Você está na página 1de 4

A HISTÓRIA DO LOGARITMO.

O conceito de logaritmo de uma forma mais próxima ao que se


conhece hoje em dia foi proposto, independentemente, pelo
matemático escocês John Napier (1550-1617) e pelo matemático
suiço Jost Bürgi (1552-1632) em princípios do século XVII.
Naquele contexto histórico-cultural, a criação desse novo
conceito matemático estava a serviço de tornar as complicadas
operações de multiplicação e divisão mais práticas — em especial as
que envolviam números muito grandes ou frações decimais muito
pequenas.
Para isso, tais matemáticos construíram tabelas que tinham por
base a relação existente entre progressões aritméticas (PA) e
progressões geométricas (PG). Com isso, reduziam-se as complicadas
operações de multiplicação e divisão a operações simples de adição e
subtração.
Segundo essas tabelas, a multiplicação e a divisão de quaisquer
termos tomados de uma progressão geométrica relacionavam-se,
respectivamente, à soma e à diferença dos termos correspondentes
da progressão aritmética.
Vejamos como essa relação funciona.
Considere as seguintes PA e PG:
PA: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ...
PG: 2 4 8 16 32 64 128 256 512 1.024 2.048 ...

Para obter a multiplicação 32 x 64, procede-se da seguinte maneira:


• 32 na linha da PG corresponde a 5 na linha da PA.
• 64 na linha da PG corresponde a 6 na linha da PA.
Somando os valores correspondentes na linha da PA, obtém-se: 5 +
6 = 11, que corresponde a 2.048 na linha da PG.
Logo: 32 x 64 = 2.048
De modo análogo, verifica-se, por exemplo, que o quociente 1.024 ÷
128 = 8.
Exercício 1. Utilizando a correspondência e completando as PA e PG
acima até os termos que forem necessários, faça as seguintes
operações:
a) 0,064 x 0,000512
b) 0,00000256 ÷ 0,00001024
c) 0,000002048 x 512
d) 1.024 ÷ 0,00000064

A construção da tábua dos logaritmos decimais.


A primeira foi publicada em 1617, por Henry Brigs..
Como construiu?

100 -----------1
10?------------ ?
101------------10
Primeira média: A média geométrica entre 1 e 10 é 10 . Então 101/2
= 3,1623.
100 10? 101/2 101
1 3 3,1623 10
Segunda média: A média geométrica entre 1 e 101/2 é 10 1 / 2 . Então
1
10 4 = = 1,77.
3,1623

100 10 0,25 10? 100,5 101


1 1,77 3 3,1623 10

Várias médias são feitas.


Na 21a média teremos:
10 0,47755 10? 10 0,47755
2,9989 3 3,002

0, 477
Então podemos ter 10 levando ao 3.
Daí log 10 3 = 0,477.

LOGARITMO.
Para compreender o que é logaritmo, considere uma potência de base
positiva e diferente de 1.
Por exemplo:
23 = 8.
Ao expoente dessa potência damos o nome de logaritmo. Dizemos
que 3 é o logaritmo de 8 na base 2.
23 = 8 ⇔ log 2 8=3.
Definição.
Sejam a e b números reais positivos e b ≠ 1. Chama-se logaritmo de
a na base b o expoente x tal que bx = a.
log b a = x ⇔ bx = a.

Uma pergunta:
Por que a e b positivos e b diferente de 1?
Chama-se logaritmo decimal aquele de base 10. Indica-se o logaritmo
decimal de um número a simplesmente por log a ( a base 10 fica
subentendida).

Exercícios.
Calcule os logaritmos:
a) log 6 216
b) log 0,001
c) log 0,3 0,09
d) log 5 3 625
Propriedades dos logaritmos.
a) logb b = 1.
b) log b 1= 0
c) log b a y = y log b a, y ∈ R .
d) log b b x = x.
a
e) b logb = a.

Exercícios:
a) Sabendo que log b a = 9, calcule log b a 6.
b) Sabendo que log b a 2 = 8, calcule log b a 3.
c) Sabendo que log b a = 4, calcule log b 6 a 5 .
d) Calcule E = 6 log 6 5 .
e) Calcule E = 5 2 log 5 3
f) Calcule E = 5 2 +log 5 3
g) Sabendo que log 3 = 0,477, verifique se 107 < 315< 108.
h) Sabendo que log 2 = 0,3010, pode–se afirmar que o número
5
2 é tal que 100,06 < 5 2 < 10 0,07.
Outras propriedades dos logaritmos:
a) log b ac = log b a + log b c.
a
b) log b = log b a – log b c.
c

Mudança de base:
log k a *
log b a = , para todo K ∈ R + , k ≠ 1 .
log k b

Exercícios:
1-Sabendo que log 5 = 0,69 e log 3 = 0,47:
a) log 15
b) log 27/5
c) log 6
d) log 5 3.
2-Sabendo que log12 3 = m, calcule, em função de m o valor de
log12 6.
3-Sabendo que 5p = 2, calcule log2 100.

Função logarítmica.

1- Traçar o gráfico da função f(x) = log 2x.


2- Traçar o gráfico da função f(x) = log ½ x.

3- Determinar o domínio da função f(x) = log 5 ( 3x – 6).


4- Determinar o domínio da função f(x) = log x ( 8x – 2).

Equação Logarítmica.
1- Resolver a equação log2 (4x + 24) = 5.
2- Resolver a equação log3 (x+1) + log3 ( x – 7)= 2.
3- Resolver a equação log 2 ( x+4) – log 4 x = 2.

Inequação Logarítmica

Resolver a inequação:
1- log2 (3x -1) >3.
2- log 1/3 ( x-2) ≤ −1 .
Aplicações dos logaritmos.