Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

FORMULÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

X CRIAÇÃO ALTERAÇÃO
UNIDADE: IGEOG

DEPARTAMENTO: Geografia Humana

DISCIPLINA: Organização Regional do Brasil

MODALIDADE DE ENSINO: X PRESENCIAL SEMIPRESENCIAL A DISTÂNCIA

CH ALUNO PROFESSOR CRÉDITOS: 4 CÓDIGO: IGEOG 2 11055


TOTAL
75 75

STATUS CURSO(S) / HABILITAÇÃO(ÕES) / ÊNFASE(S):

X OBRIGATÓRIA GEOGRAFIA – LICENCIATURA/BACHARELADO

ELETIVA RESTRITA

ELETIVA DEFINIDA

ELETIVA UNIVERSAL

TIPO DE APROVAÇÃO: FREQUÊNCIA X FREQUÊNCIA E NOTA

QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE CARGA HORÁRIA / CRÉDITO


TIPO DE AULA CRÉDITO CH SEMANAL CH TOTAL
TEÓRICA 3 3 45
PRÁTICA / Trab. Campo 1 2 30
LABORATÓRIO 0 0
ESTÁGIO 0 0
TOTAL 4 5 75

OBJETIVOS:

Principal
● Entender de maneira crítica o quadro de diversidade regional do território brasileiro, seu processo histórico de
formação e suas dinâmicas atuais.

Secundários
● Discutir as limitações da regionalização oficial brasileira diante dos processos sociopolíticos e econômicos que
caracterizam a realidade do país na contemporaneidade.
● Debater a questão dos limites político-administrativos dos estados no Brasil, seus processos de definição e
novas propostas, em suas relações com a análise/ação regional do país.

EMENTA:

A disciplina analisa as diferentes manifestações regionais observadas no território brasileiro na


contemporaneidade sem descartar o processo histórico da formação territorial do país e a emergência e
caminhos da temática regional nas políticas públicas engendradas. Para tanto, discute o papel do Estado na
nossa conformação geográfica, acompanhando sua ação desde a apropriação inicial aos padrões de intervenção
via planejamento. Assim, as regionalizações oficiais são tomadas como base para a análise da dinâmica regional
do território brasileiro no que se referem aos seus critérios, impasses e apontamentos atuais como, por
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
FORMULÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

exemplo, as recentes propostas de redefinição de alguns limites estaduais. Teoria e prática pedagógica em
geografia.

PRÉ-REQUISITO 1: CÓDIGO:

PRÉ-REQUISITO 2: CÓDIGO:

CÓ-REQUISITO CÓDIGO

PRÉ-CÓ-REQUISITO CÓDIGO

TRAVA DE CRÉDITOS:

DISCIPLINA(S) CORRESPONDENTE(S) CÓDIGO(S)

BIBLIOGRAFIA REFERENCIAL:

COSTA, Wanderley Messias da. O Estado e as políticas territoriais no Brasil. São Paulo: Contexto, 2001, 10ª Ed.
(Capítulo 2: Geopolítica portuguesa na colônia e Cap. 3: Estado Nacional e unidade territorial)

MORAES, Antonio Carlos Robert. Território e História no Brasil. São Paulo: Annablume, 2005. (Cap. 6: Ideologias
geográficas e projetos nacionais no Brasil)

LIMA, Maria Helena Palmer et al (Orgs). Divisão territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE/Diretoria de
Geociências, Departamento de Estruturas Territoriais, 2002.
Disponível em <http://www.ipeadata.gov.br/doc/DivisaoTerritorialBrasileira_IBGE.pdf>

TAVARES, Hermes Magalhães. Políticas de desenvolvimento regional nos países do “centro” e no Brasil. In:
Cadernos IPPUR, ano XV, nº 2, ago/dez 2001 / ano XVI, nº 1, jan/jul 2002. Rio de Janeiro: DP&A, 2001-2001, pp.
229-248.

BACELAR, Tânia. Dinâmica regional brasileira nos anos noventa: rumo à desintegração competitiva? In: CASTRO,
Iná Elias et al (Orgs). Redescobrindo o Brasil 500 anos depois. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000, pp. 73-91.

PIRES, Warley Pereira. O tabu dos limites internos no Brasil. In: Anais do IV SEPEGE GH, São Paulo, 2010.

SITUAÇÕES ESPECIAIS

PERMITE SITUAÇÃO “EM PREPARO” DE ACORDO COM A DELIBERAÇÃO 27/03: SIM X NÃO

PERMITE MAIS DE UM DOCENTE: X SIM NÃO

PERMITE HORÁRIOS INCOMPLETOS NO PT: SIM X NÃO


(TUTORIA OU ORIENTAÇÃO)
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
FORMULÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

CONCOMITÂNCIA DE HORÁRIOS: SIM X NÃO

PODE SER OFERECIDA COMO DISCIPLINA ISOLADA: X SIM NÃO

PROFESSOR PROPONENTE
DATA ASSINATURA / MATRÍCULA / CARIMBO

12/05/2011 35254-2

OBS: Segundo o Parágrafo Único do Artigo 57 da Deliberação 33/95, a unidade de crédito


corresponde a 15h de aulas teóricas ou 30h de prática, laboratório ou estágio.