Você está na página 1de 9

Este é um tutorial destinado ao cadastro e solicitação de vistorias junto ao sítio eletrônico do

Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná, cujas normas se encontram no sítio eletrônico


http://www.bombeiros.pr.gov.br/Pagina/Codigo-de-Seguranca-Contra-Incendio-e-Panico.

Informações preliminares:

1. O pedido de vistoria/licenciamento deve ser feito anualmente;


2. Conforme NPA 001, item 5.7:
Para realização do cadastro da edificação, estabelecimento ou area de risco devera ser
realizado o upload dos seguintes documentos:
a) Comprovante de endereço;
b) RG e CPF do proprietário ou responsável pelo uso da edificação;
c) Declaração do proprietário quanto a ocupação;
d) Contrato social, se for o caso.

3. Conforme NPA 001, item 7.3 estabelecimentos de baixo risco, enquadrados no


licenciamento simplificado estão dispensados da vistoria do Corpo de Bombeiros Militar,
devendo solicitar anualmente o licenciamento da edificação e estabelecimento.

1 - No provedor Google digite “Prevfogo Paraná”

Vistorias que não sejam realização de eventos festivos registram-se na opção


“CERTIFICADO DE LICENCIAMENTO”

1/8
2. Caso o estabelecimento não esteja cadastrado proceda com o cadastro (conf. Imagem 1).
Do contrário escolha a opção inerente ao endereço. Empresas com filiais em regiões distintas
devem ter cadastro conforme a região de cada filial (conf. Imagem 2).

IMG 01

IMG 02

2/8
3. Cadastro

Na opção “estabelecimento inserido em outro estabelecimento maior?” informa-se se a


empresa situa-se numa edificação que contém outra ou outras empresas.

4. O preenchimento do campo “Ramo de Atividade Econômica” é feito mediante inserção


do(s) “CNAE” de atividade da empresa. Obs: empresa com mais de 1 (um) CNAE deve ter o
principal inserido como atividade principal e os demais como secundária.

Site para consulta do CNAE


3/8
https://concla.ibge.gov.br/busca-online-
cnae.html?option=com_cnae&view=atividades&Itemid=6160&tipo=cnae&chave=padaria&v
ersao_classe=7.0.0&versao_subclasse=10.1.0

Site para consulta da situação da empresa junto a Receita Federal. Obs: empresas com prévio
cadastro junto a Receita conseguem consultar o CNAE no sítio eletrônico
http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao2.asp

5. Escolha o campo PRINCIPAL ou SECUNDÁRIA. Após, Insira o CNAE e aguarde o


sistema reconhecer e buscar o código. Após, aperte enter.

6. Dados da Vistoria

Iniciaremos com o “Grupo e Ocupação” e “ocupação”. A tabela a seguir contém os exemplos


mais utilizados. A tabela completa se encontra disponível nas laudas 14 a 17 do Código de
Segurança Contra Incêndio e Pânico do Corpo de Bombeiros do Paraná, disponível no link
http://www.bombeiros.pr.gov.br/Pagina/Legislacoes-Antigas.

Grupo Ocupação/Uso Descrição Exemplos


A Residencial Habitação Edifícios de apartamento em
multifamiliar geral, Casas térreas ou
assobradadas
B Serviço de Hotel e Hotéis, motéis, pensões,
Hospedagem assemelhado hospedarias, pousadas,
albergues, casas de cômodos,
C C-1 Comércio com Artigos de metal, louças, artigos
baixa hospitalares e
carga de outros
incêndio
(até 300
MJ/m2)
4/8
C-2 Comércio com Lojas de departamentos,
média e magazines, armarinhos, galerias
alta carga de comerciais,
incêndio supermercados
(acima de 300
MJ/m2)
C-3 Shopping Centro de compras em geral
centers (shopping
centers)
D D-1 Local para Marketplace, endereço fiscal
prestação de etc.
serviço
profissional ou
condução de
negócios
D-2 Agência
bancária
D-3 Serviço de Lavanderias, assistência
reparação técnica, reparação e
(exceto manutenção de aparelhos
automotivos) eletrodomésticos,
chaveiros, pintura de letreiros e
outros
D-4 Laboratório Laboratórios de análises
clínicas sem
internação, laboratórios
químicos, fotográficos
e assemelhados
E E-2 Escola especial Escolas de artes e artesanato, de
línguas, de
Cultura etc.
E-3 Espaço para Locais de ensino e/ou práticas
cultura física desportiva que não possuam
arquibancada. Sauna, casas de
fisioterapia
e assemelhados.
As demais divisões são auto explicativas
F F-1 Local onde há Museus, centro de documentos
objeto de valor históricos,
inestimável
F-2 Local religioso templos, cemitérios,
e velório crematórios, necrotérios,
Igrejas, capelas,
sinagogas,
mesquitas,
F-3 Centro Arenas em geral, estádios,
esportivo e de ginásios, piscinas,
exibição
F-4 Estação e Estações rodoferroviárias e
terminal de marítimas, portos,
passageiro
F-5 Arte cênica e de estúdios de rádio e televisão,
auditório auditórios em
Teatros em
geral, cinemas,
óperas,
5/8
auditórios
F-6 Casas de shows Casas de shows, casas noturnas,
assemelhados boates e
F-7 Construção eventos temporários Eventos
provisória e temporários, circos e
assemelhados
F-8 Local para refeitórios, cantinas e
refeição assemelhados
Restaurantes,
lanchonetes,
bares, cafés,
F-9 Recreação Jardim zoológico, parques
pública recreativos e assemelhados
F-10 Exposição de animais
objetos ou
F-11 Clubes sociais e Clubes em geral, restaurantes
diversão dançantes,
H H-1 Hospital Hospitais, clínicas e
veterinário e consultórios veterinários e
assemelhados assemelhados

H-2 Local onde Asilos, orfanatos, abrigos


pessoas geriátricos, hospitais
requerem psiquiátricos, reformatórios,
cuidados tratamento de
especiais por dependentes
limitações
físicas ou
mentais
H-3 Hospital e Hospitais, casa de saúde,
assemelhado prontos-socorros,
clínicas com internação,
ambulatórios e postos

H-4 Edificações das Quartéis, delegacias, postos


forças policiais e
armadas e assemelhados
policiais
H-5 Local onde a Hospitais psiquiátricos,
liberdade manicômios,
das pessoas reformatórios, prisões em geral
sofre
restrições
H-6 Clínica e Clínicas médicas, consultórios
consultório em geral,
médico e unidades de hemodiálise,
odontológico ambulatórios e
assemelhados. Todos sem
internação

Qtde de pavimentos da edificação: inerente em vertical (edifícios ou construções com mais


de 1 andar). Refere-se a quantidade de andar, contados a partir do pé direito da edificação.

6/8
Capacidade de Público: é calculada multiplicando-se pelo cociente de população habitável
por m² para cada tipo de ocupação e divisão. Por exemplo:

1. conforme a tabela o grupo “C”e suas divisões registram uma pessoa por 5,0 m² de área,
sendo assim, numa edificação com 100m² de área edificada, a capacidade de pública seria
encontrada na operação: 100 (área da edificação) x 1 (quantidade de pessoas) / 5 (espaço
ocupado por pessoa) = 20 pessoas.

2. para as divisões “F-3,F-6,F-7, F-9 e F-11” pertencentes ao grupo “F”, numa edificação com
100m², a capacidade de pessoas seria encontrada pela operação: 100 x 2 / 1 = 200 pessoas.

A tabela a seguir contém dados sobre a população conforme a ocupação.

Os demais campos serão preenchidos de acordo com as informações do cadastrante.

Necessário atenção durante o preenchimento dos campos da aba “vistoria”. Quando a


empresa possuir um certificado de vistoria em estabelecimento – CVE anterior, o sistema
informará e abrirá um campo para a renovação do licenciamento.

7/8
A negação da renovação do licenciamento gera solicitação de vistoria para empresa com a
respectiva Guia de Recolhimento, já o aceite da renovação faz com que o sistema abra uma
solicitação de licenciamento prévio com a respectiva Guia de Recolhimento. Para o primeiro
caso o Certificado de Vistoria do Corpo de Bombeiros – CVCB e posteriormente o
Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros se condicionam a aprovação da
empresa pelo vistoriador e ao pagamento da GR; para o segundo caso, o Certificado de
Licenciamento do Corpo de Bombeiros se condiciona a quitação da GR.

8/8
ITENS DE SEGURANÇA BÁSICOS

Preliminarmente salienta-se que a presença dos itens básicos não impede que durante o processo de
vistoria ou fiscalização o auxiliar indique a necessidade de itens de segurança complementares.

Empresas que não carecem de medidas de segurança: a. aquelas voltadas a prestação de serviços
externos somente ou que não fazem atendimento ao público em suas dependências; b. empresas com
endereço fiscal; c. lugares para a gestão e-commerce’s.

Como requisitos mínimos, as empresas cujas instalações contenham até 750m² devem possuir:

1 UN extintora ABC com mais uma placa de extintor. O extintor deve ser afixado com no máximo
1,60m de altura com a placa fotoluminescente indicativa.

1 UN placa de saída de emergência

1 UN luminária de emergência

Empresas cuja atividade envolva preparo de alimentos em cozinhas ou que utilizam óleo: 1 UN
extintora 2-A 1 UN extintora 20-BC

9/8