Você está na página 1de 3

QUESTÕES DO NCE – ATO ADMINISTRATIVO

QUESTÕES DO NCE - ATO ADMINISTRATIVO


Parte II

11(NCE/Delegado PCDF/2005) Sobre as diversas formas de extinção e controle de um ato


administrativo, analise as afirmativas:

I. Denomina-se contraposição a extinção de um ato administrativo em razão da prática de um


novo ato com efeitos opostos ao ato anterior.
II. Como regra, todos os tipos de atos administrativos, vinculados ou discricionários, admitem
revogação por critérios de conveniência e oportunidade.
III. O Tribunal de Contas, no âmbito de sua atuação, pode controlar atos administrativos
praticados por outro Poder.

É/são afirmativa(s) verdadeira(s) somente:


a) I e II;
b) I e III;
c) II e III;
d) I, II e III;
e) nenhuma.

12(NCE/Delegado PCDF/2005) A Administração Pública, no exercício do Poder de Polícia, pode


executar seus atos independentemente da manifestação prévia de outro Poder, ressalvadas
poucas exceções. A característica do Poder de Polícia que legitima a conduta acima descrita
denomina-se:

a) imperatividade;
b) auto-executoriedade;
c) presunção de veracidade;
d) presunção de legitimidade;
e) discricionariedade.

13(NCE/Delegado PCDF/2005) Em relação aos elementos constitutivos do ato administrativo,


é correto afirmar que:

a) a competência é o elemento do ato administrativo em que pode ser encontrado maior


discricionariedade para a Administração Pública;
b) o elemento motivo também é chamado de motivação;
c) os atos administrativos, como regra, podem ser praticados de uma forma livre, desde que a lei
não exija determinada solenidade como sendo essencial;
d) o elemento motivo corresponde às razões de fato e de direito que servem de fundamento para
o ato administrativo;
e) o vício de competência não admite qualquer tipo de sanatória.

14(NCE/Delegado PCDF/2005) O ato administrativo motivado poderá ser controlado através


da verificação da compatibilidade das razões de fato apresentadas pela Administração Pública com
a realidade e das razões de direito com a lei. O fundamento para o controle do ato administrativo
na hipótese acima retratada é:

a) teoria dos motivos determinantes;


b) principio da razoabilidade;
c) principio da discricionariedade;
d) conceitos legais indeterminados;
e) desvio de poder.

www.editoraferreira.com.br 1 Prof. Luís Gustavo


QUESTÕES DO NCE – ATO ADMINISTRATIVO

15(NCE/Agente de Polícia DF/2005) Sobre as diversas espécies dos atos administrativos,


analise as afirmativas a seguir:

I. A autorização é ato enunciativo que pode ser praticado com fundamento no poder de polícia.
II. Como regra, a portaria é ato ordinatório, produzindo efeitos internos no âmbito da
Administração Pública.
III. O atestado é exemplo de ato administrativo negocial.

É/são verdadeira(s) somente a(s) afirmativa(s):


a) I;
b) II;
c) III;
d) I e II;
e) II e III.

16(NCE/Agente Penitenciário DF/2005) Em razão do poder hierárquico existente no âmbito


da Administração Pública, analise as afirmativas:

I. Uma autoridade pode controlar o mérito e a legalidade dos atos praticados por seus
subordinados.
II. Haverá hierarquia no Poder Judiciário e no Poder Legislativo quando eles estiverem
desempenhando a função administrativa.
III. Um agente público pode deixar de cumprir a ordem de seu superior hierárquico quando
constatar que a mesma é manifestamente ilegal.

São verdadeiras somente as afirmativas:


a) I e II;
b) I e III;
c) II e III;
d) I, II e III;
e) nenhuma.

17(NCE/Agente Penitenciário DF/2005) A Administração Pública pode impor ao administrado


cumprimento ou execução dos atos administrativos. Esse atributo do ato administrativo
denomina-se:

a) imperatividade;
b) presunção de legitimidade;
c) auto-executoriedade;
d) eficiência;
e) discricionariedade.

18(NCE/Agente Penitenciário DF/2005) Os atos administrativos são agrupados em espécies,


de acordo com suas características. A licença é considerada espécie de ato administrativo:

a) negocial;
b) enunciativo;
c) normativo;
d) discricionário;
e) ordinatório.

www.editoraferreira.com.br 2 Prof. Luís Gustavo


QUESTÕES DO NCE – ATO ADMINISTRATIVO

19(NCE/Agente Penitenciário DF/2005) Em relação aos atos administrativos, analise as


afirmativas a seguir:

I. O ato administrativo discricionário é aquele em que a Administração Pública não tem liberdade
para valorar critérios de conveniência e oportunidade, devendo adotar o único objeto previsto na
lei.
II. Os atos de gestão são aqueles em que a Administração Pública não precisa usar de sua
supremacia em relação ao particular.
III. Os atos gerais são aqueles expedidos sem destinatários determinados, como por exemplo, o
regulamento.

A(s) afirmativa(s) verdadeira(s) é/são somente:


a) I;
b) II;
c) III;
d) I e II;
e) II e III.

20(NCE/Agente de Polícia DF/2005) O ato administrativo possui elementos constitutivos ou


requisitos que integram a sua estrutura. Sobre a matéria, é INCORRETO afirmar que:

a) o elemento capacidade significa que o agente público deve ter atribuição legal para praticar o
ato administrativo;
b) a alteração da finalidade expressa na norma legal ou implícita no ordenamento caracteriza
desvio de poder, causa de nulidade do ato;
c) a forma é um dos elementos necessariamente vinculados do ato administrativo;
d) não são todos os atos administrativos que devem ser motivados;
e) os elementos motivo e objeto podem ser vinculados ou discricionários.

GABARITO

11. B
12. B
13. D
14. A
15. B
16. D
17. A
18. A
19. E
20. A

www.editoraferreira.com.br 3 Prof. Luís Gustavo