Você está na página 1de 1

Introdução:

As cheias são à escala da Terra o perigo natural que maior fracção da população afecta.
Este risco natural atinge a área do território localizada nas proximidades da rede hidrográfica,
da linha da costa, ou de cliques e barragens. De acordo com a Organização Meteorológica
Mundial, os desastres provocados pelas cheias têm vindo a aumentar, como consequência do
desenvolvimento urbano em planícies aluviais.
Desde sempre que as cheias tem vindo a assolar vastas áreas de Portugal, no entanto,
nos últimos anos tem-se verificado uma forte tendência para o aumento da frequência e
severidade da sua ocorrência, dando origem a crescentes preocupações relacionadas com a
exposição e vulnerabilidade das populações a esse fenómeno.

Cheias:

As cheias são um fenómeno natural e extremo com uma enorme força destruidora que
ocorre repentinamente, provocando um impacto directo sobre as populações atingidas, com
efeitos súbitos e rapidamente perceptíveis.

Existem regiões do planeta com características próprias (zonas litorais, zonas


ribeirinhas, zonas sísmicas, zonas vulcânicas) e maior susceptibilidade a estas características da
natureza. Os efeitos destas acções exercidas pelos elementos naturais, normalmente não
destroem o equilíbrio dos sistemas naturais, contudo, quando esses mesmos espaços são
ocupados pelo Homem, os efeitos dos elementos naturais, pode assumir uma dimensão
catastrófica.

AS CHEIAS EM PORTUGAL Continental