Você está na página 1de 1

A pirmide disciplinar constituiu a pequena clula de poder no interior da qual a separao, a

coordenao e o controle das tarefas foram impostos e tornaram-se eficazes; e o


quadriculamento analtico do tempo, dos gestos, das foras dos corpos, constituiu um
esquema operatrio que pde facilmente ser transferido dos grupos a submeter para os
mecanismos da produo; a projeo macia dos mtodos militares sobre a organizao
industrial foi um exemplo dessa modelao da diviso do trabalho a partir de esquemas de
poder. Mas em compensao a anlise tcnica do processo de produo, sua decomposio
maquinai se projetaram sobre a fora de trabalho que tinha como tarefa realiz-lo: a
constituio dessas mquinas disciplinares onde so compostas e assim amplificadas as foras
individuais que elas associam o efeito dessa projeo. Digamos que a disciplina o processo
tcnico unitrio pelo qual a fora do corpo com o mnimo nus reduzida como fora
poltica, e maximalizada como fora til. O crescimento de uma economia capitalista fez
apelo modalidade especfica do poder disciplinar, cujas frmulas gerais, cujos processos de
submisso das foras e dos corpos, cuja anatomia poltica, em uma palavra, podem ser
postos em funcionamento atravs de regimes polticos, de aparelhos ou de instituies muito
diversas. P. 244 pdf