Você está na página 1de 12

Jornal Visão

tas
Sex
às
“Juntos para uma nova visão”

Sai
Directora: Cátia Mondlane - Editor: Jaime Inácio Sitóe - Sexta-Feira, 30 de Março de 2018 - Edição nº 14- Ano: II

CTA lança Fundo para financiamento alternativo das PMEs


A CTA, em parceria vel, este Fundo pode
com a Active Capital, servir para mini-
lançou esta Quar- mizar a escassez de
ta-feira, 28 de Mar- financiamentos em
ço, um Fundo para sectores como a agri-
financiar Pequenas cultura e a indústria.
e Médias Empre- Por seu turno, a
sas (PMEs). O valor Active Capitales-
por projecto a fi- pera que todas as
nanciar será até 20 PME´spossam be-
milhões de dólares neficiar do Fundo,
(CAPEX). Para as para efeitos finan-
empresas acederam ciamento de pro-
ao Fundo é preciso jectos produtivos
que tenham as con- com quatro anos
As condições de pa- gando, deste modo, tamente ao agente cimento do sector
tas auditadas (últi- de graça, projectos
gamento são 8 anos apenas os juros econômico e o reem- produtivo em Mo-
mos 3 exercícios), estes que possam
com a possibilidade do financiamento. bolso directamente çambique e melho-
o estudo económi- gerar mudanças na
de haver um perío- Os Fundos em Mo- ao Fundo no exterior. rar as condições de
co-financeiro do economia do país.
do de carência de çambique serão Com este Fundo, acesso ao crédito.
projecto de investi-
até 4 anos do reem- depositados e de- a CTA espera con- Dado o período de
mento em questão.
bolso de capital, pa- sembolsados direc- tribuir para o cres- carência confortá-

TRANSPORTES PÚBLICOS E SEMI-COLECTIVO DE PASSAGEIROS


COMPORTAMENTO DOS MOTORISTAS E SEUS COBRADORES DEIXA A DESEJAR

Triste a realidade que se listas e seus cobra-


vive nos parques e pa- dores são às barbas
ragens de transportes das entidades fiscali-
públicos vulgo “Chapa zadoras municipais.
100”, onde passageiros Por outro lado Nu-
e cobradores trocam in- vunga apela tanto co-
sultos, palavrões e mes- brador como o muní-
mos palavras considera- cipe para que sempre
das injuriosas perante que se fizerem ao
as crianças e pessoas chapa devem se tra-
mais velhas. tar como amigos da
Vergonhoso o cenário jornada ou compa-
que se vivencia todos nheiros, saudando
os dias pois, os cobra- um ao outro. “Cada
dores tratam bem os um deve tratar o ou-
passageiros antes mes- tro com respeito, pois
mo de entrarem dentro todos temos os nos-
dos chapas, mais quan- sos problemas e não
do já lá estiverem são inadequados e chega a país. Na rua o cobrador nas olham pra o lado tem de perguntar para devemos transportá
tratados como se nada trocar palavras insul- atenta-se ao objectivo deles, pois dependen- onde vão, e só levam -los para o chapa 100”.
fossem, porém julga se tuosas com os demais. de angariar dinheiro do do dia de cada um a quem vai para Sho- Paunde, apela para que
necessário que a educa- Procuramos conversar a todo, esquecendo-se e como passou, acaba- prite e outras paragem os cobradores se corri-
ção de cada indivíduo com vários munícipes de tratar os passagei- mos carregando nosso ali perto, resumindo jam. Nosso interlocu-
seja bem estruturada de Maputo nos princi- ros com respeito, prin- stress para todo lugar”, só querem sobe-des- tor acredita que ainda
desde a sua casa até ao pais terminais rodoviá- cipalmente as senho- esclareceu Nuvunga. ce”, lamenta Cuinica. há tempo dessa camada
seu local de trabalho, rios interurbanos sobre ras que são agarradas Quem não deixou de Os nossos entrevistados laboral passar por uma
onde a mesma deve a relação existente en- de qualquer maneira fora a sua opinião é o apelam a todos Cobra- formação para relações
servir para qualquer sí- tre cobradores e utentes dentro dos chapas. O interlocutor Dinilton dores, de modo a mu- públicas nos transpor-
tio onde o mesmo cida- do transporte semi-co- cobrador é comporta- Cuinica, explanando dar do comportamen- tes semi-colectivos de
dão estiver e com qual- lectivo de passageiros. mento negativo só em que muitas vezes tem to que os mesmos têm passageiros ou mesmo
quer que seja a pessoa. De acordo com Jacinto si, já o que sai da boca presenciado compor- levado diariamente. optarem por seguir o
Mas não é isso que si Paunde a relação entre é um problema sério”, tamento doloroso por Cuinica, pede a todos conselho de quem já
vive dentro do chapa ambos é péssima, por- desabafou Paunde. parte dos cobradores. em particular o Minis- é veterano na área de
100, seja onde for com que a maior parte dos Já para Dinis Nuvunga a Nas rotas Baixa-Xique- tério dos Transportes e cobrar chapa 100. “Os
os cobradores e seus cobradores não tem relação entre eles é boa, lene é muito complica- o Governo que não dei- proprietários dos veí-
passageiros. Verifica-se cultura, civismo e edu- visto que ambos são do porque os motoris- xe a fiscalização para culos devem fazer pen-
sempre alterações em cação, visto que a edu- culpados do compor- tas andam de acordo as entidades munici- te fino na escolha dos
cada indivíduo trazidas cação parte de casa. Se tamento que tem vindo com os cobradores. “É pais apenas, porque os motoristas e cobrado-
de casa, trabalho ou eles tratam mal os pas- a acontecer dentro dos que para subir o chapa mesmos não só fazem res, pois acredito que
mesmo qualquer que sageiros o cenário re- chapas, porque mui- tem de fazer ligações, o trabalho para ajudar nem sabem como as
seja o lugar, mas além pete-se nas suas casas. tos dos passageiros são e se falhar tem de sair o povo mas sim para pessoas são tratadas e
de deixar essas situa- “Falam bujardas, pala- egocêntricos. “Quan- de baixa até ponto fi- beneficiar seu próprio transportadas nos seus
ções antes mesmo de se vras desrespeitosas, in- do entram dentro do nal pois é onde vão le- bolso. Nosso interlo- carros”, sugeriu Paunde.
deslocar do local, car- sultos em frente de pes- chapa esquecem-se de var as pessoas, e outro cutor aponta que as
rega consigo até outros soas mais velhas com que aquele indivíduo problema é que pra le- irregularidades come-
lugares e ambientes idade ou superior a dos é gente como ele, ape- var as pessoas primeiro tidas pelos automobi-

Uso inadequado de auriculares pode causar Cerca de 32 Milhões de Meticais para os afecta-
perda auditiva... Pag. 03 dos pela Lixeira de Hulene...Pag. 02
SOCIEDADE Sexta-feira,30 de Março de 2018 02

JOAQUIM CHISSANO
“O recenseamento Eleitoral é o primei-
ro passo para participar na decisão da
governação do país”
Jaime Inácio

O antigo es-
tadista Mo-
çambicano, Joa-
quem quiser par-
ticipar nas deci-
sões do país, pois
pública e o chefe
de estado. Pro-
cesso que terá
os moçambica- no, falava nama- la Secundária da
quim Alberto tem neste pro- lugar em novem-
nos no proces- nhã desta quin- Polana, acompa-
Chissano, defen- cesso o visto para bro próximo e
so eleitoral, com ta-feira depois de nhado por presi-
de que o proces- eleger o presi- 2019
maior destaque cumprir de se re- dente do STAE,
so de recensea- dente municipal, Chissano, sensi-
para os jovens. censear no posto CNE e membros
mento eleitoral, membros para a bilizou a partici-
Joaquim Chissa- eleitoral da Esco- do governo.
é a premissa para assembleia da re- pação de todos

Cerca de 32 Milhões de Meticais para os afectados pela Lixeira de Hulene

O governo vai desembolsar cerca de 36 milhões de meticais, para a ajuda as famílias afeta-
das pela tragédia de desabamento da lixeira de Hulene em Maputo.
O decreto foi torna-
do público nes-
ta segunda-feira, pela
Na sequência do desa-
parecimento de uma
montanha de lixo, cau-
temporária de mais de
369 famílias, afectadas.
Com isto, o município
porta voz do conselho sando a morte de cer- de Maputo e Matola, já
de ministro,depois da ca de dezoito pessoas estudam o mecanismo
sua décima secção,or- e dezenas de feridos de reacentamento as fa-
dinária,para a ajuda O decreto visa a trans- mílias e a asseleridade
de munícipes que per- ferência e canalização da construção do novo
deram todos os seus dos valores, do ministé- aterro em em Mathe-
bens e familiares, de- rio da terra ambiente e mele, uma parte destes
pois docatástrofe do dia desenvolvimento rural, munícipes já foi indica-
19 de fevereiro do ano aosconfresda Edilida- da terrenos nos bairros,
em curso em Hulene, de da cidade de Mapu- Muhalaze e Boquisso
nodistrito municípal to, que por sua vez, vai no Município da Mato-
KaMavota em Maputo. gerir na mobilização la, para a sua integração.

Caso de burla via telefone ganha mais espaço na cidade de Maputo


Nos dias que ocorrem riências nesse assunto. para os seus números. o saldo das vítimas. volução do mesmo. sos de burlas vem ga-
os casos de burla feitas Segundo Afonso Ta- Alírio da Conceição Isaías Massilane dis- Os nossos entrevis- nhando mais adeptos.
através de chamadas mele os burladores contou nos que os bur- se que já recebeu uma tados apelam a todos Burlar significa en-
ou mensagens telefó- ligam dizendo que a ladores fazem se passar chamada dos meliantes cidadãos que estejam ganar, praticar frau-
nicas tem aumentado. pessoa ganhou um por alguma empresa de dizendo que enviaram atentos asa mensa- de em qualquer sis-
A equipa do Jornal Vi- prémio para recebe-ló telefonia móvel com por engano um valor gens e telefonemas que tema e ainda lesar
são foi á rua para colher deve enviar um valor intuito de extorquir e ele devia fazer a de- recebem, pois os ca- ou ludibriar alguém.
dos interlocutores expe-

Indivíduos desconhecidos invadem Abostos clandestinos matam mais mulheres em Moçambique


uma residência e saqueiam bens de
Elas abortam em
um Jogador da União Desportiva situações ameaça-
de SongoMayunda no bairro Khon- das por causa das
condições de saú-
golote de precária em que
são submetidas.

Procuramos saber
colheram um televi- dos interlocutores
sor plasma e um valor quais as razões que
O acto aconteceu na levam as mulheres
monetário não estipu-
manha desta segunda- a optar pelo aborto
lado, os mesmos pe-
feira, no bairro do Kho- clandestino? Estes
dem a intervenção da
golote município da indicaram a falta
policia pós a onda de
Matola. Entrevistados de diálogo com os
roubos e assaltos tem
pela nossa equipa de pais e o medo de
se alastrado naque-
reportagem os vizinhos não terminar os
la parcela residencial.
da vítima que preferi- estudos como pre-
De referir que esta não
ram falar em anonima- textos usados pelas
é a primeira vez que os
to contam que os mal- pessoas que já re- pelos serviços de pla- ponsável por aproxima- os anos são realizados
malfeitores invadem
feitores aproveitam-se correram essa pratica. neamento familiar dis- damente 70.000 mortes mais de 44 milhões de
esta residência e os
da ausência do dono da Os interlocutores dei- poníveis em todas as maternas e mais de cin- abortos no mundo, e
moradores dizem estar
casa para se introduzi- xam um apelo a to- unidades sanitárias. co milhões de interna- que pouco mais da me-
agastados e que as au-
rem-se na residência das raparigas e acon- O aborto induzido de ções por ano no mundo. tade foi feito de forma
toridades nada fazem
do jogador, onde re- selham-nas a optar forma clandestina é res- Estima- se que todos incorrecta e insegura.
para combater este mal.
SOCIEDADE Sexta-feira,30 de Março de 2018 03

Direitos Sexuais e Reprodutivos chegam a mais munícipes na Matola


Nádio Taimo zado pela Medicos pação dos munícipes são de NUIT, Planea- associação que par- a realização do evento
Del Mundo em parce- nos espaços de gover- mento familiar, Doação ticipou neste evento. e logra a iniciativa da
ria com a associação nação para o exercício de Sangue, abertura de SIZAQUEL MATLOM- Medicos del Mundo.
Jovens para Jovens e dos direitos de saúde. contas bancárias e re- BE, uma das artistas e Activistas escolares da
Conselho Municipal O evento contou com a gisto de nascimentos. embaixadora de boa geração BIZ também
da Matola, sob o lema participação de pouco Cristina Marques re- vontade deste projecto animaram o evento
Decorreu no último sá- “uma cidadania justa e mais de 300 munícipes presentante da ACO- “uma cidadania justa em cânticos e dança,
bado uma feira de saúde activa das mulheres nos que aproveitaram os ser- DEMO, falou para a e activa das mulheres tendo falado das difi-
no bairro Ndlavela, mu- direitos sociais e repro- viços patentes na feira nossa equipe de repor- nos direitos sociais e culdades que enfren-
nicípio da Matola. dutivos”, cujo objectivo como emissão do Bilhe- tagem das activida- reprodutivos”, mos- tam no seu dia-adia.
O evento foi organi- é melhorar a partici- te de Identidade, emis- des exercidas pela sua trou-se satisfeita com

Uso inadequado de auriculares pode causar perda auditiva


Mara Nhantumbo privada ou minimi- sabem que o seu uso exercícios físicos, a ca- ganização mundial da riculares não podem
zar a interferência de indevido pode causar minhar, no transporte saúde, o uso de auricu- ser compartilhados,
outros sons presen- perdas auditivas. Tam- publico entre outros. lares por mais de 90 mi- e cada lado deve ser
tes no mesmo espaço. bém tornou-se mui- Jovens, são os que nutos por dia, aumenta usado no ouvido cor-
Auriculares são uma
Actualmente, é comum to comum encontrar mais fazem uso dos o risco de a pessoa per- respondente e nunca
parte de pequenos
pessoas que passam pessoas com auricula- auriculares. Uns para der a audição em prazo de forma invertida ou
auto-falantes usa-
parte do dia com au- res nos mais variados se concentrar e ou- de 5 anos. Caso o apare- alternada, isto evita a
dos sobre as orelhas
riculares nos ouvidos, ambientes: ao acordar, tros para se isolar do lho seja utilizado na po- transmissão de possí-
ou canal auditivo.
mas são poucos que antes de dormir, falar mundo ao seu redor. tência máxima os riscos veis doenças e infec-
Sua finalidade é pro-
usam este equipamento ao celular, no trabalho, De acordo com o estu- aumentam em 70%. ções de um ouvido para
porcionar uma audição
inadequadamente e que durante a pratica de do promovido pela or- De lembrar que os au- o ou e entre pessoas.

Cidadãos não sabem que o aborto é legal e gratuito em Boane


Célsia Chichava

Serviços de aborto se- aborto seguro, cuidados A nossa equipe de re- que não quis se identi- Leia Gomes, utente do que uma questão mé-
guro e cuidados depois após-aborto com intui- portagem escalou na ficar afirma que desde mesmo hospital afir- dica, ética ou até legal,
do aborto são ofereci- to de proteger a vida dos manhã desta segunda- o dia que foi aprovado ma desconhecer to- acima de tudo uma
dos de forma gratuita cidadãos, mas nos dias feira o centro cultural esta norma ainda há talmente o assunto. questão humana que
nas unidades sanitárias. que correm podemos de saúde de Boane com pacientes apresentados Facto, é que estas nor- envolve o homem e
Há mais de 6 meses observar grandes nú- vista a colher depoimen- no hospital em péssi- mas vieram para sen- a mulher como indi-
que foram aprovados as meros de morte espera to a cerca do assunto mas condições devido sibilizar os utentes que víduos e como mem-
normas clínicas sobre o aborto clandestino. A técnica do hospital ao aborto clandestino. o aborto é muito mais bros da sociedade.

O reitor da Universidade Pedagógica apela aos alunos que cursam Marketing e


Publicidade a melhorarem nas suas pesquisas para o desenvolvimento do País
Angélica Miranda
senvolvimento do País dade Pedagógica Jorge keting e Publicidade. criativos e directores cer projectos criativos
O reitor da Universida- Esta constatação foi Ferrão, onde disse que De referir que na quar- de algumas empresas e feitos para estudantes
de Pedagógica apela aos avançada nesta terça- os alunos das univer- ta-feira(27) o centro agências publicitárias finalistas de comuni-
alunos que cursam Mar- feira, em Maputo, no sidades devem melho- cultural Brazil-Mocam- no país, além da entre- cação provenientes das
keting e Publicidade a decorrer da 3ª edição rar as aulas pesquisas bique juntou estudantes ga de certificados de principais universi-
melhorarem nas suas de Marketers em Acção que estão relacionadas universitários numa participação. O evento dades que leccionam
pesquisas para o de- pelo Reitor da Universi- nas cadeiras de Mar- mesa redonda com serviu para reconhe- Marketing nos país.

Igreja um espelho de partilha social mais confiável da sociedade moçambicana


Sónia Macucule

Vivemos numa época em que a correria faz parte em drogas, com grupos videntes e a come- com os filhos. Isso, é devido a falta de apren-
do nosso dia-a-dia, mesmo que sendo omnipre- terem maldade contra o seu próximo isso dizagem dentro da igreja.” Refutam os nos-
sente, Deus estabeleceu um lugar onde possamos porque eles não frequentam os cultos, eles sos entrevistados que todos devem ir a igre-
nos encontrar com o mesmo objectivo de buscar e não foram ensinados o caminho de Deus. ja pois lá aprende-se o que é certo para todos.
aprender a palavra sagrada. A congregação exerce a função muito impor- Por mais que um culto pareça um simples en-
A igreja tem trazido um ensinamento às pes- tante no comportamento e na própria vida dos contro de oração, para os nossos entrevis-
soas sobre a importância de ouvir a palavra de cidadãos no geral, ela estimula, instrui, adver- tados ela é mais que isso influenciando bas-
deus, de aprender sobre os seus mandamen- ti e ensina a ser bondosos uns com os outros. tante para aquilo que e o comportamento do
tos, e isso tem feito que haja diferença entre os “Nos dias de hoje vimos um mundo diferen- indivíduo dentro ou fora da igreja, seguin-
que praticam e os que não praticam a religião. te de pessoas agressivas, crianças se envol- do aquilo que são os ensinamentos de Deus.
Por isso muitos adolescentes se envolvem vendo com drogas muito cedo, pais distantes

Feliz Sexta-Feira SANTA todos


Cristãos de Moçambique e do Mundo
NACIONAL Sexta-feira,30 de Març0 de 2018 04

Brasil interessado no gás moçambicano


Redacção
Empresas brasilei-
ras irão participar
numa conferência do
sector em Maputo.
Brasil quer ajudar Mo-
çambique a tirar maior
proveito das oportuni-
dades que a indústria
de petróleo e gás oferece
no combate à pobreza e
no desenvolvimento do
país, disse o embaixa-
dor daquele país em Ma-
puto, Rodrigo Soares.
Soares citado pela
VOA, anunciou que
está agendada para
breve, em Maputo, uma
conferência com a par-
ticipação de empresas
Moçambique seja ain- No meio académico, dades de conhecimento sector de petróleo e gás”. do Rovuma, norte de
brasileiras interessa-
da mais beneficia- esta conferência é vista e de saber relacionar-se Refira-se que um pro- Moçambique com o
das em investir na in-
do por esta indústria como uma mais val- com este tipo de produ- jecto bilionário de envolvimento de al-
dústria do petróleo e
tão importante para ia, pelo facto de que o tos fontes energéticas e petróleo e gás está neste gumas multinacion-
gás em Moçambique.
a economia do país”, Estado moçambicano com empresas multina- momento em desen- ais, entre as quais a
“Será um evento que
disse o diplomata. “tem grandes debili- cionais que operam no volvimento na bacia americana Anadarko.
contribuirá para que

Jornalista Ericino de Salema raptado e encontrado incosciente


Redacção
O comentador do ca- de comentaristas do
nal STV foi, esta tarde, programa Pontos de
levado à força por des- Vista da STV que são
conhecidos à saída da raptados e molesta-
sede do Sindicato Na- dos. O caso anterior
cional dos Jornalistas. teve como vitima o
Este é o segundo caso professor Jaime Macu-
de rapto e agressão de iane, que depois de
jornalistas em menos raptado por homens
de dois anos no país. desconhecidos foi
O analista Ericino de alvejado a tiro. Até ao
Salema foi seques- momento, a polícia
trado na tarde desta ainda não identificou
terça-feira (27.03) por os autores do crime.
dois indivíduos não
identificados à saída O moderador do pro-
do Sindicato Nacion- grama, Jeremias Lan-
al dos Jornalistas, no ga disse à margem da
centro da cidade de conferência de im-
Maputo. A vítima viria prensa que o seques-
a ser localizada uma tro de Ericino Salema
hora e meia hora de- e a violência de que
pois na estrada circular. foi vitima representa
O Secretário Geral do e o Conselho Superior da Comunicação Social um retrocesso porque
Sindicato Nacional dos jornalistas, Eduardo Con- realizaram uma conferência de imprensa con- as pessoas vão interpretar isso como uma forma
stantino descreve o estado em que se encontrava. “Ele junta para condenar o ato. Consideraram que de intimidação. “Se pudéssemos pensar que era
foi localizado num estado deplorável, foi espanca- este acto visa intimidar a liberdade de expressão uma situação ocasional do professor Macuiane
do e deixado inconsciente mas está fora de perigo”. e exigiram a responsabilização dos seus autores. isto vem confirmar que era uma coisa intencional,
Ericino de Salema era um dos comentado- que alguém agiu no sentido de intimidar o jornal-

A vitima encontra-se res residentes do programa semanal Pon- ista”. Ainda segundo Jeremias Langa o facto des-
tos de Vista da televisão privada STV. tas situações nunca serem esclarecidas constitui

hospitalizada a receber Para Tomás Vieira Mário, que faz parelha com
Ericino de Salema no programa, mais do que
uma agravante que se transforma em verdade.
Até prova em contrário vamos dizer que é
cuidados médicos. condenar este acto intimidatório e cobarde o pelo exercício do trabalho como comenta-
dor que ele foi vitima deste sequestro e da vi-
O porta-voz da Polícia na cidade de Mapu- que mais preocupa é que “os perpetradores
fazem-no em plena luz do dia, na via publi- olência que sofreu- afirmou Jeremias Langa.
to, Orlando Mudumane, disse que a corpo-
ca o que exprime a certeza de impunidade.” “O que é que as pessoas vão pensar? Vão pensar
ração tomou conhecimento da ocorrência.
Segundo Tomás Vieira Mário, que é igualmente que este é um modus operandi do sistema aqui em
“Até então desconhece-se o móbil deste crime.
Presidente do Conselho Superior da Comuni- Moçambique. As pessoas vão ter mais medo de falar,
A Polícia lavrou a respetiva peça de expediente
cação Social não há nada que Salema tenha dito já sentíamos que essas manifestações de medo iri-
e, neste momento, as forças conjuntas da Polícia
que possa justificar em caso algum que fosse am agravar-se naturalmente e dificilmente vamos
da República de Moçambique e do Serviço Na-
vítima de rapto. “Não há nada que qualquer jor- ter alguém a dar-lhes razão de que não é por esta
cional de Investigação criminal estão no terreno
nalista não dissesse e em liberdade” acrescentou. razão porque estes casos nunca são esclarecidos”.
no sentido de esclarecer este caso”. O Sindicato
Segundo caso em menos de dois anos Ericino de Salema é um jornalista interessado na
Nacional dos Jornalistas, o MISA-Moçambique
Este é o segundo caso em menos de dois anos pesquisa social na perspetiva dos direitos humanos.
DESTAQUES Sexta-feira,30 de Març0 de 2018 05
AINDA NÃO HÁ DATA MARCADA PARA O INÍCIO DAS OBRAS DO ATERRO DE MATHEMELE.
negócios Estrangeiros mundo, portanto, as
e Comércio Internac- ações contra este tipo Desde então suceder-
Redacção ional queniana, a paz de grupos devem ser am-se conflitos esporád-
e a estabilidade são estendidas para todos icos em povoações no
condições básicas para os países com os quais mato, nos arredores.
O Governo queni-
o desenvolvimento cooperamos», frisou
ano manifestou esta
das nações africanas Monica Kathina Juma. O último caso deu-se
quinta-feira em Ma-
e todas as ameaças a 14 de Março na al-
puto, disponibilidade
a estes valores de- Em outubro, um grupo deia de Chitolo, onde
para cooperar com
vem ser combatidas. de aparente inspiração uma pessoa morreu e
Moçambique no com-
islâmica atacou postos várias casas foram que-
bate ao terrorismo,
“Devo dizer que tem de polícia e situou du- imadas durante um
considerando que a
havido muita co- rante dois dias a vila ataque de um grupo de
luta deve ser assumi-
operação entre os de Mocímboa da Praia, homens armados de
da por todos os países bique”, disse a ministra contro entre o Presiden- serviços de inteligên- norte de Moçambique, origem desconhecida.
porque estes grupos não dos negócios Estrangei- te da República, Filipe cia ao longo do oceano tendo, durante os confli-
respeitam fronteiras. ros e Comércio Inter- Nyusi, e o seu homólogo Índico porque estes tos, morrido dois agen- A polícia moçambicana
nacional do Quénia, do Quénia, Uhuro Ken- grupos não respeitam tes da polícia e outros disse ser ainda prema-
“Nós temos uma larga Monica Kathina Juma. yata, no âmbito de uma fronteiras”, afirmou quatro elementos das turo associar novas ocor-
experiência no combate visita que o chefe de Esta-
Monica Kathina Juma. forças de segurança, rências naquela região
contra estes grupos e Aquela responsável fa- do queniano realiza des- além de um número in- ao mesmo grupo que
estamos prontos para lava durante uma con- de hoje a Moçambique. «Grupos terroristas con- certo de atacantes, que sitiou a vila durante dois
partilhar e discutir ex- ferência de imprensa
stituem uma ameaça as autoridades colocam dias e garantiu que as in-
periências com Moçam- momentos após um en- Para a ministra dos para todos os países do acima de uma dezena. vestigações continuam.

Reciclar pode ser uma forma de reduzir e reaproveitar o lixo em Moçambique


Reciclagem é o processo Maputo mais de mil to- as garrafas de plástico, co para adubar a terra. empresas que reciclam por cada quilo de latas.
industrial ou artesanal neladas de lixo. Portan- uma vez que é possí- Os materiais mais re- os resíduos, processam Reciclar uma tonela-
de reaproveitamento de to a reciclagem é uma ciclados são os plásti- e criam novos produtos da de papel poupa 22
matéria-prima, roupas, alterna- cos, vidro a partir deles, como é o árvores, consome 71%
alimentos ou qualquer tiva para e alumínio. caso da Associação Mo- menos energia eléctrica
outro recurso mate- a m e - Além de çambicana de recicla- e polui o ar 74% me-
rial que possa ser no- nizar auxiliar na gem (AMOR) que foi nos do que fabrica-la.
vamente utilizado seja o pro- redução da criada em 2009 por am- Cada 50 quilos de alu-
ele transformado ou blema, poluição do bientalistas especialis- mínio usado transfor-
recuperado para o uso. porém solo, do ar, tas da reciclagem, com mado em papel novo,
Para compreendermos é neces- e da água, o objectivo de cons- evitam que sejam ex-
a reciclagem é impor- sário o a recicla- ciencializar a popula- traídos do solo cerca de
tante reciclarmos, o enga- gem surge ção, as vantagens da re- 5.000 quilos de minério.
conceito que temos do jamen- também ciclagem e a valorização A reciclagem é uma
lixo, deixando de enxer- to da como uma dos resíduos no país. acção importante que
ga-lo como uma coisa população para rea- vel fazer peças deco- solução para o desem- A AMOR paga pessoas todos cidadãos de-
suja e inútil em sua to- lizar esta acção. rativos e de utilidade prego, uma vez que que levam o lixo até a vem praticar. E quan-
talidade. Pois grande Nossos entrevistados entre outras coisas. muitos desemprega- associação. Os preços do se cria desde cedo
parte dos materiais que foram unânimes em As pessoas que pos- dos encontram neste são 20 centavos por esta consciência fica
vão para o lixo pode dizer é uma forma de suem hortas e jardins sector uma forma de cada quilo de papel, ainda mais fácil le-
ser recicladas. Todos os fazer reciclagem do- podem utilizar boa sustentar suas famílias. 1.20 mts por cada quilo var esses ensinamen-
dias produzem-se em méstica é aproveitar parte do lixo orgâni- Em Moçambique há de plástico e 75 centavos tos para a vida adulta.

PUBLICIDADE Sexta-feira, 30 de Março de 2018 PUBLICIDADE


SEXTA-FEIRA SANTA 06

SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO... O que é? Porquê?


Sexta-feira Santa ou esperava no pátio, ne- “alegar ser o Filho de lo novo que havia sido trocadas para panos No dia seguinte, na
Sexta-Feira da Paixão é gou Jesus por três vezes Deus”. Esta possibilida- escavado num rochedo negros e assim ficarão manhã de sexta, todos
uma data religiosa cató- enquanto o interroga- de atemorizou Pilatos, (Mateus 27:59-60) que até a Divina Liturgia do se juntam novamente
lica que relembra a cru- tório se desenrolava, que voltou a interrogar ficava num jardim per- Grande Sábado. para as “Horas Reais”,
cificação de Jesus Cristo exatamente como Jesus Jesus para descobrir de to do local da crucifica- Os fieis revisitam os uma celebração expan-
e sua morte no Calvário. havia previsto. onde ele havia vindo ção. Nicodemos trouxe eventos do dia com lei- dida das Pequenas Ho-
(João 19:1-9). mirra e aloé e ungiu o turas públicas de sal- ras (incluindo a primei-
O feriado é observado Na manhã seguinte, corpo de Jesus, como mos específicos, dos ra, terceira, sexta, nona
sempre na sexta-feira uma multidão seguiu Voltando à multidão era o costume dos ju- evangelhos e do canto e a típica) pela adição
que antecede o Domin- com Jesus preso até o novamente, Pilatos de- deus (João 19:39-40). de hinos sobre a morte de leituras do Antigo
go de Páscoa, o sexto governador romano clarou que Jesus era Para selar o túmulo, de Cristo. Neste dia é Testamento, Epístolas
dia da Semana Santa Pôncio Pilatos e o acu- inocente e lavou suas uma grande observado um jejum e do Evangelho e hinos
no cristianismo oci- saram de subversão mãos para mostrar que rocha foi ro- bastante estrito e se sobre a crucificação em
dental e o sétimo no contra o Império Ro- não queria ter parte lada em fren- espera que todos cada uma das horas.
cristianismo oriental mano, de se opor aos alguma em sua con- te à entra- os cristãos bizan- À tarde, por volta das
(que conta também o impostos pagos ao cé- denação, mas mesmo da (Mateus tinos adultos ab- três horas, todos se
Sábado de Lázaro, ante- sar e de autodenominar assim entregou Jesus 27:60) e to- diquem de toda juntam para celebrar
rior ao Domingo de Ra- “rei” (Lucas 23:1-2). para que fosse crucifi- dos voltaram comida e bebida a Deposição da Cruz.
mos). É o primeiro dia Pilatos autorizou os lí- cado para evitar uma para casa durante todo A leitura é uma con-
(que começa na noite deres judeus a julgarem rebelião (Mateus 27:24- para iniciar o dia, desde catenação baseada nos
da celebração da Missa Jesus de acordo com 26). Jesus carregou sua o repouso que não prej- quatro evangelhos. Du-
da Ceia do Senhor) do seus próprios costumes cruz até o local de sua obrigató- udiquem suas rante o serviço, o corpo
Tríduo Pascal e pode e passar-lhe a sentença, execução (com a aju- rio do condições de de cristo é removido
coincidir com a data da mas foi lembrado pelos da de Simão Cireneu), sabá, saúde. Àque- da cruz e levado para
Páscoa judaica. líderes judeus que os um lugar chamado “da que co- les que, por o altar. Perto do fim do
Este dia é considera- romanos não lhes per- Caveira” (Gólgota em meçou idade ou en- serviço, um epitaphi-
do um feriado nacio- mitiam executar sen- hebraico e Calvário em a o fermidade, os (um pano bordado
nal em muitos países tenças de morte (João latim). Lá foi crucifica- pôr- for necessário com a imagem de Cris-
pelo mundo todo e em 18:31). do entre dois comer, pão e to preparado para ser
grande parte do oci- Pilatos interrogou Jesus ladrões (João água podem ser sepultado) é levado em
dente, especialmente e afirmou para a multi- 19:17-22). consumidos de- procissão até uma mesa
as nações de maioria dão que não via funda- Jesus agoni- pois do pôr-do-sol. baixa na nave, símbolo
cristã. De acordo com men- tos A observância da do túmulo de Cristo,
os relatos nos evan- para Grande e Sagrada Sex- geralmente decorado
gelhos, os guardas do uma ta-feira começa com muitas flores. O
templo, guiados pelo pena de na noite da epitaphios representa
apóstolo Judas Iscario- morte. Quan- qu i nt a - fe i - o corpo de Cristo já
tes, prenderam Jesus do ele soube que Jesus ra com doze envolvo na mortalha e
no Getsêmani. Depois era da Galileia, Pilatos zou na cruz leituras dos tem aproximadamente
de beijar Jesus, o si- delegou o caso para o por aproxi- quatro evan- o tamanho de um ícone
nal combinado com os tetrarca da região, He- madamente seis horas. gelhos e que escala real do corpo
guardas para demons- rodes Antipas, que, Durante as últimas três, recontam os de Cristo. Alguns pa-
trar que era o líder do como Jesus, estava em do meio-dia às três da eventos da dres nesta hora fazem
grupo, Judas recebeu Jerusalém para a cele- tarde, uma escuridão Paixão de Cristo, uma homilia e todos se
trinta moedas de pra- bração da Páscoa ju- cobriu “toda a terra” do- da Última Ceia até a aproximam para a ven-
ta (Mateus 26:14-16) daica. Herodes também (Mateus 27:45, Marcos sol (Lucas 23:54- crucificação e sepulta- eração.
como recompensa. De- interrogou Jesus, mas 15:13 e Lucas 23:44). 56). mento de Jesus. Algu-
pois da prisão, Jesus foi não conseguiu nenhu- Quando Jesus morreu, A Igreja Ortodoxa e as mas igrejas utilizam um Ao cair da noite de
levado à casa de Anás, ma resposta e enviou-o houve um terremoto, Igrejas Católicas Ori- candelabro com doze sexta-feira, começa
o sogro do sumo-sacer- de volta a Pilatos, que túmulos se abriram e a entais de rito bizanti- velas e as vão apagando, o período conheci-
dote dos judeus, Cai- disse para a multidão cortina do Templo ras- no chamam este dia uma por vez, após cada do como matinas do
fás. Sem revelar nada que nem ele e nem gou-se cima até embai- de “Grande e Sagrada uma das leituras. Grande e Sagrado
durante seu interroga- Herodes viam motivo xo. José de Arimateia, Sexta-feira” ou “Grande Sábado, e realiza-se um
tório, Jesus foi enviado para condenar Jesus. um membro do Siné- Sexta-feira”. A primeira destas leitu- serviço único conheci-
para Caifás, que tinha Ele então se decidiu drio e seguidor de Je- ras é João 13:31 até João do como “Lamentação
consigo o Sinédrio re- por chicoteá-lo e soltá sus em segredo, foi até Como o sacrifício de 18:1, a mais longa lei- no Túmulo” (Epitáphios
unido (João 18:1-24). -lo, mas os sacerdotes Pilatos e pediu o corpo Jesus na cruz é relemb- tura do evangelho em Thrēnos) ou “Matinas
Muitas testemunhas incitaram a multidão a de Jesus para que fosse rado neste dia, a Divina toda a liturgia ortodoxa de Jerusalém” em volta
apareceram para acusar pedir que Barrabás, que sepultado (Lucas 23:50- Liturgia (o sacrifício do dentro do ano litúrgi- do epitaphios no centro
Jesus, mas seus relatos havia sido preso por as- 52). Outro seguidor pão e do vinho) jamais co. Imediatamente an- da nave da igreja. Sua
conflitavam entre si e sassinato durante uma de Jesus em segredo e é celebrada na Grande tes da sexta leitura, que característica principal
Jesus manteve-se em revolta, fosse solto no também membro do Sexta-feira, exceto reconta os eventos de é canto das “lamenta-
silêncio. Finalmente, o lugar dele. Quando Pi- Sinédrio, Nicodemos, quando a data cai no Jesus sendo pregado na ções” ou “glórias” (En-
sumo-sacerdote desa- latos perguntou então o foi com José de Ari- mesmo dia da grande cruz, uma grande cruz kōmia), que consiste
fiou Jesus dizendo: «Eu que deveria fazer com mateia para ajudar a festa da Anunciação, é carregada para fora em versos cantados
te conjuro pelo Deus Jesus, a resposta foi: retirar o corpo da cruz celebrada na data fixa de do presbitério pelo pa- pelo clero intercalados
vivo que nos digas se tu «Crucifica-o!» (Marcos (João 19:39-40). Po- 25 de março (para as ig- dre, acompanhado por aos versos do Salmo
és o Cristo, o Filho de 15:6-14). A esposa de rém, Pilatos pediu que rejas que utilizam o cal- incenso e velas, e colo- 119 (que é, de longe, o
Deus.» (Mateus 26:63) Pôncio Pilatos havia o centurião que estava endário juliano, a data cada no centro da nave mais longo salmo da
A resposta de Jesus foi: sonhado com Jesus na- de guarda confirmasse atualmente cai no dia 7 (onde estão os fieis); Bíblia). As Enkōmia
«Tu o disseste; contudo quele mesmo dia e aler- que Jesus estava morto de abril do calendário afixado nela está um são os mais apreciados
vos declaro que vereis tou Pilatos para que ele (Marcos 15:44) e um gregoriano). Também ícone do corpo de cris- hinos bizantinos, por
mais tarde o Filho do não se envolvesse «na soldado furou o flanco neste dia, o clero deixa to. Cânticos específicos sua poesia e música,
homem sentado à direi- questão deste justo» de Jesus com uma lan- de vestir o roxo ou o são entoados durante que se encaixam per-
ta do Todo-poderoso e (Mateus 27:19) e, per- ça, o que provocou um vermelho, cores da este ritual. feitamente entre si e
vindo sobre as nuvens plexo, o governador or- fluxo de sangue e água Grande Quaresma e Durante o serviço, to- refletem a solenidade
do céu.» (Mateus 26:64) denou que ele fosse chi- do ferimento (João passa a usar o negro. dos os presentes beijam do dia. Não se conhece
Por conta disto, Cai- coteado e humilhado. 19:34). Não se “limpa o altar” os pés de Cristo na cruz. o nome do autor, mas o
fás condenou Jesus por Os sumo-sacerdotes in- José de Arimateia en- na Grande e Sagrada Em seguida, um co- estilo sugere uma data
blasfêmia e o Sinédrio formaram então Pilatos tão levou o corpo de Quinta-feira como no movente hino chamado por volta do século
concordou em senten- de uma nova acusação Jesus, envolveu-o numa ocidente; ao invés dis- “O Sábio Ladrão” é en- VI, provavelmente na
ciá-lo à morte (Mateus e exigiram que ele fosse mortalha de linho e o so, todos as cortinas e toado por cantores que época de São Romano,
26:57-66). Pedro, que condenado à morte por colocou em um túmu- tapeçarias da igreja são ficam aos pés da cruz. o Melodista.
OPINIÃO Sexta-feira,30 de Março de 2018 07

“STOP COVARDIA nas Estradas”


Redacção tilhou para os Out-
ros, é um COVARDE.
Caro Utente da Via
Pública, os acidentes SOMOS COVARDES
de viação, tal como é TODOS NÓS QUE
do vosso conhecimen- VIOLAMOS AS RE-
to, continuam drasti- GRAS DE TRAN-
camente dizimando SITO, PORQUE O
vidas dos nossos con- FAZEMOS EM PLE-
cidadãos, vidas dos NA COINSCIÊNCIA.
nossos irmãos, e tra-
zendo grandes impli- Proponho-vos um
cações para as nossas desafio para acabar-
famílias e para o Esta- mos com a Covardia e
do Moçambicano, não Devolver a Segurança
obstante o trabalho as Nossas Estradas:
que várias entidades,
instituições estatais e 1. Vamos fotografar
Associações ligadas a todos os COVARDES
Segurança Rodoviária sempre que os en-
desenvolvem, mui- contrar em acção,
to tem se falado e al- e enviar a foto para
guns até cantam que os contactos abaixo
as “nossas estradas (WhatsApp e Email);
têm cimentado mui- 2. Será colocado
sistema que depende tado muito Terror” Telefone ao volante, Passeios e as Ber- o Carimbo CO-
to Terror”, discordo
da nossa colaboração por conseqüência da somos COVARDES; mas das Estradas, VARDE nessa Via-
plenamente com esta
para a garantia da se- nossa COVARDIA, • Nós que atiramos somos COVARDES; tura ou ao Peão;
afirmação, mas antes
gurança rodoviária, a perdoem-me Lixo pela janela, so- • Nós a Polícia de 3. Será partilhada a
de contrapor, per-
não observância vol- qualquer ofensa, mos COVARDES; Trânsito que aceit- foto nos Grupos de
mitam-me partilhar
untária das regras de mas a verdade é que • Nós que fazemos amos Suborno, so- WhatsApp e na Pá-
um pequeno extrato
Trânsito, ou a violação todos nós que nos ultrapassagens mos COVARDES; gina do Facebook
da Campanha STOP
das mesmas, constitui fazemos a Estrada, a esquerda, so- • Nós filhos de chef- (STOP Acidentes)
ACIDENTES – EU
quebra de protoco- somos COVARDES: mos COVARDES; es que violamos para que todos sai-
SOU A MUDANÇA,
los de manutenção • Nós os Peões as regras alegando bam que é um CO-
lançada há dois meses
da mesma segurança, • Nós que consum- que não usamos impunidade, so- VARDE ao Volante;
pela ASAC em alguns
e conseqüentemente imos álcool e nos as Passadeiras, so- mos COVARDES; 4. Deste modo os
canais de televisão.
colocamos em risco fazemos ao volante mos COVARDES; • Nós que não cedem- COVARDES mu-
e comprometemos a somos COVARDES; • Nós os Peões que os espaço nos cruza- darão pela Vergonha.
‘‘Quando nos fazemos
integridade de todos • Nós que passamos não usamos as Pontes, mentos para o outro
a via pública, se-
intervenientes da via o Sinal Vermelho, somos COVARDES; passar, provocando Vamos todos dizer
jam Automobilistas,
Pública. A Mudança somos COVARDES; • Nós os Peões congestionamento, STOP A CAVARDIA
Peões, Motociclistas e
começa contigo”.• Nós que ex- que fazemos fes- sobretudo quando o
até mesmo Passagei-
cedemos os limites tas nas estradas, so- semáforo não funcio- - -
ros, automaticamente
Fim do Extrato. de velocidade, so- mos COVARDES; na,somosCOVARDES; Baptista Rodrigues
nos tornamos par-
Entretanto, “as nossas mos COVARDES; • Nós os Vendedores • Você que recebeu a 84-4715871 | stopaci-
te integrante de um
estradas têm cimen- • Nós que usamos o que Ocupamos os Mensagem o não Par- dentes@gmail.com

Seu negócio chega mais perto do consumidor connosco!


ECONOMIA Sexta-feira,30 de Março de 2018 08
Segundo O Cip Propostas do Governo aos Credores Hipote-
cam Futuro Do País
Redação
O Governo de Mo- ao quinto ano, e de- que a proposta do tural na bacia do Ro-
çambique apresen- pois um de 3% entre Governo aos credo- vuma, norte do país.
tou aos credores e o quinto e o décimo res das chamadas dí-
investidores na dí- ano, que sobe para vidas ocultas hipote- «A proposta levada
vida pública em 6% a partir desse ano. ca as receitas futuras pelo Governo a Lon-
Londres um perdão O Governo moçambi- do país sem procu- dres poderá resultar
de 50% da dívida. cano procura suavizar rar responsabiliza- em prejuízo para o
as prestações da dívi- ção criminalmente povo moçambica-
A proposta de Ma- da nos próximos anos os responsáveis por no. De acordo com
puto é pagar 318 dos e pagar mais no final aqueles encargos. a proposta, é nosso
636 milhões de dó- do período, altura em entendimento que o
lares de dívida que já cional e as medidas to- pectativas definidas. Na sua primeira aná-
que as receitas do gás Governo já não está a
devia ter sido paga. madas pelo Governo. lise após o encontro
serão consideráveis. cumprir a palavra de
Na reunião mantida Entre 2013 e 2014, as na semana passada
Aliás, num dos do- que estas dívidas são
na capital britânica Entretanto, antes do empresas Ematum, entre o executivo mo-
cumentos apresen- das empresas e não
realizada a portas- início que acontece à ProIndicus e Mam, çambicano e os cre-
tados a que a VOA do Estado moçam-
fechadas, o ministro porta fechada, Phillip contraíram, de for- dores, o CIP conside-
teve acesso, o Gover- bicano», diz a nota.
das Finanças Adriano Blackwoo,director da ma ilegal, dívidas ra que as propostas de
no indicou os resul-
Maleiane defendeu EM Quest Ltd, que no valor de dois mil restruturação da dí-
tados esperados da O destino da maior
três opções, alargan- assessora a Sydbank milhões de dólares. vida visa convidar os
exploração de gás. parte do dinheiro
do amaturidade em nos seus activos de credores para o ´ban-
O documento tam- continua por apu-
oito, 12 ou 16 anos. mercados emergen- O Centro de Integri- quete´ das receitas
bém indica, em qua- rar, com as empresas
tes, incluindo títulos dade Pública (CIP), que o país vai receber
dros, as recomen- a justificarem que se
Aúltima será paga moçambicanos, disse uma organização da quando começar a
dações do Fundo trata de matéria de
duas vezes por ano à agência Bloomberg sociedade civil mo- produção de gás na-
Monetário Interna- segurança nacional.
um cupão de 2% até que não tinha ex- çambicana, considera

Crianças não podem ter filhos. Respeite essas meninas!

Inflação refere-se a um processo inflacionário


aumento contínuo e que agravou a situa-
generalizado dos pre- ção da economia do
ços em uma economia. império, já fragilizada.
Alguns economistas O imperador Diocle-
(como os da Escola ciano, em face do pro-
Austríaca) preferem blema, promulgou, em
defini-la como um au- 301, o Édito Máximo,
mento no suprimento que determinava va-
de dinheiro (expansão lores máximos pelos
monetária). No entan- quais os bens transa-
to, esse conceito não é cionados na economia
amplamente utilizado. romana poderiam ser
É comum que se divi- vendidos, alegando que
da a inflação em três o problema da inflação
categorias, com base tinha origem na ganân-
na causa: de deman- cia dos mercadores. Tal
da, de custos e inercial. mos necessários para a economia apresenta nhecimento da inflação flação é um sintoma providência assemelha-
A inflação de deman- produção de bens e ser- inflação de demanda, inercial é mais recente comum de economias se ao congelamento de
da diz respeito ao au- viços ficam mais caros, ou de custos, em níveis do que o das inflações saudáveis em cresci- preços promovido pelo
mento de preços que e os custos de produ- muito altos, ou por pe- de demanda e custos. mento, hiperinflação é governo Sarney, em fe-
se observa em casos ção são repassados ao ríodos muito prolon- um processo comple- vereiro de 1986, como
onde o poder aquisiti- consumidor final. Dois gados, é comum que A inflação pode cau- tamente descontrola- parte do Plano Cruzado.
vo da população sobe dos exemplos mais co- os agentes econômicos sar sérios transtornos à do, associado a severas O conceito de infla-
em disparidade com a muns são a alta no pre- acostumem-se com o economia de um país, recessões econômicas e ção pode ser contras-
capacidade que a eco- ço da energia elétrica processo inflacionário, mas não deve ser con- crises de estabilidade. tado com os conceitos
nomia tem de prover e a dos combustíveis. e passem a praticar au- fundida com a hiperin- Ao longo da decadência de deflação, a redução
os bens e serviços de- A inflação inercial é mentos sistemáticos de flação, que consiste em do Império Romano, a contínua e generali-
mandados. Em outras aquela que resulta do preços, na tentativa de um aumento contínuo cunhagem indiscrimi- zada dos preços e es-
palavras, quando a de- impacto psicológico de resguardarem-se. Ao e generalizado dos pre- nada de moedas para tagflação, a inflação
manda supera a oferta. tendências inflacioná- fazerem isso, no entan- ços em uma proporção cobrir as crescentes acompanhada de es-
A inflação de custos rias em períodos an- to, estão provocando muito maior. Ao passo despesas militares foi tagnação econômica,
ocorre quando os insu- teriores. Quando uma mais inflação. O reco- que um pouco de in- causa de um grande ou baixo crescimento.
MULHER Sexta-feira,30 de Março de 2018 09

Mulher, espelho da sociedade moçambicana ou ainda é dona de casa?

Angélica Miranda
de a mulher enfrentar
o mercado de trabalho,
A mulher nem sempre
ela aos poucos conquis-
desempenhou as mes-
tou seu espaço.
mas funções na socieda-
Com as atuais mudan-
de. Se em outras épocas,
ças na legislação dos
ela ficava circunscrita as
diversos países, pode-se
paredes de sua casa, hoje
pensar que não exista
a mulher “abandonou” o
mais qualquer diferença
lar e foi para o mercado
entre homens e mulhe-
de trabalho objetivando
res. Entretanto, isso fica
compor a renda fami-
reduzido ao âmbito da
liar.
previsão legal, uma vez
Algum tempo atrás a
que a prática demons-
mulher era educada
tra que há ainda muitos
somente para exercer
preconceitos em relação
o papel de dona-de-ca-
ao papel da mulher na
sa, mãe e esposa. Dessa
sociedade.
forma, ela vivia em fun-
Em função de mentali-
ção do homem, por isso
dade por demais atra-
era pouco valorizada
sada, muitos homens
na sociedade. Quando
se ausentaram da sua
se criou a necessidade

participação nas tarefas com a sociedade. actividades particulares mulher boa, intelectual, a mulher tem se envol- tula a mulher por tudo
do lar, da própria edu- Sérgio Cossa, residente ou mesmo a exola para mas com a maior parte vido muito na socie- que tem feito, mas por
cação dos filhos inclusi- em Marracuene, afirma assumir o papel de mãe. sendo desviada acabam dade mais que os ho- outro lado diz que há
ve, que na maioria das que a mulher tem um Onde a mulher é uma sujando aquilo que é a mens pois, podemos sempre uma parte que
vezes, acabava ficando papel muito predomi- figura forte que por importância da mulher ver mesmo nas as- estraga ou faz com que
a cargo da mulher. A nante na vida da socie- qualquer situação não na sociedade. sembleias, ou mesmos o prestígio delas seja
esta mulher que deseja- dade. Ela é a primeira pode optar por jogar Gulela, acrescenta ain- nos municípios ou em posto em dúvida, mas
va alcançar o vôo para nem isso, acrescenta,
outros ares, não ficando tira o valor a mulher
restrita às tarefas do lar. tem e está a cumprir
No entanto há ainda com aquilo que é o
falsa ideia, herdada de seu papel na socieda-
nossa sociedade pa- de.
triarcal, de que a mu- Pensarmos apenas na
lher seja um ser frágil e maior participação
indefeso, e que por isso, do pai no cuidado dos
precisaria de alguém filhos e na divisão das
que pensasse, decidisse tarefas do lar, ou na
e se responsabilizasse valorização da mu-
por ela. E apesar dos lher no mercado de
avanços que temos nos trabalho, não atende à
costumes, muitas mu- gravidade e ao tama-
lheres se mantêm pre- nho do problema que
sas a esse estigma. A existe nas mulheres. É
mulher precisa apren- preciso se voltar para
der que sua força é di- as bases, para a ori-
ferente da força do ho- gem de tudo que está
mem, mas é igualmente na educação, e bus-
força, e que o uso dessa car-se uma maior va-
força e de suas poten- lorização do cuidado
cialidades não a torna na educação que se dá
menos feminina. Penso aos filhos. O que essas
que a mulher precisa, crianças de hoje serão
sim, de um trabalho amanhã, na vida pes-
de valorização pessoal, soal, na vida pública,
de valorização do fe- figura que a criança um filho fora só porque da que o desvio daqui- vários órgãos do es- profissional, social, po-
minino, daquilo que é reconhece e que toma o pai não cumpre com lo que é a base da fa- tado temos mulheres lítica, moral e religio-
de sua natureza, e que todos cuidados da fa- as suas obrigações, ela mília, a mulher acaba como chefes em vários sa, depende em grande
passe a fazer uso de sua mília , dá atenção que deve e pode fazer sua sendo corrompida pela departamentos. Com parte da forma como
inteligência, intuição e as a família precisa. Na parte cumprido com maioria, desvaloriza- isso ele afirma que a são educadas, dos prin-
sabedoria, não só a seu ausência do pai aquela aquilo que é o seu pa- do aquilo que é o seu mulher está a cumprir cípios e valores que lhes
favor, mas em favor de figura materna fica em pel para com a família prestígio na sociedade, com aquilo que é o seu são passados, não só
toda uma sociedade primeiro lugar, já que a e para com a sociedade. mesmo que seja uma papel na sociedade. pela educação formal,
que só tem a ganhar tradição no continente João Gulela residente pequena parte das que Daniel Cumbane diz mas principalmente
com a participação da africano a base da famí- na zona de Molumbela, perturbam a qualidade que a emancipação pela educação informal,
mulher. lia é a mãe, por essa ra- bairro Zimpeto, afirma da mulher, e duma for- da mulher veio para pelo tipo de relação de
Neste âmbito o Jornal zão que ela torna se im- que a mulher tem um ma elas estão a cumprir virar o mundo , pois convivência que se esta-
Visão Percorreu as ruas portante na sociedade. papel importante na com o seu papel, pois sem as mulheres nada belece dentro do lar, en-
da Cidade de Mapu- Cossa, acrescenta ain- sociedade, mas como essa pequena parte está seria feito. O papel da tre pais e mães, e entre
to para conversar com da que nem todas as temos distinções acaba a ensinar, ou desenvol- mulher é muito im- estes e os filhos e filhas.
as interlocutores sobre mulher estão a cum- saindo dois grupos das ver o intelecto dos jo- portante por ela ser A educação é essencial
O papel da Mulher na prir como deve ser o quais predomina mais vens para crescerem e geradora e educadora para a realização plena
Sociedade, visto que a seu papel, pois algumas as mulheres em que es- seguir com aquilo que das crianças, porque se da igualdade entre mu-
maior parte das pessoas por limitações da vida, tragam aquilo que é a é a sua norma o fase da tudo que ela faz fosse lheres e homens, e para
têm uma imagem ou quando o pai nega-se base da família, onde a vida. para deixar a cargo dos que tenhamos uma so-
ideia distorcida sobre de assumir a paternida- emancipação da mesma Francisco Armando, homens, estes não se- ciedade mais justa e
o real compromisso da de, acabam deitando ou mulher tornou-se mal residente em Khongo- riam capazes de fazer mais humana no futuro.
Mulher Moçambicana abandonando as suas feita porque há tanta lote refere que no geral tudo, com isso congra-
DESPORTO Sexta-feira, 30 de Março de 2018 10

Primeiro Ministro participa pela primeira vez na gala do desporto Nacional


Evento que reconheceu os mais destacados do ano 2017
O evento teve início por volta das 18:15 com a entrada do primeiro ministro Agostinho do Rosário, que pela
primeira vez participava na gala do desporto. Seguiu se depoisum minuto de silêncio em memória a todos os
desportistas que deram tudo pelo desporto nacional, mas que infelizmente já não estão entre nós.
Por: Jaime
Convidada ao púlpito,
a Ministra da juventu-
de e Desportos Nyelete
Mondlane, agradeceu
os presentes na sala e
enalteceu a importância
da gala, frisando a mo-
tivação que dá aos atle-
tas para impenharem-
se mais durante o ano.

Por seu turno,o Pri-


meiro ministro, disse
que o ano 2017 foi do
nível maior pois,Mo-
çambique conseguiu-
destacar se emvárias
modalidades,seja na-
cionabem como in-
ternacionalmente, “O

governo reafirma fez se menção a federações e companhias que Equipe feminina do ano-ferroviário de Ma-
o maiorcomprometimento com o des- se destacaram em 2017, nas quais constam: puto em basquetebol, Equipe Masculina do
porto”acrescentou o governante. ano- Ferroviário da Beira em futebol, Atleta
Em seguida, assistiu se momentos que mar- Federação moçambicana de Voleibol, vela e revelação- chanaya Pinto- basketbolista, Trei-
caram a décima terceiraedição dos jogos canoagem, projeto joy of life, parque de Go- nadora do Ano- Felizarda Lemos-Futebol,
escolares Gaza 2017, que tiveram lugar rongosa que trouxe um momento de reflexão Treinador do Ano- Nazir Salé- basquetebol,
de 14 á 23 de setembro, conquistado pela no que tange a conservação da fauna e recur- Atleta mais popular do ano- leia Domgue, Me-
providência de Manica. Momento antes sos ambientais,Salto a corda, standard bank lhor instituição em gestão de infraestrutura-
das condecorações, houveainda um espa- Anadarco, Milénio Bim, EGEN BCI. ferroviário de beira, Prêmioprestígio- Maria
ço cultural, onde desfilaram no palco mú- de Lourdes Mutola, Atleta do Ano em femi-
sicos como, Miss Zav, Mr Bow e Obaca. Ja nas nomeações individuais,o protocolo co- nino- Leia Domgue, Atleta do Ano em Mas-
meçou pordestacar, os da comunicação social culino- Mussá Tualibudine em Canoagem.
em categorias da imprensa escrita, radiofónico,
PREMIAÇÕES E MENÇÕES e jornalista do ano, nas quais saíram os seguin- O evento, teve lugar no hotel Glória em Ma-
tes vencedores:imprensa escrita- jornal desa- puto, e contou com a presença de figuras do
HONROSAS fio, radio Desportivo- RádioMoçambicano, governo, com destaque ao primeiro ministro
Jornalista do ano- Abdul Remane da TV surdo. e a ministra da juventude e desportos, Nyelete
Chegado ao momento esperado pelos aman-
Mondlane com a suavice,Ana Flávia Azinhei-
tes do Desporto,de reconhecimento do tra-
balho feito por atletas durante uma época,
Outras condecorações ra,Desportistas de todo o país, fazedores da
cultura, comunicação social e sociedade civil.

SAMORAIS ESTREIAM-SE FRENTE À AUSTRÁLIA NA «COMMONOWEALTH»

A seleção moçambica- As basquetistas mo- çambicana já defron-


De lá para ça muita
na de básquete sénior çambicanas terão ainda tou as australianas e
coisa mudou, a titu-
feminina estreia-se nos como adversárias as si- inglesas tendo sido
lo de exemplo Deo-
Jogos da Commono- milares da Inglaterra e derrotada precisamen-
linda Ngulela que na
wealth diante da an- Canadá nos dias 8 e 9 de te nos Jogos da Com-
altura era jogado-
fitriã Austrália. A es- abril, respetivamente. monowealth em 2006.
ra, nestes Jogos da
treia das treinadas de Commonowealth de-
Deolinga Nguelela está No histórico de con- Volvidos 12 anos vol- sempenhará o papel
marcada para 6 de abril. frontos, a equipa mo- tam a defrontarem-se. de seleccionadora.

Música, É considerada por di-


versos autores como
o que é? uma prática cultural
e humana. Não se
conhece nenhuma
civilização ou agru-
A música (do grego pamento que não
μουσική τέχνη - mu- possua manifestações
siké téchne, a arte musicais próprias.
das musas)[1] é uma Embora nem sempre
forma de arte que se seja feita com esse
constitui na combi- objetivo, a música
nação de vários sons pode ser considera-
e ritmos, seguindo da como uma forma
uma pré-organização de arte, considerada
ao longo do tempo. por muitos como sua
[2] principal função.
INTERNACIONAL Sexta-feira, 30 de Março de 2018 11
Banco britânico HSBC congela conta que recebeu
500 milhões vindos de Angola
O banco que recebeu “uma transferência ilegal de 500 de milhões de dólares de An-
gola”, relacionado com o caso de José Filomeno dos Santos já congelou a conta.
Redacção
O banco britânico rência está a ser in-
HSBC congelou uma vestigada no Reino
conta ligada à alega- Unido. A Agência
da fraude de 500 mi- Nacional de Crime
lhões de dólares co- (NCA) britânica
metida pelo antigo confirmou à agên-
presidente do Fundo cia Lusa que a Uni-
Soberano de Angola e dade Internacio-
filho do ex-Presiden- nal de Corrupção
te da República, noti- está a investigar
cia o Financial Times. uma possível frau-
de de 500 milhões
De acordo com o jor- de dólares contra
nal britânico, o banco o Banco Nacio-
congelou a conta há nal de Angola.
várias semanas e con-
sidera que a decisão “Em dezembro
demonstra que cumpre de 2017 e janeiro
todas as regras relati- de 2018, a NCA
vamente a entradas de ção desta quarta-feira Soberano de Angola. (BNA) Valter Filipe dos Santos foi exone- utilizou as novas
capital e está atento a do Financial Times. foram constituídos rado em janeiro pelo disposições da Lei de
possíveis movimentos O Credit Suisse disse arguidos pela justiça novo Presidente ango- Finanças Criminais de
de lavagem de dinheiro. O HSBC não detém que documentos falsos angolana pela prática lano, João Lourenço, 2017 para impedir a
“O banco, que tem um uma conta em nome caracterizados como suspeita de crimes de do Fundo Soberano de transferência de ativos.
histórico assinalável de Filomeno dos San- sendo do próprio ban- defraudação, pecula- Angola e Valter Filipe A autorização necessá-
sobre lavagem de di- tos e avisou as autori- co foram usados como to e associação crimi- foi substituído na lide- ria para que os fundos
nheiro e foi alvo de dades britânicas atra- parte desta fraude, mas nosa, entre outros. A rança do BNA em outu- sejam devolvidos às
penas pesadas esta dé- vés de um “relatório esclareceu que a in- informação sobre os bro, também por deci- autoridades angolanas
cada, bloqueou a conta de atividade suspeita”. vestigação descobriu crimes de que são sus- são do chefe de Estado. foi obtida agora”, indi-
há pelo menos várias De acordo com o jor- apenas falsificação de peitos foi prestada na cou. Um porta-voz da
semanas e reportou o nal, há outros bancos documentos e não mo- segunda-feira aos jor- A Lusa noticiou a 20 de Agência adiantou que
caso às autoridades bri- a analisar se estiverem vimentos de capitais. nalistas pelo subprocu- março que uma agência a investigação “está
tânicas, no seguimento envolvidos na alegada rador-geral da Repú- britânica de combate em curso” e saudou a
do tamanho e da na- fraude ligada a José José Filomeno dos San- blica de Angola, Luís ao crime vai devolver “cooperação até à data
tureza pouco comum Filomeno dos Santos, tos, filho do ex-Pre- Benza Zanga, durante 500 milhões de dólares com as autoridades an-
da transação, que fez que até janeiro geria sidente angolano, e o um encontro com de- (406 milhões de euros) golanas para chegar a
disparar as campainhas os cinco mil milhões ex-governador do Ban- putados angolanos, em ao Banco Nacional de uma conclusão satisfa-
de alarme”, lê-se na edi- de dólares do Fundo co Nacional de Angola Luanda. José Filomeno Angola, cuja transfe- tória para este assunto”.

Nos EUA: Procuradores alegam que Trump viola a Constituição ao manter


propriedade de império de negócios

U
m juiz federal aceitar presentes de
n or t e - am e r i - governos estrangei-
cano autorizou ros sem a aprovação
nesta quarta-feira (28) do Congresso. Desde
o andamento de parte que Trump chegou ao
de uma ação judicial poder, há mais de um
que acusa o presiden- ano, o hotel Trump
te dos Estados Uni- Internacional, situado
dos, Donald Trump, no centro de Washin-
de infringir salvaguar- gton e a poucas ruas
das da Constituição da Casa Branca, rece-
contra a corrupção ao beu vários eventos de
manter a proprieda- governos estrangeiros.
de de seu império de O juiz distrital Peter
negócios durante o Messitte, de Mary-
mandato presidencial. land, rejeitou pedido
O processo foi apre- apresentado pelo De-
sentado em junho partamento de Justi-
do ano passado pelo ça solicitando que o
procurador-geral de caso fosse encerrado.
Washington D. C., Em sua decisão, o
Karl A. Racine, e pelo magistrado determi-
de Maryland, Brian E. nou que os procura-
Frosh, ambos demo- dores podem legal-
cratas. Os procurado- mente processar o
res asseguram em seu presidente por seus
processo que Trump negócios com o hotel
está violando artigos Trump Internacional. tenha cedido o controle cance e determinou que para ter um impacto presentação de Trump.
da Constituição que O magistrado autori- dos seus negócios a um os procuradores têm direto em Washing- Uma das porta-vo-
têm como objetivo evi- za os procuradores a colaborador e a seus jurisdição apenas sobre ton D. C. e Maryland. zes do Departamento
tar a corrupção do go- acessar documentos dois filhos mais velhos, o hotel e não sobre ou- de Justiça, Kerri Ku-
verno e a influência de internos da Trump Or- Donald Jr. e Eric Trump. tros negócios do presi- A decisão desta quar- pec, não esclareceu
poderes estrangeiros. ganization, que inclui o Embora o juiz tenha dente, como seu clube ta ainda é passível de se vão apresentar um
Um desses artigos proí- hotel e na qual o presi- permitido que o proces- Mar-a-Lago em Palm recurso por parte do recurso e se limitou a
be os funcionários dos dente se mantém como so siga em frente, tam- Beach (Flórida), por- Departamento de Jus- dizer que “o caso de-
Estados Unidos de proprietário, embora bém estreitou seu al- que está longe demais tiça dos EUA, em re- veria ser rejeitado”.
PUBLICIDADE Sexta-feira,30 de Março de 2018 12

ELITE CAR IMPORT,


IMPORTA DO JAPÃO O SEU CARRO NUM SERVIÇO COMPLETO E SEM CUSTOS ADICIONAIS
VISITE-NOS: Av. Agostinho Neto Nº 1681/RC esquina com KARL MARX ao lado da casa de pneus
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: de Segunda a Sexta-feira das 8 às 17H, SÁBADO a partir das 9H
O preço inclui o valor de compra do carro, seguros e transporte com navio e matrícula direto até ao porto de Maputo
CONTACTOS: 845048124 & 8240000064, Email: elicarmpor@gmail.com, www.realmotor.jp

FICHA TÉCNICA
Directora: Cátia Mondlane
Chefe de redacção: Jaime Inácio Sitóe
Administração: Marta Mondlane- 845557014
Colaboradores: Nádio Taimo, Francisco Tivane,
Manuel, Henrique, Hermínia Sitóe,
Stefânia Cardoso.Valetim Daniel,
Angélica Miranda, Rosa Eduardo,
Madalena Muthemba, Eunércia José,
Sidónio Silvino, Rosa Arzídio,
Paginação e Social Media Maneger: Agostinho Muchave
Revisão: Evaristo Taimo e Elson Bié
Endereço: Bairro de Laulane Av. Dom Alexandre Q 47,
E-mail: jornalvisao2017@gmail.com
Website: www.jornalvisao.tk, Facebook: jornalvisao, Twitter: @jornallvisao,
Instagram: @jornalvisao, Google+: jornalvisao

VIOLÊNCIA NÃO RESOLVE NADA!

ESTE ESPAÇO É SEU

Conversando, é muito melhor

Publicite connosco
845557014