Você está na página 1de 2
Assessoria Legisl iva da Policia Militar do Estado de Rondénia SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANGA, DEFESA E CIDADANIA POLICIA MILITAR DO ESTADO DE RONDONIA ASSESSORIA LEGISLATIVA. RESOLUCAO N° 178, DE 26 DE MAIO DE 2011 Dispde sobre 0 recolhimento, registro e porte de arma de fogo de Policiais Militares demitidos, licenciados ou excluidos da Policia Militar do Estado de Rondénia. 0 COMANDANTE GERAL DA POLICIA MILITAR DO ESTADO DE RONDONIA, usando das atribuigdes que the confere 0 inciso I, do art. 6° do Decreto n° 12721, de 13 de margo de 2007 e/e 0 inciso XX do art. 12, do Regulamento Geral da Policia Militar do Estado de Rondénia, aprovado pelo Decreto n° 12722, de marco de 2007, ¢ Considerando que & vedado aos integrantes da reserva nfo remunerada das Forgas Armadas e Auxiliares a prerrogativa de conservarem a autorizagio de Porte de Arma de Fogo de sua propriedade, conforme o § 2°, do art. 37, do Decreto n° 5123, de 1° de julho de 2004; e, Considerando que o proprietério de arma de uso restrito que for excluido ou demitido, a pedido ou ex-oficio, deverd ter sua arma recolhida, conforme 0 art. 10, das Normas Reguladoras da Aquisigdo, Registro, Cadastro e Transferéncia de Propriedade de Armas de Uso Restrito por Policiais Rodovidrios Federais, Policiais Civis e Militares e Bombeiros Miilitares dos Estados ¢ do Distrito Federal, aprovadas pela Portaria n° 021-D LOG, DE 23 de novembro de 2005, RESOLVE: Art. 1° Determinar aos Comandantes de Organizages Policiais Militares - OPMs, que recolham a(as) arma(s) particulares de calibre permitido e/ou restrito, os registros e os portes de arma de fogo, dos policiais militares licenciados ou demitidos a pedido ou ex-officio, para registro ou transferéncia das armas a quem a possa possuir ou para recolhimento a Policia Federal, nos termos do art. 31, da Lei n° 10.826, de 22 de dezembro de 2003. Pardgrafo tnico. O Policial Militar terd recolhida a sua arma de uso permitido e/ou restrito, o registro, o porte de arma e/ou Carteira de Identidade Militar Especial, na data em que 0 policial militar estiver apto para o licenciamento, demissio e/ou exclusio, ¢ antes da ublicagio do ato Art. 2° Compete a Diretoria de Pessoal, informar ao Comandante da OPM, a data para a ‘execugao do recolhimento da arma e dos documentos dispostos no Pardgrafo tinico do art. 1°, desta Resolugao. O On ‘Assessoria Legislativa da Policia Militar do Estado de Rond6nia Art. 3° O Comandante da OPM que recolher a arma, a manterd sob a guarda da OPM e expedird 0 Termo de Recothimento ao interessado, dando prazo de 60 (sessenta) dias para 0 registro da arma que possua no érgo competente de acordo com a sua situacao de ex-policial militar ou entregé-la a Policia Federal nos termos do art. 31, da Lei n° 10.826, de 2003, § 1° O Comandante da OPM encaminharé ao Centro de Inteligéncia da Policia Militar 0 Registro da Arma, a Carteira de Identidade ¢ uma c6pia do Termo de Recolhimento da Arma. § 2° Cabe a0 Comandante da OPM orientar o proprietério da arma a procurar o Centro de Inteligéncia para solicitar os documentos necessérios, a fim de apresentar no érgio competente para aquisig&o de um novo registro, se for 0 caso. § 3° Passado 0 prazo 60 (sessenta) dias, nfo tendo o ex-policial militar tomado nenhuma providéncia, o Comandante da OPM encaminhard a arma para Centro de Inteligéncia, que a encaminhard para o érgao do Exército Brasileiro. Art. 4° A arma, do policial militar que nao tenha sido recolhida pela OPM, deveré ser recolhida pelo Diretor de Pessoal, no momento da entrega do Certificado de Reservista e /ou Carta Patente. Pardgrafo ‘inico. A arma recolhida nos termos deste artigo, sera encaminhada ao Centio de Inteligéncia para os meNTOrdigpostos no artigo 3° desta Resolugio. Art. 5° Esta Reso) na data de sua publicagao. SS mee FIGUEIREDO — CEL PM Comandante Geral