mais ou menos”, etc. Evite
ao máximo usar perguntas de final fechado, caso contrário será difícil ter
assunto para a pergunta seguinte.

Perguntas de final aberto são aquelas que fazem a pessoa pensar antes
de dar uma resposta, e esta é geralmente comprida, por exemplo: “o que você
fez nas férias?”. Ela pode responder várias coisas diferentes e a partir das
respostas dela, você formula novas perguntas ou cria histórias.

Evite ser mecânico na sua interação, ou seja, se você pergunta o que


ela fez nas férias, ela lhe dá uma resposta grande e então você fala “legal, mas
você acha que pareço gay com esta roupa?” você não está sendo nada natural
e praticamente ignorou a resposta dela. Por isso não é bom ter um roteiro fixo
para o jogo, ele deve ser criado à medida que se joga.

BOM
Ele: O que você fez nas férias?
Ela: Nossa, tanta coisa... fui acampar, tomei banho de chuva...
Ele: Acampar? Nossa, você gosta de dormir no mato?
Ela: Haha, até que gosto.

RUIM
Ele: O que você fez nas férias?
Ela: Nossa, tanta coisa... fui acampar, tomei banho de chuva...
Ele: Hum, legal. Agora me conta uma coisa... eu pareço gay com esta
roupa?

Você pode notas que o primeiro exemplo é bem menos mecânico e não
soa como se fosse ensaiado. Outra coisa que ajuda a ter assunto para
conversa é observar seu alvo, o grupo em que ele está ou mesmo o ambiente
ao seu redor e então levantar alguns tópicos sobre isso para que você tenha
assunto para os primeiros minutos de conversa. Você pode, por exemplo, falar
sobre a música que está tocando, sobre a roupa dela, ou qualquer coisa.
Ter tópicos iniciais é uma boa ajuda, conforme a conversa for
progredindo, você pode ir levantando mais tópicos. No exemplo em que ela
respondeu que foi acampar e tomou banho de chuva, já surgiram dois novos
tópicos para conversa. Apenas procure usá-los o quanto antes, pois se você
deixa para falar sobre um assunto que já foi falado há 5 minutos, vai parecer
que você está ficando sem assunto.

Você pode conversar naturalmente desde que tenha consciência do que


precisa fazer, das emoções que deve provocar nela durante a interação. Se
conseguir nunca ficar sem assunto e se concentrar no jogo ao mesmo tempo,
então seu sucesso está garantido. Claro que, caso você fique sem assunto,
pode usar algumas rotinas prontas, mas somente nesses casos.

Desta forma, você não pensará mais que não está sendo você mesmo
enquanto seduz uma mulher, você será natural tanto na conversa quanto no
jogo e isso é muito importante, pois você deve sentir prazer em jogar. No
começo você vai precisar de muita prática e muitas rotinas prontas, mas
quando usar material pronto não for mais problema para você, então é hora de
criar seu próprio material, de preferência enquanto está jogando.

Uma outra coisa importante a se usar na sedução é o desafio. Volto a


repetir que é você quem está escolhendo, se você demonstrar isso, irá desafiá-
las inconscientemente a mostrar que são boas o suficiente para você. Além
disso, há também os pequenos desafios de personalidade. Aqui vão alguns
exemplos:

“Sabe, cansei de mulheres que só querem sexo. Agora estou procurando


alguém que me dê valor.”

“Não te conheço direito, mas você parece ser chata e previsível.”

“Hei, não me toque assim. Você mal me conhece e já está querendo se


aproveitar de mim.”

Essas são apenas algumas coisas que você pode falar em certas
situações e que irão desafiar a personalidade delas, também evidenciando que
você está as avaliando. Se ela estiver atraída por você, então ela irá aceitar
esses pequenos desafios para provar que é boa para você, acredite.

Obviamente você precisa ser você mesmo, mas ao mesmo tempo deve
ter a personalidade forte que um sedutor tem mostrando várias qualidades
como: ser divertido, um pouco metido, malicioso, desafiador, misterioso,
confiante, masculino, etc. Basta se lembrar dos nosso astros do rock.
Capítulo VI – Sobre as mulheres

Agora que você já conhece o jogo e sabe como jogá-lo, vamos aprender
um pouco sobre as mulheres. Elas possuem algumas particularidades que são
comuns a praticamente todas elas e você deve ter noção desses conceitos
para saber o que fazer em seguida.

Como você já sabe, mulheres são seres emocionais, ou seja, elas são
totalmente levadas pelas emoções e estas são capazes de mudar a decisão
dela. Imagine que você está conversando com uma mulher e está indo tudo
bem até que você fala algo incrivelmente grosso e machista e continua
insistindo nisso. Com certeza o estado emocional dela irá mudar e ela irá
começar a perder atração por você, ela irá começar a sentir-se mal perto de
você e irá embora. Por outro lado, se você provocar boas emoções nela, ela
não vai querer sair de perto de você tão cedo. Então, preste muita atenção nas
emoções que você está a fazendo sentir, elas são uma ótima resposta para o
seu jogo e vão te ajudar a saber o que fazer em seguida.

Outra coisa é que as mulheres odeiam o rótulo de “fácil” ou “vagabunda”,


e é por isso que você deve dar uma desculpa e levá-la a um lugar intermediário
antes de ir para sua casa transar com ela. Se você quiser levá-la da boate
direto para a sua casa ela sabe o que vai acontecer e isso a fará sentir-se uma
vagabunda por estar indo para a casa de um homem que ela conhece há tão
pouco tempo. Outra coisa importante é que até que você consiga gerar atração
suficiente nela, ela irá lhe oferecer resistência. Mulheres não gostam de dar
indicadores de interesse para qualquer um, e mesmo que você seja o homem
mais atraente do mundo, ainda sim ela irá resistir ao seu jogo e cabe a você
saber como contornar isso usando a sua personalidade sedutora.

Se você odeia pessoas chatas, saiba que as mulheres as odeiam muito


mais do que você. Como você sabe, elas são seres emocionais e acham
atraentes aqueles homens que provocam boas emoções nela. Mulheres amam
se divertir porque isso é prazeroso para qualquer pessoa, então se você fizer
uma mulher se divertir, ela irá sentir-se bem com você. Não seja chato com
elas, mas também não seja nenhum palhaço de circo.

Já ouviu falar em intuição feminina? Ela existe, mulheres são seres


altamente intuitivos, e elas podem sentir que um homem é um idiota há
kilometros de distância. Se você anda com um grupo de nerds, adivinhe? Elas
vão pressupor que você é um nerd também. Mulheres pressupõem muito, pois
elas tendem a generalizar, afinal elas tem experiência em sedução desde os 12
anos de idade. Então, preste muita atenção na primeira impressão que você
causa numa mulher, bem como a imagem que você projeta de si mesmo
durante a interação.
A sedução é um jogo de investimentos, principalmente para as
mulheres. Quando digo investimento estou falando de atração e conexão. Claro
que se você investe em alguma coisa, você espera ter algum resultado e com
as mulheres não é diferente. Se ela investe em você lhe mandando indicadores
de interesse, ela espera que você mostre alguma atração por ela. Se ela lhe
conta coisas sobre sua vida, ela espera que você conte a ela algumas coisas
sobre você também, para que ela lhe conheça melhor. O grande segredo está
em saber a hora certa de recompensá-la, ou seja, de dar algum retorno aos
investimentos dela.

Nunca discuta com uma mulher ou tente convencê-la a fazer algo


apenas com palavras e lógica. Você está cansado de saber que elas são seres
emocionais e que suas decisões e comportamentos mudam de acordo com seu
estado emocional. Se uma mulher lhe diz que não quer ir para a sua casa, não
pergunte o porquê ou tente convencê-la a ir usando desculpas lógicas. Nestes
casos, você deve mudar o estado emocional dela, afinal todo o processo de
sedução é um ciclo. Caso você encontre resistência em alguma parte do
processo, volte à parte anterior e crie mais emoções para então tentar
continuar.

Mulheres são serem que precisam ser calibrados, e isso tem a ver com
as emoções. Sim, emoções novamente e você sabe que elas são os elementos
mais importante do jogo. Quando digo calibrar, quero dizer deixá-la “na sua”. O
último idiota que tentou cantá-la pode ter a deixado irritada, então você precisa
fazer com que ela pare de sentir-se irritada para que então se sinta confortável
com a sua presença e daí em diante continuar o jogo.

Se você gerar atração o suficiente, mas gerar pouca conexão, a mulher


irá ficar com remorso e provavelmente não vai querer sair com você ou não irá
atender seus telefonemas, isso acontece porque ela praticamente não o
conhece e isso reergueu o escudo dela, a fez sentir-se uma vagabunda. Por
outro lado, se você gerar pouca atração e muita conexão, ela irá ver você
apenas como um amigo por não existe nenhum clima sexual entre vocês. Ela
gostou de você, mas não há nenhuma atração, então você ouve a tradicional
frase: “acho melhor sermos apenas amigos.” É muito importante trabalhar
esses dois sentimentos, atração e conexão igualmente, sendo que é
necessário ter atração suficiente antes de criar conexão.

Essas são as coisas mais importantes que você precisa saber sobre as
mulheres e não se esqueça de nenhum conceito desde capítulo, pois ele é
muito importante para o seu domínio do jogo.
Capítulo VII – Conforto

Como você já sabe, se você está animado, as pessoas a seu redor irão
ficar animadas também. Igualmente, se você estiver confortável, você
praticamente não irá precisar fazer nenhum esforço para que as mulheres
sintam-se confortáveis perto de você.

As pessoas tendem a emprestar emoções umas das outras. Por


exemplo, imagine que você está sentado em algum lugar e você está
entediado, então uma mulher com um bebê no colo senta ao seu lado. O bebê
olha para você por um tempo e então abre um sorriso com cara de bobo. Qual
seria a sua reação? Provavelmente você iria sorrir e seu tédio iria diminuir.

Você não precisa ser um bebê com cara de bobo para que seja
contagiante para as pessoas, basta que você sinta as emoções que deseja
provocar nas pessoas antes de tentar provocá-las. Você deve estar confortável
durante toda a interação e até mesmo antes dela se quiser que as mulheres
sintam-se confortáveis com você.

Quando digo confortável, estou me referindo a coisas como não ter


medo das mulheres bonitas, ser confiante nos seus movimentos e palavras,
mover-se lentamente e com atraso de resposta, ter um olhar simpático e
concentrado, estar com um sorriso na cara, com a coluna ereta, o peito
estufado, os ombros voltados para trás, enfim todas aquelas características da
linguagem corporal de um homem confiante e sedutor.

Se você andar por aí com essa linguagem corporal, na maioria das


vezes não irá precisar de mais nada para que as mulheres sintam-se
confortáveis com você, mas há excessos. Imagine que a mulher é tímida, por
exemplo, ou que o estado emocional dela está alterado por algum motivo. Você
vai precisar de alguns minutos para que ela se abra para a sua conversa e para
fazê-la sentir-se confortável nesses casos é necessário ser simpático e alegre.

Vamos tomar o exemplo da mulher tímida. Ela estava te olhando de


longe e lhe mandando alguns indicadores de interesse, então você foi falar com
ela, mas suas respostas eram curtas e você sabe que se continuar assim logo
estará sem assunto para conversar com ela.

Normalmente, mulheres tímidas são muito receptivas, mas tendem a dar


respostas curtas simplesmente por não saberem o que lhe falar. Neste caso,
você deve complementar as respostas delas ou contar histórias. Mulheres
tímidas, geralmente tendem a esperar que você guie a conversa, ou seja, que
pelo menos no inicio, você fale mais do que ela, então o melhor a fazer é
conversar sobre qualquer coisa que vier a sua mente ou usar materiais prontos
em seqüência para que ela sinta-se confortável para conversar com você.
Outra coisa, não repare muito nela e quando quiser que ela lhe dê uma
resposta mais completa, simplesmente para de olhá-la nos olhos e olhe para o
ambiente em que você está logo depois de ter feito a pergunta. Com isso, ela
sente-se menos pressionada e sua criatividade funciona melhor. Entenda que
pessoas tímidas sofrem uma pressão enorme quando estão se socializando,
então cabe a você aliviar essa pressão de forma amigável.

Não há muito mais a se falar sobre o conforto inicial além disso. Claro
que durante a sua prática você irá encontrar vários casos em que precisará
calibrar a mulher para que ela se abra e fique interessada na conversa e é
impossível prever todos esses casos aqui, mas eu já lhe ensinei praticamente
tudo o que você precisa para saber lidar com esses casos especiais e calibrar
a mulher para o seu jogo.

Capítulo VIII – Atração

Uma vez que você percebe que a mulher está confortável com a sua
presença e está interessada na conversa, você pode começar a gerar atração
nela. Para gerar atração, você já sabe, basta demonstrar suas qualidades
atraentes. Este capítulo é dedicado a apresentar algumas dicas sobre as
formas de se fazer isso.

Obviamente você pode brincar de “pergunta e resposta” com ela, mas


este não é exatamente o jeito mais natural de se conversar com as pessoas. É
assim que você conversa com seus amigos homens? Fazendo interrogatórios
sobre os mais variados assuntos? Provavelmente não. Quando você está com
seus amigos, as conversas são baseadas em histórias, trocas de opiniões ou
qualquer coisa que venha à sua cabeça, pois afinal eles são seus amigos,
estão acostumados com as besteiras que você fala.

Por que não conversar assim com as mulheres? Contando histórias,


pedindo opiniões, etc.? É muito mais natural e agradável conversar desta forma
do que respondendo interrogatórios. Claro que as histórias não precisam
necessariamente serem reais, você pode falar sobre o cachorro que você tinha
na sua infância, mesmo que você nunca tenha tido um cachorro.

Histórias são poderosas ferramentas para se demonstrar qualidades e


provocar emoções nas pessoas. Procure não falar sobre assuntos chatos ou
tristes, invés disso, fale sobre coisas que toda mulher gosta como música,
relacionamentos, horóscopo, etc. Depois de um tempo você acabará
descobrindo as coisas que ela gosta e então poderá usá-los como assunto.

O importante é que a sua conversa durante a fase de atração seja


usando um tom e uma velocidade de voz variáveis de acordo com as emoções
que você deseja provocar, por exemplo: você pode falar mais baixo e
tranquilamente quando estiver falando sobre como é bom estar com as
pessoas que gostamos, ou falar mais alto, com ênfase e velocidade quando
estiver contando uma história emocionante.
O último capítulo deste livro é dedicado a apresentar algumas histórias e
perguntas prontas para gerar atração, mas não esqueça que as mulheres são
estimuladas pelas emoções, então você deve saber como contar as histórias,
caso contrário, elas dificilmente irão fazer efeito. Você irá notar que todas as
histórias possuem trechos em que ficam evidentes as qualidades de um
homem sedutor e são exatamente estas qualidades que devem fazer parte da
maioria da suas frases na fase de geração de atração.

Capítulo IX – Confiança

Com eu já disse, a melhor forma de fazer alguém confiar em você é


confiando na pessoa primeiro. Se você dá a ela algum objeto seu, ela estará
praticamente presa a você, ao menos até que ela lhe devolva o objeto, o que
também é uma forma de evitar que ela lhe ignore.

Uma vez que você notou que ela está lhe dando alguns indicadores de
interesse, ela estará atraída por você e é hora de passear. Se ela estiver em
um grupo, esta é a hora de isolá-la. Obviamente, se você estiver confiante
perto dela, ela irá se sentir confiante com você, mas isso não significa que ela
confia em você.

Você pode dar qualquer desculpa para isolá-la ou para começar a andar
com ela. Quando conseguir que ela ande com você, ela irá começar a confiar
em você, afinal não é qualquer um que anda por aí com um estranho, certo?

Além de andar com ela dentro do ambiente em que vocês estão, você
pode fazer alguns pequenos truques para gerar confiança nela, como por
exemplo fazer uma pergunta importante para ela e em seguida perguntar:
“você tem certeza?” Quando digo pergunta importante, me refiro a algo como o
horário do ônibus que você vai pegar e que só passa a cada 8 horas, ou
qualquer outra coisa séria que a faça olhar com uma expressão que diz “confie
em mim.” Se ela investir confiança em você, será necessário retribuir com algo
do tipo: “tudo bem, confio em você, hein.”

Você também pode contar um segredo seu a ela, obviamente dizendo


que é um segredo e que confia que ela não irá contar a ninguém, então você
pode sugerir que ela lhe conte algo sobre ela, não necessariamente um
segredo. Esta também é uma forma de ganhar a confiança de uma mulher. O
mais importante a se falar aqui é que nesta fase você deve ser, ou ao menos
parecer, totalmente sincero.
Capítulo X – Conforto ao toque

Não se esqueça de que é necessário tocá-la durante toda a interação e


somente em lugares não-sexuais em que as pessoas geralmente se tocam
enquanto conversam. Nesta fase, ela já deve confiar em você, pois se começar
a tocá-la de forma um pouco mais sexual aqui, ela irá se sentir desconfortável.

Aqui, você irá começar a sua escalada rumo aos lugares mais sexuais,
como a cintura e o pescoço, para começar. Basta continuar conversando com
ela, exatamente como na fase de atração e confiança, mas enquanto conversa,
você vai direcionando a conversa para algo mais sexual e também
demonstrando certo interesse nela elogiando sua personalidade, dizendo que
gosta de pessoas como ela, etc.

Conforme ela for reagindo aos seus indicadores de interesse, você terá
uma base para saber se pode tocá-la mais sexualmente do que está tocando
no momento. Se ela oferecer alguma resistência, então crie um pouco mais de
atração e confiança para depois continuar escalando.

Na maioria dos casos, antes desta fase ela irá lhe tocar de vez em
quando, como forma de imitar você ou para que você sinta-se confortável com
o toque dela também, mas nesta fase ela deverá estar retribuindo seu toque,
seja com toques ou com indicadores de interesse. Chegará um momento em
que você já terá conforto a toque suficiente para beijá-la, mas é preferível ainda
não o fazer, pois o mais recomendado é beijá-la depois de criar alguma
conexão. No entanto, sua missão estará cumprida e você poderá então passar
à fase seguinte assim que perceber que ela está lhe tocando sexualmente.

Capítulo XI – Conexão

Criar conexão é simples, mas leva certo tempo. Se você tem muitas
amigas bonitas, então provavelmente deve ser mestre em criar conexão. Tudo
o que você precisa fazer é conversar sobre a vida de vocês.

Você pode perguntar o nome dela, caso ainda não tenha perguntado, a
idade, o que ela faz, do que ela gosta, do que ela não gosta, etc. Acho que não
preciso nem explicar as coisas que você precisa fazer aqui, afinal são todas
aquelas perguntas que fazemos quando conhecemos uma pessoa nova.

Você pode continuar contado suas histórias, aliás deve contar histórias
durante toda a interação. Depois de um tempo criando conexão, você irá
perceber que ela estará louca para lhe beijar, então finalmente este é o
momento adequado para fazê-lo e você já sabe como.

É mais recomendado beijá-la depois de criar uma conexão, para que ela
não fique com remorso e queira continuar saindo com você depois disso. Se
você estiver pretendendo apenas beijá-la para nunca mais vê-la outra vez, se
estiver em uma festa, por exemplo, então você pode beijá-la na fase de
conforto ao toque.
Obviamente, se você pretende continuar saindo com ela, precisará de
uma forma de falar com ela à distância. Para isso existe telefone, e-mail e
afins, certo? É bastante provável que uma mulher lhe dê seu telefone depois de
ter lhe beijado, mas mesmo assim, você ainda corre o risco de ela te dar o
número errado. Para evitar isso, simplesmente tire seu telefone do bolso, dê a
ela e fale algo do tipo: “gostei de te conhecer, vamos continuar conversando
depois. Anote seu telefone aí.” Ela irá anotar o número dela e, no mesmo
instante, você deverá ligar para ela.

Você estará tanto verificando se ela lhe deu o número correto quanto
dando seu número a ela, para que quando você ligar, você não seja um
estranho ou precise se identificar a fazendo lembrar quem você é, isso é uma
coisa importante.

Capítulo XII – PNL

PNL é a sigla para Programação Neuro-Lingüística, uma ferramenta


muito poderosa que é considerada como manipulação por algumas pessoas e
que pode ser aplicada à sedução. Eu, pessoalmente, não uso a PNL, exceto
em situações especiais, mesmo assim irei lhe mostrar alguns conceitos sobre
ela para que você os utilize como preferir.

O que a PNL faz é basicamente conduzir as mulheres ao estado


emocional que você deseja provocar usando sugestões, que na verdade são
“comandos” maquiados. Ela funciona basicamente da seguinte forma: primeiro
você descobre ou provoca uma emoção boa, depois transforma isso em um
símbolo, depois o manipula e finalmente o ancora a você. Aqui vai um exemplo:

Descobrindo uma emoção


Ele: Qual foi a sensação mais intensa que você já sentiu com um
homem?
Ela: Ah, foi o meu primeiro beijo.
Ele: E como você se sentiu?
Ela: Como se tivesse borboletas no meu estômago, não sei bem...
Ele: Então essa energia se concentrou na sua barriga?
Ela: Sim.

Transformando a emoção em um símbolo


Ele: Vamos faz um teste, você se lembra bem da sensação, certo?
Então feche os olhos e reviva aquele momento. Agora me conte… se
essa energia tivesse uma cor, qual seria?
Ela: Azul.
Ele: Continue com os olhos fechados e me diga onde você está sentindo
essa energia se concentrar? Ela é quente? Está parada ou se movendo?
Ela: Está na minha barriga e é quente e vibrante, está parada.
Manipulando o símbolo
Ele: Então a energia está bem aqui, certo? (tocando o local), e enquanto
minhas mãos passeiam por aqui... essa energia circula até que se
espalha por todo o seu corpo.
Ela: (solta um gemido)

Ligando o símbolo a você


Ele: Note que quanto mais eu te toco, mais forte essa energia fica… é
quase como se o toque estivesse alimentando essa energia. E note
também que quanto mais forte ela fica… mais você quer me tocar.
(segurando a mão dela e deixando-a tocá-lo)

Se você conseguir usar a PNL com sucesso nas suas interações, as


mulheres irão ficar incrivelmente atraídas e conectadas a você, alguns dizem
que a conexão é tão forte a ponto de elas não deixarem esses homem em paz.

Capítulo XIII – Material pronto

Embora eu não recomende o uso de material pronto, ou seja, feito por


outra pessoa e com eficiência comprovada, você precisa de algo para começar,
uma base para futuramente criar seu próprio material, então aqui vão algumas
rotinas para as várias fases do jogo que você pode usar para começar até que
se sinta confiante o bastante para usar seu próprio material.

Para iniciar uma conversa:


• “Oi, me dá uma opinião feminina? Eu pareço gay com esta roupa?”
• “Oi, sabia que você é a mulher mais linda que já conheci... nos últimos
10 minutos?”
• “Oi, seus olhos são bonitos... onde você comprou?”
• “Oi, me dá uma opinião feminina? Quem você acha que mente mais: o
homem ou a mulher?”

Para gerar atração:


• “Oi, quem você acha o cara mais bonito aqui... além de mim?”
-por Picasso

• “Sabe, cansei de mulheres que só querem sexo. Agora estou


procurando alguém que me dê valor.”
• Ele: Coca Zero ou Coca normal? (sem olhar para elas e sem direcionar
a pergunta, mas a fazendo em um bom tom de voz)
Obstáculo: Como?
Ele: Estou indeciso entre Coca Zero ou a comum, que vocês acham?
(olhando de relance para elas)
Alvo: A Zero é boa (com algum ar de desprezo)
Ele: É, é mesmo, antes os produtos light eram realmente muito ruins,
mas hoje em dia são melhores.
Elas: (silêncio)
Ele: Sorte minha que nunca tive que me preocupar com isso (virando
para elas), algumas pessoas tem sorte, outras nem tanto (seguido de uma
conferida no corpo do alvo seguido de uma cara de pena)
Obstáculo: Hahaha (seguido de um leve toque no braço dele)
Alvo: Como assim? (colocando as mãos na cintura e fazendo cara de
indignada)
Ele: Certa vez uma amiga minha... (emenda uma história que envolva
obesidade, produtos light ou supermercados)
- por A.C

Para gerar confiança:


• Ele: Nossa, preciso estar numa entrevista de emprego importante às 4
horas. Que horas são agora?
Ela: São 3 e 20.
Ele: Você tem certeza? Olha hein, confio hein você.

• Ele: Olha, vou te contar uma coisa, mas é segredo.


• Ele: (conta um segredo qualquer que demonstre valor)
• Ele: Não espalha, ok? Confio em você. (tocando-a)
• Ela: Pode deixar.
• Ele: Você tem cara de quem tem muitos segredos. (fisga-a a contar algo
para ele)

• “Preciso comprar um presente de aniversário para minha sobrinha, mas


não sei o que comprar, me ajuda a escolher?” (para movê-la pelo local)

Para gerar conforto ao toque:


• Ele: Você acredita em mágica?
• Ela: Não.
• Ele: Então me dá sua mão.
• Ele: Agora olhe bem para mim e pense num número de 1 a 4.
• Ela: Certo.
• Ele: Foi 3. (a maioria das pessoas escolhe o número 3)
• Ela: Nossa, como sabia?
• Ele: Eu tenho poderes mágicos. Agora vamos complicar um pouco,
pense num número de 1 a 10.
• Ela: Já pensei.
• Ele: 7.
• Ela: Não acredito, como você faz isso?
• Ele: (qualquer coisa)
• Quiromancia (leitura de mãos):

O básico que você precisa saber sobre quiromancia está na figura


acima, dendo que a linha de cima é a chamada “linha do coração” e revela
informações sobre emoções, sensibilidade e amor. A linha do meio é a “linha
do coração e revela informações sobre inteligência, memória e saúde mental. A
linha de baixo é a “linha da vida” e revela informações sobre doenças,
acontecimentos marcantes e transformações. Quanto mais forte for uma linha,
mais ela revela sobre a personalidade de uma pessoa e vice-versa. Por
exemplo, se a mulher possui uma linha “da cabeça” fraca, então você pode
pressupor que ela não é um pouco insana. Quiromancia é uma boa ferramenta
para se conseguir conforto ao toque, pois enquanto você “lê” a mão dela, pode
tocar suavemente cada linha enquanto a descreve.

• Os Anéis:
Pergunta o porque de alguma mulher usar um anel em um determinado
dedo. Se ela não usar anel, você pergunta em que dedo ela usaria um anel. Se
ela perguntar o porque de você estar perguntando isso, você diz que foi um ex-
namorada sua ou uma amiga que gostava muito de mitologia grega e que
ensinou isso a você.

Cada dedo tem um significado e se uma pessoa usa um anel em um


deles, então você pode pressupor algumas coisas sobre a personalidade dela.
Polegar: dedo do deus dos Mares, Poseidon. As pessoas que usam anel
nesse dedo são independentes, fazem o que querem.
Indicador: dedo de Zeus, Deus dos deuses, pessoas que usam anel
nesse dedo têm poder, opinião forte e influenciam os outros.
Médio: dedo de Dionísio, um deus que bebia bastante e não ligava muito
para o que a vida ia lhe trazer, sem preocupações.
Anular: dedo de Afrodite, Deusa do amor, por isso que os aneis de
compromisso são usados nesse dedo. Antigamente se acreditava que era o
único dedo que tinha uma veia ligava diretamente ao coração.
Mínimo: dedo de Ares, Deus da guerra. Pessoas que gostam de conflito
ou discução usam anel nesse dedo. Peça para ela lhe dar sua mão e então,
enquanto toca cada dedo, explique seu significado.
Para gerar conexão:
• O Cubo:
“Feche os olhos, imagine um deserto, imagine todos os detalhes. Agora
imagine um cubo nesse deserto, como é o cubo? É oco? Entre no maximo de
detalhes possivel. Agora, imagine um cavalo nesse deserto, com o maximo de
detalhes, e onde ele esta perante o cubo? Imagine agora uma escada nesse
deserto. Que tipo de escada é? Quantos degraus tem? Agora imagine flores
nesse deserto e em algum lugar desse deserto, uma tempestade. Onde ela
está? Para onde está indo?
Agora abra os olhos. Vou lhe contar o significado de tudo isso. O cubo é
você, o cavalo é o seu amor, ele estava longe ou perto de você? A escada são
seus amigos, as flores são crianças presentes em sua vida e a tempestade são
os problemas, ela estava longe ou perto ?”

• Ele: Quero fazer uma mágica contigo... você acredita?


Ela: (qualquer coisa)
Ele: Aposto uma bala que te beijo sem encostar nos seus lábios.
Ela: Duvido!
Ele: (beija)
- Por Picasso

Para aliviar tensão sexual:


• Ele: Vocês conhecem a teoria do brinco de argola? (se alguma delas
estiver com um brinco desses)
Ela: Não, o que é?
Ele: Quanto maior a argola... (olha as horas, pra elas ficarem curiosas)
maior a vontade de dar. (até agora sempre seguiu de um: “ai, seu bobo”
e um tapinha)
- por Picasso

Você pode encontrar uma enorme variedade de material pronto por aí e


recomendo que tenha ao menos uma ou duas rotinas prontas em sua cabeça
para usar quando achar necessário. Depois de praticar várias vezes este
material, você irá começar a usá-lo automaticamente em suas interações e até
mesmo tomá-lo como base para a criação de seu próprio material, o que
recomendo que faça.

Uma outra coisa importante é saber o momento de se usar cada tipo de


rotina, ou seja, ter a habilidade de reconhecer quando passou de uma fase
para outra, quando é hora de parar de se valorizar para ela para começar a
valorizá-la por sua personalidade, ou então quando é hora de beijá-la e assim
por diante. Isso tudo só é conseguido com muita prática até que você naturalize
o seu jogo e atraia as mais lindas mulheres naturalmente.
Capítulo XIV – Palavras finais

Aqueles que já têm algum conhecimento e experiência no jogo da


sedução podem até achar estranhos os conceitos que apresentei aqui, mas a
verdade é que eles são resultado de minha experiência e foram adaptados à
minha própria personalidade e estou os compartilhando com qualquer um que
esteja disposto a saber o que tenho a mostrar.

Este livro, como um todo, é apenas um resumo das “regras” do jogo e, a


partir de agora, cabe a você aperfeiçoar seu conhecimento e praticá-lo
diariamente até que isso se torne parte de sua própria personalidade.

Sinceramente, espero que você não siga rigorosamente tudo que lhe
mostrei neste livro, mas sim o tome como base para a construção do seu jogo
com a finalidade de criar uma personalidade sedutora única e de sucesso.

Lembre-se: isto é uma coisa que ninguém mais pode fazer por você e
lhe desejo, sinceramente, todo o sucesso que você merece.
-HardBoy