Você está na página 1de 5

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DO SERTÃO

BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO


DISCIPLINA : SISTEMAS OPERACIONAIS – INTRODUÇÃO AOS
COMANDOS DO LINUX
PROFESSOR: RENATO WILLIAM

Nota de aula.

Estrutura de diretórios

Figura 1 – arvore de diretórios do Linux.

/root - Diretório HOME do Superusuário.


/home - Diretório HOME dos usuários comuns.
/bin - Comandos utilizados durante o boot e por usuários comuns.
/sbin - Como os comandos do /bin só que não são utilizados pelos usuários comuns.
/proc - Sistema de arquivos virtual (na memória) com dados do Kernel.
/boot - Arquivos utilizados durante a inicicialização do sistema e o Kernel.
/dev - Dispositivos (modem, mouse, teclado, etc..).
/etc - Arquivos de configurações do sistema.
/etc/skel - Padrão de arquivos para o diretório HOME de novos usuários.
/etc/sysconfig - Arquivos de configuração do sistema para os dispositivos.
/mnt - Local onde são montados discos e volumes temporários (disquete, outros HDs, CD-ROM,
etc..).
/tmp - Arquivos temporários do sistema utilizados antes da inicialização do sistema ter sido
concluída.
/var - Contém arquivos que são modificados com o decorrer do uso do sistema (e-mail ,
temporários, filas de impressão, manuais).
/var/lib - Bibliotecas que mudam enquanto o sistema está rodando.
/var/local - Arquivos variáveis de programas que estão rodando.
/var/lock - Travas para indicar que um programa está utilizando um determinado dispositivo.
/var/log - Arquivos de log do sistema (erros, logins, etc..)
/var/run - Arquivos importantes ao sistema úteis até o próximo boot (atualizações de softwares e
kernel).
/var/spool - Diretório de filas de impressão, e-mail e outros
/var/tmp - Arquivos temporários dos programas
/var/catman - Um cache para manuais que são formatados na hora de serem utilizados.
/lib - Bibliotecas compatilhadas necessárias pelos programas do sistema.
/lib/modules - Modulos externos do kernel para dispositivos e funções.
/usr - Contém arquivos de todos os programas e bilbiotecas para o uso dos usuários do Linux.
/usr/bin - Executáveis em geral.
/usr/sbin - Executávies de administração do sistema não necessários pelo kernel, como por
exemplo servidores.
/usr/include - Arquivos para serem utilizados em linguagens de programação.
/usr/lib - Bibliotecas dos executávies encontrados no /usr/bin
/usr/local - Arquivos de programas instalados localmente (apenas para alguns usuários).
/usr/man - Manuais
/usr/info - Documentos de Informações
/usr/X11R6 - Arquivos do X Window System e seus aplicativos.

Manipulação de arquivos e diretórios

cd - Muda para um diretório. Se você não especificar nada ele muda para seu diretório HOME.
chmod - Muda as permissões para acesso aos arquivos e diretórios (Escrita, Leitura, etc..)

cp - Copia os arquivos de um diretório/pasta para outro diretório/pasta.

. (ponto) Diretório atual

.. (dois pontos) Diretório anterior (um nível acima)

~ (til) Diretório HOME do usuário

/ (barra) Raiz do sistema

- (hífen) Último diretório (Voltar)


dir - Lista o conteúdo de um diretório (preferir o comando "ls").

ls - Lista os arquivos de um diretor

l Lista os arquivos em formato detalhado.

-a Lista os arquivos ocultos (que começam com um .)

-h Exibe o tamanho num formato legível (combine com -l)

-R Lista também os subdiretórios encontrados

mkdir - Cria um diretório.


mv - Move ou renomeia um arquivo.
rm - Exclui arquivos.
rmdir - Exclui um diretório vazio.

Touch – cria um arquivo vazio

Pwd - Mostra de forma simples em qual diretório o usuário está localizado no momento.

Find

Locate -

man - Mostra o manual de um comando.

file Determina o tipo de ficheiro

mount - Usado para "montar" um sistema de arquivos. O complemento deste comando é o


umount.

umount - Desmonta o sitema de arquivos. O complemento é o comando mount.


cdrecord - Grava CDs.

Edição e visualização de arquivos

vi - Editor com uma interface de linha de comando.

pico - Editor de textos simples.

Cat –
Rede

domainname - Mostra ou ajusta o nome de domínio do sistema.


hostname - Usado para mostrar ou atualizar o nome do micro na rede.
finger - Mosta informações sobre um determinado usuário.
ftp - Programa de transferência de arquivos.
ifconfig - Configura a interface de rede.

netstat - Mostra informações sobre as conexões à rede.


ping - Manda um echo ICMP para um determinado sistema da rede.

traceroute - Mostra o caminho dos pacotes até um determinado host.

Ssh Sessão segura, vem de secure shell, e permite-nos logar num servidor através do
protocolo ssh

Informações do sistema

df - Mostra o espaço livre em disco.


du - Mostra o uso do disco.
free - Mostra a memória livre do disco.
lspci - Lista os dispositivos PCI.
pnpdump - Mostra informações sobre os dispositivos ISA.
pstree - Mostra a árvore de processos.
tload - Imprime um gráfico com os recursos do sistema.
vmstat - Mostra as estatísticas da memória virtual.

Gerenciamento de usuários

adduser - Adiciona um usuário ao sistema.

passwd - Muda a senha.

su - Muda o usuário para único.

useradd - Adiciona um usuário.


userdel - Apaga um usuário e seus arquivos.

w - Mostra os usuários logados e o que estão fazendo.

last Indica o último login de utilizadores

kill Mata um processo, como por exemplo kill –kill100ou kill -9 100 ou kill -9 %1

kill -9 PID -> mata o processo;


ex: kill -9 6376

kill -STOP PID -> interrompe temporariamente a execução do


processo;

ex: kill -STOP 6376

kill -CONT PID -> Reexecuta o processo;

ex: kill -CONT 6376

kill -STOP -1 -> O numero -1, significa que o sinal vai ser enviado para
todos os processos existentes no servidor;

exit Terminar a sessão, ou seja, a shell (mais ajuda digitando man sh ou man csh)

logout Deslogar, ou seja, terminar a sessão actual, mas apenas na C shell e na bash shell

top Lista os processos que mais cpu usam, útil para verificar que processos estão a
provocar um uso excessivo de memória, e quanta percentagem decpu cada um usa em
dado momento

ps Lista a lista de processos em execução, útil para saber o pid de um processo para o
mandar abaixo com o comando kill, entre outras coisas

Uptime Diz-nos há quanto tempo o sistema está funcional, quando foi ligado e o seu uptime

who Mostra-nos quem está logado no sistema