Você está na página 1de 1

O sistema epicurista, tanto quanto sabemos por meio das

fontes que chegaram até nós, principalmente preservadas por


Diógenes Laércio e pela obra De Rerum Natura, de Lucrécio, é
uma tentativa engenhosa de transferir ideias mais antigas de
maneira que sirvam ao propósito de criar a ataraxia. O fundamento
é uma filosofia materialista da natureza, que generosamente
toma emprestado conceitos de Demócrito. O sistema
epicurista explica o universo e o homem como o resultado
do movimento dos átomos, e interpreta as formas das coisas
corpóreas, bem como a alma do homem, como combinações
temporárias de partículas de matéria. Fmbora essa teoria contenha
a ideia originalíssima de que os átomos produzem um
"giro" em seu movimento (porque de outra maneira ele iriam
cair eternamente em linhas paralelas sem jamais entrarem em
' PilQ acessar as funres, ver Cyril Bailcy, Epitrm1J: Tht .&r4rtt &m4i11.1
ÜJlford,
1926. Sobn: EpiçUCQ, ver Cyril B:ú.lcy, Tk &1r! Awmistt and Epítrm11.
Oxford, 1928;