Você está na página 1de 8
Universidade Estácio de Sá - Campus Nova Friburgo Turmas: 3064 / 3082 Terça-feira Dinamômetria Experimento número

Universidade Estácio de Sá - Campus Nova Friburgo

Turmas: 3064 / 3082 Terça-feira

Dinamômetria

Experimento número 02

Nomes

Matrículas

Carolina de Carvalho Levorato

201402033231

João Vitor Barboza da Silva

201407206664

José Lucas V. Ribeiro Bessa

201407194283

Nayara Montechiari Marini da Silva

201407194267

Thayna Perez Novaes

201407164902

Data: 17/03/2015

Conceito

Dinamômetria

A dinamômetria refere-se a todo o tipo de processos que tem em vista a medição de forças, bem como, a medição da distribuição de pressões. A mesma tem como objetivo conhecer e aprender a manusear um dinamômetro, calibrar um dinamômetro, fazer pesagem de objetos, fazer tabelas e gráficos com os dados das pesagens, interpretar e avaliar os resultados obtidos. A experiência tem por objetivo nos apresentar o funcionamento de um dinamômetro bem como suas utilidades e modo de utilização. Com o objetivo de medir massa e peso. No entanto temos outros instrumentos de medidas que utilizamos na mecânica linear. Eles são:

Réguas: Muito utilizadas na medida de comprimentos, as mesma diferem das réguas comuns, eles tem de estar calibradas. Paquímetro: O paquímetro é um instrumento usado para medir com precisão as dimensões de pequenos objetos. Trata-se de uma régua graduada, com encosto fixo, sobre a qual desliza um cursor. O paquímetro possui dois bicos de medição, sendo um ligado à escala e o outro ao cursor. Micrometro: O micrômetro funciona por um parafuso micrométrico e é muito mais preciso que a craveira, que funciona por deslizamento de uma haste sobre uma peça dentada e permite a leitura da espessura por meio de um nônio ou de um mecanismo semelhante ao de um relógio analógico. Relógio apalpadores/comparador: são instrumentos de medição utilizados na excentricidade de peças, no alinhamento e centragem de peças, nas máquinas, no paralelismos entre faces, em medições internas e medições de detalhes de difícil acesso. Seu funcionamento consiste basicamente num mecanismo que transforma o deslocamento radial de uma ponta de contato em movimento axial transmitido a um relógio comparador, no qual pode-se obter a leitura da dimensão.

Fórmulas

Média Aritmética= somatório de todas asmedidas

nº demedidas

Variância= ( x)² N

x = valor das medidas

= média aritmética

número total de medidas

Desvio Padrão=Variância 1/ 2

N =

Desenvolvimento

1- Calibramos os dinamômetros antes de começar a pesagem inicial e após a pesagem de cada objeto e participante do grupo.

2- O primeiro objeto a ser pesado foi o Cilindro de Arquimedes, já que este seria utilizado na pesagem das esferas e do contrapeso branco. E conhecer seu peso seria fundamental.

3- Calibramos novamente os dinamômetros e pesamos o contrapeso branco.

4- Após pesarmos o contrapeso branco, os pesamos novamente, mas agora com o Cilindro de Arquimedes junto.

5- Após calibrar novamente os dinamômetros, pesamos as esferas. As esferas foram pesadas separadamente e ao final, as três juntas, pois poderiam cada uma dar resultados diferentes; mas constatamos que as mesmas teriam o mesmo peso. Lembrando que as esferas foram medidas com o Cilindro de Arquimedes.

6- Foram anotados os resultados e copiados para uma planilha em Excel, onde serão observados o desvio padrão, variância e média do experimento.

7- Com as informações obtidas no laboratório, seguem os dados e resultados obtidos, bem como avaliação dos pesos, comparativo entre a pesagem dos membros do grupo, cálculo da média, desvio padrão e gráficos.

Materiais Utilizados

  • 1 Cilindro de Arquimedes e Contrapeso;

  • 3 Esferas Metálicas;

  • 1 Dinamômetro de 2,00N;

  • 1 Dinamômetro de 10,00N.

Referências Bibliográficas

Halliday, Resnik &Walker. Fundamentos da Física, volume 1: mecânica. 9.Ed – Rio de Janeiro: LTC, 2012

Tabelas e Gráficos

Contrapeso 0.61 0.62 0.63 0.64 0.65 0.66 0.67 0.68 0.69 4º Dinamômetro de 2N Dinamômetro de
Contrapeso
0.61
0.62
0.63
0.64
0.65
0.66
0.67
0.68
0.69
Dinamômetro de 2N
Dinamômetro de 10N
0.7
0.71
 

Contrapeso: Dinamômetro 2N

 

Exp

Forç

Médi

Variânci

Median

.

a

a

Desvio Pad.

a

a

0,64

0,64

0

0

0,64

0,64

0,64

0

0

0,64

0,64

0,64

0

0

0,64

0,64

0,64

0

0

0,64

0,64

0,64

0

0

0,64

 

Contrapeso: Dinamômetro 10N

Exp

Forç

Médi

Variânci

Median

.

a

a

Desvio Pad.

a

a

0,7

0,7

0

0

0,7

0,7

0,7

0

0

0,7

0,7

0,7

0

0

0,7

0,7

0,7

0

0

0,7

0,7

0,7

0

0

0,7

1º 4º 2º 5º 0.38 0.52 0.4 0.5 3º Dinamômetro de 2N Dinamômetro de 10N 3
0.38
0.52
0.4
0.5
Dinamômetro de 2N
Dinamômetro de 10N
3 Esferas + Cilindro
0.48
0.46
0.44
0.42
 

3 Esferas + Cilindro: Dinamômetro 2N

 
 

Median

Exp.

Força

Média

Desvio Pad.

Variância

a

0,42

0,42

0

0

0,42

0,42

0,42

0

0

0,42

0,42

0,42

0

0

0,42

0,42

0,42

0

0

0,42

0,42

0,42

0

0

0,42

3 Esferas + Cilindro: Dinamômetro 10N

 

Median

Exp.

Força

Média

Desvio Pad.

Variância

a

0,5

0,5

0

0

0,5

0,5

0,5

0

0

0,5

0,5

0,5

0

0

0,5

0,5

0,5

0

0

0,5

0,5

0,5

0

0

0,5

Tabelas e Gráficos

0 1º 2º 3º 5º 4º 0.2 0.1 0.3 0.15 0.05 0.25 0.35 Dinamômetro de 2N
0
0.2
0.1
0.3
0.15
0.05
0.25
0.35
Dinamômetro de 2N
Dinamômetro de 10N
Cilindro de Arquimedes
 

Cilindro de Arquimedes: Dinamômetro 2N

 

Exp.

Força

Média

Desvio Pad.

Variância

Mediana

0,24

0,252

0,010954451

0,00012

0,26

0,24

0,252

0,010954451

0,00012

0,26

0,26

0,252

0,010954451

0,00012

0,26

0,26

0,252

0,010954451

0,00012

0,26

0,26

0,252

0,010954451

0,00012

0,26

Cilindro de Arquimedes: Dinamômetro 10N

 

Exp.

Força

Média

Desvio Pad.

Variância

Mediana

0,3

0,3

0

0

0,3

0,3

0,3

0

0

0,3

0,3

0,3

0

0

0,3

0,3

0,3

0

0

0,3

0,3

0,3

0

0

0,3

0.9 0.89 0.88 0.87 0.86 0.85 0.84 1º 2º 3º 4º 5º Dinamômetro de 2N Dinamômetro
0.9
0.89
0.88
0.87
0.86
0.85
0.84
Dinamômetro de 2N
Dinamômetro de 10N
0.91

Cilindro de Arquimedes + Contrapeso

Cilindro de Arquimedes + Contrapeso: Dinamômetro 2N

 

Median

Exp.

Força

Média

Desvio Pad.

Variância

a

0,86

0,86

0

0

0,86

0,86

0,86

0

0

0,86

0,86

0,86

0

0

0,86

0,86

0,86

0

0

0,86

0,86

0,86

0

0

0,86

Cilindro de Arquimedes + Contrapeso: Dinamômetro 10N

 

Median

Exp.

Força

Média

Desvio Pad.

Variância

a

0,9

0,9

0

0

0,9

0,9

0,9

0

0

0,9

0,9

0,9

0

0

0,9

0,9

0,9

0

0

0,9

0,9

0,9

0

0

0,9

Após a medição de cada esfera com o cilíndro de Arquimedes, chegamos à conclusão de todas possuem o mesmo peso.

No dinamômetro de 2N, encontramos o valor de 0,3N. No dinamômetro de 10N encontramos o valor de 0,4N.