Você está na página 1de 11

10 - FRESAGEM HELICOIDAL 10.

10.1 Introdução

Para se abrir cortes helicoidais (Fig. 10.1) na fresadora, é preciso que a mesa possa girar de
um ângulo ϕ correspondente ao complemento do ângulo α que a hélice faz com a circunferência da
base (Fig. 10.2). É ainda necessário que haja uma combinação de movimentos de rotação e de
avanço da peça, como no caso da filetagem no torno, figura 10.3.

Fig. 10.1 - Corte helicoidal

ϕ = ângulo de inclinação da mesa


(complementar ⇒ α + ϕ = 90º)

ϕ = 90º - α

α = ângulo da hélice
Fig. 10.2 - Inclinação da mesa

Fig. 10.3 – Relação do passo da hélice (Ph) com o passo do fuso (Pf)

O cabeçote divisor recebe o movimento de rotação do fuso por intermédio de um trem de


engrenagem figura 10.4.
A disposição das engrenagens pode ser usada para usinar rasgos à direita ou à esquerda,
dependendo do sentido do movimento de rotação da peça e da inclinação da mesa. O sentido de
rotação conveniente é obtido com engrenagens intermediárias.

O equipamento de uma fresadora inclui um jogo de


engrenagens a ser usado e costuma ser indicado pelo
fabricante em tabelas especiais, ou no catálogo que sempre
acompanha a máquina.
Tabela 10.1 Números de dentes das engrenagens para montar o trem.

24 24 28 32 36 40 44 48
56 64 72 80 84 86 96 100

Fig. 10.4 – Transmissão para a fresagem helicoidal


10.2 Determinação dos ângulos de hélice ( α ) e de inclinação da mesa ( ϕ ) 10.2

Se ligarmos o fuso da mesa (F)


ao pino do cabeçote divisor, (P) por
meio de um trem de engrenagens que
forneça uma relação de transmissão
igual a 1/1 sendo o divisor e/G (1/40)
para uma volta do fuso de passo PF, a
mesa avança p unidades de
comprimento, enquanto a peça gira de
e/G (1/40) de volta, figura 10.5.

Uma fresa que riscasse a


superfície da peça desenharia sobre
ela um segmento de hélice que,
projetado sobre a circunferência da
base, daria um arco igual a π d/G/e,
sendo d o diâmetro da peça.

Sendo α o ângulo de inclinação


da hélice, teremos:

PF = πd x tgα
α (Eq.10.1)
G
e

Fig. 10.5 – Esquema para obtenção de cortes helicoidais.

Se o movimento se processasse no mesmo sentido, até o fuso dar 40 voltas, a árvore do


cabeçote teria dado uma volta e a hélice teria sido completada figura 10.6. Chamando-se de Ph o
passo do helicóide, referido ao mesmo ângulo (α) do seu segmento acima citado, teríamos:

tg α = cat. oposto/cat. adjacente = Ph /π d ⇒ Ph = π d x tg α (Eq.10.2)

Combinando-se as Equações 10.1 e 10.2


temos a relação entre passo da hélice Ph e
passo do fuso PF. Para uma relação 1/1.

Ph = G PF (Eq. 10.3)
e

Ph = G πd x tgα = πd x tgα
e G
e
Fig. 10.6 - Hélice e suas relações trigonométricas

Ph = π d x tg α ⇒ α = arco tg Ph (Eq. 10.4) ⇒ ϕ = 90º - α ou


πd
tg ϕ = π d / Ph ⇒ ϕ = arco tg π d (Eq. 10.5)
Ph
10.3 Relação de transmissão i e seleção das engrenagens do trem 10.3

A relação de transmissão é dada pela seguinte equação i = PF x G (Eq. 10.6)


Ph e

O valor encontrado nesta relação de transmissão pode assumir um valor qualquer diferente de
1/1 e deve ser utilizado para selecionar as engrenagens que devem compor o trem (Figura 10.5 e
Tabela 10.1):

i = Z1 x Z3 (Eq. 10.7) ou PF x G = Z1 x Z3
Z2 Z4 Ph e Z2 Z4

Dependendo do tipo de trem montado, a relação de transmissão pode depender da seleção de


somente duas engrenagens como no caso do trem da fresadora que será utilizada na aula prática.

i = Z1 (Eq. 10.8) (* As outras engrenagens do trem são consideradas intermediárias).


Z2

10.4 Procedimentos para cortes helicoidais na fresadora

Para abrirmos um rasgo helicoidal com a fresadora, devemos proceder da seguinte forma:

1. Estabelecemos uma relação de transmissão ( i ) entre o passo desejado e o passo do fuso da


mesa, considerando G/e (40/1). (G/e também pode ser 60/1 ou 80/1)

2. Calcula-se o ângulo de inclinação da hélice α = arco tg (Ph/π


πd) tomando-se d como diâmetro
médio do rasgo, nos trabalhos de precisão; o diâmetro externo, nos casos comuns e o
diâmetro primitivo dp nos casos de engrenagens helicoidais.

3. Inclina-se a mesa de ϕ (complemento do ângulo α), rodando-se no sentido inverso do ponteiro


do relógio, se a hélice for à direita e no sentido oposto se for à esquerda (Fig.10.2) ϕ = 90º - α.

4. Colocam-se as engrenagens de modo que as motoras sejam as que ficam no numerador da


fração que satisfaz a relação de transmissão ( i ) calculada.

5. (*) Intercalam-se as engrenagens intermediárias necessárias à rotação da peça no sentido


conveniente à inclinação da hélice e a distância entre árvores.

10.5 Engrenagens de dentes helicoidais


As engrenagens de dentes
helicoidais são aquelas cujos dentes são
inclinados em forma de hélice figura 10.7.
Durante o trabalho, os dentes correm
descrevendo hélices sobre o corpo das
mesmas. São utilizadas para a transmissão
entre árvores paralelas ou não, no mesmo
ou em planos distintos.
Na transmissão ocorre rolamento
entre os dentes por esse motivo o
engrenamento helicoidal e mais silencioso.

Fig. 10.7 Inclinação dos dentes de uma engrenagem helicoidal.


10.5.1 Dados básicos das engrenagens helicoidais. 10.4

Os dados e dimensões para a fresagem das engrenagens cilíndricas com dentes helicoidais são:

Dados: m = módulo real; Z = número de dentes; (para selecionar a fresa na Tabela 10.2)
Ph = Passo da hélice.

Dimensões:

diâmetro externo de = m ( Z + 2 )

altura do dente h = 13 / 6 m

diâmetro primitivo dp = m Z

Tabela 10.2 - Jogo de 8 fresas para abrir sistemas de dentes de evolvente (módulos ≤ 9)

Fresa nº 1 2 3 4 5 6 7 8

Para o número 12 -13 14 – 16 17 - 20 21 - 25 26 -34 35 - 54 55 - 134 135 até


de dentes cremalheira

10.6 Fresagem de engrenagens helicoidais com a fresa módulo

Para a fresagem de engrenagens helicoidais com a fresa módulo, emprega-se o mesmo


processo para a fresagem de rasgos helicoidais, variando, apenas, a forma do perfil da fresa que é o
mesmo do vão que se quer obter e o diâmetro primitivo (dp) deve ser utilizado para calcular o ângulo
de inclinação da hélice ( α ).

A figura 10.8 mostra a execução de engrenagens de dentes helicoidais à direita e à esquerda,


respectivamente, com fresa módulo.

Fig. 10.8 – Inclinação da mesa em função da hélice direita ou esquerda


10.6.1 Passo helicoidal de uma engrenagem 10.5

O passo helicoidal da engrenagem é o passo da hélice dos dentes da mesma, suposta


prolongada sobre um cilindro representativo do diâmetro primitivo.
Retificando-se a circunferência da base do cilindro de diâmetro primitivo, a hélice de um dente
formará o triângulo retângulo (Fig. 10.9) do qual o tiramos.

Ph = π .dp . tg α ⇒ α = arco tg Ph
π.dp

Fig. 10.9 – Passo helicoidal

10.6.2 Relação de transmissão i e seleção das engrenagens do trem

A relação de transmissão é dada pela seguinte equação

i = PF x G (Eq. 10.6)
Ph e

No trem montado na fresadora que será utilizada na aula prática, a relação de transmissão
depende da seleção de somente duas engrenagens.

i = Z1 (Eq. 10.8)
Z2

10.6.3 Ângulo de inclinação da mesa ( ϕ )

ϕ = 90º - α

Tabela 10.3 Placa divisora “Cincinnati”

Primeiro Lado 24 – 25 – 28 – 30 – 34 – 37 – 38 – 39 – 41 – 42 – 43
Segundo Lado 46 – 47 – 49 – 51 – 53 – 54 – 57 – 58 – 59 – 62 – 66
10.7 Esquema de montagem das engrenagens no trem da fresadora 10.6

Ph = 400 mm realizado em uma volta

da roda helicoidal com 40 dentes ou seja

o sem fim deverá realizar 40 voltas.

G/e = 40
10.7 Exercícios 10.7

Exercício_1 – (peça 09) - Na fabricação de uma engrenagem cilíndrica de dentes helicoidais em uma
fresadora universal são conhecidos os seguintes dados:

Número de dentes = 15
Módulo real = 3
Passo do fuso da mesa = 5 mm.
Passo da hélice = 400 mm.
G / e = 40 / 1

1.1) Calcular:

- Diâmetro externo;

- Altura dos dentes;

- Diâmetro primitivo;

- Ângulo de inclinação da hélice;

- Ângulo de inclinação da mesa;

- Relação de transmissão.

- Selecionar as engrenagens 1 e 2 para o trem: Z1 =______ e Z2 =______

1.2) Selecionar a fresa. Fresa número_______ do jogo de ______fresas

1.3) Especificar a movimentação da manivela do cabeçote divisor.

Cálculos:

Respostas:

______volta(s) e mais ______ intervalos de furos na circunferência de furos_____


10.8
Exercício_2 – Na fabricação de uma engrenagem cilíndrica de dentes helicoidais em uma fresadora
universal, são conhecidos os seguintes dados:

Número de dentes = 35
Módulo real = 3
Passo do fuso da mesa = 5 mm.
Passo da hélice = 600 mm.
G / e = 40 / 1

2.1) Calcular:

- Diâmetro externo;

- Altura dos dentes;

- Diâmetro primitivo;

- Ângulo de inclinação da hélice;

- Ângulo de inclinação da mesa;

- Relação de transmissão.

- Selecionar as engrenagens 1 e 2 para o trem: Z1 =______ e Z2 =______

2.2) Selecionar a fresa. Fresa número_______ do jogo de ______fresas

2.3) Especificar a movimentação da manivela do cabeçote divisor.

Cálculos:

Respostas:

______volta(s) e mais ______ intervalos de furos na circunferência de furos_____