Você está na página 1de 3

1- Um corpo de prova cilíndrico de um solo argiloso tinha H = 12,5 cm, D = 5,0 cm e seu peso era de 478,25 g a qual,

após secagem, passou a 418,32 g. Sabendo-se que a γs = peso específico dos sólidos é 2,70 g/cm3. Considere o peso
da água(Pw) igual ao volume da água(Vw). Determinar:

a) peso específico aparente seco (γd); Fórmulas:


b) índice de vazios (e); γs= Ps/Vs Vt= (π . D2 / 4) . H Vt= Vv + Vs
c) porosidade (n); γd= Ps/Vt e= Vv/Vs n= (Vv/Vt) . 100
d) grau de saturação (S); S= (Vw/Vv) . 100 Tw= (Pw/Ps) . 100
e) teor de umidade (Tw).

São respectivamente:

a) γd= 1,80 g/cm3 - e= 0,68 - n= 46,84% - S= 56,31% - Tw= 15,32%

b) γd= 0,70 g/cm3 - e= 1,58 - n= 37,84% - S= 86,31% - Tw= 14,62%

c) γd= 1,80 g/cm3 - e= 0,51 - n= 32,85% - S= 16,31% - Tw= 24,32%

d) γd= 1,70 g/cm3 - e= 0,58 - n= 36,84% - S= 66,31% - Tw= 14,32%

e) γd= 1,70 g/cm3 - e= 0,28 - n= 16,84% - S= 26,31% - Tw= 4,32%

2- Para uma obra de escavação, em um terreno de solo siltoso, foi coletada uma amostra indeformada, com as
seguintes características:

− Peso específico dos sólidos(γs) = 26,00 kN/m3.

− Teor de umidade(w) = 20%.

− Índice de vazios = 1,5.

Os pesos específicos seco(γd) e natural(γn) da amostra coletada, em kN/m3, são, respectivamente,

a) 26,00 e 31,20. Fórmulas:


b) 10,40 e 20,00. γd= γs /1+e
c) 26,00 e 20,00. yn= γs(1+w) / 1+e
d) 10,40 e 12,48.

e) 21,67 e 17,37.

3- No ensaio de caracterização de dois solos que serão utilizados para construção de casas na cidade de Caruaru/P E
verificou-se que o solo A apresentava um Limite de liquidez de 65% e índice de plasticidade de 40%, enquanto que o
solo B apresentou um limite de liquidez de 50% e índice de plasticidade de 25%. Amostras desses dois solos foram
amolgadas e água foi adicionada de forma que os dois ficassem com teor de umidade de 35%. No entanto, o solo A
apresentou-se mais resistente que o solo B, determine o índice de consistência dos dois solos.

a) ICA = 0,86 e ICB = 0,58

b) ICA = 0,75 e ICB = 0,60

c) ICA = 0,67 e ICB = 0,40

d) ICA = 0,60 e ICB = 0,48

e) ICA = 0,53 e ICB = 0,39


4- Uma amostra de solo foi coletada em campo. Verificou-se que a amostra, juntamente com seu recipiente, pesavam
120,45g. Após permanecer em estufa a 105°C, até estabilizar o peso, o conjunto pesava 110,92g. Sendo a massa do
recipiente de coleta da amostra de 28,72g, qual a umidade deste solo?

a) 11,59% Tw= (Pw/Ps) . 100

b) 10,38%

c) 8,59%

d) 12,65%

e) 11,30%

5- Na determinação do limite de liquidez de um solo, foram feitas cinco determinações do número de golpes para que
a ranhura se feche, com teores de umidade crescentes. Tendo-se obtido os resultados a seguir. Qual o limite de
liquidez (LL) deste solo?

a) 50,33%
Tentativa Umidade Nº de golpes
b) 49,02% 1 37,5 34
c) 45,20% 2 41,3 31
d) 45,94% 3 43,8 28
4 52,5 23
e) 49,54%
5 54,6 19

6- Utilizando o LL da questão anterior, calcule o LP e o IP, com os dados abaixo.

a) LP= 13,39% IP= 46,63


Tentativa Umidade Nº de golpes
b) LP= 14,69% IP= 38,73 1 11,5 34
c) LP= 11,33% IP= 56,63 2 12,17 31
3 12,45 28
d) LP= 12,59% IP= 29,60 4 12,56 23

e) LP= 12,39% IP= 36,63 5 13,82 19


7- Um terreno é constituído de uma camada de areia fina fofa com 3 m de espessura, acima de uma camada de areia
grossa compacta com 4 m de espessura, apoiada sobre um solo de alteração de rocha conforme a figura abaixo. O
nível d’água se encontra a 1 m de profundidade. Calcule a tensão vertical total, a pressão neutra e a tens ão efetiva no
contato entre a areia grossa e o solo de alteração, a 7 m de profundidade.

A. Total = 276,6 KN/m²; neutra = 200 KN/m²; Efetiva = 76,6 KN/m²

B. Total = 135,5 KN /m²; neutra = 60 KN /m²; Efetiva = 75,5 KN /m²

C. Total = 122,5 KN /m²; neutra = 80 KN /m²; Efetiva = 42,5 KN /m²

D. Total = 113,6 KN /m²; neutra = 80 KN /m²; Efetiva = 33,6 KN /m²

E. Total = 103,9 KN /m²; neutra = 70 KN /m²; Efetiva = 173,9 KN /m²

8- Uma amostra de solo foi retirada para calcular seus índices físicos. Dados: Vt= 980cm3; Vs= 530cm3; Vw= 330cm3.
Calcule: Vv, Va, e, n e Sr.

a) Vv= 450cm3; Va= 120cm3; e= 0,85; n= 45,91%; Sr= 73,33%. Fórmulas:


b) Vv= 650cm3; Va= 200cm3; e= 0,75; n= 49,91%; Sr= 80,33%. Vt= Vv + Vs Vv= Vw + Va
c) Vv= 120cm3; Va= 450cm3; e= 0,80; n= 56,91%; Sr= 73,33%. e= Vv/Vs n= (Vv/Vt) . 100
d) Vv= 450cm3; Va= 120cm3; e= 0,45; n= 85,91%; Sr= 73,33%. St= (Vw/Vv) . 100
e) Vv= 550cm3; Va= 130cm3; e= 0,85; n= 45,91%; Sr= 73,33%.

9- Para um corpo de prova com 15 cm de comprimento e área da seção transversal e 450 cm2 colocado em um
permeâmetro de carga constante (h = 100 cm) recolheu-se 25 cm3 de água em 5 minutos. O coeficiente de
permeabilidade do solo (K), em centímetros por segundo, é

a) 0,125 × 10−2 . Q= V/T


−2
b) 0,27 × 10 . Q= K . i . A
−2
c) 2,7 ×10 . i= h/L
d) 0,125 × 10−3 .

e) 0,27 × 10−3 .