Você está na página 1de 2

O menino de Taubaté

Em 18 de abril de 1882, nasceu José Renato


Monteiro Lobato em Taubaté, cidade do Vale do Paraíba,
interior de São Paulo. Em função das iniciais J.B.M.L.,
gravadas em uma bengala do pai, mudou depois seu nome
para José Bento. Na infância, já demonstrava o interesse
pela literatura e escrevia para jornais da escola. Logo cedo,
teve de saber lidar com a perda: quando tinha 15 anos,
morreu seu pai, o fazendeiro José Bento Marcondes
Lobato, e, um ano depois, a mãe, dona Olímpia Augusta
Monteiro Lobato.
Por influência do avô, concluiu o curso de Direito
da Faculdade do Largo São Francisco, em São Paulo.
Nessa época, dividiu-se entre suas principais paixões:
escrever e desenhar. Com o diploma em mãos, mudou-se
para Areias, onde foi nomeado promotor público. Trocou
de lar novamente após a morte de seu avô, que deixou como herança uma fazenda em
Buquira (hoje, Monteiro Lobato), local que seria o seu próximo destino. Acompanhado
de sua esposa, Maria da Pureza de Castro Natividade, e inspirado pelo ambiente do
campo, foi onde iniciou sua projeção como grande escritor.

Foto: Acervo Família Monteiro Lobato